Resenha: Mentirosos



Quando recebi o convite para ler esse livro, li a sinopse e fiquei curiosa para conhecer o mundo dos Sinclair e desvendar os mistérios de Cadence. Parece até clichê iniciar a resenha falando de expectativa alta, porém, foi exatamente assim que tudo começou. O que mais se falava na blogosfera era desse livro e nas redes sociais também. Havia uma epidemia de Mentirosos e eu estava afoita para saber o porquê de tanto favoritismo e tanto alvoroço. 

Os Sinclair são uma família renomada e prezam pela tradição, mesmo estando em decadência, porém, eles se recusam a admitir isso. Uma das tradições é, todo ano, passarem o verão na ilha Beechwood com as três filhas e os netos do patriarca Harris. 

A obra é narrada por uma das netas de Harris: Cadence. Ela é uma garota que tem apenas dezoito anos, porém, já vivenciou coisas que gente adulta talvez não suportaria. Ela é a neta primogênita e a principal herdeira da família. Jhonny e Mirren são primos de Cady e os três são muito apegados. O quarto integrante do grupo é Gat, o único que não pertence à família. Todavia, eles o tratam como se fosse um irmão, com exceção de Cady, já que eles são namorados. 

A família Sinclair tem um estereótipo que todos devem ser jovens brancos, altos, loiros e perfeitos. Isso não acontece com Gat, ele é totalmente o oposto do perfil dos Sinclair: tem ascendência indiana. Cadence se apaixona por ele, não apenas por essa diferença física, mas pela diferença das suas ideias e pelos seus questionamentos a respeito dessa vida de privilégios que a família leva. 

A vida de Cadence muda completamente quando ela sofre um acidente no verão dos seus quinze anos. Seus próximos dois anos são conturbados, longe da ilha, e ela não se lembra de nada do seu passado. Além disso, a garota sente fortes dores na cabeça, reflexo de algo que ela sequer sabe o motivo. Quando ela retorna para a casa do avô, seu objetivo é tentar lembrar-se de tudo o que aconteceu, já que as pessoas de sua família evitam falar sobre o ocorrido.

A obra é carregada de emoção e é impossível largar o livro sem antes descobrir o que acontece com Cadence. Na realidade, o melhor a ser feito é não tentar matar as charadas que a autora solta no decorrer da obra. Infelizmente, na metade do livro eu já desconfiei. Porém, não fiquei atrás de entender os porquês. Apenas lia, devorava a obra com a intenção de terminá-la e desvendar tantos mistérios. Quando descobri que o desfecho era o que de fato imaginei, confesso que a obra não atingiu o clímax. Ansiava por algo diferente do que previ, embora o final seja realmente distinto de tudo o que já li. A autora fez uma reviravolta que emociona, quando realmente não se espera ou se deduz o término do livro.

Quando você inicia a leitura, imagina que a obra tem como escopo narrar uma família reunida durante os verões e, mais ainda, adolescentes reunidos para se aventurarem. Contudo, engana-se quem pensa dessa forma. É nisso que a autora surpreende e prega muitas peças para quem acredita que o foco é esse. Além do romance entre Cady e Gat, a autora foca em problemas familiares, em ambição que os Sinclair sentem e disputam com unhas e dentes por uma herança. O egocentrismo da mãe de Cady é tão horrendo que chega a ser repugnante e acredito que essa seja a lição que ela quer nos passar.

O livro é pequeno, todavia, a obra é carregada de detalhes, reviravoltas e charadas. Além de tudo isso, Lockhart nos brinda com uma dose extra de prosa lírica. A capa é diferente, tem um aspecto metalizado. O título da obra é bem sugestivo e abre campo para diversos pensamentos. A diagramação está linda e o mapa da ilha é incrível.

Para quem ficou na expectativa de conhecer mais esse livro, sugiro que não leia mais nada, além disso. Evite informações, não queira maiores contatos. Na própria obra é recomendado isso. Então, siga esse conselho e não se preocupe com os detalhes. 

