Resenha: O erro


Olá gente linda,
recentemente recebi um livro hot para resenhar. Para quem não me conhece: desde que li 50 tons, tenho fugido loucamente desse estilo literário. Simplesmente não agradou e deu, bora seguir com a vida. Por isso que, quando recebi O erro para resenhar, já peguei o livro bem desanimadinha. Mas resolvi manter a cabeça aberta, pois afinal: eu concordei em ler, ninguém me forçou a nada.

Pois bem, o livro chegou: capa legal, poucas páginas, fonte confortável, "simbora" ler. E devo sinceramente admitir que gostei!


Grace é uma garota de 19 anos e virgem. Tudo bem, é clichê: virgem, que morde o lábio, que deixa os outros tomarem as decisões pela sua vida, que tem uma amiga muito louca e blá blá blá. Mas Grace não gosta de ser assim, ela quer perder a virgindade o quanto antes, sua tagarelice costuma afastar os homens e por causa disso a guria nunca transou. 

Ela também não gosta de ter sua vida comandada por sua amiga Ramona, que gosta de viver tudo intensamente e de estudar pouco. Então ela decide que vai mudar: tomar mais atitudes por conta própria e ouvir menos a sua amiga fora da casinha.


Certa noite, Grace conhece Logan, o cara mais lindo do campus da Universidade. Sim, também é clichê: ele é muito lindo, todas as meninas querem o corpinho nu dele, ele é musculoso, bebe todas e é jogador de hóquei. Mas Logan não tem uma vida de rei: em casa, a coisa é tensa. Seu pai é alcoólatra e incapaz de trabalhar, sendo assim seu irmão toma conta do negócio da família e do pai encrenca.


Quando se conhecem por acidente, Logan dá em cima de Grace e eles logo dão uns amassos. Mas algo naquela noite acontece e isso o faz pensar em Grace a semana inteira. Quando volta para reparar seu “erro”, eles se conhecem melhor e uma amizade colorida surge. Após isso, outro “erro” é cometido, e daí a coisa fica mais feia. E é nessa parte que o livro foge dos clichês, nossos mocinhos ficam meses sem se ver e nem sequer falam um com o outro. Quando o momento de reaproximação acontece, não é da forma que esperamos, e a coisa fica mais divertida!


Quando nosso casal querido chega aos finalmentes, também não é da forma convencional que temos lido por aí! É sensual, é engraçado…e sim confesso, o livro dá tesão hahahaha. Devo confessar também que esse é o primeiro livro que li, onde acontece um “fio terra” kkkkk.


O que mais me agradou no livro foi que existe uma história por trás das puta*#@&amp. Não temos somente dois ou mais personagens que se envolvem em cenas de sexo aleatórias. Nós temos personagens que tem família, amigos, festas, que tem vida! E que ocasionalmente fazem coisas loucas e se divertem. Afinal, quem vive só de sexo são os profissionais dessa área, correto? O fato de a autora não eliminar os personagens no final da história também contribuiu. Cada pessoa que fez parte do livro teve um final, teve um lugar no mundo. Não foram apenas eliminados ou mortos. Exceto Ramona: Elle Kennedy, que tu fizeste com ela?

Esse é o segundo livro da série Amores improváveis, o primeiro se chama O acordo. E em 2017 vem chegando o terceiro \o/

Abraços

PS: Fala sério, eu tenho os amiguinhos mais fotogênicos do mundo, né?

Quotes:

"'Aonde a gente está indo?', sussurro.
Sua resposta se resume a um sorriso malicioso. Ele me leva para o corredor escuro em direção às portas da sala, mas em vez de sair, vira à esquerda e gira a maçaneta de uma porta que eu nem tinha percebido que existia."

"'É meio difícil quando as coisas idiotas são sobre você. Mas sei que ele tem razão. Por que gastar minha energia mental com gente como Piper Stevens? Daqui a três anos, nem vou lembrar o nome dela.' 'Sério, Grace, não se estressa. As pessoas falam porque têm boca. Esse vai ser meu novo lema.'"

"Um riso nervoso brinca em minha garganta. 'Tá. E como vou fazer isso?' 'Não sei. Enfia o dedo na bunda do cara quando estiver chupando o pau dele.'"

"Não tiro os sapatos, um hábito que guardei da infância. Já pisei demais em poças no piso e no carpete da casa, encharcando minhas meias. Poças que nem sempre eram de bebida."


