Resenha: Pistas submersas

Por Naty Araújo •
29 abril 2020

Que eu amo suspense não é novidade para ninguém. Adoro sentir a sensação de tentar desvendar o que está acontecendo, principalmente quando isso envolve investigação criminal. Pistas submersas tem isso, é claro. 

Tudo acontece em Doggerland, uma nação formada por grande extensão de terras. Atualmente, a maior parte submersas, das quais restaram apenas três ilhas, localizada em algum lugar entre o Reino Unido e os países nórdicos. É lá que Maria Adolfsson cria o cenário dessa história. 

Aconteceu um festival das ilhas de Doggerland, norte da Escandinávia. Porém, o problema não foi só o evento em si, pior de tudo foi o dia seguinte em que algo provavelmente aconteceu. Aliás, sempre acontece alguma coisa em eventos grandes assim, não só em livros, não se engane. 

Nesse dia seguinte, a detetive Karen Hornby acorda em um quarto de hotel com uma baita ressaca, mas não maior que os arrependimentos da noite anterior. Na mesma manhã, uma mulher foi encontrada morta, quase desfigurada, em outra parte da ilha. As notícias daquele crime abalam a comunidade. Karen é encarregada do caso, algo complexo pelo fato de a vítima ser ex-esposa de seu chefe. E é aí que tudo dá um nó em nossa cabeça e ficamos sem saber o que Karen vai fazer, o que seu chefe vai fazer, afinal, era ele quem estava no quarto com ela. Ela era o seu álibi, já que o ex é sempre o principal suspeito da morte da esposa. Correto? E então mais um motivo para o livro pegar fogo e nos prender. 


O grande problema de Karen é que ela não podia contar a ninguém dessa noite, já que era O chefe, né? E além do mais, ele foi casado com a vítima, então o que ela poderia fazer? Nada, além de ficar com o bico calado e torcer para conseguir provar a inocência dele, já que as chances de fazer isso eram mínimas, se você analisar que existe um álibi, mas não pode ser utilizado. 

Karen começa a seguir as pistas, que vão desenrolando um novelo de segredos há muito tempo enterrados. Talvez aquele evento tenha origem na década de 1970... Talvez o seu desfecho esteja relacionado a um telefonema estranho, naquela primavera. Ainda assim, Karen não encontra um motivo para o assassinato. Mas, enquanto investiga a história das ilhas, descobre que as camadas de mistérios daquelas terras submersas são mais profundas do que se imagina. 

Talvez o maior problema que passei lendo esse livro, e único, seja o fato de não ter engrenado na leitura logo de cara. Não sei se foi porque eu estava de ressaca literária, pode até ser; mas acredito que o início seja um pouco lento, ainda que tenha esse baita acontecimento logo de cara. Vi algumas pessoas comentando isso também, então não sei precisar se foi a ressaca, porém, acho que contribuiu. No mais, quando você pega o pique não vai conseguir parar até descobrir o que de fato aconteceu. E tem um baita de um plot twist que me enganou direitinho. Recomendo!


Título: Pistas submersas (exemplar cedido pela editora) 
Autora: Maria Adolfsson 
Editora: Faro Editorial 
Páginas: 368 
Ano: 2020
Compre: aqui

Comentários via Facebook

21 Revelaram sentimentos:


  1. The best household services from cleaning to homes, apartments and villas, cleaning boards and carpets in Dammam and Al-Khobar and Qatif There is also a special section for sanitation work and sewage drainage in Dammam and Qatif and Al-Khobar with the solution in the best ideal way and isolation of surfaces and tanks and detection of water leaks and pest control and spraying pesticides in Dammam and Khobar and Qatif and all cities in the eastern region.


    شركة تنظيف فلل شقق مجالس سجاد بالدمام والخبر
    شركة تسليك مجاري بالقطيف وشفط بيارات
    شركة تنظيف ببقيق
    شركة تسليك مجاري بالدمام والخبر
    شركة تسليك مجاري بالدمام

    ResponderExcluir
  2. oi NATY
    tambem sou fã desse genero
    é um genero que sempre que tenho oportunidade eu compro
    gostei da premissa do livro embora o começo seja lento mas o importante é que depois tem um ritmo melhor que deixa o leitor preso na estoria
    quero ler sim

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ahh, que ótimo. Então você vai curtir.
      Claro, tem gente que não curtiu muito a questão do final e tal. Achou a narrativa meio cansativa. Mas eu adorei kkkkk

