Resenha: Uma carta de amor


Olá pessoas lindas, vocês têm aquele autor, que em algum momento da vida, decepcionou vocês? Aquele cara que fez você criar mil e uma expectativas e quando você viu, não era aquela Brastemp? Pois é, conheço um cara assim, e a nossa relação sempre foi de amor e ódio...

O nome dele é Nicholas Sparks, norte-americano (culpado?), que pelos meus cálculos já lançou uns 18 livros aqui no Brasil. Ganhei três livros dele de presente, li, e amei. Na empolgação fui comprando os demais, então, atualmente, tenho todos os livros dele lançados até o momento. Acontece que, no meio do caminho, fui enjoando dele, e dos livros dele #castigo, mas quem me conhece sabe que eu não vendo um livro antes de ler ele todinho, mesmo se ele for uma droga e eu adormecer durante a leitura, livros devem ser lidos! Muitas vezes nos surpreendemos com a reviravolta de alguns, Eugênia Grandet é um exemplos desses. (Caso você não seja assim, não se sinta culpado (a), somos diferentes e essa que é a graça da vida).

O fato é que até semana passada eu estava brigada com o Sr. Sparks, uma briga que já durava cerca de um ano, não conseguia nem pensar em ler algum livro dele, até tinha colocado eles no “canto da vergonha” na minha estante. Por que isso? Bem, vamos aos motivos:

Para quem já leu Sparks, sabe que tooodas as suas histórias acontecem na Carolina do Norte, sim, todos eles, todinhos, todos os livros (tá, ele vive ou vivia lá, e isso ajuda a descrever melhor os lugares, mas ele nunca saiu de férias para outro lugar?). Sempre tem uma casa velha com um lago ou uma praia que precisa de reformas. Um dos personagens tem como hábito, correr.

Os mocinhos geralmente bebem pouco, a mocinha é sempre discreta, usa pouquíssima maquiagem, usa calça jeans e camisetas básicas (alooou?? qual o problema desse autor com moda e beleza?). Sempre alguém morre ou tem uma doença terrível (lógico, isso faz os livros dele venderem muito).

Então, diante desse quadro, personagens e lugares repetitivos (só mudava a doença e o drama da história), eu estava com uma ressaca literária das bravas com o Sparks, nem os filmes dele fazia questão de ver, deixei ele de lado por um bom tempo… até semana passada. Peguei Uma carta de amor, e resolvi ler, conclusão: Meu coração é fraco, eu o perdoei depois desse livro! Siim, a história também se passa na Carolina do Norte, os personagens são os mesmos, mas eu também percebi outras coisas. 

Esse autor instiga as mulheres a não aceitarem qualquer homem como parceiro: não é porque você ama, que você precisa aceitar certas coisas, nenhum ser humano merece ser mal-tratado.

No inicio, a repetição dos personagens me levava a crer que era falta de criatividade do autor, ou que na cabeça dele existia uma pessoa ideal, que pessoas com aquelas características eram as perfeitas, mas nossa! Como estive enganada, ele não faz personagens diferentes, pois ele é o personagem dos seus livros, é o Nicholas que gosta de correr, que gosta de vinho e ocasionalmente de cerveja, que bebe moderadamente, que sente atração por mulheres pouco maquiadas e discretas, que deve adorar mulheres de sandálias abertas, Nicholas Sparks vive em seus livros.

Vamos finalmente ao livro:

Resumindo a vida a trabalhar em sua loja de equipamentos de mergulho e pesca, e navegar em seu tão amado veleiro Happenstance, Garrett Blake também escreve cartas apaixonadas para a falecida mulher, e as leva até o oceano em uma garrafa. E foi uma dessas garrafas que a jornalista Theresa Osborne encontrou. 

Theresa Osborne, recém divorciada e com um filho adolescente, resolve ler a mensagem na garrafa, e descobre que foi escrita por um homem muito romântico e ainda apaixonado. Ela se comove muito com a carta e resolve encontrar o autor da mesma. 

Quando finalmente conhece Garrett, Theresa percebe que este é um homem muito triste e solitário, sendo viúvo, o mesmo não consegue esquecer o amor que tinha por sua querida esposa. Garrett, percebe que Theresa é muito bonita e não consegue entender o motivo de estar sozinha. Mas existem coisas que o destino nos reserva e, a partir disso, tudo pode acontecer… ou não. 

