O trago, a dose, o gosto


Eu quero tragar aquele cigarro
Até penetrar no ápice do meu desejo.
Quero perder minhas decepções
Em cada fumaça do meu trago.

Eu quero aquela bebida mais forte
Quero embriagar-me até a lua aparecer
E depois quero embebedar-me até o sol surgir.
E, quando os dois não aparecerem, beberei por tua ausência.

Quero orientar-me com o café mais amargo
E nele destruir toda ressaca.
Quero o final do dia como companhia
Já que tua ausência me é monotonia.

Quero balsamar-me naquele doce perfume
E com ele lembrar de tua essência.
Quero alimentar em minha alma
A esperança do teu amor por minha existência.

Quero aquele vício a pertencer-me
Como a matemática deseja linhas paralelas.
Sem fim!
É o que eu quero com você.

Entro no bar, outra vez,
Peço um cigarro mais forte,
A bebida mais quente
E peço você, imaginando que virá como uma dose impertinente.

9 Revelaram sentimentos:

  1. Forte e encantador...
    Amei!!!

    Bjs!!!

    ResponderExcluir
  2. Oi, estou aqui para responder a sua pergunta lá no meu blog. Eu tenho um relacionamento não escondido, mas não oficializado. Nós decidimos ir devagar, mas ele não quer que as pessoas fiquem sabendo, mesmo sendo muito difícil, já que somos da mesma classe. Esta situação não é muito boa, e vejo que você também está neste meio. Amanhã eu falarei com ele, preciso dizer o que sinto, o que quero, porque o sentimento é mútuo, eu sei.

    ResponderExcluir
  3. ...traigo
    ecos
    de
    la
    tarde
    callada
    en
    la
    mano
    y
    una
    vela
    de
    mi
    corazón
    para
    invitarte
    y
    darte
    este
    alma
    que
    viene
    para
    compartir
    contigo
    tu
    bello
    blog
    con
    un
    ramillete
    de
    oro
    y
    claveles
    dentro...


    desde mis
    HORAS ROTAS
    Y AULA DE PAZ


    COMPARTIENDO ILUSION
    NATY

    CON saludos de la luna al
    reflejarse en el mar de la
    poesía...




    ESPERO SEAN DE VUESTRO AGRADO EL POST POETIZADO DE TITANIC SIÉNTEME DE CRIADAS Y SEÑORAS, FLOR DE PASCUA ENEMIGOS PUBLICOS HÁLITO DESAYUNO CON DIAMANTES TIFÓN PULP FICTION, ESTALLIDO MAMMA MIA,JEAN EYRE , TOQUE DE CANELA, STAR WARS,

    José
    Ramón...

    ResponderExcluir
  4. Olá,
    Tudo bem?

    Iniciei um blog há pouco e navegando por essa imensidão da blogosfera deparei-me com teu blog. Gostei muito, por isso sigo-te.
    Se puder e quiser visite meu cantinho
    beijos

    ResponderExcluir
  5. Muito denso...como a vida!"
    beijo
    Graça

    ResponderExcluir
  6. Caramba, que texto forte! Infelizmente, é a realidade de milhões de pessoas ao redor do mundo, né?
    Ah, te encontrar seria muito bom, mana >.<
    ;*

    ResponderExcluir
  7. Muito denso...muito vida!
    Beijocas.
    Graça

    ResponderExcluir
  8. E, quando os dois não aparecerem, beberei por tua ausência.
    E peço você, imaginando que virá como uma dose impertinente.
    meus trechos preferidos *-*
    você consegue expressasr os sentimentos de uma forma que eu nunca vi em outro blog.. ou outra pessoa fazendo.. você não fala de você, você fala de todos, mas sem a monotonia e a semelhança como todos usam as palavras, você consegue transmitir tudo de um jeito diferente, novo, que me encanta, eu simplesmente amo teus textos e poemas *-*

    http://leideanediniz.blogspot.com :*

    ResponderExcluir
  9. A dose perfeita para finalizar a noite! Que leitura, que escrita.. Quanta dor para afogar em cigarros e bebidas.

    ResponderExcluir

Gostou da postagem? Deixe um comentário. Se não gostou, comente também e deixe a sua opinião.
Se tiver um blog deixe o endereço e retribuiremos a visita.
Aproveite e se inscreva nas promoções e concorra a diversos prêmios.