Resenha: A rebelde do Deserto


A Rebelde do Deserto é o primeiro volume de uma trilogia com o mesmo nome, e a obra de estreia da autora Alwyn Hamilton. É uma fantasia repleta de mitologia árabe. É uma aventura que utiliza desertos como cenário. É um livro “sobre uma garota que a principio quer fazer tudo sozinha, mas acaba se envolvendo em algo muito maior”, de acordo com a autora. É um livro que precisa ser lido.

Nesta obra conhecemos a história de Amim Al’Hiza. Uma garota de 17 anos que vive em Vila da Poeira, um pequeno e arruinado vilarejo, onde sobra areia e julgamento, e a humanidade é escassa. A protagonista planeja sua fuga do lugar, do futuro que a espera caso ela continue ali, naquele fim de mundo hostil onde as possibilidades de existência viajam entre morte iminente ou casamento indesejado. Amim é uma garota que sabe se virar. Uma eximia atiradora e manipuladora, que fará o que estiver ao seu alcance para sobreviver. Para sair daquele lugar sem esperança.




Nessa busca enlouquecida pela liberdade, ela se depara com Jin. Um forasteiro, um desconhecido, um rapaz com um sorriso encantador e com um jeito tão misterioso quanto o próprio deserto. As circunstâncias os colocam lado a lado, e a partir daí a gente embarca em uma aventura como há muito tempo eu não via, mesmo sendo uma apaixonada por literatura fantástica. 

Acontece que, assim como em alguns romances, a gente consegue identificar muitas características que acabam por se tornar itens obrigatórios neste tipo de escrita: heróis, vilões, sendo estes de preferência reis do mal, que vivem em castelos longínquos e que são detentores de todo o poder e riqueza. Seres mágicos, seres míticos, muitos dos quais já ouvimos falar, ou que sejam novidades criadas pelo autor.

Neste livro, uma fantasia muito bem escrita, a gente encontra tudo isso. Mas a autora foi tão genial, que trocou reis por sultões. Ela nos trouxe um cenário completamente renovado. Durante a leitura ela nos transporta para meio de desertos e Oasis, nos quais nos deparamos com demônios, metamorfos, criaturas capazes de queimar cidades ou controlar as areias. Criaturas que se alimentam dos medos e pesadelos, ou com o poder de enganar nossa mente e nos fazer enxergar coisas que não existem. Ela nos presenteia com protagonistas incríveis, e com personagens secundários que não ficam muito atrás.



Alwyn Hamilton faz tudo isso com maestria. Prende-nos à história, nos envolve com os personagens, nos transporta para oceanos feitos de areia. Traz reflexões sobre a situação da mulher na sociedade, sobre as consequências do machismo, sobre a necessidade de mudança e empoderamento. Faz-nos sentir uma necessidade esmagadora de não largar as páginas antes de descobrir o que vai acontecer em seguida. E essa vontade de querer continuar a ler permanece mesmo após o término do livro, principalmente porque muitas possibilidades ficaram em aberto. Fez-me pensar que a sequencia desta trilogia pode ser ainda melhor, ainda mais emocionante. Impossível não recomendar a leitura.

A edição está belíssima. A começar pela capa, que é de um brilho sem igual, precisei inclusive gravar um vídeo para que vocês possam ter uma noção maior das cores e detalhes. Os capítulos não são longos, e iniciam com desenho igual ao da capa. A orelha da parte de trás vem com um marcador que pode ser recortado (eu fiquei com pena de fazer isso, confesso). A Editora Seguinte está de parabéns, por ter trazido a obra para nós e por tê-la transformado em um exemplar tão bonito.


