A história real que inspirou O navio das noivas


Jojo Moyes já declarou que gosta de criar personagens femininas comuns, mas foi durante uma despretensiosa conversa com a avó que ela teve inspiração para escrever O navio das noivas. A autora já era adulta quando descobriu a travessia que a avó australiana encarou para encontrar o marido após a Segunda Guerra Mundial.

A partir desse papo, Jojo começou a imaginar um livro que falasse sobre a viagem dessas mulheres que corajosamente embarcaram em um porta-aviões para rever os seus amores. “Essa conversa realmente me fez pensar em como muitas histórias de famílias desaparecem porque as pessoas insistem em guardá-las para si. Honestamente, minha avó não achava que era uma coisa extraordinária”, contou a autora em uma entrevista a Reuters. 

Betty McKee, avó de Jojo, tinha 22 anos quando decidiu abandonar a Austrália para reencontrar o namorado Eric, um oficial da Marinha escocesa com quem tinha convivido por apenas duas semanas. Betty viajou por quase dois meses com mais de 600 mulheres que dividiam com ela o mesmo sonho: retomar a vida e encontrar os soldados por quem eram apaixonadas antes do fim do conflito.


Com o relato da avó na cabeça, Jojo pesquisou o nome do navio (HMS Victorious) na internet, mas não conseguiu encontrar nada. Alguns dias depois, mesmo achando que a avó estava equivocada, Jojo descobriu um livro sobre a embarcação e assim a trama de O navio das noivas começou a existir.

A autora deu início então a uma grande pesquisa. Coletou jornais da época que noticiaram a partida dessas mulheres, leu diários de bordo das viajantes, passou horas dentro da Biblioteca Nacional Inglesa e visitou o Imperial War Museum, museu em Londres que reúne memórias da guerra, para encontrar informações sobre a travessia. E como se não fosse suficiente, Jojo Moyes ainda passou um tempo embarcada para ter a sensação de viver em alto-mar como as personagens que gostaria de criar.

Assim surgiu O navio das noivas, publicado originalmente em 2005 e lançado pela primeira vez em julho no Brasil. O livro reúne as citações não ficcionais das esposas e dos oficiais que inspiraram Jojo Moyes e conta a história de quatro personagens fictícias que tiveram a mesma coragem de Betty McKee em 1946. Um emocionante romance sobre o amor nos tempos de guerra.  Leia um trecho aqui.


Editora Intrínseca

16 Revelaram sentimentos:

  1. Olá, Naty.
    Eu já queria ler esse livor antes, agora quero mais ainda. Deve ser muito interessante acompanhar a história dessas mulheres que vão em busca do seu amor interrompidos por uma guerra. tem muitas histórias assim nos nossos antepassados mesmo. Meus avós se conheceram em um navio vindo da Itália para o Brasil, igual ao da novela hehe.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
  2. Nossa, que interessante.
    Adoro histórias feitas com fatos reais.
    Se já queria ler o livro, agora fiquei com ainda mais vontade.
    Parece ser um história linda, com romances emocionantes <3
    Jojo sabe muito bem como prender os leitores, adoro a escrita dela.
    Beijos,
    Caroline Garcia

    ResponderExcluir
  3. Olá.
    Nossa, que legal, não sabia dessa notícia. Com certeza a leitura fica muito mais interessante. Ainda não tive o prazer de ler nada da autora, mas em breve quero ler. Obrigada por compartilhar. Beijos no coração.

    ResponderExcluir
  4. Eu não fazia ideia do que tinha por trás dessa história. Aliás, eu ainda nem li o livro. Tenho dois livros da Jojo e estou lendo o primeiro, Como eu era antes de você, a escrita dela é sensacional e me identifiquei muito, imagino mesmo que ela se esforce bastante e pesquise ainda mais antes de escrever. Fiquei bem curiosa pra ler esse livro em especial por ter tanto sentimentalismo com a avó por trás.
    Um abraço!

    http://paragrafosetravessoes.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Adoro quando fazem alguma coisa assim baseado em histórias reais ou uma invenção por cima de histórias reais. É da Jojo, já deu vontade de ler. Mas por esse detalhe deu foi mais vontade ainda!
    Espero que seja legal. Ansiosa pra conferir esse romance eu estou ^^

    ResponderExcluir
  6. Ai não sabia disso, acabei de ganhar ele vai passar na frente de todos, sera minha proxima leitura <3

    ResponderExcluir
  7. Admito que já tinha visto esse livro mas deixei passar por saber que se tratava de romance. Mas agora mudei completamente de ideia, amo histórias que se passaram no contexto da guerra e ela fez uma pesquisa genial para escrever, acho que merece ser lido.

