Lançamentos Editora Record


Olá, leitores. Este mês o Grupo Editorial Record trouxe diversas novidades para atrair qualquer tipo de leitor. Diversos gêneros para nos encantar e deixar a nossa estante mais apertada (e mais feliz).

Confiram as capas (clique na imagem para ser redirecionado à sinopse).

Quotes: Essa luz tão brilhante


Olá, leitores. Hoje trouxe para vocês alguns quotes com fotos do livro Essa luz tão brilhante separados pela Karolyne Oliveira.

Resenha: Perdido em Marte


Olá gente linda, estamos cada vez mais perto do Natal, época de limpar a casa, festejar, tomar banho, sair com os amigos, contar as moedas para comprar a cerveja, fazer acontecer ♥. Ontem, devido a chuva maluca que tivemos na região, o profis liberou mais cedo da ixcola facul. Sem condições de continuar a aula, eu aproveitei a situação de semi-alagamento do pátio, para terminar um livro mara dentro da sala! Legal, quem quer saber? Tá bom, vamos ao livro:
 
Nunca imaginei que fosse gostar tanto dele. Perdido em Marte é simplesmente muito genial! Conta a história de Mark Watney, o 17º astronauta a pisar em Marte, e provavelmente o primeiro a morrer lá. Caramba, Silvana, o que isso tem de legal? Essa, na verdade, é a parte triste, a parte legal é quando o Mark não desiste de viver e começa a enfrentar as dificuldades existentes para sobreviver, e ainda fazer piada da situação. 

Lançamentos da Editora Intrínseca


Olá, leitores. Aos fãs de Jojo já devem estar sabendo, aos fãs de Howey já devem estar sem unhas, mas mesmo assim venho anunciar os lançamentos da Editora Intrínseca e tenho certeza que vocês já sabem que tem muita coisa boa por aí, principalmente para quem estava ansioso pelo terceiro livro da série Silo. Vamos conferir? Hoje trago a sinopse completa de cada um para atiçá-los, pois sou dessas (rs). 

Resenha: O ar que ele respira


Às vezes me sinto a maior crítica literária da espécie (no sentido mais chato possível), outras vezes me sinto a boazinha (o que não ocorre com certa frequência). Tenho tido leituras balanceadas este ano, ora muito boas, ora mais ou menos e tinha ficado por aí. Até pegar O ar que ele respira e despencar de vez na balança.

Tenho lido diversos elogios sobre a obra. Leitores afoitos por Tristan (infinitos), outros por Elizabeth (poucos), mas o fato é que Cherry tem arrebatado corações por aí afora. É claro que li resenhas negativas, porém, fico imaginando se eu sou o problema em enxergar tudo exagerado e forçado demais ou se o livro realmente é assim – em alguns (longos) pontos.

Resenha: Série O cemitério dos livros esquecidos



Olá! Há tempos que não lia uma trilogia recheada de suspense e mistério, sendo assim, quando me deparei com a série O cemitério dos livros esquecidos, com capas misteriosas, e ainda escrita pelo espanhol Carlos Ruiz Zafón, não tive dúvidas e mergulhei na leitura.

No primeiro volume, A sombra do vento, nossa história acontece em Barcelona, no ano de 1945. Nosso personagem principal se chama Daniel Sempere e tem 11 anos. Em seu aniversário, seu pai lhe dá um presente peculiar: o leva até o Cemitério dos livros esquecidos, uma biblioteca secreta e cheia de esconderijos, que serve de depósito para os livros abandonados pelo mundo. 

Quotes: Lead


Olá, leitores. Hoje trouxe para vocês alguns quotes com fotos do livro Lead separados pela Karolyne Oliveira para o Blog. Ela aparecerá algumas vezes por aqui com quotes dos seus livros lidos e algumas fotos lindas. Confiram:

Se você gosta de… vai gostar de…


Em algumas ocasiões, ficamos sem um bom livro para ler, seja por finalmente acabarmos de ler aquela pilha de leituras atrasadas ou por não termos certeza de que o livro que vimos na livraria é realmente interessante. Pensando nisso, separamos algumas recomendações de acordo com outros livros, séries e filmes que você pode gostar.

