Desejados da vez

Olá, leitores. Os desejados da vez aumentam mais e mais a cada mês. Vamos conferir quais foram os escolhidos por mim?


Que sucede quando uma mulher se apaixona pelo homem que deve matar?

Sinopse:
Poucas pessoas podem dizer que viram passar diante de seus olhos uma parte fundamental da história do século XX. E não como meros espectadores dos fatos, mas quase devorados por eles. Ilona Marita Lorenz é uma delas. Nasceu na Alemanha em 1939, às vésperas da invasão da Polônia. Seu pai, alemão, era capitão de navio; sua mãe, americana, havia sido atriz.
Quando menina esteve no campo de concentração de Bergen-Belsen. Logo depois do fim da guerra, aos sete anos, foi vítima de estupro. Nos anos seguintes, embarcava com frequência em viagens capitaneadas pelo pai. Em 1959, chegou à Havana revolucionária a bordo do Berlin. Um grupo de barbudos, encabeçado por Fidel Castro, subiu no navio.
A atração foi imediata e rapidamente se mostraria fatal. Uma semana depois, o comandante mandava buscá-la em Nova York e a convertia em sua amante. Ela tinha dezenove anos. Logo descobriu-se grávida, mas foi submetida a uma intervenção e o bebê não chegou a nascer... Ou, pelo menos, foi o que lhe disseram. A CIA convenceu Marita de que Fidel era o responsável pelo ocorrido e a enviou de volta a Havana com a missão de assassiná-lo. Mas ela foi incapaz - continuava apaixonada.
De volta a Miami, conheceu o ex-ditador venezuelano Marcos Pérez Jiménez, outro envolvimento que teria sérias implicações. Tudo isso já parece suficiente para preencher duas vidas, mas ainda há mais.
A trajetória de Marita tem luzes e sombras. Mas, sobretudo, é uma história sobre amar e correr riscos.


Neste livro o leitor vai encontrar todos os pormenores do making off de O Despertar da Força. Mais de 600 imagens inéditas a cores!

Sinopse:
Numa iniciativa sem precedentes, entre pela primeira vez no departamento de arte da Lucasfilm e descubra os mundos fantásticos, as personagens inesquecíveis e as criaturas inimagináveis de um dos filmes mais aguardados da história.
A Arte de Star Wars, O Despertar da Força leva-o das primeiras contratações de artistas e desenhadores, no Skywalker Ranch e na Lucasfilm, à produção nos Pinewood Studios e à conclusão na Industrial Light & Magic.
A Arte de Star Wars, O Despertar da Força, do realizador J.J. Abrams e da produtora Kathleen Kennedy, apresentá-lo-á aos melhores artistas gráficos, liderados por Rick Carter (Parque Jurássico, Avatar), Darren Gilford (TRON, o Legado, O Esquecido) e o veterano da saga original Doug Chiang. Esta equipa incrível de Visionários re-imaginou a obra de George Lucas, inspirando-se nos artistas da saga original de Ralph McQuarrie e Joe Johnston. Entrevistas exclusivas com a equipa dão-lhe perspectivas fascinantes sobre a visão de Abrams.
Com centenas de obras de arte espantosas, incluindo pinturas, ilustrações, esboços, storyboards, blueprints e pinturas foscas, esta miscelânea deliciará os fãs de Star Wars os criativos e os cineastas em geral ao longo das próximas décadas.


Neste oitavo e último livro da cultuada saga do justiceiro – que inspirou a série de TV homônima –, a tensão e o suspense não dão descanso. Nem a morte.