Um livro que faz a gente valorizar o que temos, enquanto temos.

Abracitos

Título: Uma carta de amor
Autor: Nicholas Sparks
Editora: Arqueiro
Páginas: 277
Ano: 2014

38 Revelaram sentimentos:

  1. Essa foi a resenha mais sincera de todas que já li sobre esse autor. Eu não fazia ideia de tanta repetição e mesmice nos livros dele, até porque nunca li nenhum (sempre quis, aliás). De qualquer maneira, você abriu meus olhos e deixou claro que eu não devo ter muitas expectativas, então: recado anotado. Ainda assim, acredito que deva ter um embasamento dramático, o que possa me deixar animada com a leitura. Veremos.
    Um abraço!

    http://paragrafosetravessoes.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Eduarda,
      se for ler algum dele, comece por Um amor para recordar. Na minha opinião, é o melhor livro dele escrito até hoje.
      Abraços

      Excluir
  2. Alguém que concorda comigo! Eu não aguento ler Sparks, porque sempre é a mesma coisa. S e m p r e. O mesmo roteiro/plot, só muda os personagens. Sei lá, acho que depois da sua briga você ainda foi muito corajosa em ler mais um livro dele uahsuahsuahsa

    bjs, Carol | Espilotríssimo
    http://carolespilotro.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Carol,

      pois é, coragem é meu nome do meio rsrs :)
      Mas ainda assim consegui tirar algo bom do livro

      Abraços

      Excluir
  3. Oii Silvana! Como não amar as obras de Nicholas Sparks... O enredo que ele trás em suas escritas é perfeito, os detalhes...Td! Qro mto ler!
    Bjs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Aline,

      realmente tem gente super apaixonada por ele.
      Eu cansei um pouco das mesmas coisas rsrs

      Abraços

      Excluir
  4. Oi Silvana!!

    Achei engraçada sua briga com o autor rsrsrs às vezes eu tb brigo com alguns rsrsrs Eu não li este do Sparks, mas vou tentar conferir quando o tempo deixar! Adorei a resenha <3

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Mi,

      pois é, nossa briga já vem de anos. Mas eu sempre dou uma chance pra ele de novo rsrs

      Beijos

      Excluir
  5. Confesso que tenho um super receio de ler livros do Nicholas.
    E porque Carol? Porque a maioria dos personagens que acabo gostando morrem :( kkkk
    Mas esse livro já está na minha listinha de desejados e espero conseguir ler em breve.
    Parece ser uma leitura gostosinha.
    Adorei sua opinião em relação a ele.
    Beijitos,
    Caroline Garcia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Caroline,

      você tem toda razão: algúem morre, alguém fica doente. É muita coisa pro meu coracebo ;(

      Mas não deixe de ler.

      Beijos

      Excluir
  6. Olá, Sil.
    Eu amo os livros do Nicholas, mesmo sendo todos iguaizinhos hehe. Por isso que sempre dou um bom tempo entre um e outro. Esse eu ainda não li, mas tenho ele aqui na estante e quando estiver preparada emocionalmente vou ler hehe. Uma coisa que gosto muito nos livros dele são os protagonistas. Nunca são os caras e mulheres perfeitos. São pessoas como a gente. Por isso sempre e apaixono por seus mocinhos hehe.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Sil,

      também dei um tempo entre um livro e outro, mas foi inevitável: quando peguei um pra ler, ja sabia muitas das coisas que iriam acontecer.
      Mesmo assim, não deixou de ser uma leitura boa.

      Abraços

      Excluir
  7. Silvana!
    Apesar de toda repetição que explicitou sobre o Nicholas, não tem como não gostar dos livros dele... principalmente porque gosto de romances misturados com dramas.
    Não li ainda esse mas só o fato de ter mensagens dentro de uma garrafa e a protagonista ter a coragem de ir atrás de quem as escreveu, já chamou minha atenção.
    “Demore na dúvida...E descubra a sabedoria que insiste em se esconder na ausência de palavras.”(Padre Fábio de Melo)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    TOP Comentarista de SETEMBRO com 3 livros + BRINDES e 3 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Rudy,

      se você gostou de todos os outros, com certeza vai gostar desse também :)

