Desejados da vez

Olá, leitores. O feriadão acabou, mas a minha lista de desejados este mês só fez aumentar. A cada mês ela é assim. Confira agora os meus desejados da vez (clique na imagem para ser redirecionado à sinopse):

   
   

Resenha: À Sombra da Figueira



Neste livro de estreia, a autora conta a história da garota Raami, de apenas 7 anos, mas que já passa por grandes problemas como se fosse uma adulta. Ela sofre de poliomielite e passa por algumas limitações em seu dia a dia, uma delas é andar. A garotinha é uma princesa, seu pai é descendente do rei Sisowath, ele foi educado no exterior e acabou se tornando um desiludido com o governo cambojano corrupto.

A família de Raami vivia muito bem numa casa considerada de luxo, se levada em consideração o poder que eles tinham e ainda possuíam vários funcionários para auxiliar nas tarefas necessárias. No entanto, algo ruim estava prestes a acontecer e não demorou a chegar. A revolução bateu às portas no Camboja, soldados revolucionários do Khmer Vermelho invadiram diversas casas, mandaram que todos se retirassem e a casa da família de Raami não ficou de fora.

Resenha: Um gato de rua chamado Bob


Mesmo sendo apaixonada por animais, não sou fissurada por gatos, nunca tive um carinho muito grande por eles, mas sempre admirei a forma que eles são. Sou mais adepta aos cachorros, embora não tenha nenhum. Então, li esse livro não imaginando o Bob como gato ou até mesmo um cachorrinho, apenas me coloquei no lugar do personagem e consegui sentir um carinho imensurável pelo animal.

Outro ponto que me chamou a atenção é que a história é real. O personagem principal é o próprio autor e Bob não é uma mera ilusão, o gatinho querido existe; ele não é apenas o Garfield que eu aprendi a gostar, mesmo ele sendo fictício. O carisma desse animal e a forma que ele contagia as pessoas ao redor são incríveis.


Resenha: Chaves – Foi sem querer querendo?



“Se você é jovem ainda, jovem ainda, jovem ainda
Amanhã velho será, velho será, velho será!
A menos que o coração, que o coração sustente
A juventude que nunca morrerá” (p.17).

Chaves é uma obra diferente das que costumamos ver, porém é totalmente única em seus aspectos e em sua qualidade. Quando a vi fiquei totalmente interessada pela leitura e estava na expectativa de que iria gostar.

A obra foi realizada por Luís Joly, Fernando Thuler e Paulo Franco, os três tiveram a ideia de escrever o Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) com base na série Chaves. Marcello Rollemberg escreveu o prefácio da obra e revela que foi o orientador do grupo. Rollemberg, em suas palavras, inicia argumentando que achou a ideia um pouco estranha, mas que logo mudou a sua postura, pois nenhum programa, além dele, resiste mais de duas décadas à TV brasileira à base de reprises. Para ele, a realização desse trabalho seria uma maneira única de deslindar esse programa que merece tanto destaque.

Promoção no Instagram

Olá, leitores. Hoje vim divulgar para vocês uma excelente promoção que está rolando no Instagram. Quer participar? É bastante simples, vá até o meu perfil e concorra, são dois livros e um kit de marcadores, serão três vencedores. Clique aqui e participe ou digite: @natalia.araujo8




Resenha: Aconteceu em Paris



Aconteceu em Paris é uma obra diferente de tudo o que eu poderia imaginar. Porém, não é diferenciada por um lado que eu consideraria como positivo, pelo contrário. Ela apenas mostra aquilo que já sabemos, porém, repete para termos certeza de tudo o que não devemos fazer.

Evie Dexter é uma moça de 26 anos, devo confessar que ela tem uma mentalidade de uns 15 anos (ou até menos). A jovem está desempregada e bastante endividada. Seu dinheiro é apenas investido em bebidas, viagens, roupas e comidas. Então, cansada de não ter renda para gastar, ela decide procurar um emprego de guia turística. Como Dexter não tem nenhuma qualificação profissional, sua alternativa é mentir. Ela monta o seu currículo regado de mentiras e, para sua felicidade, consegue o emprego. A sua primeira viagem tem como destino Paris e ela não sabe nada sobre o lugar.

Parceria Primavera Editorial


Olá, leitor. Hoje recebi um e-mail anunciando a parceria com a Primavera Editorial. Sinal de que o trabalho aqui no Blog está sendo valorizando por mais uma excelente editora. Confira um pouco sobre ela:

Resenha: As crianças trocadas



As Crianças Trocadas é o primeiro volume da série A Guerra dos Fae, lançada pela Geração Editorial e que está fazendo o maior sucesso. Contudo, antes da editora comprar a série, a obra já era campeã em vendas de e-books no site da Amazon.

Quando comecei a ler o livro imaginei que se trataria de uma fantasia voltada para o público adolescente. Porém, ao navegar pelas páginas percebi que qualquer um se encantaria pela obra. A autora tem uma narrativa fluida, a linguagem é clara e a aventura é eletrizante. A vontade de concluir a obra para saber o que acontecerá é totalmente garantida.


