Resenha: Depois

Por Naty Araújo •
16 agosto 2021

Vocês sabem o quanto sou fã desse cara, né? “Depois” é um dos livros do King que entra para a lista dos mais finos – e por incrível que pareça foi o que eu demorei mais tempo para ler.

James Conklin é o protagonista da história, vive sem o pai e sua mãe procura sempre dar o suporte que essa falta lhe faz. Ela é agente literária e que está tomando conta da empresa do seu irmão. O professor Buckett é um dos personagens mais queridos, vizinho de James – é como se fosse o avô, uma relação bem descrita. Percebe-se que King gosta de nos cativar colocando relações afetivas em suas histórias, seja com pais, com avós ou algo do tipo. Aqui isso é evidente.

Perdoem-me, mas o protagonista não me desceu. O diferencial: ele vê gente morta. Pronto. Esse foi o ponto que eu achei que fosse adorar, aplaudir e pensar que fui enganada direitinho. A mãe do garoto implora para que essa habilidade fique em segredo – até então tudo bem.


Porém, as coisas mudam quando Liz Dutton, a companheira de sua mãe e detetive do Departamento de Polícia de Nova York, aparece na saída da escola e anuncia que precisa de ajuda. Jamie embarca em uma corrida para desvendar o último segredo de um falecido terrorista, e, conforme a sinopse nos entrega, ele começa a jornada mais assustadora de sua vida.
"A gente se acostuma com as coisas extraordinárias. Aceita como normais. Podemos até tentar não nos acostumar, mas é o que acontece. Tem coisa extraordinária demais no mundo, só isso. Em toda parte."
Não acredito que a história seja realmente de terror, achei bem leve e não caí nessa conversa. Principalmente porque durante toda a leitura é destacado que é uma história que dá medo, mas, pra mim, isso ficou para depois.

O livro é curto, então não há muita coisa para comentar, quanto mais surpresas você tiver, melhor. Certamente é um livro dele para você que não gosta de terror. Não há elementos aterrorizantes. Se você não está habituado a leituras pesadas, do estilo que King adora escrever, esse é ótimo para iniciar a experiência. É leve, pequeno, de leitura rápida para alguns.

Título: Depois (exemplar cedido pela editora)
Autor: Stephen King
Editora: Suma
Páginas: 196
Ano: 2021
Compre: aqui

Comentários via Facebook

17 Revelaram sentimentos:

  1. Pela sua resenha pareceu ser um livro um pouco diferente do que ele costuma escrever ne? Eu não poderia opinar porque nunca li nada dele e me pergunto o porquê sempree KKK mas vejo tantas resenhas que fico sempre muito animada em algum dia conhecer, talvez seja porque eu nunca li um terror, mas pretendo começar com ele, por mais que esse livro específico seja mais leve ne?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Foge um pouco do que ele está acostumado, realmente rsrsrs.
      É mais leve sim, Bruna. Então é uma boa começar por ele :)

      Excluir
  2. Esse quase lançamento tem causado essa divisão mesmo e isso é bom rs
    Eu adoro quando isso acontece.
    King é Mestre. Mas não só do terror,mas do lado ser humano. Da maldade, dos problemas e falhas que todos nós temos.
    Eu quero muito ler esse livro,mesmo sabendo que não vou sentir medo.Talvez um quase igual Joyland(que eu até chorei de pena de um personagem) rs
    Beijo

    Angela Cunha Gabriel/Rubro Rosa/O Vazio na flor

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exatamente. É 8 ou 80, Angela. hahahaha
      Foi o que eu disse, esse lado humano foi bem trabalho e fique bem sensibilizada com a relação do menino com o vizinho.

      Excluir
  3. Ainda não li nada do Stephen King, mas tenho vontade de ler algo dele.
    Acho que vou ler Carrie primeiro, já que o proprio autor da spoilers dos livros, vou tentar ler na ordem de publicação os que tenho interesse.
    Esses mais finos deles é uma boa pra começar neh.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que vale começar, Ari.
      Realmente Carrie é uma ótima pedida. Na verdade, em todas as suas obras, praticamente, ele cita outras dele rsrs.

      Excluir
  4. Depois teve um bom hype. E também dividiu opiniões.
    Acredito que em Depois, King quis explorar o lado humano e como pano de fundo usou a vidência do protagonista

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade, Chelle.
      Muita gente amou, mas muita gente detestou. Esse livro divide opiniões.
      Realmente, acredito que a ideia não tenha sido o terror propriamente dito.

      Excluir
  5. Naty!
    É o que acho mais fascinante no King, a forma como ele mescla os estilos. E acredito que colocam como terror, apenas para vender mais, porque tem livros dele que são mais para thrillers psicológicos e não terror ou horror propriamente dito.
    Não li esse ainda.
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pode ser, Rudy hahaha.
      Mas não é um livro de todo ruim. Só não surpreende tanto quanto imaginava. Nem mesmo o plot dele.

      Excluir
  6. Depois que foi, literalmente, só ficando para Depois rs

    Acho complicado opinar sobre esse livro pq só passei raiva. Eu ansiei pelo terror, e olha que não curto muito, mas queria ter sentido medo de verdade mas a única coisa que senti foi frustração rs

    Enfim, além desse só li mais um do King, não tenho prioridade para falar sobre os livros que são bons e os que nem tanto.. mas esse, pelo menos para mim, não foi dos melhores.

    ResponderExcluir
  7. Olá
    O único livro que tenho do autor é A espera de um milagre .Comprei porque achei em um sebo por dez reais mas nem sabia quem era Sthoen King
    Não curto o gênero terror. Não leio .mas parece que esse Depois não é tão aterrorizante rsrs

    ResponderExcluir
  8. Oi, Naty
    Bom saber que o livro mesmo tendo uma pitada de sobrenatural não dá medo.
    Mais um livro de King que divide opiniões, mas parece ser uma leitura boa que prende o leitor pela curiosidade.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  9. Os livros de King sempre me surpreende, quando penso em algo amoroso e afetivo, ele vai e quebra tudo isso. Realmente é um livro fino, mesmo tendo seu lado negativo, gostaria de tentar ler para saber se compartilho da mesma opinião, pois sou muito fã do autor e sempre quero ler suas obras.

    ResponderExcluir
  10. Olá! Confesso que fiquei bem feliz em saber que aquele terror tão característico do autor não se faz presente nesse livro, tanto que vi aí uma ótima oportunidade para me aventurar em suas letras (risos).

    ResponderExcluir
  11. Oi, Naty!
    Nunca li nada do Stephen King porque não gosto de terror, mas sempre tive curiosidade em conhecer sua escrita, já que você disse que Depois não é uma história pesada e não é de terror vou anotar a dica para quando finalmente for conhecer a escrita do King.
    Bjos!

    ResponderExcluir
  12. Sempre tive muita vontade de ler algo do Stephen King, uma porque nunca tive a oportunidade e outra que sempre adio a leitura, já que nunca li nada do gênero e tenho receio de me decepcionar haha
    Pela resenha, o livro me pareceu bem diferente do que estou acostumada a ouvir do autor, sem todo aquele suspense e elementos de botar medo. Acho que seria um bom livro para conhecer mais sobre o autor.

    ResponderExcluir

Gostou da postagem? Deixe um comentário. Se não gostou, comente também e deixe a sua opinião.
Se tiver um blog deixe o endereço e retribuiremos a visita.
Aproveite e se inscreva nas promoções e concorra a diversos prêmios.

Instagram

© Revelando Sentimentos – Tema desenvolvido com por Iunique - Temas.in