Quotes:
“– Você entende, Cady? O silêncio é uma camada protetora sobre a dor” (p.43).

“Um caminhão passa por cima dos ossos do meu pescoço e da minha cabeça. As vértebras se rompem, o cérebro estala e vaza. Milhares de lanternas piscam em meus olhos. O mundo se inclina” (p.48).

“– Ainda sente falta da vovó? [...] Porque eu sinto. Nunca falamos sobre ela.
– Uma parte de mim morreu. [...] E era a melhor parte” (p.139).

Título: Mentirosos
Autora: E. Lockhart
Editora: Seguinte
Páginas: 271
Ano: 2014

17 Revelaram sentimentos:

  1. Eu me arrepiei com essa resenha!!!!!!!!! Esse livro entrou para os meus favoritos, foi emocionante a descoberta da Cady e todos os momentos dos Mentirosos. Simplesmente amei esse livro.

    Duas Amigas e Um Blog

    ResponderExcluir
  2. Assim como você Naty, sempre vejo comentários ótimos para este livro e sua resenha me deixou mais curiosa do que eu estava. Quero muito saber o que realmente aconteceu com a Cadence, e descobrir todo o mistério que ronda esse livro que me acompanha desde a primeira resenha que li.
    Espero que ocorra muito em breve a leitura.
    Bjs!

    ResponderExcluir
  3. Já ouvi falar muito bem desse livro, mas nunca tinha lido nada a respeito, sempre pensei que a história se tratasse de algo diferente. Ele realmente parece ser bom mas não sei se leria, já que é um gênero que não gosto muito.

    ResponderExcluir
  4. Esse livro foi uma baita surpresa e li porque vi o alvoroço que estava criando. Nem sinopse eu li, só fui lá ver o que era tudo aquilo que estavam falando. Viciei na narrativa, entrei na história de cabeça e caramba! As críticas, essa narrativa fácil e o mistério...já estava ganha logo no começo. Mas quando cheguei ao fim? A sensação foi um grande "Alguém devolve meu queixo! Caiu e foi parar no Japão. O.O "
    É uma reviravolta que não previ e pasmei. Sorte sua ter desconfiado antes, viu?Porque nossa....
    Adorei a forma como foi escrito e valeu cada momento de leitura. Super recomendado, é emocionante e muito bem feito né? Inesquecível.

    ResponderExcluir
  5. Depois de todo mundo ler esse livro e elogia tanto a leitura, fiquei muito curiosa e assim que lançou o livro já fui adquirindo, e esperava muito mais da história, o que me prendeu na leitura foi o mistério do que realmente tinha acontecido, e não a história em si, por ser uma trama muito elogiada teria que ser algo muito mais impactante do que foi, para mim foi uma história muito previsível o que desde do começo pensei que não seria e que o autor iria me surpreende mas não foi isso que aconteceu.

    ResponderExcluir
  6. Ual Naty! Que história! Excelente resenha! Já tinha ouvido flar e todos diziam que era incrível, sua resenha me deixou ainda mais curiosa pra ler! Bjs

    ResponderExcluir
  7. Olá Naty,

    Li algumas resenhas desse livro e a maioria são positivas, ele está na minha lista de desejados e espero ler....ótima resenha....bjs.


    devoradordeletras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  8. Já li um livro da autora e apreciei bastante sua escrita. Tenho lido bastante resenhas desse livro e vi muita divulgação sobre ele. Vou esperar para ler. Quando um livro é muito falado assim, eu tenho a tendencia de me decepcionar e não quero que aconteça isso com esse. Mas espero gostar e me surpreender com ele.

