Resenha: Cruzando o caminho do sol


Olá,
♫♪♫♪ sábado de sol, aluguei um caminhão, pra levar a galera, pra comer feijão ♪♫♪♫ nossa, alugar caminhão? comer feijão? Gente, que povo rycoh! #nãotafacilpraninguem. Mas se você acha que a coisa está difícil pra você, é porque você ainda não conheceu Sita e Ahalya! 

Essas duas irmãs, adolescentes de classe média, que vivem com seus pais na Índia, têm suas vidas reviradas em um único dia: logo pela manhã, um tsunami atinge a costa e leva consigo tudo o que tem pela frente, inclusive toda a família das meninas (isso não é spoiler, está na contracapa). As irmãs precisam então procurar por ajuda, mas a vida é injusta e nem sempre podemos confiar nas pessoas. As meninas caem em mãos erradas, sendo arremessadas em uma rede de crime, prostituição e corrupção sem fim.

Enquanto isso, do outro lado do mundo o advogado norte americano, Thomas Clarke, precisa juntar os caquinhos da sua vida recém-destruída para tentar montar uma nova. Ao perceber que precisa de uma revolução completa, ele decide largar tudo e ir trabalhar em uma ONG na Índia. As vidas deles vão se cruzar, e é nesse momento que o autor vai remover a venda da inocência dos nossos olhos e jogar um balde de água fria. Afinal, coisas assim acontecem todos os dias, bem debaixo do nosso nariz, não sabemos quando ou aonde, mas acreditem: está acontecendo.

Se você está achando que esse é mais um livro drama-chororô-nhênhênhê-mimimi, está muito enganado! Esse livro é realista, forte, trata de um tema pesado e mostra um mundo que até então é praticamente impossível de se imaginar. O autor e advogado norte americano, Corban Addison, consegue pintar um cenário muito real, dos vários níveis de corrupção existentes dentro desse mundo injusto e cruel.



Tiro, porrada e bomba, e pronto! Seu emocional esta destruído: o mundo é uma droga, as pessoas são um lixo. Quase nem consegui dormir depois de ler o livro. Acredito que às vezes a gente precisa desse tapa na cara, para parar de reclamar das pequenas coisas da vida. Entrou para minha lista de melhores do ano.

PS: Pode até parecer que sou uma pessoa exagerada, que gosta o tempo todo de viver grandes emoções, de ler coisas que me deixam com o coração sempre aos pulos, (até certo ponto isso é verdade hahaha). Mas é que ler o mais do mesmo me cansa, e quando pego uma leitura que realmente vale a pena, não meço palavras para mostrar o quanto me agradou. Cabe a cada um analisar o que melhor agrada ao seu coração :) 

Abraços

Outras fotos:






Título: Cruzando o caminho do sol 
Autor: Corban Addison 
Editora: Novo Conceito 
Páginas: 333 
Ano: 2013

28 Revelaram sentimentos:

  1. Gente, eu quero esse livro!
    Nunca tinha ouvido falar dele, mas já sinto que vou chorar, me descabelar e perder a fé na humanidade.
    Assim como você, eu gosto de livros que de vez em quando me tiram da minha zona de conforto, por mais difícil que possa ser.
    Tapas na cara são necessários.
    Achei super legal essa mescla do advogado norte-americano que provavelmente não sabe nada do mundo real dar de cara com essa tristeza toda.

    Beijooooos

    www.casosacasoselivros.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Teca,

      esse livro é incrível!! Leia sim e conte-nos o que achou. É lindo demais.

      Abraços

      Excluir
  2. Você não deu nem uma estrelinha ao livro? Nossa deve ter sido mesmo uma péssima experiência. Bom, eu achei a sinopse lindamente a minha cara. eu adoro esse tipo de livro com pegada mais forte, cruel e até realista ao ponto da gente se sentir ofendido de tanta coisa ruim acontecendo ao nosso lado. Achei muito interessante e quero ler, sim e a capa está muito bonita com essa mandala, queroooooooooooooo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Adriana.
      O livro foi favoritado pela Silvana. 5 estrelas e favoritado. Acho que você comentou na postagem errada

      Excluir
    2. Oi Adriana,

      conforme a Naty ja comentou, eu amei profundamente esse livro. Está entre os meus favoritos do ano :)
      Abraços

      Excluir
  3. Nunca li nada parecido com esse livro, principalmente como um tema como esse, após uma destruição de um tsunami. Deve ser difícil se reconstituir sem a sua família. Mas que bom que não é um livro chororô e sim bastante real, com problemas reais. Não o conhecia, mas deu vontade de ler.
    Um abraço!

    http://paragrafosetravessoes.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Eduarda,

      exatamente, é uma loucura, as coisas vão acontecendo rápido demais. Adorei!!
      Abraços

      Excluir
  4. Esse livro parece ser bem pesado, fiquei com vontade de ler, os últimos livros que li foram meio decepcionantes e acho que preciso ler alguma coisa realmente boa mesmo que isso faça eu perder a fé na humanidade.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Maíra,

      pois então leia esse sim! Você não vai se arrepender,

      Abraços

      Excluir
  5. Oi Silvana, sabe que é raro eu ver alguém falando de livros fortes assim. Gosto muito de livros desse jeito, e com certeza vou conferir a obra.
    Beijos
    Quanto Mais Livros Melhor

