Resenha: As coisas que fazemos por amor

Por Cristina Golombieski •
26 fevereiro 2020

Sinopse: Caçula de três irmãs, Angela DeSaria já tinha traçado sua vida desde pequena: escola, faculdade, casamento, maternidade. Porém, depois de anos tentando engravidar, o relacionamento com o marido não resistiu, soterrado pelo peso dos sonhos não realizados. Após o divórcio, Angie volta a morar na sua cidade natal e retorna ao seio da família carinhosa e meio doida. Em West End, onde a vida vai e vem ao sabor das marés, ela conhece a garota que mudará a sua vida para sempre.

Lauren Ribido é uma adolescente estudiosa, bem-educada e trabalhadora. Apesar de morar em uma das áreas mais decadentes da cidade com a mãe alcoólatra e negligente, a menina sonha cursar uma boa faculdade e ter um futuro melhor.

Desde o primeiro momento, Angie enxerga em Lauren algo especial e, rapidamente, uma forte conexão se forma: uma mulher que deseja um filho, uma menina que anseia pelo amor materno. Porém, nada poderia preparar as duas para a repercussão do relacionamento delas. Numa reviravolta dramática, Angie e Lauren serão testadas de forma extrema e, juntas, embarcarão em uma jornada tocante em busca do verdadeiro significado de família.

Resenha: Esse livro foi meu primeiro contato com a autora e eu adorei a escrita e a forma como ela aborda temas importantes, já virei fã.

Nessa obra conhecemos duas histórias diferentes, mas com finalidade iguais: a busca pelo amor materno. Angie sonha em ser mãe, em contra partida, Lauren almeja em ter uma mãe que cuide e zele por ela.


Por muitos anos, Angela tentou engravidar e realizar o maior sonho de sua vida, com o tempo isso se tornou uma obsessão e acabou destruindo seu casamento. Então, ela se vê sozinha retornando para sua cidade natal, prestes a recomeçar do zero.

Em paralelo, acompanhamos a vida dura de uma adolescente que se vê obrigada a sustentar uma casa e cuidar de sua mãe que se comporta mais como se fosse sua filha. Lauren, na maioria dos dias, não tem nem o que comer e se vira com a sorte e ajuda das pessoas que encontra pelo caminho.
"A vida dá um jeito de seguir em frente, e a gente faz o melhor que pode para acompanhar o fluxo. O coração partido se cura. Como qualquer ferimento, fica uma cicatriz, uma lembrança, porém esmaecida".
Por obra do destino ou de Deus (como eu acredito), os caminhos dessas duas se cruzam e nesse momento a história começa de verdade. Durante a leitura vivemos em uma avalanche de emoções, acompanhado a tragetória dessas duas, sendo o apoio uma da outra. É lindo de ver a relação que ambas constroem.

Me emocionei e identifiquei em alguns aspectos da história, pois também fui acolhida quando mais precisei e minha gratidão será eterna. É impossível não se envolver e amar esse livro.

Minha única ressalva: a autora deixou o final previsível e dramático demais na minha opinião, mas isso não anula a experiência magnífica que tive com a história.


Título: As coisas que fazemos por amor
Autora: Kristin Hannah 
Editora: Editora Arqueiro
Páginas: 352
Ano: 2017
Compre: aqui

Comentários via Facebook

15 Revelaram sentimentos:

  1. Apesar de conhecer bem pouco o trabalho da autora, ela está entre minhas favoritas, por sempre abordar temas fortes sim, mas junto com os dramas familiares. E isso sei lá, meio que nos coloca ali, vivendo as situações entre as famílias.
    Ainda não pude ler este livro dela,mas já gostei no nome da personagem(Angela, igual o meu, sem acento.rs) e de como os sonhos e os pedaços de cada uma vão se juntando aos poucos!
    Já vai para a lista de desejados com certeza!
    Beijo

    Angela Cunha Gabriel/Rubro Rosa/O Vazio na Flor

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá,

      Eu li dois livros da autora até agora e realmente, ela tem o dom de abordar temas reais no cenário familiar. Eu adorei conhecê- la!

