Enquanto não posso ver, mas posso te sentir

Ela acorda assustada, com o soar do despertador e se produz lindamente ao trabalho.
Suas roupas não consigo ver, sua face não posso contemplar e nem tocá-las com as pontas dos meus dedos; mas estou aqui e posso ouvir teus passos de encontro ao chão, firmes e determinantes, com o barulho sutil de seu salto. Posso ouvir longamente o som da sua voz magnificante; os sorrisos ligeiramente transpassados são as minhas diversões e, ao mesmo tempo, uma canção para eu ninar feliz. Quando está triste, sinto suas lágrimas queimarem a face e derreterem ao tocar sua barriga. Ela sofre calada, sozinha, de canto e mal sabe que estou sentindo tudo isso. O que ela mais quer é um filho, mas não consegue tê-lo e essa dor é carregada consigo há anos e com papai também.
Eu sou um milagre e ela não sabe. Sou o surgimento "impossível" que ouço os médicos dizerem, mas estou chegando para quebrar as regras e destruir esse sofrimento que lhe aflige. Dou-lhe sinais sutis, imperceptíveis, da minha existência; alguns chutes leves, pois não tenho forças ainda, mas sei que ela se alegrará ao saber que existe um fruto dentro de si.
Talvez papai quisesse um menininho para poder jogar bola e conversar coisas de homem, mas prometo aprender e fazer tudo certinho para ser uma princesinha para ambos e dar frutos de honra.
Espero que meus dias aqui não demorem muito, pois quero desfrutar ao máximo dela e poder sentir aqueles braços acolhedores - como ouço tanto o papai dizer - e envolver-me neles, protegendo-me de um mundo desconhecido, mas que saberei viver com a ajuda dela e sua tamanha sabedoria.
Logo, logo estarei batendo na porta do seu útero, pedindo e oferecendo um amor único e incondicional, com a proteção que só ela saberá me dar.

Natalia Araújo, 08/05 - 00h16.
1º lugar - Blogueando *-*

25 Revelaram sentimentos:

  1. Minha querida
    ~Como sempre adoro os teus textos, muito bem escritos, de uma realidade tocante.

    deixo beijinhos
    Sonhadora

    ResponderExcluir
  2. Own Nathy...q coisa linda!
    parabéns!
    Parabéns tb a nossas mães, nossas musas!

    Boa semana pra ti*-*

    Eve
    http://evesimplesassim.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. lindooooo fico sem cometarios ,.,li todinho e copie pra mi
    ,.,para ti uma boa semana

    ResponderExcluir
  4. A profundidade continua sendo sua principal característica no meio de tantas outras qualidades incomparáveis.

    BeijooO'

    ResponderExcluir
  5. Lindo... adorei! Muito!

    bjoos!

    ResponderExcluir
  6. Emoçaão!!

    :)

    Tô bem linda e você?

    =}

    ResponderExcluir
  7. Naty
    Você é minha escritora favorita... Amor ler seus contos, suas histórias.
    Lindo a forma como contastes sobre sua mamãe.
    Obrigado pela visita e volte sempre.
    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Adorei, amei este teu texto.
    Parabéns pelo lugares que os teus textos têm conseguindo ganhar.
    Bjocas
    Patty

    ResponderExcluir
  9. Que lindo Nathy *-* Adorei o texto e foi muito bem merecido o premio no blogueando.

    Alias, quase me esqueci... que layout lindo menina *-* AMEI.
    xx

    ResponderExcluir
  10. 'Nati !!!!
    Que lindo texto. as suas visões a respeito das coisas e essas transcritas no papel...é pura covardia.

    Beijo e boa semana LINDONAAAAAAAAA
    Ale

    ResponderExcluir
  11. aah que lindo Naty *-*
    vc mereceu ganhar, parabéns !!
    ficou incrível, como todas as suas hsitórias né, rs.

    ps: meu domingo foi bem agradável *-*
    beijoos ;*

    ResponderExcluir
  12. muiito lindo e profundo!
    como sempre, eu adorei.

