Quotes de maio

Por Naty Araújo •
31 maio 2021
Olá, leitores. Hoje separamos para vocês os melhores quotes do mês.


Fábio
“Como loucos, atiraram tudo que encontraram. Desde latrinas à livros, tudo ia descendo pelas janelas aos barrancos. Às vezes, fazer algo, ainda que estúpido, inspira as pessoas a acreditar que podem mudar a sua impotência sobre o que, no fundo, sabem que não podem. Por esse breve instante em que são levados pela esperança, agem com energia como se tudo dependesse disso, nem que seja o arremesso de uma bolinha de papel. De repente se torna a coisa mais importante do mundo. Não se pensa mais no que vai acontecer e nem na inutilidade que é, só que tem que fazer.

Mas isso passa.

Quem atira ou joga uma pedra, tal como uma criança, em seguida olha para ver o que conseguiu. Se o que fez não produz nada e todas as suas últimas esperanças estavam ali, então cai-se em si. E a sensação é horrível, posso dizer.” (KATO, Allyson. O imperdoável dos Mortos, p.82).


Luana
“Eu e Margot começamos a guardar o essencial na pasta escolar, a primeira coisa que coloquei foi este caderno, depois canetas, lenços, livros escolares, pente, cartas antigas. Eu só pensava que íamos ficar escondidas e estava pondo as coisas mais absurdas na pasta, mas não me arrependo, eu me importo mais com lembranças do que com vestidos.” (FRANK, Anne. Querida Kitty, p. 36)


Fernanda
“A verdade é que cada um só consegue oferecer ao mundo o que tem de sobra dentro de si. É impossível despender o que lhe falta. É irreal esperar sorrisos e coração aberto de um homem que não os possui mais.” (GOMES, Victoria. Amor Impostor, e-book)


Jessica
“Talvez as vidas dos nossos pais fiquem gravadas dentro de nós, talvez nosso destino seja determinado pela tentação de reviver os erros deles.Talvez seja inútil tentar, é impossível fugir do sangue que corre nas nossas veias. [...] Ou talvez todos sejam livres desde o nascimento. Talvez tudo o que já fizemos tenha sido determinado pela nossas próprias escolhas.” (REID, Jenkins Taylor. Malibu Renasce, p. 189)


Marcos
“[...] Quando os braços dele a envolveram, ela se perguntou até que ponto a raça humana compreendia o ato de abraçar: o quanto era bom e por que podia se querer fazê-lo por horas a fio. Achava que uma parte da humanidade entendia, mas duvidava de que fosse a maioria. Para compreender totalmente os abraços, talvez fosse necessário ter sido muito carente deles.” (KING, Stephen, Rose Madder, p.441)

Comentários via Facebook

6 Revelaram sentimentos:

  1. E temos o último post do mês que sempre amo. Estes quotes que nos deixam com mais vontade de ler os livros.
    Tem o novo da Taylor Jenkins, olha isso. Com certeza, é mais uma obra ímpar da autora.
    E olha esse de Kitty. Anne Frank é um dos livros mais queridos para mim.
    Adorei!!!
    Beijo

    Angela Cunha Gabriel/Rubro Rosa/O Vazio na flor

    ResponderExcluir
  2. Olá Amei os quotes escolhidos.
    Gostei muito dos quotes do Fábio e do Marcos.
    Bjs

    ResponderExcluir
  3. Esse "querida kitty" estou doida pra ler!!
    Amei os quotes!!
    Salvei uns dos livros que li também!

    ResponderExcluir
  4. Naty!
    Gosto demais de ler os quotes escolhidos do mês.
    A Fernanda trouxe o quote perfeito.
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
  5. Como sempre vocês escolheram os melhores quotes.
    Louca para ler Malibu Renasce

    ResponderExcluir
  6. Olá! Engraçado, o que mais me chamou atenção foi o último, logo do autor que mais me dá medo (risos), muito pertinente essa colocação sobre o abraço, ainda mais em tempos de pandemia.

    ResponderExcluir

Gostou da postagem? Deixe um comentário. Se não gostou, comente também e deixe a sua opinião.
Se tiver um blog deixe o endereço e retribuiremos a visita.
Aproveite e se inscreva nas promoções e concorra a diversos prêmios.

Instagram

© Revelando Sentimentos – Tema desenvolvido com por Iunique - Temas.in