Resenha: Herobrine - A lenda


Diz a sinopse que o TrazerCraft é um dos maiores sucessos da internet brasileira, eu nunca tinha ouvido falar até receber o livro. É um canal no YouTube que mobiliza milhões de jovens, diariamente – se é bom ou não isso fica por conta de cada um. No total são mais de 1,5 bilhão de visualizações, sendo 20 milhões da série “Herobrine: a lenda” e 4,5 milhões de inscritos. Não posso definir a qualidade porque nunca assisti e nem pretendo, porém, se for mais ou menos como o livro, pressuponho que não vai me agradar, porque foi o que aconteceu com a obra.

O livro foi inspirado numa série na internet. A série escolhida para virar livro foi uma das mais conhecidas e mais adoradas pelos fãs de Pac e Mike. Herobrine: a lenda nos conta a história dos quatro amigos, Felipe, Peter, João e Victor, que vivem uma aventura totalmente inesperada. Eles descobrem que jovens são encontrados mortos em um vilarejo histórico próximo à cidade.


O mistério no decorrer da história é garantido, porém, os quatro integrantes tentam a todo custo estudar como fazer para derrotar Herobrine, que muitos consideravam uma lenda. No entanto, ao explorar o local da morte dos garotos eles descobrem que Herobrine existe sim e que precisarão derrotar o ser mais poderoso e maligno do mundo. Você está preparado para conhecer essa história? Se sim, então leia o livro.

Confesso que não me surpreendi em nada com a obra. Achei a história cansativa, sem emoção e o que de fato me agradou mesmo foi o início, quando Daniel, Carol e Michael resolvem sair da cidade para uma curta viagem e se deparam com esse lugar que não deveriam sequer conhecer. Ali a obra ganhou a minha atenção e eu queria mais, porém, quando toma o rumo escolhido, tudo perde o encanto e só fica o início como querido.


Por diversas vezes larguei a leitura, de abandonar mesmo, mas resolvi retomar para continuar até o final, vai que tivesse algo surpreendente na frente. Ledo engano. O que aconteceu foi que notei apenas mais erros e erros na escrita e de revisão. Impossível acreditar que essa obra passou por um processo de revisão, quando se tem palavras abreviadas em falas. Qual o ser que, num momento mesmo que seja de desespero, diz “vcs”, “gnt”? São coisas que poderiam ser consertadas com precisão se tivessem sido revisadas.

Avaliando a estética do livro, foi o que me agradou e fez ganhar as duas estrelas no Skoob. Os desenhos foram bem feitos, as ilustrações são claras e demonstram a emoção e o sentimento do momento. A capa representa bem o conteúdo da história, uma pena que a sua qualidade não tenha sido melhor.

Claro que isso é uma visão muito pessoal e bem crítica, já que gosto de observar o conjunto, mesmo tratando-se do Minecraft. Para quem não sabe, ele é um jogo eletrônico que permite a criação de objetos, cenários e são em formato de blocos (são semelhantes ao lego). Sem dúvidas é uma ótima obra para quem gosta de uma leitura mais infantojuvenil ou algo bem próximo disso. Embora esse tipo seja do meu agrado, essa não me convenceu e nem me prendeu – isso não quer dizer que será do mesmo jeito com você, pode ser diferente. Basta ler e descobrir.

Outras fotos:





Título: Herobrine – A lenda (exemplar cedido pela editora)
Autores: Pac e Mike com Gustavo Magnani
Editora: Geração
Páginas: 216
Ano: 2016

17 Revelaram sentimentos:

  1. Nossa Natália que pena que você não gostou, meu filho assisti o canal de jogos e esta louco pelo livro. Mas ele tem apenas 6 anos, e por isso acho muito cedo para esse tipo de leitura. Ele viu a capa e acha que são histórias para crianças. Quem sabe daqui uns 4 anos eu o compre.

    ResponderExcluir
  2. Oi.
    Também não conhecia esse canal e nem o livro. Lendo sua resenha, já constatei que a leitura não me agradaria. Gostei muito da sua resenha, sempre bem elaborada e sincera, que é o principal. Deixo passar a dica. Beijos no coração.

    ResponderExcluir
  3. Oii Naty!
    Eu gostei da sinopse, tenho acompanhado resenhas do livro, e fiquei super curiosa pra ler e conhecer um pouco mais desse gênero já que nunca li nd...A capa eh bem divertida, anotado na listinha!
    Bjs!

    ResponderExcluir
  4. haha como não amar as resenhas da Naty?
    Confesso que não conhecia o livro, mas a premissa já não me chamou a atenção, depois de todos esses pontos negativos me interessei menos ainda. Uma pena, acredito que quem curte essa temática, pode ser que goste mais.
    Muitos erros de revisão também não ajudam em nada.
    Gostei do seu ponto de vista sincero.

