Resenha: Palavras interrompidas

Por Naty Araújo •
04 outubro 2021
“Ficar olhando o mar assim faz a gente perceber o quanto somos frágeis diante de uma força tão grande.”
“Palavras interrompidas” é o último livro lançado pelo Marcos DeBrito. Quando li a sinopse eu fiquei bem curiosa para saber como seria a história.

Tudo começa com o corpo de uma jovem encontrado na praia. Carlos, pai de Fernanda, é chamado para identificar. É a sua filha, mas ele não a reconhece. Os cabelos tingidos de preto e a estranha tatuagem no ombro mostram que Fernanda não se parecia com a menina alegre de quem ele se lembrava.

O pai da jovem nota que há marcas no corpo dela, o que denota indícios de violência. Porém, ela nunca havia comentado com Carlos que tivesse um relacionamento com alguém. Por que fizeram isso com ela? Em luto, ele começa a buscar o culpado por tudo aquilo: as agressões, o assassinato – teriam sido as mesmas pessoas? Quem faria uma maldade com alguém tão boa?

No meio dessa cadeia de intrigas, nosso personagem encontra uma enigmática figura que promete ajudá-lo, no entanto, para isso, ele precisará fazer algo em troca. O que um pai é capaz de fazer para descobrir a verdade? Errar, culpar, matar outras pessoas?
“Tentar salvar uma alma que ambiciona a condenação é a mesma coisa que regar uma pedra e esperar que dela nasça algum fruto.”

É difícil iniciar essa leitura e não finalizar até ter todas respostas. Claro que o desfecho da história é palpável e digno de acerto, como aconteceu comigo e com algumas pessoas que conversei – isso não vai tirar a graça da sua experiência.

Os personagens foram bem feitos, contudo, não senti carisma por nenhum deles. Aliás, gostei muito da Fernanda e acredito que várias pessoas passem pelos problemas que ela enfrentou, mas não é uma personagem que aparece efetivamente, com falas, já que desde o início ela está morta – e isso não é spoiler.

A edição da Faro, como sempre, é completa. Com uma diagramação confortável, as páginas são amareladas e conta com folhas em verdes-azuladas repletas de ilustrações. O livro é curtinho e dá pra ler numa sentada. Se você não está acostumado com o gênero, é uma leitura que vai te deixar satisfeito. Porém, deixo o alerta aqui, pois o livro contém gatilhos referentes à saúde mental.

Uma curiosidade: teremos um filme baseado no livro.

Título: Palavras interrompidas (exemplar cedido pela editora)
Autor: Marcos DeBrito
Editora: Faro Editorial
Páginas: 144
Ano: 2021
Compre: aqui

Comentários via Facebook

16 Revelaram sentimentos:

  1. Não sabia da adaptação. Esse tipo de livro sempre faz eu me apegar os personagens por causa de tudo que eles passam... não sei se aconteceria nesse. Porém, é um livro curtinho é uma ótima dica.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também só soube quando estava lendo. Então espero que possa ler e assistir assim que sair. É uma ótima dica para ler bem rapidinho. Acredito que vá gostar.

      Excluir
  2. Já li resenhas sobre Palavras Interrompidas e apesar de curtir a escrita do autor, a premissa não me cativou..
    Não sabia da adaptação

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Uma pena, Chelle.
      No decorrer da história pode ser que você se surpreenda rs.

      Excluir
  3. Meu deus, tenho fobia de aranhas, chega arrepiei aqui. Acho que vou sofrer esse mês, ne? kkkk
    Que interessante ele não reconhecer a filha, daí você já fica se perguntando um monte de coisas. Aliás, a resenha toda deixa a gente bem curioso. Que legal que vai ter filme, eu adoro esse gênero nas telinhas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sobre as aranhas... Acho que nas minhas fotos estarão com um cadinho só hahahahahaha.
      Mas teremos abóboras e muita coisa legal por aqui. Ah! Fica, vai ter doce também, romance, drama... Não só suspense e terror hahaha.

      Excluir
  4. Ah Naty, será minha próxima leitura!!!rs
    Ainda não tirei o meu livro do plástico, por isso, ainda não o vi por dentro,mas se é Faro, não tem erro!
    Estou lendo meu segundo nacional neste mês do Marcus Barcelus(Dança da escuridão) e vou me dedicar ao terror rs(minha maratona solitária, já que descobri que sou uma negação nas Leituras Coletivas mesmo ou maratonas)
    Mas já amo a escrita do Marcos e o acompanho por todos os lados. Já vi até algumas imagens que ele soltou sobre a adaptação!!!
    Beijo

    Angela Cunha Gabriel/Rubro Rosa/O Vazio na flor

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahahaha.
      Que isso, mulher! Se junte a nós e vamos lendo devagarinho. Aqui é tudo na calma, na paciência. Nada de correrias pra não se perder no caminho kkkkkkk.

      Excluir
  5. Coitado desse pai que além de lutar para descobrir quem matou filha e porque fez isso, ainda precisa descobrir o que estava acontecendo com sua filha, que estava tão diferente da pessoa que ele conhecia.
    Parece ser bom o livro.

    Danielle Medeiros de Souza
    danibsb030501@yahoo.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Essa sem dúvidas foi uma das partes que mais me tocou, Dani.
      Bem forte.

      Excluir
  6. Naty!
    Sou bem fã do autor e fico feliz em ver que o livro se tornará um filme.
    Acho sempre bem intrigante a forma como ele constrói seus enredos.
    Uma pena não ter sentido empatia pelas personagens.
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não dá pra sentir porque eles foram feitos justamente pra isso, Rudy.
      Hahahaha.
      Eles são personagens beeeeem fortes e fora do comum. Não acredito que a intenção tenha sido cativar.

      Excluir
  7. Olá! Confesso que ainda não li nada do autor, mas mais uma vez me vejo tentada com o seu trabalho, já deu para perceber que essa não é uma leitura fácil e fiquei ainda mais curiosa depois de saber que teremos adaptação, opa já vou me preparar para as famosas comparações (risos).

    ResponderExcluir
  8. Gostei do pouco que foi apresentado, e curto historias onde se buscam os porquês. Achei poucas paginas para o enredo do que aconteceu com a personagem e todas as descobertas. Bom, mas espero que de conta e não fique duvidas. Vou procurar ler com toda a certeza.

    ResponderExcluir
  9. Eu estou com muita vontade de ler esse livro, a faro sempre lançar livros desse gênero bom, adorei a resenha.

    ResponderExcluir
  10. Olá
    O livro é bem curto e o enredo é intrigante .o que será que esse pai vai fazer para descobrir quem matou sua filha? O enredo possui uma trama bem forte e atual.visto que hoje vemos tantos pais perdendo suas filhas muitas até mesmo muitos jovens.

    ResponderExcluir

Gostou da postagem? Deixe um comentário. Se não gostou, comente também e deixe a sua opinião.
Se tiver um blog deixe o endereço e retribuiremos a visita.
Aproveite e se inscreva nas promoções e concorra a diversos prêmios.

Instagram

© Revelando Sentimentos – Tema desenvolvido com por Iunique - Temas.in