Desejados da vez

Desejados é uma coluna criada pelo Blog para postar alguns dos maiores lançamentos do mês que entraram para a lista dos meus preferidos. A ideia surgiu porque sempre via lançamentos nos sites das editoras, que nem são parceiras do Blog, mas que sempre dava vontade de deixar um lugar especial reservado na estante. Para não fazer várias postagens de cada livro/editora, nada melhor do que juntar os desejados do mês e apresentar a vocês de uma vez. Quem sabe algum deles não já faz parte da sua lista e, se não faz, tenho certeza que não demorará nada para entrar. Vamos aos queridos do mês (para conhecer a sinopse basta clicar na imagem e você será redirecionado):

    

Resenha Premiada: A garota do calendário (Janeiro e Fevereiro)



Alguém aí gosta de romance erótico? A resenha de hoje é sobre esse tipo de literatura. A Garota do Calendário, escrito por Audrey Carlan, uma série com 12 livros hot que vem se tornando um sucesso cada vez maior ao redor do mundo, e a nova aposta da Editora Verus. Em junho os dois primeiros livros foram lançados, e a dobradinha se repetirá todos os meses, de acordo com a editora. Para acompanhar o ritmo, a resenha de hoje também será em dobro, falarei sobre os livros de Janeiro e Fevereiro!

A série conta a história de Mia Saunders, uma jovem aspirante à atriz que aceita se tornar uma acompanhante de luxo. Isso porque o pai de Mia se envolveu com agiotas, acumulou uma dívida de 1 milhão de dólares, foi espancado, ameaçado, deixado em coma. A protagonista, para evitar problemas maiores para a família, se responsabiliza pelo pagamento. Com a ajuda de uma tia, que é dona de uma agência de acompanhantes, Mia aceita a proposta de atender 12 clientes, sendo um por mês. A ideia consiste em atender às necessidades de cada um dos cavalheiros. E, se precisar tirar a roupa para isso, ela conta com um bônus em dinheiro. Simples, clichê.

Vem por aí: Companhia das Letras

Olá, leitores. Hoje preparei para vocês os lançamentos da editora Companhia das Letras com seus diversos selos. Vamos conferir? Preparem os bolsos.

Companhia das Letras


Pureza

Sinopse: A jovem Pip Tyler não sabe quem é. Ela sabe que seu nome verdadeiro é Purity, que está atolada em dívidas, que está dividindo um apartamento com anarquistas e que a sua relação com a mãe vai de mal a pior. Coisas que ela não sabe: quem é seu pai, por que a mãe a força a uma vida reclusa, por que tem um nome inventado e como ela vai fazer para levar uma vida normal. Um breve encontro com um ativista alemão leva Pip à América do Sul para um estágio numa organização que contrabandeia segredos do mundo inteiro - inclusive sobre sua misteriosa origem. Pureza é uma história sobre idealismo juvenil, lealdade e assassinato. O mais ousado e profundo trabalho de um dos grandes romancistas de nosso tempo.


Resenha: A Fúria e a Aurora


Desde que fiquei sabendo sobre o lançamento de A Fúria e a Aurora, primeiro livro de uma duologia, senti vontade de tê-lo. Pela história, inspirada no clássico As mil e uma noites, pela capa, tão mais bonita do que a versão americana. É sobre este livro que falo hoje.

A escrita de René Ahdieh foi para mim uma agradável surpresa. Nesta obra conhecemos a história de Khalid e Sherazade.  Ele é Khalid Ibn Al-Rashid, o rei de Khorasan, e é tido como um monstro, odiado por muitos. Tem apenas 18 anos e carrega o fardo de ser responsável pelo assassinato de muitas garotas. Cada uma delas escolhida de maneira aleatória, desposadas e enforcadas com cordas de seda ao alvorecer. Ela é Sherazade, uma jovem apaixonada e comprometida desde a infância, mas que, após ter uma amiga querida morta pelo rei, decide se vingar. Para isso abre mão de sua antiga vida, seu amor e sua família, e se voluntaria como nova esposa do rei.

Vem por aí: Editora Vestígio

Olá, leitores. Trouxe para vocês dois grandes lançamentos da Editora Vestígio. Para os fãs de suspense, certamente vão querer. Eu já estou de olho nos dois e reservei um lugar na estante para eles, porque quando no assunto tem Alfred Hitchcock, é impossível pensar duas vezes.