– Gosta de Extraordinário? Você vai gostar de Pax

Resenha: Tocando as estrelas


O maior sonho de Paige Townsen era ser atriz; sua mãe não se interessava muito, mas nunca desestimulou a filha nesse sentido. Cassandra e Jake são os melhores amigos da garota e sempre a incentivaram para conquistar os seus sonhos, mesmo que para isso ela tivesse de sair do país. Convencida por sua amiga Cassandra, Paige participa de um teste para uma adaptação cinematográfica e, claro, é aceita, além de conseguir o papel principal.

As coisas tomam um rumo depressa e a jovem não sabe lidar com isso. O mundo da celebridade é algo novo para ela e ter de conviver com algumas mentiras poderá colocar seu futuro a perder. Paige precisará lidar com o mundo das notícias e que nem sempre são verdadeiras. Afinal, uma fotografia nem sempre representa aquilo que estão dizendo. Sua rotina mudará totalmente; embora ela não esteja acostumada, a garota gosta do seu status de nova celebridade.

Resenha: As doze tribos de Hattie


Olá povo mais lindo desse meu Brasil!
Sabe quando vocês às vezes vê uma pessoa muito amargurada e rabugenta, e pensa: Nossa, que mal amada?! Então, as estatísticas do Instituto Silvana Observadora da Vida Alheia, alegam que em 90% dos casos isso é verdade! Rá!

No livro, As doze tribos de Hattie, isso é claramente comprovado! Somos levados para dentro da vida de Hattie Shepherd, uma jovem recém casada, que muda para uma nova cidade e uma nova vida, com a esperança e a promessa de ser melhor aceita pela sociedade branca. Sim, Hattie é negra e o livro se passa na época em que brancos e negros estavam começando a conviver como iguais.


Resenha: Dois irmãos


Olá pessoas lindas, o livro de hoje entrou facinho para lista de melhores do ano! (Eu ainda não fiz um ranking, mas vou começar a fazer \o/\o/). 

Um livro com uma ideia totalmente normal, mas simplesmente boa demais: briga em família. Quem nunca, hein? Aposto que todo mundo tem uma maçãzinha podre na família (está certo que na minha tem mais, mas vamos deixar pra lá).


Resenha: Essa menina


Fiquei interessada por Essa menina apenas pelo “De Paris a Paripiranga”. Confesso que a sinopse não havia me atraído, mas fiquei curiosa para saber se o “Paripiranga” do subtítulo se referia a uma cidade do interior da Bahia, mas estava enganada. Na verdade, é um bairro chamado Paripiranga e fica em torno de 7,5 mil quilômetros de distância de Paris.

O livro tinha elementos fortes para me agradar e me envolver, mas não foi isso o que aconteceu em grande parte das vezes. Por se tratar de uma série de histórias do passado de uma garota, algumas conseguiram prender a minha atenção; outras apenas serviram para tornar a leitura mais arrastada do que poderia prever.

Feira do livro em Rio do Sul - SC


Olá pessoinhas, venho honrosamente lhes comunicar que ontem fui à primeira feira de livros da minha vida \o/\o/

Pois é, eu amo os livros há muitos anos, mas nunca sobrava cash pra ir a uma feira de livros, Bienal então só em sonhos. Mas, decidida a participar dessa vida de feira pelo menos uma vez, me programei e ontem fui à feira do livro em Rio do Sul.

Lançamentos da Editora Sextante


Olá, leitores. Este mês de setembro tem muitas novidades no mundo literário e hoje preparei para vocês os livros da Editora Sextante. Estou torcendo para ganhar um de aniversário.

Vamos conferir?