    ResponderExcluir
  5. Nunca tinha ouvido falar desse canal e admito que tenho muito preconceito com livros de youtube, sempre acho eles sem conteúdo nenhum. E acho que jamais leria esse livro, na verdade se estivesse numa livraria nem daria o trabalho de folhear. E quanto a questão de gírias, acho que pode ter sido a intenção já que opúblico alvo são adolescentes que usam muito a internet (não que justifique, mas acredito que deve ser por isso).

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Maíra.
      Até poderia ser a questão da gíria, se não fosse nos próprios diálogos. Porque ninguém diria: "GE ENE T", já que está escrito gnt.
      Enfim, sei lá. Coisas que eu não sei explicar e que não caiu bem rs.

      Excluir
  6. Olha, não me chama a menor atenção pra ler. E até gostei dessa parte quando eles saem da cidade, acho que iria curtir isso também. Mas se depois o rumo é outro não sei não. Dá até medo quando vejo falando que um livro é cansativo, diálogo não muito legal, palavra/gíria... e como já não tive lá interesse pra ler acho que não iria gostar :S

    ResponderExcluir
  7. Adoro resenhas sinceras!
    Não conhecia esse livro nem o canal.
    Não é o tipo de história que me atrai.
    Para fãs do canal a visão geral do livro deve ser bem diferente.

    ResponderExcluir
  8. Oi Natalia,
    Também nunca tinha ouvido falar desse canal até ver o lançamento desse livro, e confesso que a premissa já não tinha chamado à atenção. Agora depois de ler sua resenha já posso afirmar que não pretendo ler esse livro, pois já previa que esse enredo não iria me atrair, bem cansativo e sem emoção alguma. Parabéns pela resenha, adoro quando leio resenhas bem sinceras e diretas, afinal, não há a necessidade de agradar a todos.
    Beijos

    ResponderExcluir
  9. Não sou ligada neste tipo de canal, não curto Minecraft, então não conheço o TrazerCraft e não tenho nenhum interesse em ler o livro. Talvez já tenha passado da idades hahahahaha
    A capa do livro é fofa e suas fotografias ficaram lindas.

    ResponderExcluir
  10. Olá, Naty.
    Confesso que nunca ouvi falar também. Acho que sou meio desligada hehe. Acho que não leria. Não é do meu interesse e também acho que me incomodaria com essa falta de revisão. Mesmo as vezes escrevendo palavras abreviadas, em um livro eu quero tudo escritinho ali hehe.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
  11. Bom, não consigo nem se quer me interessar por esse livro... Acho que não tem nada vê comigo haha
    Beijos ❤
    Jardim de Palavras

    ResponderExcluir
  12. Eu ainda não tinha ouvido falar desse canal. Atualmente muitos canais ou pessoas que conseguem um certo grau de visualização na internet viram livros e as editoras se esquecem que deveriam tomar um pouco de cuidado com as revisões e edição. Infelizmente estamos vivendo uma era que muitas editoras visam apenas o lucro e não tem o mínimo respeito com o leitor, deixando seus livros cheios de erros. Eu gostei bastante da capa, que pena que o livro não agradou, fico com receio de ler diante da sua descrição.

    www.atraentemente.com.br

    ResponderExcluir
  13. Acho que eu também não iria gostar do livro.. Talvez pela minha idade, quem sabe se eu ainda fosse adolescente talvez fosse despertar meu interesse.

    ResponderExcluir
  14. Também não conhecia o youtuber kkkkkk
    Mas achei legalzinho, acho que eu iria até gostar do livro, apesar de não ser conhecedora do tema.
    A capa tá um arraso, linda demais!
    bjss

    ResponderExcluir
  15. Olha, esse livro não me interessou em nada, somente a capa que é bem bonitinha e colorida. Parece ser um enredo vazio e muito infantil, e já vi vários livros desse tipo em livrarias. Não sei também se eu daria uma nota muito boa, mas caso eu tenha a oportunidade de ler, vai ser ótimo pra formar a minha prórpai opinião sobre.
    Um abraço!

    http://paragrafosetravessoes.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  16. Nunca li nenhum livro desse gênero mais quem saber agora não me animo e leio agora!!
    Bjoss

    ResponderExcluir

Gostou da postagem? Deixe um comentário. Se não gostou, comente também e deixe a sua opinião.
Se tiver um blog deixe o endereço e retribuiremos a visita.
Aproveite e se inscreva nas promoções e concorra a diversos prêmios.