24 janeiro 2018

Resenha: Realidades Adaptadas


"Realidades Adaptadas" é único e exclusivamente nosso! Por quê? O livro é uma idealização da editora Aleph. Foram eles que tiveram a ideia de reunir, em um único espaço, contos de Philip Dick que deram origem a grandes sucessos do cinema.

Algumas pessoas tentam fazer uma comparação entre Dick e Asimov, mas, apesar de ambos criarem histórias futurísticas, é uma pegada totalmente diferente. Asimov é bioquímico e usou seus conhecimentos para escrever, o que torna suas histórias mais bem elaboradas e inteligentes que as de Dick. Acho que o que mais pode ser comparado é o estilo narrativo de ambos, mas essa é uma coisa que não vem ao caso.


Falemos de Philip Dick!
Em "Fluam, minhas lágrimas, disse o policial" tive meu primeiro contato com o autor e as impressões que eu tive em "Realidades Adaptadas" foram bastante parecidas. Dick pode ser um ótimo inventor de histórias, mas seu narrar é um pouco lento. Somente um conto ficou abaixo das quatro estrelas, mas isso se deve à criação, não ao desenvolver.

Philip Dick é simplista demais. Seus enredos giram em torno de um único personagem e é ali que a história se desenvolve. Não estou dizendo que são ruins, mas com a vastidão de ideias que ele tem, acredito que poderia explorar melhor o contato com as palavras. Hoje, Philip Dick é considerado um must da literatura, mas em vida, ele fora bem pouco reconhecido. Somente após a adaptação de seus conteúdos para a sétima arte é que foram lhe dar o devido respeito.

Eu, porém, fico com seus contemporâneos. Vejo um brilho no homem, capaz de criar diversos mundos, mas de uma literatura mediana.


P.S.: A avaliação foi feita através de uma média oriunda da avaliação dos contos.

Título: Realidades Adaptadas
Autor: Philip Kindred Dick
Editora: Aleph
Páginas: 302
Ano: 2012

15 comentários

  1. não conheço fiquei curiosa
    https://retromaggie.blogspot.pt

    ResponderExcluir
  2. Esse livro parece bem bacaninha! Acredita que não conhecia o autor?

    Beijo!
    Cores do Vício

    ResponderExcluir
  3. Eu amo livro de contos. Não li os contos do Philip Dick ainda.


    Beijinhos
    n. // www.fashionjacket.com.br

    ResponderExcluir
  4. Oi Marcos.
    Nunca li nada do autor Philip Dick, talvez esse seria um bom livro para iniciar no mundo de Dick. Ótima dica.
    Beijos

    Divagando Palavras
    www.divagandopalavras.com

    ResponderExcluir
  5. Oi, Marcos. Eu acho que já ouvi falar do autor por aí mas nunca mesmo li algo dele, nem sei se ele faz muito meu estilo. Infelizmente alguns autores tem isso, de serem ótimos roteiristas mas se perdem na narrativa, é uma pena infelizmente.
    Beijos
    http://www.suddenlythings.com

    ResponderExcluir
  6. Esse não conhecia, mas achei legal o livro por serem contos. Gosto de ler uns livros assim, ainda mais quando bate aquela ressaca. Com uma narrativa um pouco mais lenta pode ser que eu arraste as coisas, mas no geral gostei, parece ter coisas boas aí pra se conferir.

    ResponderExcluir
  7. Oi! Não conhecia o autor, mas que ideia maravilhosa da editora de reunir os grandes sucessos em um único volume. Adorei a diagramação. Bjos <3

    Click Literário

    ResponderExcluir
  8. Não conhecíamos o autor, ficamos curiosas para saber mais sobre o livro.


    http://onlyinspirations.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. A edição parece ser muito bem feita. E os contos, sempre terão alguns que vamos gostar e outros que não..

    http://www.vivendosentimentos.com.br

    ResponderExcluir
  10. Oi Marcos, infelizmente eu nunca li nada do autor, então não dá pra opinar muito a respeito se a literatura dele é mediana ou não, mas sem dúvida capa é sensacional rsrsrs

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  11. Já ouvi falar do autor, mas não li nada dele, ainda, é uma pena que a narração é um pouco lenta, assim fica cansativa a leitura, mas se deu origem a grandes sucessos do cinema, desperta uma certa curiosidade em conhecer.

    ResponderExcluir
  12. Marcos!
    Mas não li o livro e até gostaria.
    Bem as ficções são boas por isso, porque podem criar uma realidade diferente e claro que vamos questioná-la diante dos nossos parâmetros.
    Claro que tem umas coisas boas, porque viver sem crime traz segurança, mas é bem utópico, né?
    Desejo uma ótima semana, cheia de luz e paz!
    “Que o novo ano que se inicia seja repleto de felicidades e conquistas. Feliz ano novo!” (Desconhecido)
    cheirinhos
    Rudy
    1º TOP COMENTARISTA do ano 3 livros + Kit de papelaria, 3 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir
  13. Oi, Marcos!!
    Não conhecia o autor mas adoro livros de ficção científica e então sem dúvida já fiquei empolgada para ler esse livros de contos do Philip Dick.
    Bjoss

    ResponderExcluir

Gostou da postagem? Deixe um comentário. Se não gostou, comente também e deixe a sua opinião.
Se tiver um blog deixe o endereço e retribuiremos a visita.
Aproveite e se inscreva nas promoções e concorra a diversos prêmios.