Resenha: Meio Rei

 
Meio Rei é um dos lançamentos de Junho da Editora Arqueiro, e o começo da trilogia Mar Despedaçado, de Joe Abercrombie. Foi meu primeiro contato com a obra deste autor, e confesso, não poderia ter iniciado de maneira melhor. 

O livro conta a história de Yarvi, o segundo filho do rei de Gettland. Em um cenário com um “Q” viking, onde guerras são disputadas e reinos precisam se manter em evidência, ser dotado de força bruta e destreza para manejar a espada no campo de batalha não é apenas esperado, são características necessárias nos homens que vivem ali. E embora seja príncipe e, como tal, devesse se encaixar nesse padrão, Yarvi acaba por ser uma exceção à regra.

Uma mão esquerda deformada, desde o nascimento, transformou o jovem príncipe em um filho rejeitado pelo pai, subjugado pela mãe, desacreditado pelas pessoas. Mas Yarvi mostra que, ainda que lhe falte força bruta, há sabedoria e esperteza de sobra em sua personalidade. Por conta disso decide estudar para se tornar ministro, uma espécie de conselheiro do rei, um especialista em culturas, idiomas, um conhecedor sobre as propriedades de cada planta, um sábio sobre todas as coisas. Ele estava satisfeito com o curso da sua vida, mas algo terrível acontece e ele se vê diante de possibilidades até então impensadas. Yarvi precisa tornar-se rei. E, então, se vingar.


O autor nos apresenta um protagonista infantil, tolhido pelos anos em que foi desrespeitado e menosprezado. O autor coloca, nas mãos de um menino, todo o futuro de um reino, de uma trama. E o que acontece quando não é só a malha e o escudo que pesam, mas também toda a responsabilidade que chegou de maneira brusca? O que acontece quando o juramento de vingança acaba por se tornar o único caminho a ser seguido? O que acontece quando, diante de tudo o que já estava ruim, o destino se encarrega de deixar ainda pior?

Acontece tudo. Tudo o que nós imaginamos e mais aquilo que nem sequer passa pela cabeça do leitor. A gente vê um protagonista com atuação duvidável crescer diante dos nossos olhos. Criar laços com as pessoas mais improváveis, ser traído por quem a gente (e ele) menos espera. A gente vê um meio rei e meio homem se transformar em um ser humano completo, que é consciente das suas habilidades, das suas potencialidades e defeitos, e usa tudo isso a seu favor. A gente se envolve com personagens secundários misteriosos, fortes, sonhadores, leais e guerreiros. A gente se envolve com a história toda.

A gente vê e sente tudo isso. E ainda mais, pois a trama nos transporta para mares revoltos, cenários insípidos e gelados, de guerras internas e externas. O leitor torce, sofre, se orgulha, sente raiva. O leitor não consegue largar as páginas depois que se vê conquistado pela narrativa. E quando termina, a gente quer mais. Impossível não querer.

Com relação à diagramação, achei que está respeitando o padrão da editora, ou seja, tem muita qualidade. Capa bonita, mapa da região para o leitor que gosta de dissecar a geografia da história, papel e tamanho da fonte confortáveis à leitura. Além disso, a editora disponibiliza no final do livro uma provinha do primeiro capítulo do próximo livro da série. No fim das contas, posso dizer o seguinte: que venham os próximos!


Quotes:
“Como abominava as espadas e os escudos, detestava os campos de treinos e desprezava os guerreiros que faziam dali o seu lar! Acima de tudo, como odiava sua própria mão, que não passava de uma piada ruim, uma lembrança de que ele jamais poderia ser um deles.”

“Posso até ser meio homem [...] mas sou capaz de fazer um juramento por inteiro.”

“Era estranha a rapidez com que um rei podia se tornar um animal. Ou como meio rei podia virar meio animal. Talvez até os que nós alçamos aos postos mais altos jamais se elevem muito acima da lama.”

“Às vezes ‘talvez’ é a melhor coisa que a gente pode ter.”