    ResponderExcluir
  13. Parabéns Paty
    Desculpe mas estou com problemas no PC, pois estou acessando do trabalho.
    Fiz um comentário anterior e não sei se seguiu e agora mesmo também não consegui enviar.
    Adoro seus textos e sou sua fã - escreves muito bem.
    Obrigada pela visita e pelas palavras.
    Beijos

    ResponderExcluir
  14. Tens um jeito particular e muito lindo de escrever. Beijo.

    ResponderExcluir
  15. Naty, eu AMEI seu blog :D
    Sério, tá muito lindo, muito meigo.
    ADOREI² .
    E o texto hein ? Que coisa linda :D
    Concerteza, no dia em que tiver estabilidade vou querer um filho *-* (leia-se, daqui a muitos anos rs )

    Como foi o fds ? Beijo flor, boa semana :*

    ResponderExcluir
  16. Muito perfeito ^^
    Adorei...
    Parabéns pelos contos tão lindos postados aqui ^^ amoOoOoo


    Bjkas
    :*

    ResponderExcluir
  17. Naty...
    Lindíssimo!!!
    É a única palavra que me vem à mente... =S
    Amei!!!

    Bjs

    ResponderExcluir
  18. aaaaaaaaah... que lindo, que emocionante! ai Naty, você sempre me deixa sem palavras com esses teus textos PERFEITOS!
    own *--*
    ai amiga, o domingo foi ótimo, passei o dia com minha mãezinha! ela leu o texto e até chorou, acredita?
    coração mole, como eu disse...
    beijão pra ti!

    ResponderExcluir
  19. 'Logo, logo estarei batendo na porta do seu útero, pedindo e oferecendo um amor único e incondicional, com a proteção que só ela saberá me dar.' que perfeito! *-*

    ResponderExcluir
  20. Nossa, gostei demais! Foi o texto de Dia das Mães mais legal que vi este ano! Arrasou!

    ResponderExcluir
  21. Naty...
    que lindo seu texto...
    um chamado de dentro pra fora...
    gostei muito...
    Desculpe meu sumiço...
    Obrigada pelo carinho...
    Beijos
    Leca

    ResponderExcluir
  22. Eita que o podium ficou pequeno no 1º lugar, hein? Me sinto entorpecido até agora em está lá contigo moça, beijos e tipo assim, o eu texto está ótimo, e só para constar, admiro o revelando, sei lá, mas é tão frágil e forte, não sei, é belo somente.

    Um beijo,
    Charlie B.

    ResponderExcluir
  23. Ser mãe é um privilégio concedido pelo dom da vida,Jesus.
    Ele é quem dá a chance ao ser humano de gerar filhos, multiplicar sua famíla, e vê o seu filho crescer nos caminhos do Senhor..
    Amei o post!Como sempre dedicada e talentosa!
    Parabéns!

    ResponderExcluir
  24. Que texto lindo, Naty. Sabe, de inicio ate lembrei da minha filha se arrumando e eu feliz em vê-la ir para o trabalho...E depois no decorrer do texto também... Entrei no texto e me senti vó( namora 7 anos )! Hahahahahaah Maravilha! Um presente este belo texto, Naty. Obrigada.


    * Ahhhhhhh e visual novo! Gosto sempre e de você também! Beijos, querida.

    ResponderExcluir
  25. Nossa, a-mei! :D
    Mereceu mesmo, ter ganho em 1º lugar! Parabéns!
    Já estou seguindo :D
    Beeeijos!

    ResponderExcluir

Gostou da postagem? Deixe um comentário. Se não gostou, comente também e deixe a sua opinião.
Se tiver um blog deixe o endereço e retribuiremos a visita.
Aproveite e se inscreva nas promoções e concorra a diversos prêmios.