Resenha: Too Late

Too Late é o novo livro de Colleen Hoover. E somente agora, tempos depois de ler a obra, vim aqui falar sobre a experiência. Porém, antes de tudo, preciso dizer que sou uma grande fã dessa autora. Comecei lá em 2013 após ler Métrica e chorar até o coração apertar. Aliás, senti o coração apertar, a garganta arder, as lágrimas transbordarem e a tristeza me inundar todas as vezes que mergulhei em uma leitura de CoHo. E senti meu peito explodir de amor quando finalizei cada uma delas.

Colleen é o tipo de autora que escreve sobre as coisas simples da vida: uma mudança de cidade, o relacionamento entre amigos, entre namorados, entre a família. Ela fala sobre as possibilidades que surgem no dia a dia, e sobre aqueles acontecimentos pequenos que transformam a vida de alguém. Para quem já leu seus livros, sabe que o estilo Young Adult predomina. Então, por conta disso, me surpreendi com Too Late. Duas vezes.

 A primeira surpresa veio pela experiência em si. Este livro não foi lançado por nenhuma editora, e embora haja uma grande movimentação dos fãs para que isso aconteça, transformar o romance em um livro físico ou e-book é apenas um desejo nosso. A autora foi publicando a história, capítulo por capítulo, na plataforma Wattpad. A procura foi tão grande, e tantos fãs aqui do Brasil pediram, que a autora autorizou as meninas do Ugly Love BR a traduzirem o livro. Isso mesmo. Além de disponibilizar o livro gratuitamente, Colleen permitiu a tradução do mesmo. Por aí a gente já percebe que tem muito amor envolvido.

A segunda surpresa veio no decorrer das páginas. Too Late é um livro diferente de todos os outros escritos pela autora. Não digo isso só pelo fato de ter umas cenas mais quentes, até porque ela usou esse artifício em O lado feio do amor, mas porque aborda questões muito mais complexas e difíceis. Fala sobre problemas familiares, transtornos mentais, trafico de drogas, relacionamento abusivo, violência física, psicológica e sexual. E fala também sobre empoderamento, sobre amor, sobre cuidado e esperança.


Para mostrar todas essas facetas,  o livro tem três protagonistas. Isso mesmo, três personagens principais, que vivem uma espécie de triângulo amoroso. São eles: Asa, Sloan e Carter. Os capítulos vão alternando o ponto de vista, então é possível conhecer todos eles. Sloan é uma garota forte e determinada, que faz o possível par a ajudar o irmão, mesmo que para isso precise manter um relacionamento perigoso com Asa. Ele é um sujeito perturbado e violento, que ganha a vida traficando drogas e impondo sua vontade às pessoas ao redor. E temos Carter, um personagem misterioso, que se transforma em tudo aquilo que Sloan precisa.

A partir daí a autora vai construindo a história, com capítulos curtos e que quase sempre terminam em um momento crucial. São 45 capítulos e, ao final, dois epílogos e um prólogo. A história segue um ritmo rápido e tenso, e prende o leitor do início ao fim. Eu recomendo a leitura agora  porque tudo já foi postado, ou seja, o leitor não vai sofrer esperando um novo capítulo ser traduzido e disponibilizado, pelo contrário, pode iniciar e finalizar a leitura em pouquíssimo tempo.


A tradução está fantástica. Arrisco-me a dizer que é um trabalho tão bom quanto o dos livros publicados oficialmente, lançados no Brasil pela editora Record. A autora e o grupo de tradução estão de parabéns.


 Se vocês quiserem conferir o livro, que está está disponível no Wattpad, é só clicar aqui. 

Quotes:
“Ele pressiona a boca em meu ouvido e desliza a palma de sua mão sobre a minha coxa. Prendo a respiração e agarro o volante quando ele sussurra: ‘Você será Sloan. Eu serei Carter. E em nosso caminho de volta para casa, iremos estacionar em algum lugar tranquilo e você poderá ser Sloan no banco traseiro com Carter. Parece bom? ’”

“Ele me abraça. Isso é tudo o que ele faz. Ele me abraça com firmeza, sem dizer uma palavra, embora eu consiga sentir tudo o que ele está dizendo”.