“- Seu irmão podia até ter mais dedos, mas os deuses guardaram toda a inteligência para você.”

Outras fotos: 





Título: Meio Rei – Mar Despedaçado 1 (exemplar cedido pela editora)
Autor: Joe Abercrombie
Editora: Arqueiro
Páginas: 288
Ano: 2016

19 Revelaram sentimentos:

  1. Desde que vi o título do livro fiquei com vontade de ler. Apesar de ser uma serie e eu estar fugindo de series no momento minha vontade só aumentou, o livro não tem o toque de fantasia que pensei que tivesse mas mesmo assim parece ser muito bom.

    ResponderExcluir
  2. Quando vi seu lançamento a sinopse havia me chamado a atenção, gosto de histórias com reinos, superação e vingança, e também desconheço a escrita do autor, o livro parece ter muitas reviravoltas e deixar o leitor em um ritmo frenético, a diagramação da Arqueiro segue um padrão que eu acho lindo

    ResponderExcluir
  3. Olá Krisna!!
    Aaaaai que livro MA-RA-VI-LHO-SO!!!!!!
    Pela capa já tinha me interessado, agora com essa resenha...Gostei mto da escrita fácil e bem elaborada...Já qro pra ontem ler!
    As fotos estão excelentes tbm, eu amei!!!
    Parabéns!
    Bjs!

    ResponderExcluir
  4. Eu não conhecia este livro, por ele ser um lançamento, claro, nem o autor, mas lendo sua resenha super positiva sobre a história, sem dúvidas pretendo ler, adicionei em minha lista de leituras.

    ResponderExcluir
  5. Olá, tudo bem? Que capa bacana! Adorei a resenha e fiquei com vontade de ler o livro. Arrasou nas fotos!

    Beijos,
    Duas Livreiras

    ResponderExcluir
  6. Gosto muito quando um personagem cresce apesar das dificuldades (ou por causa delas) e vai mudando, vai se tornando mais forte e melhor. Assim é bem mais interessante acompanhar a história. E esse livro parece ter muitos dilemas, muitos problemas, então chato não deve ser. Gostaria de ver como é. E que venham mais livros logo porque a série pode ser muito boa de ler se for como esse primeiro livro.

    ResponderExcluir
  7. Oi Krisna, tudo bem contigo ???
    Primeiramente, que lindo esse (ou será essa ???) gato na foto que você tirou do livro !!! Nunca tive gatos pois tenho uma alergia tremenda, mas confesso que os acho lindinhos demais !!! ^^
    Já vi algumas pessoas comentando sobre o lançamento desse livro, mas confesso que assim que ele foi lançado eu não dei muita bola não. Por motivos de julgar pela capa, achei que a história seria um pouco fraca, que não me agradaria muito, com sua resenha vi que estava enganada !!!
    A história parece ótima, muito boa mesmo, daquelas que com certeza me surpreenderia. Acho que preciso dar uma chance para o livro ein ???

    Beijinhos
    Hear the Bells

    ResponderExcluir
  8. Oi, tudo bem? Desejo que sim! Ótima sua resenha e lindas suas fotos, principalmente com esse gato fofo! Adoro gatos, tenho uma gatinha que amo muito. Quanto ao livro, já havia lido comentários sobre o mesmo, mas nunca me chamou muito a atenção. Agora lendo sua resenha, já fiquei mais interessada e curiosa sobre essa série. Deve ser uma leitura muito divertida, com uma narrativa muito cativante. Ótima dica, obrigada. Beijos.

    ResponderExcluir
  9. Se eu já queria esse livro, depois da sua resenha então nem se fala *-* Eu adorei a premissa desse livro, ainda mais por envolver uma criança que, devido as circunstâncias, precisa amadurecer bem cedo.
    E parece ser uma leitura bem envolvente e com algumas cenas de ação, que eu simplesmente amo. Eu já estou curiosa e espero poder ler em breve.
    Ah, a foto com o gatinho ficou linda *-* Beijo!