      Obaaaaa, boa leituraaaaaaaaa!

      Excluir
  2. Olá! Ganhei esse livro e estou muito animada em conferi-lo por tantas coisas boas que leio sobre a escrita da Kristin Hannah, também vai ser meu primeiro contato com a escrita da autora, então imagina como estão minhas expectativas, gosto muito desses enredos que nos emocionam e que nos ensine lições valiosas, e mesmo sendo um pouco previsível, acredito que vou curtir bastante a leitura.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá,

      Ai que delícia de presente, já coloca ele na próxima TBR hahaha, tu vai amar!
      A escrita da autora é bem peculiar, um pouco lenta no começo e detalhista, mas depois flui.
      Espero que faça uma boa leitura!

      Excluir
  3. Cristina!
    Já li alguns livros da autora e sempre gostei da forma como ela aborda os temas, geralmente voltados para os dramas familiares.
    Já me identifiquei com o enredo, porque sempre quis ser mãe e infelizmente nunca pude engravidar, embora seja mãe de outra forma, porque tenho duas enteadas maravilhosas.
    Fiquei bem interessada em ler.
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá,

      Quais os livros que tu leu?

      Pela sua história, com certeza você vai SUPER se indetificar.
      Boa leitura!

      Beijos

      Excluir
  4. Olá!
    Eu tenho alguns livros dessa autora mas ainda não li, pretendo começa esse ano. A historia é bem envolvente, já ouvi muitas leitoras falarem bem da escrita dela. Espero conseguir ler!

    Meu blog:
    Tempos Literários

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá,

      Eu tenho 3 livros dela e estou participando de uma LC, estamos lendo um por mês.
      Estou amando a experiência!

      Excluir
  5. Oi, Cristina
    Pela sua resenha deu pra ver que o livro é lindo e cheio de emoção.
    Dramas familiares são muito bons e envolventes mesmo.
    Tenho ele aqui e tô louca pra ler logo.
    A Angela parece sofrer demais e a Lauren parece ser tão abandonada, tadinha.
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá,

      Dramas familiares são meus favoritos!
      É exatamente isso, uma sofre e a outra é abandonada.. imagina esse encontro?

      Torcendo pra tu ler!

      Beijos

      Excluir
  6. Não conheço a autora, mas pelo que pude perceber pela sua resenha, a autora consegue mesmo abordar temáticas importantes.
    Nunca cheguei a ler damas familiares, mas tenho muita vontade de poder conhecer esse gênero, já que já li várias resenhas de vários livros que abordam esse assunto, e se mais para frente tiver a oportunidade com certeza a autora será uma das minhas escolhas.

    ResponderExcluir
  7. Oi, Cristina
    Não li nada da autora e tenho vontade de conhecer sua escrita.
    Relações familiares são bem complicadas em alguns momentos e a autora gosta de trazer esse drama para seus livros.
    Vai para a lista de desejos, beijos.

    ResponderExcluir
  8. Oi nunca li nenhum livro dessa autora mas parece ser uma escrita bem leve acho que vale a pena conferir a leitura beijos

    ResponderExcluir
  9. ola fui lendo a resenha mas não vi o nome da autora
    pensei enquanto lia
    deve ser um otimo drama
    e quando vi que era a kristin Hannah tive a certeza de que é um otimo drama
    sou fã d autora e só ela para escrever enredos assim

    ResponderExcluir
  10. Oie!

    Sou grande fã da autora! Quando não tenho nenhum livro em mente para ler, sei que posso escolher qualquer um dela, que será um bom investimento!

    A história desse livro é muito linda, e realmente, o final é beeem dramático, mas isso não diminuiu o quanto eu gostei da história e a recomendo.

    Bjao
    Início de Conversa

    ResponderExcluir

Gostou da postagem? Deixe um comentário. Se não gostou, comente também e deixe a sua opinião.
Se tiver um blog deixe o endereço e retribuiremos a visita.
Aproveite e se inscreva nas promoções e concorra a diversos prêmios.

Editoras parceiras

Instagram

© Revelando Sentimentos | Resenhas de livros – Tema desenvolvido com por Iunique - Temas.in