Resenha: Mentirosos



Quando recebi o convite para ler esse livro, li a sinopse e fiquei curiosa para conhecer o mundo dos Sinclair e desvendar os mistérios de Cadence. Parece até clichê iniciar a resenha falando de expectativa alta, porém, foi exatamente assim que tudo começou. O que mais se falava na blogosfera era desse livro e nas redes sociais também. Havia uma epidemia de Mentirosos e eu estava afoita para saber o porquê de tanto favoritismo e tanto alvoroço. 

Os Sinclair são uma família renomada e prezam pela tradição, mesmo estando em decadência, porém, eles se recusam a admitir isso. Uma das tradições é, todo ano, passarem o verão na ilha Beechwood com as três filhas e os netos do patriarca Harris. 


Resenha: Tormento



Depois de ler Fique onde está e então corra, tinha certeza que precisaria ler qualquer outra obra de John Boyne e resolvi que minha segunda leitura dele seria Tormento. O autor tem uma forma de envolver o leitor e cativar-nos do início ao fim. É impossível largar o livro sem antes finalizar a história. Mesmo não sendo uma trama com reviravoltas, a maneira que ele aborda o tema é sempre repleto de lições. Ele desenvolve uma história profunda em poucas páginas.

Danny Delaney tem apenas doze anos e está de férias. Ele espera que seus dias de descanso sejam apenas de diversão. Danny só pensa em andar de bicicleta e brincar com seu vizinho Luke. O garoto sente muito a falta de seu irmão mais velho, porém, Pete acaba viajando com os amigos e deixa de lado a ideia de ir ver a família. Mesmo triste, ele não abandona a ideia de se divertir durante as férias. Contudo, quando ele menos imagina, algo ruim acontece e o garoto vive o pior verão de sua vida.

Vem por aí: nova edição de O Circo Mecânico

O Circo passou por aqui e se foi rapidamente, mas foi o suficiente para deixar saudades. A primeira edição esgotou como um flash e muitos leitores acabaram ficando sem (a exemplo dessa que vos fala).


Lygia Fagundes Telles é indicada ao Nobel de Literatura


A União Brasileira de Escritores (UBE) encaminhou hoje à Academia Sueca a indicação de Lygia Fagundes Telles para o Prêmio Nobel de Literatura deste ano. Para Durval de Noronha Goyos, presidente da instituição, “Lygia é a maior escritora brasileira viva e a qualidade de sua produção é inquestionável”. O nome da autora foi escolhido de forma unânime pelos diretores da UBE.


Resultado do Top Comentarista de Janeiro

Olá, leitores. O resultado do top comentarista do mês de fevereiro acaba de ir ao ar. Confira os participantes e o vencedor:

1 - Lana Silva
2 - Alessandra Fernandes
3 - Karol Nascimento
4 - Fernanda Martins
5 - Maíra Batista
6 - Rudynalva Correia
7 - Lara Cardoso
8 - Minhas Impressões
9 - Mariele Antonello
10 - Isa Lopes
11 - Jéssica Fernanda
12 - Amanda Ferreira
13 - Luís Carlos 
14 - Jéssica Aguida
15 - Mayla Lima
16 - Amanda Almeida
17 - Camila Rosa
18 - Suzana Cariri

Vem por aí: Espada de vidro

A editora Seguinte tem uma mensagem para os leitores que se encantaram com a escrita de Victoria Aveyard:


Entrevista com Sarah Dessen

Em 2015, a Editora Seguinte publicou Os bons segredos, um livro cheio de descrições gastronômicas que acompanha a história de Sydney, uma garota que sempre se sentiu ofuscada pelo irmão (mesmo após ele ser condenado à prisão por atropelar um garoto), mas aos poucos encontra aceitação junto a um novo grupo de amigos que a enxerga como ela é.

O livro foi escrito por Sarah Dessen, autora americana que já vendeu mais de 8 milhões de exemplares ao redor do mundo e é considerada um dos maiores destaques da literatura jovem adulta contemporânea.


Resenha: Revival



Quando o assunto é Stephen King não é preciso esforço algum para iniciar uma leitura. Somente o seu nome na capa já é atrativo o suficiente para prender o leitor. Com suas obras acontece isso o tempo inteiro e, com Revival, não seria diferente. Quantos de vocês sabem o que é “quinto personagem”? Logo no início do livro somos apresentados a ele. Nosso protagonista declara que Jacobs é o seu e explica que esse “quinto personagem” surge para provocar mudanças.

Jamie conhece o reverendo Charles Jacobs, pastor da Igreja Metodista, quando ainda é criança. No entanto, a vida de Jamie parece mudar (e muda) quando o reverendo abandona a pitoresca cidade da Nova Inglaterra. Eles se conhecem de uma maneira inusitada: o menino brincava alegremente no quintal de casa com seus soldados de plástico, o reverendo aparece e começa a dar dicas para fazer uma batalha melhor e estratégica.


Top Comentarista de fevereiro

Olá, leitores. Hoje o Blog trouxe o Top Comentarista de fevereiro. Como a maioria já sabe, quem mais comentar no Blog recebe um prêmio. O vencedor poderá escolher o livro que quer ganhar entre as três opções: O que há de estranho em mim, A garota no trem e Estrelas perdidas.