Quotes: Em algum lugar nas estrelas


Olá, leitores. Hoje é meu aniversário e, para comemorar, resolvi trazer alguns quotes de um livro muito especial. Ele é o meu xodó na estante. Um trabalho estético da editora excelente, capa dura, alto relevo e um trabalho de diagramação de colocar muitas editoras no bolso.

Preparei alguns quotes e fotos para vocês se deliciarem.

Resenha: Psicose


Iniciar essa resenha sem antes fazer menção do lendário filme Psicose é praticamente impossível. Ambos são clássicos, considerados como ícones do horror. O filme de Alfred Hitchcock ganhou um super destaque por seguir à risca o que o livro de Robert Bloch aborda. Todavia, não posso dar a minha opinião a esse respeito porque ainda não vi o filme. Porém, é preciso deixar claro: esse livro é fantástico.

A obra de Bloch foi publicada em 1959 e até hoje o sucesso é garantido e, a cada edição, o trabalho fica bem mais rico e prazeroso de se ler. Para quem não sabe, o livro é baseado no caso do assassino de Wisconsin, o psicótico Ed Gein.

Resenha: Orgulho e preconceito


"A língua é o chicote da bunda". Você provavelmente já ouviu esse ditado popular, correto? Pois o livro Orgulho e Preconceito descreve muito bem essa situação. A inglesa Jane Austen conquistou meu coração com esse clássico. Ele simplesmente chegou e abalou as estruturas ♥

Elizabeth Bennet (Lizzy) é uma garota bonita e com uma língua muito afiada. Conseguiu crescer relativamente normal, em meio a uma família maluca. Sua mãe, muito escandalosa, vive a dar vexame. Suas irmãs mais novas, muito interesseiras e com uma ervilha no lugar do cérebro. Sua irmã mais velha, inteligente, porém, tímida demais. Seu pai, por incrível que pareça, é o mais normal.

Resenha: A longa e sombria hora do chá da alma



A longa e sombria hora do chá da alma – título longo, não é? – é o segundo livro da série de Douglas Adams protagonizada pelo detetive Dirk Gently (o primeiro é Agência de investigações holísticas Dirk Gently). Trata-se de uma história repleta de mistérios com os quais o detetive que usa técnicas não convencionais, acaba se envolvendo.

O que pode haver em comum entre uma explosão no aeroporto, uma secretária desaparecida e uma cabeça girando sobre um tocador de discos? Prima facie, nada. Mas essa pergunta é o fio condutor da trama. Outros elementos e informações vão sendo adicionados de modo que podem tanto deixar o leitor no caminho do deslinde quanto na penumbra de fatos sem ligação, sem poder enxergar o que está a sua frente.

Resenha: A revolução dos bichos


Boa noite querida comunidade, ou como se diria em alemão: Guten Abend liebe Gemeinde (se você já ouviu alguém falando isso, provavelmente achou engraçado), se não ouviu: apenas sorria e acene.

O post de hoje trata de um livro da pesada! Ele deveria ser leitura obrigatória em todas as escolas. Graças a ele, comecei a gostar um pouco mais de política. Orwell foi um escritor e jornalista inglês, que nesse livro mostrou uma visível consciência das injustiças no mundo.

Resenha: Silenciadas


Quando finalizei a leitura de Silenciadas, precisei de uma longa pausa para fazer esta resenha. Estava me preparando psicologicamente para escrever sobre a história. Posso dizer que, até agora, desde que concluí essa leitura, nenhum livro conseguiu passar pelas minhas mãos por tanto tempo até largar e começar outro, outro, outro... E não sei mais quantos começarei até sair dessa ressaca literária.

Quase tudo começa em 2008 – tirando o prólogo que não revela a real data, mas, fazendo as contas, é por volta de 1993. Quinze anos atrás, uma adolescente é surpreendida enquanto colhia flores para a celebração do solstício de verão e é brutalmente violentada. O tempo passa e aquela garota poderia ter sido apenas uma jovem comum, feliz e sem marcas – se não fosse esse passado que a tormenta dia após dia. Já em 2008, um homem é morto em um atropelamento e não possui nenhuma identificação. Ao mesmo tempo, um sacerdote e sua esposa são encontrados mortos em um aparente duplo suicídio. Fredrika Bergman, juntamente com a equipe de investigação de Alex Recht, é encarregada de casos aparentemente desconexos.