      Abraços

      Excluir
  8. Que desabafo heim? E olha, é tudo verdade, concordo. Mas não consigo parar de ler livros dele xD
    Quando li o primeiro foi choro pra tudo que é lado e fiquei querendo ler mais. Li outros e adorei. Ultimamente nem tanto...acho que a fase de gostar de todo aquele drama e mais do mesmo passou. Ele é bom, faz umas coisas bem legais com as histórias, mas não está me emocionando muito mais...
    E é, o cara podia escrever uns lugares diferentes. E uns personagens mais...loucos, talvez. O mais do mesmo pode acabar enjoando.
    Esse li faz muito tempo e na época gostei bastante. Fui ver o filme depois e tem uma lição legal ali, de valorizar as coisas mesmo porque pra perder é um piscar de olhos =/
    É um bom livro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Cristiane,

      concordo com você totalmente!!
      Abraços :)

      Excluir
  9. Oi, Sil! Tudo bem??
    Li sua resenha concordando com cada palavra que disse sobre o autor. Tu casquetou ele hein kkkk Então, eu não aguento ler livros dele também, enjoei. Lembro que o primeiro foi Diário de uma Paixão, mas esse eu tinha gostado muito. Depois foi Um amor pra recordar, mas odiei (filme melhor), e depois veio Querido John, e desisti. Só que li outro, mas no momento não me lembro qual kkk Particularmente, os livros têm mesmo aquela história repetitiva, com a mesma fórmula. Não consigo ler porque já sei que ele vai jogar aquela água com açúcar pra cima da gente. Realmente, não tenho paciência para as obras dele, mas eu sei que faz o gênero de muitas pessoas. QUe gostam de um romance leve e tudo mais. Bjs,

    www.estranhoscomoeu.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá,

      exatamente! Pra quem gosta do gênero, o livro é perfeito.

      Abraços

      Excluir
  10. Ta ai um autor que nunca chamou minha atenção. Só vi um filme baseado num livro dele e achei bem ok. Não gosto de romances e já tinha ouvido alguns comentários de que tudo que ele faz é mais do mesmo, sinceramente acho chato quando o autor se acomoda numa situação e faz mil histórias iguais com personagens de nomes diferentes, não tenho paciência pra isso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Maíra,

      você tem razão, é chato quando o autor se acomoda em uma formula, parece até um pouco descaso com os leitores.
      Mas enfim, ele ganha dinheiro assim ne rsrs

      Abraços

      Excluir
  11. Oi, Silvana
    Eu gosto bastante do autor, mas leio os livros dele de tempos em tempos justamente para não enjoar como você. Ainda não tenho todas as suas obras, mas ainda quero ter haha
    Sempre percebo coisitas diferentes em seus livros, mesmo que sutilmente. Que bom que acabou gostando, apesar de algumas ressalvas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Leticia,

      é, talvez eu devo deixar pra ler o ultimo livro dele no ano que vem, pra não ficar com raiva rsrs
      Sempre é legal tentar ver o lado bom das coisas rsrs
      Beijoss

      Excluir
  12. Olá Silvana, tudo bem contigo ???
    Posso te contar uma coisa ??? Essa foi a primeira resenha de um dos livros do senhor Sparks que eu li e fiquei encantada, até bateu uma vontade de tentar dar uma chance para os livros do autor !!!
    Já sabia sobre essa tal "receita de bolo" do Nicholas Sparks, e esse sempre foi um dos motivos que me afastou de suas obras, mas o motivo principal sempre foi o fato de que o estilo das suas histórias não me agrada. Não que eu tenha alguma coisa contra suas histórias, é só que elas não fazem o meu estilo entende ???
    Mas olha, seu texto ao me mostrar a sua relação com o autor, me fez querer dar uma chance sim. Vai que dá certo né ???

