Resenha: O que eu sei de verdade


Olá amigos,
Como acredito que muitos saibam, Oprah Winfrey é uma apresentadora norte americana muito bem sucedida e rica (é a primeira mulher negra na lista de bilionários do mundo). O que muitos não sabem é que dinheiro nem sempre (quase nunca) foi prioridade na vida dela, e que nas horas vagas ela gosta de cuidar da sua horta! Dá pra imaginar? Uma mulher que tem seu próprio avião, cultivando sua própria comida? Isso é só um indício do caráter e da humildade dessa mulher.


Por causa de uma pergunta que um dia lhe fizeram: “O que você sabe de verdade?”, ela decidiu reunir todas as suas certezas em um livro. E o resultado é uma aula de bom senso, sabedoria, amor próprio, respeito e lições de vida, ao mesmo tempo que vamos conhecendo mais sobre a vida dessa pessoa incrível:


1- Oprah foi um “acidente” (como ela mesma menciona em alguns trechos do livro), que ocorreu numa noite, embaixo de uma árvore.

2- Ela foi estuprada dos 10 aos 14 anos, resultando em uma gravidez onde o bebê veio a óbito alguns dias depois de nascer. Este fato não guiou a sua vida, ela não permitiu que este acontecimento definisse todo o seu futuro.

3- Oprah adota cães abandonados e os trata como verdadeiros membros da família! (Essa é das minhas).

4- Até aproximadamente seus 29 anos, ela vivia em relacionamentos abusivos e sufocantes. Certo dia ela jogou a chave do seu namorado pela privada para que este não a abandonasse.


5- Como quase todas as mulheres, ela vivia em constante briga com o seu corpo e com a balança. Anos mais tarde percebeu que poderia estar no peso desejado, desde que fizesse as pazes com seu corpitcho, pois tudo era reflexo da forma como ela vivia.

6- Oprah nunca ficou estagnada profissionalmente. Quando ela sentia que não tinha mais o que aprender ou acrescentar, tratava de procurar outro emprego onde pudesse crescer.

7- Já deu carros, casas, viagens, bolsas de estudo e muitas outras coisas de presente em seu programa. Pois segundo ela: ganhar coisas é bom, mas dar coisas é melhor ainda.

8- Ela lê muito e cita vários autores em seus livros.


Deu pra perceber que virei fã dela, né? Já a admirava antes, agora a amo! Hahaha.

Com seus textos curtos, essa mulher porreta mostra um grande conhecimento sobre pessoas, comportamentos, motivações e facilidade em entender as pessoas. Fiquei com o coração aquecido por saber que até os ricos passam por coisas difíceis ou até mesmo terríveis, e que eles também possuem medos. É bom saber que estamos todos no mesmo barco. 


Depois de ler esse livro, o que eu, Silvana, sei de verdade é que podemos fazer uma grande diferença na vida de alguém, com um simples gesto, mas que muitas vezes viramos a cara e decidimos ignorar. E, principalmente, que estamos aqui e agora, podendo fazer e dar o nosso melhor, mas que às vezes optamos apenas por existir e não viver!

Abraços.

Quotes:
"Imaginava que todos na rua iriam apontar para mim e gritar: "Grávida aos 14 anos, que horror... você está expulsa!" Mas ninguém falou uma só palavra - nem estranhos, nem aqueles que eu conhecia. Fiquei chocada. Ninguém me tratou de forma diferente. Eu havia passado décadas esperando uma reação que nunca veio."

"Também pensei em Don Miguel Ruiz, autor de um dos meus livros favoritos, Os quatro compromissos. Segundo ele, noventa por cento das crenças que carregamos não passam de mentiras, e nós sofremos por acreditar nelas."

"Ainda estou tentando digerir a ideia de que uma garotinha do Mississipi que não tinha nem banheiro dentro de casa agora pega seu próprio avião - seu próprio avião! - e vai à África para ajudar garotas que cresceram como ela. Maravilhosa graça, como é doce o seu som!"

"Uma vez gravei um programa com um consultor pessoal que defende que todos devem priorizar a si mesmo - ou seja, colocar as próprias necessidades em primeiro lugar - , ele foi vaiado pela plateia. Mulheres ficam indignadas se alguém ao menos insinua que elas deveriam pensar primeiro nas próprias necessidades e só depois nas dos filhos."


Título: O que eu sei de verdade (exemplar cedido pela editora)
Autora: Oprah Winfrey
Editora: Sextante
Páginas: 144
Ano: 2017

16 Revelaram sentimentos:

  1. Não sou de ler livros assim, mas esse dela me despertou curiosidade por conhecer, ouvir falar muito dela. E nossa, tem coisas ali que não sabia. Como ter sido estuprada e tido um filho naquela idade...gente Oo
    Sabia que ela dava muitas coisas em programas dela e etc..
    Mas deve ser bacana de ler porque é uma lição de vida e tanto. Ver tudo que ela passou e fez e pensar na pessoa que se tornou é inspirador. Por isso acho que seria uma boa leitura se pegasse.
    Boa dica ^^

    ResponderExcluir
  2. Olá, Silvana.
    Eu não leria esse livro porque prefiro ler ficção. E também só conheço ela de nome porque nunca assisti nenhum programa dela. Mas que bom que gostou tanto. Tenho certeza de que tem muitos leitores que vão amar.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  3. Oi, Silvana!!
    Adorei a indicação do livro fiquei bem interessada em ler esse livro da Oprah Winfrey mesmo não gostando muito de livros vontados mais para biografias.
    Beijoss

    ResponderExcluir
  4. Olá, não sabia que havia um livro sobre esse ícone que é Oprah Winfrey, o livro é de uma profundidade tão grande que só com a resenha estou comovido. Sem dúvidas a obra deve ser lida por todos, é uma lição que carregaremos para toda vida. Beijos.