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Priscila,

      amoo livros que nos tocam a alma :)
      Depois de ler, nos conte o que achou

      Abraços

      Excluir
  6. Esse livro é muito bom mesmo e quando li achei um baita tapa na cara porque falou de uma cultura e um povo que até então não tinha visto muita coisa. A corrupção ali no meio é o que mais me impressionou. Como tinha situações cruéis e horríveis de se imaginar acontecendo. A escrita é boa e envolvente e você fica ali torcendo pra tudo dar certo no fim pra essas meninas. É um livro que vale a pena ser lido.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Cristiane,
      exatamente! Nós vivemos uma realidade totalmente diferente. Não temos nem idéias das coisas que acontecem á nossa volta.

      Abraços

      Excluir
  7. Silvana!
    Li esse livros logo no lançamento e fiquei extasiada com todo enredo realista, que mostra uma realidade que não vivemos aqui e que mostra protagonistas fortes que não desistem de ter uma vida melhor.
    Uma trama totalmente bem desenvolvida que gostei demais.
    “Saber quando se deve esperar é o grande segredo do sucesso.” (Xavier Maistre)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    TOP Comentarista de NOVEMBRO com 3 livros + BRINDES e 3 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Rudy,
      ainda bem que não vivemos esse tipo de coisa por aqui.
      Realmente um livro muito bom

      Abraços

      Excluir
  8. A primeira coisa que reparei nesse livro é que ele é muito grosso, mas mesmo assim, depois de ler sua resenha, fiquei com muita vontade de lê-lo. A história com certeza é boa, cheia de críticas e realidades que não queremos ver. Vai pra lista de desejados.

    Abraços :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Ingrid,

      a quantidade de páginas se torna insignificante, pois o livro tem muuito conteudo para nos apresentar. Quando você menos espera, acabou e quer mais.
      Abraços

      Excluir
  9. Olá, Sil.
    Eu li esse livro logo que lançou e amei ele. Apesar de história ser bem sofrida, ela mostra a realidade de muitas pessoas. E adorei a forma como foi escrita porque mesclava entre as duas histórias e parava bem nas melhores partes e eu ficava doida para saber o que tinha acontecido hehe.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Sil,

      bem isso! Esse advogado é um ótimo autor hahaha :)
      Tambem ficava muito curiosa nessas horas.

      Abraços

      Excluir
  10. Oi Silvana,
    Nossa, o primeiro parágrafo da resenha já me impactou: tsunami, prostituição, que livro! Também amo leituras que geram grandes emoções assim, e sempre trazem belas lições nessas histórias. Com certeza vou querer ler esse livro, com um tema pesado e cruelmente realista, um livro para favoritar mesmo.
    PS: Valeu, agora vou ficar cantarolando essa bela música o resto do dia HAHAHA
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Micheli,

      hahaha disponha :)
      Livros assim são necessários para nossa vida.
      Eu reclamo muito das coisas, e livros assim são um lembrete de que somos abençoados.

      beijos

      Excluir
  11. Parece ser um livro bem forte mesmo, embora não tenha nada haver no enredo me lembrou muito "Cidade do Sol" por mostrar mulheres que perderam tudo na vida, mas que ainda tem forças para recomeçar, eu imagino que esse será o caso das protagonista. Eu gosto de ler livros assim também, que dão um tapa na cara, que nos fazem pensar como nossa espécie é cruel, injusta, que mesmo ela tendo suas belezas é difícil crer nela, crer que há uma salvação para nós. Gostei muito da sua resenha, me deixou com muita vontade de ler o livro. Ótima dica!
    Abraço!
    A Arte de Escrever

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Mayla,

      pois te confesso que também pensei na cidade do sol. Ambos são livros sobre perdas.
      Você vai gostar muito dele, leia e conte-nos o que achou :)

      Abraços

      Excluir
  12. O tema é bem pesado e revoltante, realmente a vida das irmãs não esta nada fácil, não podemos reclamar das nossas. É lamentável saber que isso acontece de verdade, infelizmente. Há uma máfia muito grande e poderosa por trás disso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Maria,

      exatamente!! Níveis e mais níveis de corrupção. É quase impossivel encontrar o "cabeça" da coisa toda :(

      Abraços

      Excluir
  13. Olá!
    Nunca tinha ouvido fla desse livro...A capa é linda e o enredo parece ser excelente!
    Qro ler!!
    Bjs

    ResponderExcluir
  14. Olá Aline,

    leia sim!! Você vai amar :)
    Beijos

    ResponderExcluir
  15. Oi, Sivana!!
    Amei a resenha!! Fiquei super interessada no livro!! As fotos ficaram lindas!!
    Beijoss

    ResponderExcluir

Gostou da postagem? Deixe um comentário. Se não gostou, comente também e deixe a sua opinião.
Se tiver um blog deixe o endereço e retribuiremos a visita.
Aproveite e se inscreva nas promoções e concorra a diversos prêmios.