    ResponderExcluir
  9. Não conhecia a obra, mas gostei muito do enredo. Gosto de livros com charadas e reviravoltas. Fiquei muito curiosa para desvendar os mistérios que rondam a obra, conhecer os Sinclair,principalmente a Cadence e o Gat. Este mapa que tem no livro deve ser livro, gosto de livros que possuem este anexo. Gostei muito da resenha, fiquei com muita vontade de conferir o livro.
    Abraço!

    ResponderExcluir
  10. Também vi muitos comentários sobre esse livro e por esse motivo fiquei muito curiosa para conhecer a história, lendo sua resenha e os comentários positivos seus sobre o livro, só fiquei mais ansiosa ainda para lê-lo.

    ResponderExcluir
  11. Mentirosos foi um livro que me pegou completamente desprevenida, li o livro em apenas algumas horas e se tornou uma das melhores leituras de 2015.
    Confesso que no inicio o livro me deixou bem confusa, mas o final foi... nossa, sem palavras e por nenhum momento a autora deixou escapar nada e eu nem desconfiei.

    ResponderExcluir
  12. Olá Naty, tudo bem contigo ???
    Eu tive a oportunidade de ler Mentirosos no ano passado, e infelizmente ainda não tive a chance de fazer a resenha lá no blog, mas estou me programando para traze-la o mais rápido possível, pois tenho muita coisa para dizer sobre esse livro !!!
    O que mais me encantou nessa obra foi justamente a narrativa da autora, é como você disse, ela nos brinda com uma prosa lírica maravilhosa. Foi o que mais me encantou nesse livro, e acredito que ele só me conquistou realmente por esse motivo !!! Apesar de ter gostado da história como um todo, não nego que o suspense não me surpreendeu, pois assim como você, em certo momento eu acreditei saber o que tinha acontecido, mas deixei para lá pois como vi tanta gente comentando que o final era inesperado, não acreditei ser aquilo. Infelizmente já tive contato com esse final, já vi aquilo antes e por isso não me surpreendi, por isso me decepcionei um pouco. Ainda sim, é um bom livro !!! ^^

    Beijinhos
    Hear the Bells

    ResponderExcluir
  13. Oi, Natalia.
    Quero ler esse livro pela charadas e pelo mistério. Quero ver se a autora irá me surpreender, porque acho que por mais que evitemos, no decorrer da leitura nós vamos imaginando um final e é fantástico quando somos surpreendidos.
    Abraços.

    Minhas Impressões

    ResponderExcluir
  14. Oi!
    Li essa historia e adorei, o mistério me envolveu e não conseguir larga o livro até descobrir o que aconteceu e acabou me surpreendendo, também gostei dos personagens e principalmente da escrita da E. Lockhart !!

    ResponderExcluir
  15. Realmente esse livro fez um sucesso entre os leitores, em breve estarei lendo e descobrirei o porque dessa repercussão, esse mistério que ocorreu nesse verão me despertou uma certa curiosidade... principalmente pela livro ser narrado pela personagem que não sabe de muita coisa, assim iremos descobrir juntamente com ela sobre o acidente, gostei dos quotes mostrados, aumentou ainda mais minhas expectativas para a obra

    ResponderExcluir
  16. Oi Natalia, tudo bem?
    Esses tempos vi uma resenha tão negativa sobre este livro, que eu fiquei sem saber o que pensar. Não sabia sobre que se tratava o livro, mas fiquei super interessada ao ler a sua resenha. O mistério que ronda a trama é o que mais me deixa curiosa, pois gosto de livros que deixam esse gostinho de querer virar a próxima página para descobrir um pouco mais.
    Beijos

    ResponderExcluir
  17. Eu ameiii esse livro!
    Admito que eu só li porque tava todo mundo falando dele!
    No começo não entendi nada, mas no final eu entendi tudo!
    Amei de paixão!

    ResponderExcluir

Gostou da postagem? Deixe um comentário. Se não gostou, comente também e deixe a sua opinião.
Se tiver um blog deixe o endereço e retribuiremos a visita.
Aproveite e se inscreva nas promoções e concorra a diversos prêmios.