Série: Como acabar com o Natal

by - dezembro 25, 2021


Olá, pessoal. Primeiramente, desejo um Feliz Natal para você e sua família. Nesse momento difícil que estamos passando, é complicado pensar em Natal com tanta felicidade, mas se estamos vivos é um motivo para agradecer.

Para o dia de hoje deixei uma indicação de uma série que ao mesmo tempo é engraçada, mas também recheada de drama. A protagonista se mete em cada encrenca que ora a gente sente dó, ora a gente sente vontade de torcer para se dar mal mesmo.

A protagonista, filha pródiga, chamada Tumi Sello (Busi Lurayi), tenta consertar as coisas depois de arruinar o que deveria ter sido o casamento perfeito da irmã. A destruição não é pouca, não. É grande e a gente fica abismado com a tragédia. Era pra ser o casamento dos sonhos, mas...

A série é pequena, tem duas temporadas, a primeira trata do dito cujo casamento e a segunda do funeral. Como se a desgraça no primeiro não fosse o suficiente, a desgraça no segundo surge pra colocar uma pá de cal. Por se tratar de uma cultura sul-africana, a gente aprende muito os costumes de lá, inclusive quando alguém casa, como é a vivência das famílias, assim como também quando alguém morre. É um aprendizado, sem dúvidas.

Imagem: Netflix
Tumi é considerada tóxica e de tanto ouvir isso das pessoas ela acaba absorvendo e aceitando esse título. Porém, ela não é a vilã que todos pregam, que a gente tenta acreditar enquanto assiste. Tudo o que faz de errado (aliás, quase tudo) é tentando acertar, pra consertar as besteiras ou evitar que outras piores venham ocorrer.

Beauty Sello (Thando Thabethe) é irmã de Tumi, ambas foram abandonadas pelo pai. A diferença é que a primeira deseja encontrá-lo para seguir a tradição de entrar na igreja acompanhada dele, enquanto a segunda não sente a menor falta dele, pelo contrário. Ela o considera o pior ser humano e tenta convencer a irmã a não entrar em contato. Mas a teimosia da Beauty fala mais alto, e a solidariedade da Tumi também, então ambas vão procurá-lo. E as coisas são piores do que a gente poderia prever. A série toma um rumo bem mais dramático.

O primeiro episódio não me cativou, confesso. Achei que seria melhor deixar pra lá e tentar ver outra coisa. No entanto, do segundo em diante fui fisgada e não consegui largar mais. São poucos episódios, mas a gente consegue dar boas risadas e chorar em alguns momentos.

Confesso que a atuação da Busi Lurayi foi impecável. Fiquei abismada com essa mulher. Incrível! Assistam!

Série: Como acabar com o Natal
Direção: Johnny Barbuzano
Onde assistir: Netflix

You May Also Like

6 comments

  1. E quantas pessoas não cometem erros tentando acertar, mas só o que os outros veem é a pate ruim. Me cativou por conta disso, fiquei com vontade de ver.

    Danielle Medeiros de Souza
    danibsb030501@yahoo.com.br

    ResponderExcluir
  2. Tomara que Dezembro se estenda até meados do ano que vem, pois tenho mil filmes e séries natalinas para ver ainda e aí chego no blog e tem uma série que não vi e admito, nem conhecia ainda rs
    É muito pra mim!!!
    Mas eu adorei isso de trazer temas pesados e ao mesmo tempo, leves em um enredo só.
    Com toda certeza do mundo, já vou procurar e me jogar!! Só não sei em que mês rs
    Beijo

    Angela Cunha Gabriel/Rubro Rosa/O Vazio na flor

    ResponderExcluir
  3. ola
    Naõ conhecia esse serie e ainda bem que voce não desistiu no primerio episodio ,pois parece que a coisa melhora e muito no decorrer da trama.e se tem boas atuações então fica mais interessante de assistir .

    ResponderExcluir
  4. Eu adorei a dualidade das das duas, ate nessa foto...
    fiquei curiosa em assistir, como disse antes, bem diferente essas series mais tematicas, e me deixa mais interessada.
    Espero gostar da serie!!!

    ResponderExcluir
  5. Feliz Natal!!!!!!
    Não conhecia a série e fiquei encantada!
    Essa dinâmica familiar me chama a atenção. E tem Natal!

    ResponderExcluir
  6. Olá! Feliz Natal!!! Sem dúvida esses últimos natais, foram momentos de simplesmente agradecer. Adorei a dica, ainda mais por trazer um pouco da cultura sul-africana, fiquei bem curiosa para conhecer um pouco mais sobre esses costumes.

    ResponderExcluir

Gostou da postagem? Deixe um comentário. Se não gostou, comente também e deixe a sua opinião.
Se tiver um blog deixe o endereço e retribuiremos a visita.
Aproveite e se inscreva nas promoções e concorra a diversos prêmios.