    ResponderExcluir
  8. Oi, Naty
    Incrível essa história da avó dela, né? Por isso tenho tanta curiosidade em ler esse livro, além de adorar a escrita da JOjo.
    Minha avó tem uma história de imigração bem doida. É normal, nossos antepassados guardarem essas histórias.

    ResponderExcluir
  9. Olá Natalia, tudo bem contigo ???
    Até hoje eu não tive vontade nenhuma de conferir os livros da Jojo ... Uma vez me deparei com um livro dela que até me deixou animada, mas acabei esquecendo o título e nunca mais fui atrás. Eu não sei se é por toda essa febre que a autora trouxe, mas não consigo me interessar pelos livros dela sabe ??? Quem sabe quando a febre diminuir um pouco eu resolva dar uma chance, mas por enquanto estou dando prioridade para outros autores, hehehe.
    Mesmo com esses meus probleminhas, achei muito legal essa curiosidade que você trouxe sobre o livro. Não fazia ideia que O Navio das Noivas foi inspirado na própria história da avó dela. Achei muito bacana isso, e que legal que ela decidiu levar a ideia para frente, realizar toda uma pesquisa e escrever o livro né ?! Adoro conhecer as histórias que existem por trás de um livro, e por trás da ideia que gerou aquele livro !!! ^^

    Beijinhos
    Dá uma Passadinha no Canal

    ResponderExcluir
  10. Oie! Estou bege com esse Post... Eu ainda não consegui ler nenhuma obra da Jojo acredita? Tenho ctz q esse livro deve ser mto bacana!
    Bjs

    ResponderExcluir
  11. Natália!
    Muito bom saber as fontes de informação para a construção de um livro.
    E melhor ainda que a história foi baseada em fatos que realmente aconteceram naquela época e por intermédio do avô.
    Mulheres fortes merecem destaque em qualquer época da história.
    “Demore na dúvida...E descubra a sabedoria que insiste em se esconder na ausência de palavras.”(Padre Fábio de Melo)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    TOP Comentarista de SETEMBRO com 3 livros + BRINDES e 3 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir
  12. Muito interessante! Não sabia da história por trás do livro.
    Só li dois livros da Jojo e adorei sua escrita. Preciso encontrar tempo (e dinheiro) para ler os outros livros dela.

    ResponderExcluir
  13. Oi Naty,
    Sou fã da Jojo Moyes, ela é uma das minhas autoras preferidas. A cada livro que tenho o prazer de ler fico ainda mais apaixonada pelas histórias e dramas criadas pela autora, seus livros são sempre tão tocantes e emocionantes, fico tão envolvida que simplesmente não consigo largar até a última página.
    Minha leitura atual é O Navio das Noivas, e AMEI que esse livro é inspirado na história da sua avó, uma esposa de guerra, gostei muito desse drama bem real. O que é mais legal, é que esse livro é um dos primeiros livros publicados pela autora nos EUA, e é notável a diferença da narrativa, sua escrita foi melhorando muito com os outros livros. Adoro romance que se passam na guerra ou no período pós-guerra, já estou muito envolvida com as histórias das quatro esposas.
    Beijos

    ResponderExcluir
  14. Muito interessante tua postagem. Tenho muito interesse em ler algo da autora, mas ainda não tive oportunidade, apesar já ter alguns livros dela na minha estante. Mas fiquei ainda mais curiosa para ler este livro,pois somente de conferir a sinopse já tinha colocado ele na lista de desejados. Linda historia, muito bacana!

    ResponderExcluir
  15. Oii, adorei o post!
    Nunca imaginária que por trás desse livro pudesse haver tanta pesquisa e acontecimentos reais assim, confesso que não sou grande fã de histórias baseadas em fatos reais mas adorei esse livro achei muito amorzinho quero muito ler ele.
    Beijos!!

    ResponderExcluir
  16. Não sabia dessa informação!! Fiquei muito curiosa para ler o livro agora!!
    Bjoss

    ResponderExcluir

Gostou da postagem? Deixe um comentário. Se não gostou, comente também e deixe a sua opinião.
Se tiver um blog deixe o endereço e retribuiremos a visita.
Aproveite e se inscreva nas promoções e concorra a diversos prêmios.