“Ficamos em silêncio por alguns segundos, nenhum de nós se movendo. Depois de um tempo, eu não consigo dizer quem é que está abraçando quem – quem está segurando quem. É como se mal estivéssemos suspensos, agarrados um ao outro, com medo de que possamos cair se um de nós se soltar”.



Título: Too Late
Autora: Colleen Hoover
Editora: --
Páginas: 300
Ano: (não publicado)

22 Revelaram sentimentos:

  1. Uuuol!
    Que resenha incrível Krisna!
    Eu adorei os detalhes e a forma que vc apresentou o livro, já conhecia a autora mais não li nd dela ainda...Tenho mta curiosidade de conhecer mais ...
    Me prendeu mto atenção... qro ler!
    Bjs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aline, tudo bem?

      Se você gosta de YA, Colleen é uma ótima pedida. A Galera Record lançou agora um dos meus favoritos dela, Talvez um dia. É pra ler e se apaixonar.

      Beijo

      Excluir
    2. Td bem sim e vc?!
      Aaah que bacana!!! Qro mto conferir tbm!!
      Bjs! ;)

      Excluir
  2. Já tinha ouvido falar da autora mas nunca me interessei muito pelos livros dela, não gosto de livros desse gênero mas gostei muito da história desse. Pra começar amei o fato dela ter autorizado a tradução mesmo sabendo que não ganharia nada com isso e gostei dela ter colocado temas tão pesados e sérios na história, é um bom jeito de conscientizar as pessoas de maneira meio indireta. Vou salvar o link aqui para ler. :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Maíra, tudo bem?

      Não é a primeira vez que esta autora disponibiliza livros gratuitamente. Teve um, que foi na verdade uma espécie de spin-off, que ela escreveu e colocou o ebook pros leitores baixarem gratuitamente. De tanto os fãs pedirem, ela transformou em livro físico.
      É aquele tipo de autora que nos faz pensar que escreve pelo prazer de escrever. Porque tem o dom, porque gosta, porque quer. Não somente pela grana, como vemos tanto por aí.

      Bj

      Excluir
  3. Ainda não li nenhum livro da Colleen Hoover, mas pretendo. Vejo várias pessoas comentando que são ótimos. ''Too Late'' parece ser um livro bem profundo e reflexivo, admiro protagonistas fortes. Estou curiosa para saber como a narrativa irá se desenvolver e ansiosa para conhecer melhor esses três personagens.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Pamela.

      Se você gosta do estilo YA, super indico Colleen.

      Beijo

      Excluir
  4. Também sou apaixonada pela Colleen desde o livro métrica, esse e um dos meus livros preferidos, depois dessa trilogia disse que leria tudo que essa autora publicasse e estou mantendo a promessa. Ainda não tinha ouvido falar desse livro, no entanto já estou completamente apaixonada pela estória principalmente pelos assuntos abordados, já vou procurar no wattpad esse livro para começar a ler logo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lana, tudo bem?

      Se você é fã da CoHo, leeeeia urgente Too Late! Aproveite que a tradução está perfeita, que o livro está de graça e já completo. Depois, se puder, me conta o que achou ;)

      Beijo

      Excluir
  5. Oi.
    Que resenha incrível.
    Eu já pulei para trás quando vir que se trata de um triângulo amoroso, esse na verdade será o único motivo pelo qual eu não lerei esse livro, amo esse clima de suspense e tudo mais, clichê com certeza, porém conheço a escrita da autora e sei que ela vai fazer algo no decorrer da trama que fará toda a diferença no livro.
    Amei de paixão.
    Boa Tarde.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Marlene!

      Também não sou fã de triângulos amorosos. O que acho interessante na escrita da Colleen, é a forma como ela coloca as coisas. Essa questão por exemplo, já foi abordada em Maybe Someday/Talvez um dia. Lá temos também a ideia do triângulo... Mas nunca é colocada de maneira sórdida, ao contrário. E também há sempre um motivo para deixar de gostar de um e gostar do outro, e no caso de Too Late... Que motivo!

