Resenha: O ódio que você semeia

"Às vezes, você pode fazer tudo certo, e mesmo assim as coisas dão errado. O importante é nunca parar de fazer o certo."
"Foi depois de saber da morte do jovem Oscar Grant, em 2009, que a escritora Angie Thomas começou a idealizar o que se tornaria o seu primeiro livro. A cada notícia sobre a morte de um conterrâneo negro, a raiva e a vontade de gritar, gerou o “O ódio que você semeia”, um romance sobre Starr, moradora de um gueto nos EUA que, ainda na adolescência, testemunha a morte por arma de fogo de dois de seus melhores amigos. Um deles, Khalil, foi assassinado por um policial, numa blitz."

Eu sou carioca, nasci no Rio de Janeiro. Uma cidade repleta de belos cenários, que são conhecidos mundialmente, mas tambem é uma cidade marcada pela violência e injustiça social.

A cada página que eu lia de um O ódio que você semeia eu lembrava de alguma notícia que assisti no telejornal sobre o assassinato de uma pessoa negra em uma das comunidades do Rio. Um depoimento de uma mãe destruída após a morte de um filho que era só um trabalhador. O relato de uma pessoa que teve seus direitos violados de forma brutal. A história de Starr e Kallil, narrada no livro, é uma ficção, mas infelizmente traz o retrato de muitos brasileiros que são vítimas de racismo e preconceito social/ econômico.

Antes de morrer, Khalil e Starr estão ouvindo Tupac, um rapper americano que fez sucesso nas décadas de 80 e 90. Ele canta Thug life (vida bandida) e Khalil explica a Starr que Thug life é a abreviação de “The hate you give little infants fucks everybody”, ou “O ódio que você passa pras criancinhas f*** com todo mundo”. O diálogo sobre a música inspirou o nome do livro.

Eu poderia ressaltar muitos motivos para indicar a leitura desse livro. A narrativa fluida, a construção de bons personagens, uma história forte, mas certamente o ponte principal desse livro é a discussão sobre temas de extrema relevância. É sempre maravilhoso quando um livro exerce o papel de nos entreter e nos fazer refletir.


Título: O ódio que você semeia
Autora: Angie Thomas
Editora: Galera Record
Páginas: 378
Ano: 2017
12 Leia mais