Resenha: O fim da eternidade

Por Fabio Pedreira •
22 janeiro 2020

A eternidade (sinopse)
O técnico Andrew Harlan é responsável por fazer pequenas modificações na história durante suas viagens no tempo. Por menores que sejam - tirar um objeto do lugar, interromper uma conversa -, cada uma dessas mudanças altera a vida de milhares de pessoas, evitando até catástrofes séculos à frente. Em uma de suas missões, conhece Noÿs Lambent, uma mulher que abala suas convicções e o faz questionar as regras do próprio trabalho, podendo colocar em risco o rumo da humanidade.

Livre arbítrio
Andrew Harlan é um técnico. Ele trabalha na Eternidade, um local além do tempo, é como se fosse um local onde eles podem ver como a realidade se desenvolve, como o mundo vai se desenvolvendo. E se algum problema na realidade é detectado cabe ao técnico corrigir.

O técnico tem o poder de transformar a realidade movendo apenas um objeto de lugar. Mas não é nenhum poder sobrenatural e sim como se fosse o famoso efeito borboleta, onde diz que se uma borboleta bate asas no Brasil, ela é capaz de provocar tempestades do outro lado do mundo. Então o poder de Harlan vem do estudo e observação.

Para se tornar um técnico é preciso passar por 4 fases, a de tempista, onde você é recrutado de um período do tempo especifico, depois passa a ser aprendiz, observador e aí sim passa a ser um especialista. Os técnicos devem estudar sobre os séculos e avaliar bem a mudança que quer fazer para conseguir a mínima mudança possível.


É por isso que os técnicos devem ser sem emoções, imparciais, e são constantemente evitados, pois acabam mudando realidades que outras pessoas gostariam de experimentar. E Harlan segue tudo isso à risca, ou quase, pois certo dia ele conhece Noÿs Lambent, uma tempista no qual ele é obrigado a fazer um trabalho de observação.

Um técnico é proibido de ter filhos ou esposas, mas não quer dizer que não possa ter namoradas ou relações. Mas, para isso acontecer, ele deve pedir permissão e esperar a observação para saber se quando aquela pessoa for tirada da realidade não existirá uma mudança de realidade que afete bruscamente os outros séculos.

Porém, Harlan não quer esperar. Ele quer Noÿs para ele e a garota o quer, e com isso ele arrisca o próprio fim da eternidade levando com ele a garota que ele ama. É aí que está o plot principal do livro, entretanto, ele tem muito mais que isso.

O livro já começa um pouco avançado, confirmando que Harlan cometeu um crime grave e no decorrer da obra vamos encaixando as peças sobre o que aconteceu e entendendo como tudo ali funciona, a eternidade, as viagens através dos séculos, o que são os séculos ocultos (que são os séculos além do 100 mil) ou os séculos primitivos (os antes da eternidade).


Todas essas explicações não são difíceis de entender, então, quem não gosta de Sci-Fi por achar complicado não tem porque se preocupar. Porém, recomendo ler sem pressa para entender tudo direitinho. E é incrível como o autor tem uma linguagem simples e atrativa.

A história é muito interessante. Ela brinca com a questão do livre arbítrio e vira e mexe joga teorias para explicar até que ponto mudar a realidade pode ou não afetar a raça humana e suas consequências. Isso tudo é feito em meio a vários plot twists espalhados ao longo da trama. Vira e mexe tem alguma reviravolta na história, as maiores sendo deixadas para o final obviamente.

Se teve uma coisa só que não gostei no livro foi o comportamento do Harlan em alguns momentos mais próximo do final do livro. Muitas vezes suas ações, por mais que fossem regidas pela emoção em vez da racionalidade, foram muito burras. Talvez tenha sido uma tentativa do autor de querer dar um nó na cabeça do leitor em deixar sem saber quem estava falando a verdade ou mentindo. Mas eu achei mais irritante do que intrigante.

Ainda assim isso não tira o brilho da obra e garanto que é um bom livro tanto para quem já gosta de ficção científica como para quem quer iniciar ou arriscar. É um livro excelente e reflexivo. Foi minha estreia com o Isaac Asimov e espero ler muito mais. Abraços eternos e até a próxima.


Título: O fim da eternidade (exemplar cedido pela editora)
Autor: Isaac Asimov
Editora: Aleph
Páginas: 256
Ano: 2019 (ano original 1955)
Compre: aqui

Comentários via Facebook

17 Revelaram sentimentos:

  1. Olá, eu gosto muito de ficção de cientifica é um mundo muito fascinante sempre e esse livro se encaixa no gênero perfeitamente. Parece ser uma realidade bem diferente, o melhor desse livro é ele ter uma história tão original. Com tão poucas páginas eu acho que o devoraria numa sentada kkkkk Gostei do livro e bastante da sua resenha, foi bem explicadinha. Talvez a única coisa que eu iria gostar é a parte dele explicar muitas coisas, isso pode tornar o livro maçante.
    Beijoos ^-^
    Jardim de Palavras

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Melissa

      Esse é um daqueles clássicos do gênero, muito bom até para começar a ler.
      É bem capaz mesmo de terminar em um dia, porque é rápido de ler, capítulos curtos e a escrita do autor é boa. Mesmo tendo explicações não fica maçante, no começo talvez a pessoa fique sem entender um pouco, mas com a leitura vai entendendo tudo que ele quis dizer.
      Espero que consiga ler.