    ResponderExcluir
  5. Olá!!
    Não me chamou muito atenção esse livro, mas parece ser bom pra quem gosta desse tipo.
    Abraço!

    ResponderExcluir
  6. Silvana!
    Sou super fã da Oprah e já sabia de algumas histórias sobre a vida dela, entretanto fiquei ainda mais encantada por ela cultivar sua própria horta e poder ajudar as pessoas, são duas coisas que também procuro cultivar em minha vida e é bem como ela falou: dá mais prazer presentear e fazer o bem, do que receber.
    Deve ser um livro maravilhoso e quero poder lÊ-lo.
    Bom carnaval e moderação, hein?
    “Quanto mais nos elevamos, menores parecemos aos olhos daqueles que não sabem voar.” (Friedrich Nietzsche)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    TOP Comentarista de FEVEREIRO, livros + KIT DE MATERIAL ESCOLAR e 3 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir
  7. Oi Silvana, tudo bem?
    Sou uma grande apreciadora da Oprah, que mulher porreta. Forte, guerreira, bem sucedida, um exemplo de superação e uma grande inspiração. Já quero muito ler este livro escrito por ela e poder conhecer um pouco mais da história dessa mulher maravilhosa.
    Beijos

    ResponderExcluir
  8. A Oprah é realmente uma mulher incrível. Com certeza só tem como tirar lições e aprendizados desse livro, ela é realmente uma mulher forte, batalhadora e determinada.
    Fico imaginando quanta coisa já aconteceu com ela, foi estuprada, é mulher, é negra, começou lá embaixo, com certeza ela é uma guerreira nata.

    ResponderExcluir
  9. Que mulher de fibra e o mais importante é que não pensa só nela, pensa nos outros e os ajuda, é um grande exemplo a ser seguido. E mesmo passando pelo sofrimento e por abusos ela deu a volta por cima e é uma pessoa de valor, deve passar muitos conhecimentos e coisas boas as pessoas.

    ResponderExcluir
  10. Gosto de livros de autoajuda, porém não gosto de biografias, no entanto este livro me interessou, já conheço a Oprah mas não conhecia sua história, que história triste, mas com um belo final feliz, realmente um exemplo. Ótima dica e resenha.
    Abraço!
    A Arte de Escrever

    ResponderExcluir
  11. Oi Silvana...
    Adorei sua resenha e não tinha ideia do que essa mulher tinha passado na vida.... Um livro cheio de lições para a vida e muita sabedoria... É por causa da humildade de Oprah qie ela chegou onde chegou... E com certeza vai muito longe ainda... Admiro essa mulher e com certeza quero ter esse livro em minha estante...
    Beijinhos...

    ResponderExcluir
  12. Oi, Silvana
    Nossa, que livro! Não imaginei que esse livro fosse tão bom assim.
    Realmente até eu fiquei um pouco fã dela. Pra você ver, né... Tantas pessoas crescem abusivas e um pouco más por conta do que passaram na infância, ou pelo menos colocam a desculpa de serem assim no que lhes aconteceu. E ela não deixou de ser boa por conta disso, que bom que existem pessoas capazes assim.
    Adorei a resenha. Gostaria de ler.

    ResponderExcluir
  13. OI Silvana.
    Estou de queixo caído, literalmente.
    Que hist´pria de vida incrível, apesar de ser tão triste a história em si não mas a superação é o que se destacou na verdade, coitada ser estuprada tão nova, ainda bem que ela não deixou esse acontecimentos definir quem ela seria, fiquei muito curiosa para ler,
    Bjs.

    ResponderExcluir
  14. Acho que todo mundo já ouviu falar da Oprah mas eu não fazia ideia de toda essa história de vida dela e apesar de não ser fã de biografias fiquei com bastante curiosidade de ler esse. Ela parece ser uma pessoa incrível e fiquei com vontade de saber o que ela tem a dizer.

    ResponderExcluir
  15. Oprah é uma inspiração! Nossa, essa mulher é forte demais e, pelo que você citou no livro, simpática demais também <3 A quantidade de coisas ruins que ela teve que enfrentar e agora o arraso e o exemplo que é hoje para todas as mulheres é mágico. Não é o tipo de obra que eu leio, mas me cativou.

    ResponderExcluir
  16. Li apenas duas resenhas e já me apaixonei pela lição que a história mostra e acho ela uma grande mulher e concerteza vou ler o livro.

    ResponderExcluir

Gostou da postagem? Deixe um comentário. Se não gostou, comente também e deixe a sua opinião.
Se tiver um blog deixe o endereço e retribuiremos a visita.
Aproveite e se inscreva nas promoções e concorra a diversos prêmios.