Sinopse:
Depois de sete livros, a saga do analista forense da Polícia de Miami, Dexter Morgan, chega ao fim. E a última história desse serial killer, que só mata os bandidos – nunca os mocinhos –, não começa nada bem. Ele está preso sob a acusação de duplo assassinato, incluindo o de sua mulher, Rita – crime que, por incrível que possa parecer, desta vez ele não cometeu –, e de pedofilia.
Para se livrar das grades e limpar sua ficha policial, ele terá a ajuda de Brian, seu irmão, que contrata um competente advogado para tirá-lo da cadeia.
No entanto, livre para investigar o que andam tramando contra ele, Dexter se mete em confusões mais complexas e que podem custar-lhe a vida.
Terá Jeff Lindsay a coragem de matar seu mais promissor e querido personagem? Abra este livro e descubra.



Sinopse:
Todas as circunstâncias da morte do sr. Gallet parecem falsas: o nome que usava durante sua última viagem, sua presumida profissão, abandonada em segredo há dezoito anos e, sobretudo, a dor de sua família.
O desdém dos familiares revela sentimentos ambíguos sobre o desafortunado. E a investigação transforma em principal suspeito ninguém menos que seu filho, Henry Gallet. 
Nessa história assombrosa, diversas vezes adaptada para o cinema e a televisão, Maigret descobre a verdade desconcertante e o crime oculto sob um manto de mentiras.



Sinopse:
Primeiro livro da trilogia As Areias do Imperador, Mulheres de cinzas é um romance histórico sobre a época em que o sul de Moçambique era governado por Ngungunyane (ou Gungunhane, como ficou conhecido pelos portugueses), o último dos líderes do Estado de Gaza – segundo maior império no continente comandado por um africano.
Em fins do século XIX, o sargento português Germano de Melo foi enviado ao vilarejo de Nkokolani para a batalha contra o imperador que ameaçava o domínio colonial. Ali o militar encontra Imani, uma garota de quinze anos que aprendeu a língua dos europeus e será sua intérprete. Ela pertence à tribo dos VaChopi, uma das poucas que ousou se opor à invasão de Ngungunyane. Mas, enquanto um de seus irmãos lutava pela Coroa de Portugal, o outro se unia ao exército dos guerreiros do imperador africano.
O envolvimento entre Germano e Imani passa a ser cada vez maior, malgrado todas as diferenças entre seus mundos. Porém, ela sabe que num país assombrado pela guerra dos homens, a única saída para uma mulher é passar despercebida, como se fosse feita de sombras ou de cinzas.

Ao unir sua prosa lírica característica a uma extensa pesquisa histórica, Mia Couto construiu um romance belo e vívido, narrado alternadamente entre a voz da jovem africana e as cartas escritas pelo sargento português.

5 Revelaram sentimentos:

  1. Oi, Naty
    Minha lista cada mês que passa só aumenta também.
    "Eu fui a espiã que amou o comandante" também está entre meus desejados, a Planeta sempre aumenta minha listinha rs

    ResponderExcluir
  2. Gostei muito da sinopse do Eu Fui a Espiã que Amou o Comandante, sou apaixonada por história e amo qualquer livro com essa temática, já quero ler.

    ResponderExcluir
  3. Oi Naty o livro que mais me chamou a atenção é Mulheres de cinzas achei a sinopse diferente com certeza vou le-lo obrigada pela dica bjs.

    ResponderExcluir
  4. Naty!
    Adorei as escolhas dos 4 primeiros livros.
    Amo Dexter e Star Wars.
    Desejo um 2016 carregado de saúde, realizações e muito sucesso em tudo que empreender.
    “Que as conquistas no Ano Novo, cheguem na sua vida como confetes: Abundantes, Alegres e festivas...FELIZ SEMPRE!!” (Ana Marise)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Os livros escolhidos por você não faz muito meu gosto literário, e por isso não me interessei por nenhum livro da sua lista, entretanto minha lista para 2016 está enorme, além do mais muitos livros não lidos em 2015 vai para lista de 2016.

    ResponderExcluir

Gostou da postagem? Deixe um comentário. Se não gostou, comente também e deixe a sua opinião.
Se tiver um blog deixe o endereço e retribuiremos a visita.
Aproveite e se inscreva nas promoções e concorra a diversos prêmios.