Novo Selo da Editora DarkSide

Olá, leitores. Há aqueles que gostam de uma editora e existem aqueles que amam. Estou na segunda lista quando o assunto é DarkSide. É impossível não amar essa editora por toda a qualidade de seus trabalhos. Agora, apresento a vocês o novo selo: Crânio.



A história real que inspirou O navio das noivas


Jojo Moyes já declarou que gosta de criar personagens femininas comuns, mas foi durante uma despretensiosa conversa com a avó que ela teve inspiração para escrever O navio das noivas. A autora já era adulta quando descobriu a travessia que a avó australiana encarou para encontrar o marido após a Segunda Guerra Mundial.

A partir desse papo, Jojo começou a imaginar um livro que falasse sobre a viagem dessas mulheres que corajosamente embarcaram em um porta-aviões para rever os seus amores. “Essa conversa realmente me fez pensar em como muitas histórias de famílias desaparecem porque as pessoas insistem em guardá-las para si. Honestamente, minha avó não achava que era uma coisa extraordinária”, contou a autora em uma entrevista a Reuters. 

Livro "A garota no trem" virará filme

Olá, leitores. Para quem leu A garota no trem, de Paula Hawkins, já estão por dentro da novidade? O livro virará filme.

Esse thriller psicológico ganhou trailer inédito com novas imagens de uma das protagonistas, no caso a Rachel, interpretada por Emily Blunt. Além disso, foi divulgado o cartaz do filme:


A estreia está prevista para o dia 27 de outubro. Aguarde a emoção e comemorem porque já está chegando o dia.


Resenha: Uma carta de amor


Olá pessoas lindas, vocês têm aquele autor, que em algum momento da vida, decepcionou vocês? Aquele cara que fez você criar mil e uma expectativas e quando você viu, não era aquela Brastemp? Pois é, conheço um cara assim, e a nossa relação sempre foi de amor e ódio...

O nome dele é Nicholas Sparks, norte-americano (culpado?), que pelos meus cálculos já lançou uns 18 livros aqui no Brasil. Ganhei três livros dele de presente, li, e amei. Na empolgação fui comprando os demais, então, atualmente, tenho todos os livros dele lançados até o momento. Acontece que, no meio do caminho, fui enjoando dele, e dos livros dele #castigo, mas quem me conhece sabe que eu não vendo um livro antes de ler ele todinho, mesmo se ele for uma droga e eu adormecer durante a leitura, livros devem ser lidos! Muitas vezes nos surpreendemos com a reviravolta de alguns, Eugênia Grandet é um exemplos desses. (Caso você não seja assim, não se sinta culpado (a), somos diferentes e essa que é a graça da vida).

Resenha: Uma canção de ninar


Hoje vou falar sobre Uma canção de ninar, o novo livro da autora Sarah Dessen. Meu conhecimento da obra desta autora não é vasto, li somente o livro que estou resenhando hoje e Os bons segredos, lançado em 2015, resenhado aqui no Blog. A experiência de leitura foi semelhante em ambos os casos.

Nesta obra Dessen conta a história de Remy, uma adolescente que tem mania de manter tudo organizado, que é capaz de solucionar qualquer problema alheio. Ela acabou de se formar no ensino médio e está contando os dias para ir embora de casa, rumo à faculdade.  Remy precisa apenas passar pelo verão, e tem em mente tudo aquilo que deseja fazer durante este tempo: organizar o quinto casamento da mãe, aproveitar a companhia das amigas, terminar um namoro que está ficando sério demais, conhecer algum carinha que não queira nada sério, assim como ela não quer, para aproveitar os últimos momentos na cidade.


