O grande segredo

Meu caro,
As caixas pretas foram quebradas, destruídas; atearam fogo nos estilhaços e todos aqueles deliquentes não projetam mais a respiração interminável, lá no World Trade Center.
Depois de 10 anos, acendi a luz, pela manhã, peguei os equipamentos necessários e transformei o camarada, como pedido. Claro que ele reagiu um pouco, foi difícil, mediante a localização e a situação que o colocaríamos. A máscara, a roupa, a peruca, tudo! Ele ficou na mais profunda perfeição, ficou melhor ainda porque inventamos uma pra ele e, claro, caiu feito patinho.
Quando o corpo chegou ao necrotério, fizeram a autópsia e ainda foi feito um exame de DNA. A morte dele foi o fim! O fim, não apenas dele, mas o meu e o do seu tormento também.
Meu caro, viva feliz e tranquilo. Não preocupe-se com os diabos ao seu redor, eles não estarão. Não mais!
A quantia ofertada ao doutor que fez o exame de DNA foi o suficiente para manter o silêncio. Todo caso, se for preciso, assopro a fumaça da munição no meio da testa dele. Mas só se ele nos der muito trabalho.
Sei que vai ser difícil viver o restante da tua vida ocultando sua identidade, mas existem plásticas, cortes de cabelo de diversos tipos e mudanças no tom da sua pele. Ninguém jamais desconfiará desse nosso segredo.
Tome cuidado, Osama! Sua vida está boa, mas pode ficar melhor. Contrate um cirurgião e pague-o bem pra isso. Posso procurar um de total confiança.
Enganamos todos, bando de babacas. Acabaremos com todos eles. Nosso próximo plano será as torres gêmeas do Brasil, conhece? Aquelas de Brasília. Destruiremos aqueles políticos otários e depois a gente planeja outro fim, estou pronto para embarcar num bem próximo plano, não quero demorar para fazê-los gritar de dor.

Do seu mais que ajudante,nas horas de viver e até fingir morrer:
George W. Bush.

1° Lugar, edição Bloínquês - Musical *--*
1° Lugar na edição Cartas - BLQ também.