      Excluir
  3. Olá! Esse também é um gênero que sempre desperta meu interesse, afinal tentar desvendar um mistério é sempre muito interessante, ainda mais quando surgem tantos outros a partir de um crime que parece não ter uma solução simples.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu AMO, Eli. Fico super animada para ler qualquer coisa do gênero hahahaha

      Excluir
  4. Sempre fui fã do gênero então meu interesse começou ai. Sem falar que eu já conhecia a autora. Não sou grande fã mas foi uma boa experiência.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. EBA! Espero que leia, Carol.
      Eu sou fã do gênero também. Então sou bem chatinha quando pego uma obra de suspense/policial

      Excluir
  5. Olá!
    Sou bem fã desse gênero e só de ler a resenha fiquei bastante curiosa para saber quem foi que matou. Já vou anota aqui para ler. haha

    Meu blog:
    Tempos Literários

    ResponderExcluir
  6. Eu também assumo sem vergonha nenhuma que um bom suspense é meu gênero favorito no mundo e este livro já foi para listinha de mais desejados desde seu recente lançamento.
    Gostei disso de ilhas...sei lá, foge do convencional.
    Mesmo com esse começo mais lento, sei que é o tipo de enredo que irá me prender!!!
    Beijo

    Angela Cunha Gabriel/Rubro Rosa/O Vazio na Flor

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E trate de ler logo porque quero saber a sua opinião, viu?! RUM! hahaha

      Excluir
  7. Oi, Naty
    Que coisa hein, a Karen tá beeeem enrolada!
    Mas achei interessantíssimo.
    Quero ler mais do gênero, e as investigações que a Karen terá que fazer, mais seus dramas pessoais, parecem deixar tudo ainda mais empolgante e instigante.
    Assim que der lerei.
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Siiiiiim.... Fiquei criando um milhão de teorias hahahahahaha

      Excluir
  8. Olá, Naty
    Adorei a capa!
    Já gostei da trama mesmo sem os detalhes do mistério sobre a investigação e porque Karen é uma detetive determinada, corajosa, podemos conhecer outra cultura.
    Vai para a lista de desejos, beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eba! Fico feliz, Lu.
      Espero que curta a leitura. Realmente é surpreendente

      Excluir
  9. Naty!
    Quando não temos conexão com uma história, é difícil chegar até o final de um livro, mesmo que o plot seja bom.
    De qualquer forma, como é uma história investigativa com muito suspense e mistério, fiquei curiosa para ler.
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
  10. ingriD Figueiredo24/05/2020 01:21

    estou sem palavras de como gostei dessa estória! A autora soube conduzir o enredo de uma forma muito boa, enriquecendo-o com descrições incríveis. São tantas as camadas de mistério que não tem como adivinhar quem realmente matou a vítima, e qual a razão para isso. Karen é uma policial competente, mas que tem o entrave do preconceito por ser mulher entre seus pares. Mas, mulher forte que é, apesar de cheia de cicatrizes da vida, consegue enxergar uma linha de investigação que mais ninguém consegue ver, e que pode levar a sérias consequências.

    Além de uma capa incrível, e de uma edição muito boa, o livro termina já fazendo gancho para o próximo da série. Aliás, o final é bem tenso, quase mortal!

    ResponderExcluir
  11. Uau!!!! Nos últimos tempos tenho lido mais suspense.
    E esse, Pistas Submersas, me parece ser eletrizante, de tirar o fôlego.
    Karen está entre a cruz e a espada, tem que resolver o caso mas está diretamente relacionada a ele.
    Preciso ler urgentemente esse livro

    ResponderExcluir
  12. O nome do livro me chamou bastante atenção! Eu também amo um suspense, é um dos meus gêneros preferidos. Tive que ler duas vezes o trecho antes da segunda foto pra conferir se a Karen estava mesmo com o chefe dela no quarto, uauuu! Adoro plot twists, tirando o início lento que eu odeio, esse livro parece ter tudo o que eu gosto, por isso até coloquei na lista de leitura.

    Beijos,
    Amanda Almeida

    ResponderExcluir

Gostou da postagem? Deixe um comentário. Se não gostou, comente também e deixe a sua opinião.
Se tiver um blog deixe o endereço e retribuiremos a visita.
Aproveite e se inscreva nas promoções e concorra a diversos prêmios.

Instagram

© Revelando Sentimentos | Resenhas de livros – Tema desenvolvido com por Iunique - Temas.in