    ResponderExcluir
  10. A premissa do livro chamou muito minha atenção, estou bem curiosa para ver como será o desenvolvimento do protagonista no desenrolar da trama. Acredito que irei ter várias surpresas com o enredo e com os outros personagens. A escrita do autor parece ser envolvente, espero realmente gostar.

    ResponderExcluir
  11. Olá, Krisna.
    Eu fiquei na duvida na hora de solicitar esse livro, mas agora lendo a sua resenha eu preciso ler ele. No mês que vem já sei o que solicitar hehe. Meus parabéns, o jeito que você escreveu a resenha não tem como não querer conhecer o protagonista e ver sua evolução.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
  12. Lendo a sua resenha não pude deixar de comparar esse livro a Prince of Thorns de Mark Lawrence. A premissa é bem parecida, um rei muito jovem, intrigas e traições, fiquei bem interessada nele :)

    ResponderExcluir
  13. Olá!
    QUE LINDO O SEU GATINHO <3
    Fiquei bastante curiosa para o livro. Também achei parecido com Prince of Throns, leitura que não curti, mas daria uma chance a esse. Achei o Prince meio repetitivo em certos assuntos e pouco profundo em outros. Pela sua resenha Meio Rei parece ser uma coisa mais fluida e gostosa de ler.
    Bjs

    EntreLinhas Fantásticas

    ResponderExcluir
  14. A capa do livro não tinha chamado minha atenção, já o titulo do livro achei interessante e agora que você explicou o que seria o Meio Rei fiquei com vontade de ler o livro. Amo quando o autor da ao personagens oportunidade de crescimento durante a historia. Lindas suas fotos.

    ResponderExcluir
  15. Eu tava de olho nesse livro desde o lançamento, pq adoro o genero!! hehe Mas sei lá, últimamente peguei a mania de ler resenhas antes de decidir se quero ou não um livro e essa é a primeira que eu leio. Devo dizer que eu realmente estou bem interessada e que estou feliz em saber que o autor soube trabalhar bastante bem o amadurecimento do personagem. Espero ansiosa poder ler <3

    ResponderExcluir
  16. Olá Krisna,
    Não tenho o costume de ler livros desse gênero, mas quando vi o lançamento desse livro já fiquei intrigada com a sinopse. Agora, depois de ler essa resenha, já posso colocar esse livro na lista de desejados, pois estou ansiosa para conferir a jornada de amadurecimento de Yarvi. Amo livros onde podemos acompanhar ao longo da história o amadurecimento do protagonista, e esse personagem já me conquistou. Pelo jeito, além do Yarvi, os outros personagens também foram bem construídos, fiquei ainda mais empolgada para ler esse livro logo.
    Adorei as fotos, que gato mais lindo!
    Beijos

    ResponderExcluir
  17. Eu já tinha lido outras resenhas sobre esse livro e vou confessar uma coisa aqui pra você: a sua é a mais clara delas. Eu sempre ficava muito confusa sobre o enredo e sobre o que ele se tratava, embora eu ficasse mais curiosa pelo título: por que meio? Acredito que deva ser por causa da mão dele e tudo mais, e agora tudo faz sentido. Adorei a resenha.
    Um abraço!

    http://paragrafosetravessoes.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  18. Oii, Adorei a resenha essa capa está linda e já me deu vontade de ler quando vi a capa a história parece ser ótima já entrou para minha wish list e como sempre as fotos estão perfeitas *__*

    ResponderExcluir
  19. Quero muito ler esse livro!! A capa é linda e a premissa mega maravilhosa!! E que fotos perfeitas!!
    Beijos

    ResponderExcluir

Gostou da postagem? Deixe um comentário. Se não gostou, comente também e deixe a sua opinião.
Se tiver um blog deixe o endereço e retribuiremos a visita.
Aproveite e se inscreva nas promoções e concorra a diversos prêmios.