Quotes
“Peguei a lata de café da prateleira de cima. Estava bem leve. Misturavam serragem nele para que rendesse. Meu estômago apertou. As coisas ficavam ruins quando a comida era escassa. Na verdade, eram sempre ruins. Mas pioravam”. (pag. 36)

“E então ele veio com aquele sorriso. Talvez eu tivesse olhos que me traíam, mas Jin com certeza tinha o tipo de sorriso capaz de converter impérios inteiros. O tipo de sorriso que me fazia sentir que o entendia direitinho, embora não soubesse nada sobre ele. O tipo de sorriso que me fazia sentir que éramos capazes de qualquer coisa juntos”. (pag. 118)

“Eu nunca tinha parado para pensar se acreditava em Deus. Acreditava nas histórias dos livros sagrados da mesma forma que acreditava nas histórias do primeiro mortal ou do príncipe rebelde Ahmed. Para mim, nunca tinham importado se eram reais ou não. Traziam verdade suficiente sobre grandes ideais, heróis, sacrifícios e coisas que todo mundo queria ser”. (pag. 123)

Outras fotos:






Título: A Rebelde do Deserto 1 (exemplar cedido pela editora)
Autor: Alwyn Hamilton
Editora: Seguinte
Páginas: 288
Ano: 2016

24 Revelaram sentimentos:

  1. Olá, Krisna.
    Sempre fico aqui babando nas fotos das resenhas heh. E que gato mais lindo é esse? Amo um bom livro que tenha mitologia e não lembro de ter lido nada com mitologia árabe. Me interessou imensamente. Só não vou ler agora porque como é trilogia depois odeio ficar esperando hehe. E essa capa está mesmo incrível.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sil, tudo bem?

      O Gato é o Gaspar, um dos meus filhos de quatro patas. O livro é muito bom, mas eu entendo você quando diz que prefere esperar, por não ser livro único. A gente fica com tanta ansiedade, né? Eu tento evitar também, iniciar séries não acabadas, justamente por isso. Mas é mais forte que eu! rs

      Beijo

      Excluir
  2. Achei a capa desse livro muito bonita. E gostei muito da história, nunca li nenhum livro com temática "deserto" e achei muito boa a ideia de mostrar um pouco dessa cultura que mal conhecemos. O livro parece ser muito bem escrito e fiquei com muita vontade de ler, só achei ruim o livro fazer parte de uma trilogia, pq no momento estou fugindo de livros com continuação.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Maíra!

      Se você gosta do estilo, guarda o nome da lista. Quem sabe você lê quando todos tiverem sido lançados?

      Beijo

      Excluir
  3. Olá, Krisna!
    Estou louca para ler esse livro. A estória parece ser maravilhosa e essa capa me conquistou! Adorei sua resenha e as fotos *-* Que gato lindo!
    Beijos, Garota Vermelha
    www.livrosdagarotavermelha.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Nathália!

      Obrigada pelo elogio ao gato e a resenha :D
      Quando der, leia sim, vale a pena;)

      beijo

      Excluir
  4. Já li várias resenhas positivas sobre A Rebelde do Deserto e estou com altas expectativas. A protagonista parece ser bem forte e cativante e a narrativa parece ser realmente envolvente. Concordo, essa edição está mesmo belíssima. Confesso que já estou encantada com esse livro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Pamela!

      Depois que li o livro, percebi o quanto está de fato sendo bem comentado. Acho que, além da escrita, o livro acaba não sendo mais do mesmo. Talvez seja por isso.

      Abraço

      Excluir
  5. Krisna! Que livro maravilhoso!! Os detalhes que vc nos mostrou gostei dmais!
    Tô namorando esse livro desde o lançamento!
    Qro mo ler e conhecer mais sobre a personagem!
    Pelo visto essa trilogia promete!!
    Bjs!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Aline!

      Também acho que a trilogia promete, não vejo a hora de ler os próximos!

      beijo

      Excluir
  6. Antes eu não tinha interesse em ler esse livro, mas após ler sua resenha e de outros blogs mudei completamente de ideia, principalmente por trazer reflexões sobre a mulher na sociedade, e como e abordado isso na estória de maneira que nos faz pensar, além do mais a trama me pareceu ser surpreendente, daquelas que te deixam querendo mais te tão envolvente, estou super ansiosa por essa leitura.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lana, às vezes também mudo de ideia ao ler resenhas nos blogs que sigo. E olha, muitas vezes vale a pena mudar de ideia ;)

      Beijo

      Excluir
  7. Olá!
    Sua resenha está ótima, obrigada! E esse gatinho maravilhoso? Também tenho um, nossos companheiros de leitura! Sobre o livro, a capa está muito bonita e a sinopse é muito interessante. Sempre leio resenhas e comentários positivos sobre essas obra. Já adicionei a minha lista de desejados. Abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Márcia!