Vertigo (Um corpo que cai)

Sinopse: Encarregado por um antigo colega de seguir sua jovem e bela mulher, o detetive Flavières logo se vê perdidamente apaixonado pela moça. Essa impropriedade não o impede de investigar os temores de seu amigo Gévigne a respeito da esposa: suas ausências, seus mistérios, uma melancolia que a leva a olhar para as águas do Sena por horas a fio… Nenhum amante, nenhuma simulação, nenhuma doença. Apenas uma estranha relação com a bisavó, morta em circunstâncias terríveis e a quem a jovem Madeleine não chegou a conhecer… Um clássico de Pierre Boileau e Thomas Narcejac, especialistas na arte de conduzir a trama – e o leitor – até onde menos se espera.

Este instigante e sinistro roman noir foi adaptado por Alec Coppel e Samuel A. Taylor e filmado por Alfred Hitchcock em 1958. Um corpo que cai é considerado um dos melhores filmes de todos os tempos.

Resenha: Spotlight – Segredos Revelados


Recebi Spotlight de surpresa e não sabia exatamente da história, apenas que foi uma incrível investigação realizada e que deu origem ao filme vencedor de 2 Oscar. Até aí nada revelador, então resolvi embarcar na leitura para descobrir tais segredos que a obra traria. Posso dizer, sem medo e sem vergonha alguma, que ao pegar o livro para retomar a leitura sentia arrepios e ficava angustiada.

Spotlight: Segredos Revelados é uma obra que vai surpreender qualquer leitor, principalmente aqueles com o coração mais difícil de emocionar. Sim, eu chorei; sim, eu passei mal; sim, me desesperei; sim, tive vontade de virar assassina para matar esses desgraçados que... Espere, vamos com calma!

Resenha: A queda dos Reinos



A queda dos reinos é o primeiro de seis livros que compõe a série, que leva o mesmo nome, escrita por Morgan Rhodes. Uma fantasia que fala sobre magia adormecida e sobre reinos que precisam se reerguer, mesmo que a custo de uma guerra.

Mytica é uma terra mágica e é nela que a história se passa. Composta por três reinos distintos entre si, Mytica já foi uma região próspera, rica, onde seus habitantes viviam em harmonia, onde bruxas e guardiões da magia eram facilmente encontrados, pois sua existência tinha um propósito: manter a Tétrade em segurança. E essa Tétrade, nada mais era, do que pedras especiais, que guardavam dentro de si toda a magia advinda dos quatro elementos da natureza: água, fogo, terra e ar. Era essa magia que tornava Mytica um lugar tão afortunado.

Resenha: A outra história da Lava-Jato


Não há neste país quem não saiba ao menos por alto do que se trata a celebrada Operação Lava-jato. E triste daquele que ouse questioná-la – principalmente for investigado e estiver no governo (risos). É justamente cutucando o prestígio da investigação que dita os caminhos do Brasil que Paulo Moreira Leite escreve A Outra História da Lava-Jato.

Confesso que o histórico do jornalista, um conhecido defensor dos governos Lula-Dilma, deixou-me com um pé atrás, mas é necessário despir-se de preconcepções ao fazer uma avaliação. Em verdade, o autor não ataca a investigação em si; põe em cheque, porém, o viés político por ela assumido, trazendo argumentos fáticos e jurídicos – estes com certas imprecisões terminológicas releváveis -, analisando a atuações do Ministério Público, do Judiciário e da Polícia Federal do modo que não é feito pela grande mídia responsável pelo “pensamento” da massa brasileira.

Vem por aí: Os Condenados

SAUDADE É UMA DOR QUE FERE NOS DOIS MUNDOS


Danny Orchard conseguiu enganar a morte e ganhou uma segunda chance para viver. Só que ele não voltou do inferno sozinho.

Em Os Condenados, Andrew Pyper, autor do fenômeno O Demonologista, explora as conexões de amor e ódio entre irmãos gêmeos, numa história sobrenatural muito além da vida e da morte e digna de nossos piores pesadelos.

Resenha: O quarto dia


A obra é ambientada num cruzeiro chamado O Belo Sonhador que, convenhamos, está mais para O Belo Pesadelo. A história se passa em janeiro de 2017, no Rio de Janeiro. Era para ter sido uma viagem tranquila, mas o navio desaparece misteriosamente e, no 5º dia, é encontrado à deriva no golfo do México. Mas um grande mistério surge, porque não há pessoas no navio. As perguntas são infinitas e as respostas quase não existem. Está preparado? Então pegue seu bote salva-vidas, se você conseguir achar, porque tudo poderá acontecer, inclusive a morte.

