Resenha: Para Continuar



O que você faria se descobrisse que possui uma doença incurável? O nosso protagonista, Leonardo César, descobriu que sofre de cardiomiopatia dilatada idiopática e que jamais será capaz de se aventurar por aí, pois o seu coração pode não aguentar a pressão, então precisa viver e fazer as coisas de forma moderada. Essa doença causa insuficiência no músculo cardíaco para bombear o sangue, por isso ele vive uma vida cheia de limitações.  Ao invés de aproveitar seu tempo com os amigos, saindo e se divertindo, o garoto prefere ficar em casa, preso em seu mundo e guardando o sentimento de tristeza e de agonia.

Embora isolado, o jovem ainda frequenta a faculdade, mas evita comentar sobre o assunto com os colegas. Apenas o seu amigo Penken é que sabe de toda a situação, assim como uma ex-namorada e seus pais. Leonardo não conta sua história porque imagina que as pessoas terão pena dele.

Confesso que histórias com essa temática ultimamente está mais batida do que livros hots, romances clichês e livros de pintar. No entanto, a obra tem o seu conteúdo para envolver e emocionar o leitor. Não apenas a história difícil de Leonardo é transmitida, mas a de Ayako Miyake também. A jovem vive com seu avô e com Ho – um amigo que sente ciúme da garota e quer protegê-la de toda a maldade devido a um distúrbio mental oriundo do massacre ocorrido na China que resultou na perda de sua família.

A garota vive com eles em uma pequena casa próximo a uma loja de luminárias. O trabalho dela é uma maneira de disfarçar todo o sofrimento que sente por perder os pais desde cedo. Ayako guarda um segredo, além de guardar, no porão de sua casa, várias luminárias que, de acordo com ela, selam o destino de pessoas.

Leonardo não pode ter o seu próprio carro, então, ele tem de andar de metrô todos os dias para ir à faculdade. Um certo dia ele conhece a jovem Ayako e se encanta pelos seus traços orientais. Sem pensar duas vezes, ele decide sentar ao seu lado e só depois se dá conta de que ela está com fones no ouvido. No outro dia a jovem está no trem novamente, mas com o vagão cheio não foi possível Leonardo sentar ao seu lado. Quando Ayako desce na estação seguinte, ele decide ir atrás e a segue até a loja japonesa de luminárias.

Nota-se que o sentimento de Leonardo é correspondido, no entanto, Ayako tem receio do que possa acontecer ao seu redor. Ao encontrar Leonardo na loja conversando com Ayako, Ho ataca-o por achar que está perturbando a garota. Todo desespero, desejo e obstáculos são postos em jogo nesse momento e é preciso saber quem vencerá.

A linguagem é simples, mas que caiu como uma luva para o tipo de história, afinal, pode ser lida para pessoas de qualquer idade. A capa foi uma das coisas que mais gostei, com detalhe especial à diagramação também. Nunca tinha lido nada do autor e começar por esse livro foi algo agradável. Claro que a obra em si tem clichês, mas para quem não se importa com isso e acredita que vale a pena ler e conhecer essas duas histórias.

Título: Para Continuar
Autor: Felipe Colbert
Editora: Novo Conceito
Páginas: 224
Ano: 2015

4 Revelaram sentimentos:

  1. Fernanda Pedotte18/11/2015 22:28

    Oi Naty!
    Achei tão linda a capa desse livro, fiquei encantada!!! Acho que eu compraria só pela capa kkkk. O marcador tb é muito fofo.
    Sim, a histórias pode ter seus clichês e até ter uma temática já batida, mas adorei, fiquei muito interessada, adoro histórias que emocionam e gostaria muito de ler esse livro. Já vou colocar nos meus desejados!! Necessito!

    ResponderExcluir
  2. Olá!!
    Quando bati os olhos nesse livro me apaixonei me lembre do filme encantados e claro me encantei por essas luminárias, e torci que as luminárias tivessem algum significado na historia , e agora lendo sua resenha e sabendo que essas tem sim um significado no porão da garota e estou muito curiosa pra saber o que elas podem fazer de verdade espero me surpreender, e não me importo com clichês vou ler assim que me surgir a oportunidade...
    Bjocas!!

    ResponderExcluir
  3. Além da capa do livro ser linda, a história parece ser muito linda, adoro personagens que durante a história tem que passar por cima de obstáculos que a vida lhe impõe, esse livro já esta incluso na minha lista de desejados, espero por adquiri-lo logo, pois tenho certeza que vou amar a leitura.

    ResponderExcluir
  4. Naty!
    Gostei muito também da leitura desse livro, principalmente porque tenho uma forte ligação com a cultura oriental, coisa que nem sei explicar.
    Adorei a história das lanternas.
    “Num filme o que importa não é a realidade, mas o que dela possa extrair a imaginação.” (Charles Chaplin)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Gostou da postagem? Deixe um comentário. Se não gostou, comente também e deixe a sua opinião.
Se tiver um blog deixe o endereço e retribuiremos a visita.
Aproveite e se inscreva nas promoções e concorra a diversos prêmios.