      Eles são nossos companheiros mesmo, né? Acho uma delícia ler enquanto meus pés ficam quentinhos por causa das bolas em forma de gatos que tenho aqui rs

      Beijo

      Excluir
  8. Oi.
    Amei as fotos com o gato, ele é lindo.
    Gostei bastante da premissa do livro, fiquei bem curiosa para conferir, concordo com você a edição é linda principalmente essa capa.
    Boa Tarde.

    ResponderExcluir
  9. Para começar, que capa linda desse livro, sem contar seu gato, que ficou ótimo nas fotos. Achei bem interessante a história desse livro, pretendo ler futuramente.

    ResponderExcluir
  10. Gostei do livro tratar da mitologia árabe, nunca tive nenhum contato com este tipo de história, então é claro que fiquei com vontade de conferir o livro. Os assuntos levantados também são ótimos, principalmente sobre o empoderamento feminino. A capa é linda mesmo, fiquei babando, e seu gato é lindo demais também... =D
    Abraço!
    A Arte de Escrever

    ResponderExcluir
  11. Oi Krisna,esse é um dos livros que mais desejo ler nesse momento.
    Gosto desse mundo de fantasia,recheado de aventuras e com pinceladas de romance.
    E realmente a capa é linda. Combinou com os olhos do gatinho.🐱

    ResponderExcluir
  12. Quando eu tava abrindo o post eu não sei o que me chamou mais atenção: o livro ou o gato! Que gato lindo!!! Anyway, eu também sou uma superfã de livros de fantasia, ainda mais se for um cheio de aventura como parece ser o caso desse! Ele foi pra minha lista de desejados <3

    ResponderExcluir
  13. O livro parece conter uma narrativa gostosa, e cheia de magia!! Gostei de Amani logo de cara!! Gosto de personagens destemidos, e as características da mesma são fortes e marcantes!! E tem o lado romântico na história, o que completa o livro, não que este seja o foco!!!

    ResponderExcluir
  14. Nunca li nada que se passasse no deserto, por isso esse lançamento me encantou tanto, gosto de livros que exploram a cultura de um certo lugar, fiquei encantada com os elogios feitos a escrita da autora e por isso desejo conferir a obra

    ResponderExcluir
  15. Oii, eu simplesmente adorei sua resenha, estou louca para começar a ler este livro mas não tenho tempo :( está na minha lista de leitura já faz tempinho rsrsrs
    Que gatinho mais lindo *__* esta divando nessas fotos.
    Beijoss

    ResponderExcluir
  16. Por mais que eu goste muito de fantasia e a autora parece ter explorado bastante coisa nesse livro, acredito que eu não leria... pelo ao menos por enquanto. A verdade é que esses nomes difíceis iam me confundir muito e isso acaba me desanimando. Quem sabe um dia?
    Um abraço!

    http://paragrafosetravessoes.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  17. Olá, tudo bem?
    Primeiramente tenho que dizer que adoro as fotos que vocês colocam nos posts, esse gatinho ou gatinha rs é uma graça <3
    Eu estou com muita vontade de ler este livro, pois nunca li nada que se passa nesse cenário que é o deserto e com uma cultura tão diferente. Adoro essa capa, ela é maravilhosa.
    Beijos

    ResponderExcluir

Gostou da postagem? Deixe um comentário. Se não gostou, comente também e deixe a sua opinião.
Se tiver um blog deixe o endereço e retribuiremos a visita.
Aproveite e se inscreva nas promoções e concorra a diversos prêmios.