Algo estranho acontece no quarto dia de viagem. O navio perde a capacidade de gerar energia e os geradores de emergência não são suficientes para mantê-lo em movimento. O acesso à internet se perde, não há como se comunicar com quem está fora do navio. Tudo parece ser o fim. O ar condicionado para, a comida ameaça acabar. Há aqueles que dizem ter visto fantasmas nos corredores. O que está acontecendo? O que vai acontecer? Você precisa ler para descobrir.

Vem por aí: O menino que desenhava monstros


Todos já desenharam monstros na infância, mas poucos conseguiram dar vida a eles.

Keith Donohue escreve histórias realmente assustadoras. Não aquelas com sangue por todos os lados ou sustos premeditados para fazer o leitor pular da cama. O horror está nas sutilezas que são capazes de fazer a pele formigar e nos dar a certeza de que estamos diariamente interagindo com o sobrenatural.

Promoção: 5 ingressos para o filme O outro lado do Paraíso

Sinopse: O ano era 1963. O Brasil vivia um período turbulento, com o governo em crise, o Congresso em chamas, denúncias de corrupção na imprensa e um golpe a caminho. Neste país dividido, um brasileiro anônimo, Antonio Trindade, entusiasmado com as propostas de reformas do presidente João Goulart, sai de Minas Gerais com mulher Nancy Emediato e três filhos para tentar realizar em Brasília, cidade ainda em construção, o maior sonho de sua vida: achar o paraíso na terra. Esta história real – baseada em livro autobiográfico de Luiz Fernando Emediato – serviu de tema para O Outro Lado do Paraíso, segundo longa-metragem de André Ristum, que estreia nacionalmente em junho, depois de ganhar 12 prêmios em vários festivais no Brasil e no exterior.

Vem por aí: Editora Sextante

Mês de junho é o mês do amor e a editora Sextante preparou vários lançamentos para presentearmos no dia dos namorados. Confira:

Mudando o tom da conversa
“Este livro é indicado tanto para iniciantes quanto para os mais experientes na arte da negociação. Reúne exemplos de conflitos comuns e utiliza uma linguagem simples que pode ser usada com nossos familiares, nas conversas difíceis com os adolescentes, em situações de trabalho, em discussões políticas, etc. Indispensável.” – The Bowed Bookshelf

Todos enfrentamos conflitos e falhas na comunicação no dia a dia, e é a nossa capacidade de contorná-los ou resolvê-los que faz diferença nas relações afetivas e profissionais.

Em Mudando o tom da conversa, Dana Caspersen, mediadora de conflitos de renome internacional, lista 17 princípios fundamentais, além de ferramentas práticas para reconhecer as emoções e lidar com elas sem se abalar, entender as verdadeiras causas por trás dos problemas, se dirigir ao melhor lado das pessoas e elaborar uma proposta que atenda a todas as partes de maneira satisfatória e duradoura.

Promoção: Um ano de GETTUB


Vou ser sincero e dizer que, no início, não esperava que o GETTUB durasse mais do que alguns meses. Achei que não teria tempo para manter algo tão trabalhoso, mas que dá muito gosto em fazer. Felizmente, consegui. Em julho, o blog completa UM ANO, com planos para durar muitos mais. 

Então, vamos logo conhecer o que preparamos para vocês? 


Vem por aí: Editora Arqueiro

Mês de junho é o mês do amor e a editora Arqueiro caprichou nos lançamentos para presentearmos no dia dos namorados. Romance, suspense, fantasia, todos os gêneros para encantar qualquer um. Confira:

A caminho do altar
“Este romance é radiante e festivo como uma taça de champanhe. Brindemos a ele, porque vale a pena.” – Publishers Weekly

Ao contrário da maioria de seus amigos, Gregory Bridgerton sempre acreditou no amor. Não podia ser diferente: seus pais se adoravam e seus sete irmãos se casaram apaixonados. Por isso, o jovem tem certeza de que também encontrará a mulher que foi feita para ele e que a reconhecerá assim que a vir. E é exatamente isso que acontece.

O problema é que Hermione Watson está encantada por outro homem e não lhe dá a menor atenção. Para sorte de Gregory, porém, Lucinda Abernathy considera o pretendente da melhor amiga um péssimo partido e se oferece para ajudar o romântico Bridgerton a conquistá-la.

