Resenha: O vilarejo


Olá pessoas mais queridas,
Depois de tanto ouvir falar em O vilarejo, resolvi conferir o motivo do auê!


O livro começa com uma introdução feita pelo autor Raphael Montes, que comenta as circunstâncias pelas quais essa história veio parar em suas mãos e da dificuldade que teve em traduzi-la (ahahm, sei), pois a mesma estava escrita em uma língua morta.


Fala sobre um pequeno vilarejo que inexplicavelmente sumiu do mapa, juntamente com seus moradores. Nesse vilarejo, temos pessoas bem diferentes, que possuem histórias de vida totalmente diferentes também, e as suas motivações podem ser as mais bizarras possíveis.


Somos apresentados a esses personagens através de vários contos, que no final se interligam de alguma forma, nos trazendo então a resposta desse tão intrigante mistério.

O livro tem somente 92 páginas, o que me impede de falar dos contos em si sem dar spoilers, pois o autor não enrola muito, ele é bem direto em sua escrita (coisa que eu adoooorooo!!).


Confesso que fiquei pasma com a explicação que me foi oferecida, eu esperava algo diferente (amoo ser surpreendida), e por esse motivo o livro conquistou um lugar na minha estante (livros que não me agradam são rapidamente trocados). Vale ressaltar que o li em duas horas, tamanha era a minha curiosidade.


PS: Há uns anos, li uma pesquisa que afirmava, que se nós temos um grupo entre 10 e 100 pessoas, encontraremos nesse grupo vários tipos de pessoas: estupradores, ladrões, assassinos, bem feitores, inteligentes, vaidosos, gananciosos... o que isso nos faz pensar sobre nosso dia a dia? (Dorme com essa!!!) Lembro que fiquei muito impressionada com isso na época, e quando ia a uma festa, ficava pensando se essa teoria realmente se aplicava. O que isso tem a ver com o livro? Sei lá...melhor você ler.

Quote:
“De acordo com seu trabalho, cada um dos demônios, os Sete Reis do Inferno, era responsável por invocar um pecado capital nos seres humanos: Asmodeus (luxúria), Belzebu (gula), Mammon (ganância), Belphegor (preguiça), Satan (ira), Leviathan (inveja) e Lúcifer (soberba).”



Título: O vilarejo
Autor: Raphael Montes
Editora: Suma de letras
Páginas: 92
Ano: 2015

22 Revelaram sentimentos:

  1. Fiquei tipo chocada com sua resenha, e já estou super curiosa para desvendar esse mistério, e entender o que você disse a respeito da pesquisa que você leu, isso já me deixou meio assustada, e quero saber o que isso tem haver com o livro. Amo quando o autor escreve de forma direta sem rodeios, deixa a leitura mais envolvente, e isso me cativou. Já quero adquirir essa obra para ontem.

    ResponderExcluir
  2. Oi Silvana, também já ouvi esse "burburinho" sobre o livro e fico feliz por saber que o autor é nacional. O livro é realmente pequeno e se eu curtisse o gênero com certeza ele estaria na minha lista. Gostei de saber que o livro conseguiu te surpreender, o que me diz que a história é inovadora e tenho certeza que pra quem curte esse tipo de livro é uma ótima dica. ;)

    ResponderExcluir
  3. Silvana,com certeza se não lesse sua resenha torceria o nariz para o livro,pois não sou fã de contos e essa capa não me é atrativa,massss pelo visto o livro é genial,justamente por conseguir ir desvendando os mistérios aos poucos através de cada conto,e sem enrolação (amém!),e eles se interligam,o que é ótimo,pois me parece que não têm nenhuma informação aleatória,nem nada que você vê que foi colocado só para "encher linguiça",o que é ótimo,visto o tamanho do livro tudo têm que ser fluído mesmo...Super curiosa para saber o por que esse vilarejo sumiu do mapa,ainda mais que foi algo surpreendente...adoro ser surpreendida!! Ás vezes nem me encanto tanto com a história/personagens,mas se o autor soube trabalhar p/ dar um desfecho bombástico,ganha meu coração.
    Bjss

    ResponderExcluir
  4. Oi, Silvana!!
    Não li nenhum livro do Raphael Montes mais fiquei bem interessada em ler essa obra dele!! Pelo que vi é um livro bem curtinho mais a edição dele está fantástica!! Também adoro ser surpreendida! Espero gostar desse livro tanto quanto você gostou dele!!
    Beijoss

    ResponderExcluir
  5. Olá, Sil.
    Eu adorei esse livro. Além da edição maravilhosa, a história é ótima. Foi meu primeiro contato com a escrita do autor e adorei o que encontrei. Fiquei com o estomago embrulhado, confesso, mas é um livro que eu indico.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  6. Oi Silvana...
    Que resenha espetacular... A diagramação está linda e já envolve o leitor logo de cara... Como é bom quando os livros nos surpreendem de forma tão positiva... "O Vilarejo" está em minha lista de leituras...
    Beijinhos...