    Beijinhos
    Dá uma Passadinha no Canal

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola Ryoko,

      tente ler um livro dele sim! Estou torcendo pra você gostar :)
      Beeijos

      Excluir
  13. Adoro os livros do titio Nick e nunca me senti incomodada com essas semelhanças entre as histórias, pois nunca li vários livros dele na sequência. Acho que este é o grande segredo: intercalar os livros dele com outras leituras.
    Ainda não tenho Uma Carta de Amor, mas adorei a história e assim que tiver a oportunidade o comprarei e me prepararei psicologicamente para iniciar a leitura, pois sei que vou sofrer! rs
    Parabéns pela resenha!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Jaque,

      sim! você vai sofrer haha
      Abraços

      Excluir
  14. Oi Silvana,
    “canto da vergonha”, tá ai uma boa dica, preciso reservar um canto na minha estante para esses casos haha
    Apesar de ter uma relação de amor e ódio com o Nicholas Sparks, não adianta, a cada livro lançado vou lá e compro. Já li todos os livros publicados, exceto o último, No Seu Olhar, mas já está na estante e será uma das minhas próximas leituras.
    Adoro seus romances, são tão envolventes e profundos, com histórias tão bem escritas que quase sempre acabo com lágrimas ao terminar um livro, ou porque amei mais um final feliz ou devido a um final trágico (e ponha final trágico nesses livros!) que acaba com o meu emocional hahaha. Quando terminei de ler Uma Carta de Amor tive vontade de jogar o livro na parede, pelo amor, tinha necessidade de acabar daquele jeito?
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Micheli,

      verdade! O Sparks gosta de dilacerar nossos corações :(

      Abraços

      Excluir
  15. Qual é a graça da gente ler resenha dos outros? Saber de opiniões diferentes das nossas, dê um outro ponto de vista. Apesar de amar a escrita do autor, achei muito bacana tua colocação dos livros dele. Sou muito fã da escrita dele, e já li quase todos seus livros, menos este na verdade. Gosto da leveza de sua escrita e da lição que sempre acabamos aprendendo. Parabéns pela resenha!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Michelli,

      que bom que você gostou!
      Concordo com você, eu gosto de ver opiniões diferentes da minha também, para tentar enxergar a coisa toda de um jeito diferente :)
      Mas tem muita gente que não é assim, pensa que por pensarmos diferente, estamos ofendendo.

      Abraços

      Excluir
  16. Eu concordo plenamente com você rsrsrs eu acho os livros dele muito repetitivos mas eu amo as histórias e os filmes li apenas alguns livros dele e gosto bastante mas não é nem de longe meu autor favorito.
    Já peguei esse livro para ler três vezes mas em nenhuma delas a leitura fluiu então eu simplesmente desisti kkk
    Adorei a resenha!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Flávia,

      é, no inicio o livro fica enrolando bastante, mas depois melhora.

      Abraços :)

      Excluir
  17. Oi, tudo bem?
    Gosto de resenhas assim, muito verdadeiras e sinceras. Ainda não li nada do autor, então, não conheço sua escrita. Mas tenho curiosidade e pretendo ler, pelo meno um livro! Como não é um dos meus gêneros favoritos, vou deixando passar, mas em breve, vou ler. Obrigada. Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Márcia,

      espero que você goste :)

      Abraços

      Excluir
  18. Oi Silvana. Minha relação com o Sparks é mais de ódio do que amor, com esse foram 3 livros dele que tentei ler, abandonei O milagre e Ps eu te amo, Uma carta de amor foi o único que fui até o fim e gostei, mas não me fez morrer de amores pelo autor. Porque através dos filmes vejo isso que você comentou, ele tem uma receita pronta que tá fazendo sucesso, muda uma coisinha aqui, uma doencinha ali e BAAAN livro novo na área. Fiquei tão chateada quando chegou o final do Garret, um livro tão bom, mas pra repetir a receitinha dele ele foi lá e fez cagada. Desisti dele aí. Nao leio mais.

    ResponderExcluir
  19. Olá, o problema que acompanha os livros de Sparks é a fórmula repetitiva usada nas histórias, elas continuam sendo encantadoras e interessantes mas pra quem está ávido por algo diferente seus livros não são os mais indicados. Particularmente eu adorei esse livro, é possível sentir os personagens e se emocionar com eles. Beijos.

    ResponderExcluir
  20. Adoro os livros de Nicholas Sparks!! Amoo muito!
    Beijoss

    ResponderExcluir
  21. Li poucos livros dele, eu até enjoei um pouco!
    As vezes são tudo as mesmas história. Chega bate uma preguiça!
    Não sei se leria!

    ResponderExcluir

Gostou da postagem? Deixe um comentário. Se não gostou, comente também e deixe a sua opinião.
Se tiver um blog deixe o endereço e retribuiremos a visita.
Aproveite e se inscreva nas promoções e concorra a diversos prêmios.