Resenha: Não fale com estranhos


E se você descobrisse que foi enganado por alguém que você ama?

Harlan Coben, venha cá, vamos conversar! Como você faz isso com os seus leitores? Explique-nos como você consegue colocar sorrisos em nossa face, em seguida brotar lágrimas; como você tem a capacidade de nos tirar o sono, o cansaço, a fome. Sim, a fome! Deixei de almoçar para matar a terrível curiosidade proporcionada com essa leitura. O que é isso? Uma fórmula mágica?

É difícil iniciar a resenha de Não fale com estranhos sem deixar claro uma coisa: nada, absolutamente nada do que eu disser aqui será suficiente para demonstrar a magnificência que é essa obra. A resenha não será o bastante para expressar o sentimento que essa leitura me proporcionou. Então, leitores, tudo o que eu disser aqui vocês podem multiplicar pelo número que quiserem, ainda não será o bastante. Exagero meu? Então façam o teste e adquiram o livro! Eu não serei a única.

Entrevista: Mary E. Pearson - The Kiss of Deception


Olá, leitores. Para quem é fã da Editora DarkSide com certeza já ouviu falar no livro The Kiss of Deception (isso se já não leram a obra, não é?). Se ainda não leram, o Blog trouxe uma entrevista exclusiva feita pela Dark com a autora e tenho certeza que o livro vai entrar na sua fila de leituras deste mês (se já não estiver). A autora além de ser uma querida, respondeu todas as perguntas de forma completa. A Dark selecionou algumas perguntas dos Blogs parceiros. Confiram:

Vem por aí: O último adeus


“Desculpa, mãe, mas eu estava muito vazio.” – TYLER

A autora de fantasia que está encantando leitores com a força de sua escrita lança seu primeiro romance contemporâneo – uma trama comovente e impactante situada nos dias de hoje. Depois de sucessos internacionais como a saga Sobrenatural, Cynthia Hand demonstra todo o seu talento numa história sobre perda, culpa e superação.

O último adeus é narrado em primeira pessoa por Lex, uma garota de 18 anos que começa a escrever um diário a pedido do seu terapeuta, como forma de conseguir expressar seus sentimentos retraídos. Há apenas sete semanas, Tyler, seu irmão mais novo, cometeu suicídio, e ela não consegue mais se lembrar de como é se sentir feliz.

Resenha: Muito veneno e um pouco de lirismo


Sinal vermelho! Ele entra
Em cena, olha pros lados,
Ora a Deus e se concentra
Nos malabares jogados
Para o alto e, habilidoso,
Não deixando de sorrir,
Termina o show ansioso
Para alguém lhe aplaudir.

Já tive a oportunidade de ler a primeira obra de Leandro Andreo, Ivvi, e, quando recebi o convite para conhecer o seu segundo livro, sabia que coisa boa estava prestes a surgir. Foi melhor do que imaginava e me surpreendeu por não ser apenas poesias doces e tristes para a sua eterna musa dos sonhos de todo poeta. Dessa vez, Leandro caprichou nas doses de veneno.


Evento: Mochilão da Record


No dia 03 de junho Campinas recebeu o Mochilão da Record. E foi lindo. A edição deste ano foi apresentada pelo Thiago Mlaker e pela Shirley Tuxo, ambos muito simpáticos e carismáticos, o que tornou o evento animado e divertido.

A proposta do Mochilão, além de estreitar os laços com os leitores e promover um encontro entre pessoas com o gosto pela leitura em comum, é apresentar os lançamentos da editora. Nesse dia, diversos livros tiveram suas capas, sinopses e prováveis datas de lançamento reveladas. Além disso, o leitor teve acesso à estimativa de preço, informação valiosíssima para quem gosta de programar o orçamento para a compra de livros.

Resenha: Sedução da Seda


Antes de falar deste livro, preciso confessar o seguinte: sou uma apaixonada por romances. De época, históricos, contemporâneos... Amo o tipo de livro capaz de me fazer suspirar. Se ele vier acompanhado de um final bem meloso, com direito a toda felicidade do mundo, fica ainda melhor. Acontece que depois de um tempo lendo romances, a gente percebe que existe certa receita de bolo, por assim dizer. Aqueles elementos que já esperamos encontrar na leitura. Sedução da Seda chamou minha atenção e me conquistou por vários motivos, mas, principalmente, porque foge um pouco deste padrão.