    ResponderExcluir
  7. Esse livro dele parece muito bom mesmo. E achei super interessante o que fez com a história.
    Olhando pela capa tinha imaginado tanta coisa diferente... mas é bem mais criativo do que poderia imaginar e deve dar até uma pena quando acaba não é?
    Leu bem rápido, então deve ser muito bom e interessante mesmo pra prender tanto assim ^^

    ResponderExcluir
  8. ah eu quero muito ler esse livro
    só vejo elogios em relação a escrita do montes e todo mundo que leu gostou muito desse livro
    ele está na minha lista faz tempo, só falta o tempo $$$ para ler

    ResponderExcluir
  9. Silvana!
    Foi um das minhas melhores leituras de todos os tempos.
    Os contos bem escritos, carregado de suspense e terror e ainda poderiam ser lidos de forma descontínua e no final... que super desfecho.
    Simplesmente amei!
    Desejo uma ótima semana!
    “Na juventude deve-se acumular o saber. Na velhice fazer uso dele.” (Jean-Jacques Rousseau)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Quero muito ler este livro, também amo tramas que não enrolam, quando o autor vai direto ao ponto e ainda nos surpreende, é uma obra muito boa mesmo. Essa sua reflexão final vai me deixar sem dormir agora...hahah
    Abraço!
    A Arte de Escrever

    ResponderExcluir
  11. Jura que o livro só tem 92 páginas ??? Jurava que ele era bem mais grosso e posso dizer que fico feliz que tenha curtido a leitura, também gosto de autores que são diretos não se aplica a todo caso claro, mas devo dizer que dispenso esse livro porque sendo medrosa como sou não sirvo pra ler livros de terror.

    ResponderExcluir
  12. Oi, Silvana
    Fiquei ainda mais curiosa pelo livro depois dessa teoria que você citou. Eu realmente acredito nela, pois todos temos algo defeituoso em nós.
    Gosto também de escrita direta e tenho escutado muitos elogios sobre o autor. Adorei a resenha.

    ResponderExcluir
  13. Não pude ler nada do autor ainda mas é bom ouvir elogios a ele com sua escrita. Eu gosto de ler livros de terror só as vezes, mas esse nem parece que tem tanto terror assim, parece mais mistério do que tudo. Espero que quando leia seja surpreendida também!

    ResponderExcluir
  14. O livro me ganhou quando li "histórias interligadas", sou apaixonada por esse tipo de narrativa e meus olhos brilham quando vejo isso num livro.
    A história do sumiço do vilarejo também chamou muito minha atenção, já quero ler.

    ResponderExcluir
  15. Oi!
    Eu estava com muita vontade de ler o livro, mas saber q são contos me fez esfriar um pouco. PORÉM, com essas artes lindas me dão contade de ler hehehe E saber que os contos são interligados me pareceu muito instigante e interessante.
    Se possivel eu lerei!

    bjbj

    ResponderExcluir
  16. Oi Silvana!
    Quero muito ler esse livro adorei a idéia da narrativa de contos que se entreligam. A edição parece maravilhosa, pena que tem apenas 92 páginas. A pesquisa que você citou me deixou realmente intrigada, e com certeza o mundo está cheio de pessoas com diversos tipos de personalidades perniciosas em todos os lugares!

    ResponderExcluir
  17. Ouvi falar nesse livro e desde então venho lendo algumas resenhas. Eu gosto do fato de ser um livro pequeno, com leitura fluída, que dá gosto. E ainda mais a questão de interligar os personagens, porque quando bem feita é muito bom! As ilustrações parecem muito lindas e vem dando uma imagem maravilhosa ao livro.

    ResponderExcluir
  18. Olá Silvana!
    TB li, mas não curti tanto o livro. pra mim faltou alguma coisa. Mas gostei do estilo de escrita do autor e estou curiosa para ler outras de suas obras.
    Bjs

    EntreLinhas Fantásticas - SORTEIO DE 4 LIVROS + SACOLA DO SKOOB

    ResponderExcluir
  19. Esse livro é muito bom! Eu li ele ano passado, exatamente porque tinha bastante gente falando dele. E gostei muito da escrita do autor. Não sou muito fã de contos, mas gostei bastante de todos os contos. Agora estou com vontade de ler Dias Perfeitos (que também falam que é muito bom) e Jantar Secreto.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  20. Esse livro esta sendo bem comentado, pretendo ler, pelas ilustrações da para se ter uma ideia do que me aguarda rs. Também adoro quando os autores são diretos sem enrolação, gosto assim na vida real também kk.

    ResponderExcluir
  21. Oi Silvana!
    Nunca li nada do Rafael Montes e confesso que morro de curiosidade, pois só vejo elogios. Gostei de saber que a escrita dele é bem direta, porque eu particularmente não gosto de enrolação também.
    Já entrou para a lista de desejados, pois fiquei bastante interessada pelo livro.
    Beijos

    ResponderExcluir
  22. Oi, Silvana.
    Eu tenho esse livro na minha lista de desejados a tempos por causa de uma indicação, mas nunca parei para ler alguma resenha. AMEI saber que o autor não enrola durante o livro!
    Livros assim me dão raiva e perco a vontade de ler. Fiquei bastante curiosa para saber a explicação sobre o desaparecimento do vilarejo e os moradores. Isso é bem louco de se imaginar hahah Beijos!

    ResponderExcluir

Gostou da postagem? Deixe um comentário. Se não gostou, comente também e deixe a sua opinião.
Se tiver um blog deixe o endereço e retribuiremos a visita.
Aproveite e se inscreva nas promoções e concorra a diversos prêmios.