Resenha: Zen Socialismo

Zen socialismo – os melhores posts do blog Socialista morena publicado pela Geração Editorial, escrito pela jornalista baiana Cynara Menezes, traz um conjunto das principais ideias publicadas em seu blog intitulado Socialista Morena, blog este que permitiu à autora conquistar sua independência profissional sendo financiada exclusivamente por doações e assinaturas de seus leitores, atualmente a mesma é seguida por mais de 50 mil perfis no Facebook. 

Seu blog Socialista Morena prega a necessidade de reorganização dos ideais de socialismo existentes, a autora fala, baseada em Darcy Ribeiro, de um “socialismo moreno”, à moda brasileira, mestiço, tropical e finalmente livre das amarras de ditadores como, infelizmente, vemos em muitos exemplos ao longo da história do mundo.

Contra todas as formas de intolerância, ela publica em seu blog textos curtos de forma clara, objetiva e bem humorada. Cynara faz um excelente trabalho de ataque às concepções anacrônicas e equivocadas da direita brasileira e de seus seguidores mal informados, temas como sexismo, aborto, corrupção e homossexualismo são frequente explanados em seus textos.

O socialismo é abordado no livro como um estilo de vida, e não como um modelo ou regime político partidário, isso pode ser notado logo no primeiro capítulo do livro quando a autora diz: “ser socialista para mim, não significa necessariamente estar ligado a um partido político que se diz socialista. Nem mesmo alcançar o poder, mas atuar como uma consciência coletiva ainda que fora dele, um contrapeso na busca por mais equilíbrio no mundo (...). Rebelar-se contra as injustiças faz parte da natureza humana”.

Os textos publicados no livro são de fácil interpretação, não exigem do leitor conhecimento político prévio, sem se tornar um livro raso. Os argumentos são bem construídos, pontuais e envolventes, permitindo dessa forma que a autora leve o leitor pelas trilhas de sua ideologia sem que ele perceba a grande afinidade que está criando com a sua visão de mundo e adquirindo uma nova percepção sobre uma sociedade mais igualitária, sem grandes ilusões de que o capitalismo desaparecerá em um estalo, tornando assim o livro ainda mais palpável ao leitor.

Além disso, Cynara Menezes dividiu os textos publicados no livro em hashtags: #socialismo, #Brasil, #literatura, #camaradas, #mundo, #maconha, #jornalismo, #vida, #sexualidade, #entrevistas. Essa separação de temas deu ao livro um ar mais leve, apesar dos temas pesados que cada hashtag contém.

Um dos pontos altos da leitura é que para o leitor curioso o livro torna-se um grande banquete cultural, apresentando poetas, cineastas e outras belas influências pouco conhecidas como a escritora Carolina Maria de Jesus, Alex Polari e outras já consagrados como por exemplo José Saramago, Zuzu Angel e Bertold Brecht, permitindo ao leitor indicações de filmes, documentários e o mais importante de tudo: um resgate ao nosso passado, principalmente no que diz respeito a ditadura militar, não apenas no Brasil, mas no mundo.

A diagramação do livro é ótima. Por se tratar sempre de textos curtos o livro assumiu uma característica muito acolhedora, usando letras grandes, espaçamentos confortáveis, permitindo uma leitura gostosa e rápida, assim como o blog Socialista Morena.

Enfim, tantos assuntos essenciais, bem escritos e acessível à todas as pessoas, indico Zen Socialismo com todo carinho que a obra e a escritora merecem.

Título: Zen Socialismo (exemplar cedido pela editora)
Autora: Cynara Menezes
Editora: Geração Editorial
Páginas: 240
Ano: 2015

Resenhado por Paula Leda

5 Revelaram sentimentos:

  1. Uma das matérias que mais amei na faculdade foi sociologia, acho a história abordada nessa matéria muito bacana, apesar de não saber muito sobre política, gosto bastante de ler sobre o capitalismo, e como foi construído e tudo mais, e por isso esse livro me chamou bastante a atenção, espero poder ler logo.

    ResponderExcluir
  2. Oi Naty e Paula eu já li a resenha desse livro em outro blog o livro não me chamou a atenção não é o tipo de gênero literário que eu gosto de ler, mas como sempre você faz ótimas resenhas bjs.

    ResponderExcluir
  3. Acho que livros envolvendo política deveriam ser obrigatórios nas escolas, acredito que o desinteresse pelo assunto que tenho hoje em dia é pelo fato de nunca ninguém ter apoiado esse tipo de leitura. Voltando para a resenha, achei muito boa e acho que deve ser um bom livro para quem quer começar a se aventurar nesse assunto.

    ResponderExcluir
  4. Paula!
    A meu ver é um dos livros mais completos para leitura e análise.
    Fora do mundo da fantasia, bom demais para ampliar a leitura.
    Nos faz questionar as análises políticas e a forma como são empregadas. Bom para reformularmos nossos questionamentos sociais e políticos.
    Bom demais!
    “Somente quando encontramos o amor, é que descobrimos o que nos faltava na vida.” (John Ruskin)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    Participem do nosso Top Comentarista de Dezembro, serão 6 livros e 3 ganhadores!

    ResponderExcluir
  5. Maravilhosa resenha, confesso que bateu uma certa curiosidade sobre o livro, apesar do tema não ser um dos meus preferidos, vou considerar essa leitura futuramente. parebens ótima resenha.

    ResponderExcluir

Gostou da postagem? Deixe um comentário. Se não gostou, comente também e deixe a sua opinião.
Se tiver um blog deixe o endereço e retribuiremos a visita.
Aproveite e se inscreva nas promoções e concorra a diversos prêmios.