Resenha: Caixa de pássaros


Começar esse livro foi um grande desafio para minha coragem, pois sou uma medrosa nata! Ansiedade não combina comigo, suspense me deixa de cabelos em pé, e o horror me embrulha o estômago. Mas mordi o lábio inferior (igual as mocinhas nhe nhe nhe de muitos livros) e mergulhei. A frase mais lida em Caixa de pássaros foi: "Não abra os olhos". Isso mesmo, não abra os olhos, nunca!

Você já se imaginou vivendo em um mundo assim? O fato de não poder abrir os olhos, enquanto as coisas acontecem ao meu redor me enlouqueceria, ouvir alguém passar do meu lado e não responder quando pergunto quem é, me faria sair atirando a torto e a direito; sentir alguém encostar em mim, sem se identificar, me faria urinar nas calças; ou o simples fato de andar no meio de uma cidade, com muito espaço aberto, sendo o silêncio mortal meu único companheiro, já seria a receita perfeita para eu conjurar um portal para Nárnia com passagem só de ida. E o que você me diz, vivenciar isso tudo, SABENDO que sim, tem alguma coisa lá fora?

Resenha: Essa luz tão brilhante



Quando vi a capa de Essa luz tão brilhante, me apaixonei. Quando li a sinopse, pensei, é meu tipo de livro. Preciso dele, urgente! Quando, em parceria com a Editora Arqueiro, o livro chegou em minhas mãos, sem dúvidas, furou a fila. Passou na frente de todos os outros, pois eu precisava iniciar a leitura. Hoje conto para vocês como foi a experiência.

A autora Estelle Laure estreia no universo literário nos presenteando com a história de Lucille, uma jovem de 17 anos que vê sua vida tomar rumos inesperados. O pai, surtado, está internado em um lugar que ninguém sabe onde fica. A mãe, incapaz de lidar com a ausência do marido e talvez com outras questões relacionadas à maternidade (não ficou claro no livro), decide simplesmente desaparecer. Com alguns dólares, uma casa caindo aos pedaços, um amor platônico, uma irmã de 9 anos e uma amiga inseparável, a protagonista se vê diante de situações difíceis, bizarras, imprevisíveis.


Resenha: Sem clima para o amor


Sem clima para o amor é um daqueles livros que poderia virar filme. A obra te faz rir do início ao fim. A protagonista se chama Clare, escritora de romances históricos e filha de Joyce Wingate.

Clare conhece Lonny em uma exposição de Degas. Para ela, é um cara perfeito: o romântico e diferente dos arrasadores de coração que já passou por sua vida. Após um ano de namoro, Lonny se muda para casa de Clare. Ele pede-a em casamento, o que é prontamente aceito.

Lançamentos da Editora Arqueiro


Olá, leitores. Este mês de setembro está recheado de novidades e estou desejando muito os livros da Editora Arqueiro (quem sabe eu não ganhe um a mais de aniversário, não é? Rs). Confiram os lançamentos:

Resenha: Série As Crônicas de Gelo e Fogo



Por que lê tanto?
muita gente já me fez essa pergunta: por que você lê tanto?
Eu dei uma resposta bem boba, do tipo: Ah, porque eu gosto, porque é divertido…
Confiram parte do que Tyrion Lannister disse, quando lhe fizeram a mesma pergunta:
“Uma mente necessita de livros da mesma forma que uma espada necessita de uma pedra de amolar se quisermos que se mantenha afiada”.
Essa resposta foi bem melhor, não é? Estou até treinando-a, caso mais alguém pergunte.

Para quem não sabe, estamos falando das Crônicas de gelo e fogo do autor norte-americano George R. R. Martin… aliás, Tio George cadê o sexto livro?

Top Comentarista de Setembro


Olá, leitores. Hoje o Blog trouxe o Top Comentarista do mês de Setembro (mês do meu aniversário :D). Como a maioria já sabe, quem mais comentar no Blog recebe um prêmio. O vencedor levará um livro dentre as três opções: O Coração da Esfinge; As sete irmãs; Quando o amor bater à sua porta.