      Beijo

      Excluir
  6. Olá, Krisna.
    Eu só li um livro da autora até agora, Um caso perdido, que até agora não me conformo de terem traduzido o nome hehe, e gostei muito do que vi. Virei fã da autora mas até agora não tive oportunidade de ler outros livros dela. Mas me interessei bastante por esse e vou ver se consigo ler lá no wattpad. Gostei de saber sobre o enredo e que é no ponto de vista dos três, prefiro assim.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Sil! Também não me conformo com essas mudanças de nomes, de capaz... Às vezes o original é tão melhor, né?
      Também gosto quando a narrativa não fica por conta de somente uma pessoa, isso acaba influenciando o leitor de certa forma. Gosto que a gente tenha possibilidades de conhecer de fato os personagens, e a partir daí, tirar as próprias conclusões sobre tudo.

      Beijo

      Excluir
  7. Essa autora deve ser muito fera pra um grupo conseguir os direitos de traduzir os capítulos e lançarem e e-book. Gosto mesmo de autores que falam das cosias simples, que são, talvez, as que mais precisamos dar importância.

    El Costa, em breve com "Histórias de um Maluco por Teatro"

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Gabryel!

      Ela é ótima mesmo. Para quem gosta do estilo, super recomendo a leitura de seus livros.

      Beijo

      Excluir
  8. Oi, tudo bem?
    Sua resenha está muito boa, com detalhes na medida certa. Não li nada dessa autora e nem conhecia esse livro, mas lendo a sinopse, não creio ser muito meu estilo de leitura. Mas talvez em algum momento, venha a conferir. No momento não vou adicionar a minha lista de desejados. Obrigada. Abraços.

    ResponderExcluir
  9. Eu leio tantos comentários positivos sobre os livros da autora Colleen Hoover, que tenho diversos em minha lista de leituras, mas ainda não li nem um, lendo um pouco mais sobre a história desse livro, acredito que irei gostar da história, então por esse motivo, adicionei em minha lista de leituras.

    ResponderExcluir
  10. Ainda não li nada da Colleen, mas este livro parece ser ótimo, gostei muito dos temas levantados e da obra possuir três personagens principais e da obra possuir a visão de cada um deles. Gostei ainda mais da liberação da autora e da equipe de tradução é muito amor envolvido... =D
    Abraço!
    A Arte de Escrever

    ResponderExcluir
  11. Nossa, eu nunca li nada da autora pq romances não são muito minha praia, né. Mas saber que ela foi tão querida de disponibilizar o livro de GRAÇA e ainda permitir a tradução já me fizeram ter vontade de ler o livro...Aí depois eu ainda descobri que ela (aparentemente) retratou bem e de forma sensivel esses temas mais pesados...Me fizeram desejar MUITO o livro. To indo baixar hahahah

    ResponderExcluir
  12. Nossa,adorei a sua dica!
    Gosto da autora e também me emocionei com o livro Métrica.
    Vou conferir essa história agora.
    E espero sentir tanta emoção como nos trabalhos anteriores de Colleen

    ResponderExcluir
  13. Amei O lado feio do amor e pretendo ler Métrica. É uma pena que o livro não tenha sido impresso, mas muito fofa a autora por permitir que ele fosse traduzido <3 <3 <3 melhor ainda que o grupo da tradução tenha feito um trabalho tão bom!
    Bem, o jeito é torcer para que lancem o livro :)

    ResponderExcluir
  14. Conheci a autora pela trilogia de métrica também. Ela escreve muito bem, mas confesso que não chorei com a história. Ando querendo ler outros livros dela, pra saber se a minha opinião continua a mesma. Esse livro, por sorte, está disponível no wattpad e acho que vou acabar lendo por lá quando tiver um tempo. Gostei muito da sua resenha.
    Um abraço!

    http://paragrafosetravessoes.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Gostou da postagem? Deixe um comentário. Se não gostou, comente também e deixe a sua opinião.
Se tiver um blog deixe o endereço e retribuiremos a visita.
Aproveite e se inscreva nas promoções e concorra a diversos prêmios.