      Bjs =*

      Excluir
  2. Mesmo que ficção científica não seja o meu forte(eu me sinto tão burra quando leio o gênero.rs), isso de viagens no tempo, mudar o passado, trazendo sim, consequências desastrosas para o presente ou futuro, sempre me animam muito. Dúbio, eu sei...mas fazer o que se sou essa negação? rs
    Ainda não tinha lido nada sobre o livro,mas já fiquei intrigada com o enredo. O amor faz a gente ficar burro, muito burro, burrinho de tudo e olha aí a prova disso.
    Personagens irritantes são iguais seres humanos irritantes. Então? rs
    Já vai pra listinha de desejados!
    Beijo, Fábio!

    Angela Cunha Gabriel/Rubro Rosa/O Vazio na Flor

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Angela

      Aahh, não diga isso que não é verdade. E aqui não tem nada de complicado, eu recomendo a leitura tranquilamente =D. Realmente o Harlan ficou burro demais kkkkk
      Aposto que vai gostar. Quando ler me fala

      Bjs =*

      Excluir
  3. Boa tarde,
    Tudo bem?
    A sinopse me lembra um pouco de Flash ( isso de viagem no tempo)
    Gostei da resenha, adoro ficção. E como você diz que o autor tenta passar tudo de forma direta, ajuda bastante.

    Abraços e boa semana
    www.rimasdopreto.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Sandro

      Lembra sim, só não usa a força da aceleração kkkkkk.
      Sim, passar de forma direta ajuda a deixar tudo mais tranquilo.

      Excluir
  4. FABIO!
    Fico feliz que tenha gostado da sua estreia com Asimov, ele sempre foi além do seu tempo em termos de ficção.
    Não li esse ainda, mas achei bem criativa a forma como ele cria toda uma realidade diferenciada e acaba inserindo componentes intrínsecos aos seres humanos e que pode mudar toda uma realidade.
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Rudy

      Verdade, nesse caso era além do tempo literalmente até kkkkk. Esse é muito bom, gostei de ter começado por ele.

      =*

      Excluir
  5. Olá!
    Não li nada do autor mas já tenho um livro dele e estou bem ansiosa para ler. A trama do livro e interessante, me chamou bastante atenção a trama e principalmente por ser Sci-Fi, gosto bastante desse gênero.

    Meu blog:
    Tempos Literários

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Lily

      Eu gostei bastante de ter começado por esse, recomendo também =D.

      Excluir
  6. Olá! De todos os livros do autor que já li a respeito, esse com certeza é o que a premissa mais me cativou. Achei interessante a questão que o livro trabalha sobre o livre-arbitrio.
    Confesso que não sou muito fã de ficção-cientifíca, mas adoraria conhecer mais sobre essa obra, já que a mesma não é complicada de se entender.
    Com certeza darei uma chance ao autor! Beijos! <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Rayssa

      Esse é bem legal mesmo, gostei bastante. Sim, tem uma mensagem interessante. Essa é uma boa leitura para quem quiser tentar ler algo do assunto.

      Aeehh. Bjs =*

      Excluir
  7. Olá! Eita que eu já ia começar com meu famoso discurso de que não curto o gênero, pois acabo quase sempre perdida durante a leitura, mas para minha surpresa, eis que eu tenho uma chance (risos). Muito bom saber que não é bem assim que vai funcionar. Até porque me interessei bastante pela história e para esse ano de 2020 estou tentando diversificar minhas leituras, então foi match e já podemos marcar o encontro #alouca. O livro me lembrou do filme efeito borboleta, que, aliás, eu amo, então tenho aqui mais um motivo para conhecer a história.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Elizete

      kkkkkk Deu ruim o discurso. kkkk Espero que tenha o encontro marcado com esse ai, porque é um livro que vale a pena arriscar caso queira ler um gênero que não está acostumada. Sim, lembra um pouco sim esse filme, ou pelo menos o conceito do efeito borboleta kkkk.

      Excluir
  8. Oiii ❤ Bom saber que esse é um bom livro para quem tem vontade de se aventurar no mundo das ficções científicas, já que esse é o meu caso.
    Achei muito interessante o personagem ser um técnico do tempo, por assim dizer, gosto de livros que envolvam viagens no tempo.
    Estou curiosa para saber em que as intervenções que Harlan faz influenciam, quais são suas consequências.
    Gostaria muito de fazer essa leitura.
    Beijos ❤

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Rayane

      É um bom livro para começar, apesar do inicio mais técnico, depois a coisa melhora muito. É uma boa trama, apesar de que não sou muito fã do Harlan kkkkk

      Bjs

      Excluir
  9. Olá, Fábio
    O autor era bem a frente do seu tempo, com uma trama fascinante de 1955.
    Tenho lido muitas resenhas de livros que tem viagens no tempo e ainda não li nenhum com esse tema e sendo ficção científica preciso me aventurar logo em algum livro do autor.
    Harlan parece ter problemas por querer trazer seu amor com ele.
    Beijos

    ResponderExcluir

Gostou da postagem? Deixe um comentário. Se não gostou, comente também e deixe a sua opinião.
Se tiver um blog deixe o endereço e retribuiremos a visita.
Aproveite e se inscreva nas promoções e concorra a diversos prêmios.

Instagram

© Revelando Sentimentos | Resenhas de livros – Tema desenvolvido com por Iunique - Temas.in