Encantei-me principalmente com o fato da protagonista sair do papel que comumente encontramos em romances deste estilo; a mocinha virginal, que sonha em casar (de preferência com um bom partido), aquela mocinha que faz uso das birras e artimanhas femininas para conquistar o coração do pretendente. A protagonista não é nada disso. É justamente o contrário. É uma mentirosa, ambiciosa, uma guerreira. É uma mulher direta, sem melindres e nem papas na língua. É o tipo de pessoa que sabe o que quer, o que precisa, e faz o necessário para chegar onde considera ser o seu lugar.


Resenha: Pasta Senza Vino


Pasta Senzo Vino...

Fazia tempo que eu não lia um bom livro nacional. A verdade é que, ultimamente, tenho me decepcionado com os que li. Não porque as histórias sejam ruins, mas porque os autores não souberam desenvolver e fazer com que o cenário seja bem mais trabalhado e que a história passe a emoção que merece.

O enredo de Pasta Senza Vino foi uma grande surpresa para mim. Confesso que nunca tinha ouvido falar na história e nem conhecia o autor Eduardo Krause, mas ele não me decepcionou de forma alguma.


Vem por aí: Olhos de Lobo


O leitor votou e a Farol Literário atendeu. Foi divulgado o resultado na página do Facebook da editora para escolher a capa da continuação de Sangue de Lobo, o tão esperado livro Olhos de Lobo. Foram apresentadas três capas e os leitores poderiam votar em sua preferida, a mais votada ganharia.

Em julho vocês já poderão conferir o livro Olhos de lobo em todas as livrarias do país. Falta só um mês, está chegando. Enquanto isso, saiba um pouco mais sobre o livro:


Vem por aí: Em algum lugar nas estrelas


Em algum lugar nas estrelas é um romance intenso sobre a difícil arte de crescer em um mundo que nem sempre parece satisfeito com a nossa presença. Pelo menos é desse jeito que as coisas têm acontecido para Jack Baker.

A Segunda Guerra Mundial estava no fim, mas ele não tinha motivos para comemorar. Sua mãe morreu e seu pai... bem, seu pai nunca demonstrou se preocupar muito com o filho. Jack é então levado para um internato no Maine. O colégio militar, o oceano que ele nunca tinha visto, a indiferença dos outros alunos: tudo aquilo faz Jack se sentir pequeno. Até ele conhecer o enigmático Early Auden.

Vem por aí: Perfumes de Paris

Olá, leitores. Hoje trouxe para vocês um lançamento da Primavera Editorial.

Volume I da coleção, o livro de Sayonara Salvioli tem como pano de fundo a Belle Époque francesa.

Com passagem pelos canteiros floridos de Grasse – a capital mundial do perfume –, pelos campos de lavanda de Valensole, na região de Provença, e por outros lugares encantadores da França, o romance Perfumes de Paris (Primavera Editorial, 160 páginas, R$ 24,90) passeia, na maior parte do tempo, pela Paris dos anos 1890: o Moulin Rouge, o Chat Noir, o Folies Bergère, Place du Tertre, o Jardim de Luxemburgo, o rio Sena visto do Quai des Tuileries, o Café de la Paix, a ópera Garnier, entre outros cenários. Tudo isso em meio a muito romance e erotismo.

No clima efervescente da Belle Époque, a rica herdeira Charlotte Emanuelle – perfumista da Chermont Parfumerie – frequenta a noite alegre dos cafés e casas de shows da cidade-luz. Mas o amor ainda não havia chegado à sua vida de luxo e glamour, até o dia em que ela tem uma visão no reflexo de um espelho. Desde então, uma magia aconteceu em sua vida, que se encheu de encanto. Mas o amor trazia consigo uma proibição – e depois outra, ainda maior e mais severa. E a perfumista precisará de uma força enorme para salvar a sua felicidade.

Top Comentarista de Junho

Olá, leitores. Hoje o Blog trouxe o Top Comentarista do mês de Junho. Como a maioria já sabe, quem mais comentar no Blog recebe um prêmio. O vencedor levará o lançamento da editora Arqueiro: O quarto dia.

ATENÇÃO! Se você não quiser O quarto dia, deixe no comentário desta postagem 3 possibilidades de livros que gostaria de ganhar da Editora Arqueiro e verei a possibilidade de ceder para o vencedor.