A grande procura

Procuro uma forma de tentar apagar
O vazio que você deixou.

Procuro um jeito de tentar esconder
As marcas que aqui ficou.

Procuro palavras pra tentar disfarçar
A alegria que você me roubou.
Procuro o alimento ideal
Para saciar a fome que você me causou.

Se passam os dias,
Se passam o tempo,
Mas a fome de amar,
A fome de amor, ainda permanece aqui.
Intacta!

Espero você para acabar com a guerra dos meus ossos fracos.

Cansados!
E destruir a fome do meu corpo, sedento pela presença do teu.
Necessitado!

Procuro-te em tudo
E me perco na desilusão de esperar te encontrar.


23 Revelaram sentimentos:

  1. Amiga que lindooo!!!texto marcante e profundo!!este fez doer o meu coração.eu me vi nele...pois estou passando por isso...pq.simplesmento o amor da minha vida...deus me tirou...está tão difícil caminhar sozinha...mais enfim...temos que continuar...a morte infelizmente faz parte da vida...beijos queridaaa!!!

    ResponderExcluir
  2. Amiga de coração!!!amei suas palavras de conforto no meu cantinho...és uma pessoa iluminada!!!é muito bom saber que temos pessoas de coração iluminado...assim como vc.beijos queridaaa!!!!seu cantinho me faz um bem danado...beijos em seu coração lindooo!!!

    ResponderExcluir
  3. Naty, que lindo minha amiga, gosto muito das palavras..e elas são lindas, essa parte eu adorei "E me perco na desilusão de esperar te encontrar" perfeito! Um beijo minha querida"
    Ju

    ResponderExcluir
  4. Olá, Naty querida
    Passo pra agradecer sua presença carinhosa em meu coquetel virtual.
    Obrigada de coração, amiga.
    A saudade é o que fica quando o amor se vai.... Mas vale a pena amar... custe o que custar...
    Só o amor constrói.
    Abraços fraternos e o meu carinho de sempre.

    ResponderExcluir
  5. Olá

    Vi teu Blog pelo Blog da Beautiful e achei muito bonito, parabéns pelo teu Blog ele é show.

    Sucesso sempre.

    Bjs

    ResponderExcluir
  6. Lindo texto, embora triste...

    Estava com saudades daqui!!

    Beijoo

    ResponderExcluir
  7. Lindooo,Naty! Como sempre nos emocionando com suas perfeitas e doces palavras.. Estou preparando o meu poema para participar dos bloínqueis.
    Um xeroooo,
    Ataniel

    ResponderExcluir
  8. uma poetisa!

    que brilhante!

    apesar de triste!

    forte abraço!

    ResponderExcluir
  9. Nossa adorei...
    Ja vivi este teu poema!
    Acho que são "poucos os que não buscaram
    em outro, o alimento de sua própria vida!"

    Ah, e boa sorte no enem tbm...
    Procure meios alternativos de estudar!
    Aqueles covencionais (ficar o dia pendurado nos livros)
    não são os mais indicados faltando tão pouco tempo.

    Bjos.

    ResponderExcluir
  10. Mas a fome de amar, a fome de amor, ainda permanece aqui.
    Intacta.
    Muito lindo Naty amei.
    Eu ando sem inspiração, os dias estão tão corridos... =/
    saudades.
    beijos

    ResponderExcluir
  11. achei meio triste, mas muita gente sente isso, acho que quando um relacionamento acaba todos passam por isso. naty eu acho que essa foto é do gossip girls, bom pelo menos é o que parece, essa série é muito legal. beijo

    ResponderExcluir
  12. Ah...
    A leveza e delicadeza com que escreves anseios tão fortes e marcantes é inebriante...
    Amei!!!

    Bjs

    ResponderExcluir
  13. "Procuro um jeito de tentar esconder
    As marcas que aqui ficou".


    E o tipo de texto que a cada linha nos identificamos mais, mais e mais...
    O amor tem disso mesmo, tão individual, histórias tão diferentes, e no final, quando termina fica muito parecido...

    Você escreve muito bem!

    P.S.: Gostei da foto, Blair Waldorf é demais!
    P.S.2: Você gosta de ler... Admiro isso. E os livros do Sidney Sheldon são aqueles que nunca queremos o fim.

    ResponderExcluir
  14. Ai ai Naty querida, faço minhas as suas palavras!
    Eu também ainda espero!
    Beijos

    ResponderExcluir
  15. Eu me sinto assim há quase 4 anos...
    Ainda bem que aproveitamos essa (ar) dor para poetizar.
    LIndo texto!
    Ahhh, e eu gosto da menina da foto e seu personagem conflituoso em Gossip Girl.

    ;*

    ResponderExcluir
  16. Eu também sinto esse vazio,essa fome de amar...há pessoas que passam na nossa vida e deixam marcas,e um vazio também...

    bjs,
    T.S.

    ResponderExcluir
  17. Naty
    Uma procura qeu certamente está perto de encontrar.
    Lindo o seu poema que rasga o nosso coração de tanto sentimento.
    Para mim você é the best.Boa sorte!

    Obrigado pelo carinho que deixastes em seu recado. Entendo tudo e estamos aqui para darmos as mãos uns aos outros. Sou uma pessoa de Paz e amor.

    Beijos

    ResponderExcluir
  18. certamente eu já provei dessa iguaria chamada desilusão
    não mata fome, devora!

    ResponderExcluir
  19. Ótima imagem, caminhando juntinha com o texto! Olha, essa parada de fome por amor ou necessidades geradas por alguém eu não tenho. Mas eu tenho fome de alguém que me cause surpresa, e percebi isso com teu texto. Percebi não, você me lembrou. Por isso, quando alguém assim aparece, eu dou uma MEGA mordida. E mastigo por alguns meses, até o gosto amargar. Arrasou.

    ResponderExcluir
  20. ...e perdemo-nos sempre...

    kiss

    ResponderExcluir
  21. Que saudade dos seus poemas! Como sempre intensos, maravilhosos!

    Moça, c-l-a-r-o que eu votei no bonitão do Bonner! rsrsrs E pode deixar que eu fico bajulando meu irmão todo o dia. Ele sempre tem ideias espontâneas para eu atualizar o blog! rss

    beijosss

    ResponderExcluir
  22. chica, tem selo p vc lá no meu blog.. é o primeirão da listinha lá...

    besos.

    ResponderExcluir
  23. a fome de amar que se alimenta de tanta dor...
    beijo!

    ResponderExcluir

Gostou da postagem? Deixe um comentário. Se não gostou, comente também e deixe a sua opinião.
Se tiver um blog deixe o endereço e retribuiremos a visita.
Aproveite e se inscreva nas promoções e concorra a diversos prêmios.