Título: O erro (exemplar cedido pela editora)
Autor: Elle Kennedy
Editora: Paralela
Páginas: 279
Ano: 2016

16 Revelaram sentimentos:

  1. Nunca li nenhum livro do gênero, admito que por puro preconceito, sempre acho que as histórias possuem a mesma "receita" e odeio isso.
    Esse livro parece fugir um pouco disso mas ainda assim não leria.

    ResponderExcluir
  2. Oii Silvana!
    Lindas fotos!
    Estou doida pra ler esse livro, desde q comecei acompanhar as resenhas dle...
    Amei os quotes!
    Bjs

    ResponderExcluir
  3. Nem precisei ler (na verdade li umas 20 páginas do primeiro e encalhei) 50 tons pra desgostar profundamente desse gênero, pra mim sempre parece que tudo gira em torno disso e é forçado demais. Mas se esse é mais leve, mais vida real, até que me deixei cativar. Achei divertido a personagem principal ser uma clichê consciente e que quer tomar as rédeas da própria vida.

    ResponderExcluir
  4. Silvana!
    Gosto muito de romances hots e pelo visto esse é bem diferente dos que costumo ler e fiquei com muito vontade de participar de todo enredo e acompanhar os acontecimentos.
    Adorei 'seus modelos', lindos de viver.
    “Buscamos, no outro, não a sabedoria do conselho, mas o silêncio da escuta; não a solidez do músculo, mas o colo que acolhe.” (Rubem Alves)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    TOP Comentarista de OUTUBRO com 3 livros + BRINDES e 3 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir
  5. Meu Deus, esse gênero me dá um medo de pegar... Porque li muitos, mas muitos livros MESMO desse tipo e cansei de pegar coisa sem fundamento e só agarração. Então quando vi essas histórias fiquei meio pé atrás. Mas acabei arrumando esse primeiro e animei pelo que falaram dele. Esse parece estar seguindo o mesmo ritmo, tem história e um casal com mais do que só fogo. Tem vida ali! Haha xD
    Acho que o ritmo dele é bom de acompanhar. Tem cenas hot, mas também tem mais da vida de cada um, suas amizades e momentos bem trabalhados que dão uma carinha de que aquilo é real. É um livro que dá pra acreditar acontecendo. Acho que vale a pena ler.
    E ps: passa esse dog dog lindo pra cá! =P

    ResponderExcluir
  6. Olá, Sil.
    Eu não sou muito fã do gênero também, mas estou lendo ele no momento e estou gostando bastante. Ele é bem clichê sim, mas a escrita da autora vale a pena. Espero gostar até o final. Estou no começo ainda, só li umas 60 páginas.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
  7. Olá Silvana,
    A primeira coisa que devo comentar é esses seus cachorros, que coisas mais lindas ♥
    Mas vamos ao que interera hahaha Quero muito ler esse livro e o primeiro, O Acordo, pois gosto de new adult, principalmente por trazerem temas fortes, amo livros que abordam temas polêmicos, reais e que nos conduzem a reflexões. Acho que vou acabar adiando a leitura para o ano que vem, pois agora com o final do ano chegando vou dar vez para os livros prioritários ;)
    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Seus amiguinhos são muito fotogênicos mesmo...rs... lindinhos.. Eu não li 50 tons, mas assisti o filme e não gostei, o único livro hot que li foi True, gostei, mas descobri que não é um gênero que gosto, não mesmo. Lendo sua resenha me lembrei de True, talvez por ser o único do gênero que li e também por fugir um pouco dos clichês. A premissa parece ser mesmo diferente e imagino que deva ser um livro legalzinho, até ia gostar, mas não fiquei com vontade de ler...rs... Ótima resenha.
    Abraço!
    A Arte de Escrever

    ResponderExcluir
  9. Oi, Silvana!
    As fotos ficaram lindas! Esses peludinhos encantam qualquer foto. Não sou muito animada para ler esse estilo de leitura, mas tenho na minha lista esse e o livro anterior, pois fiquei um pouco curiosa, depois de ler muitas resenhas falando bem dos livros. Então, quero conferir. Que bom que você gostou, já fiquei mais motivada! Resenha, como sempre, muito bem elaborada. Beijos.

    ResponderExcluir
  10. Fiquei curiosa com esse livro, apesar de normalmente não ler nada do gênero, acho que seria uma boa leitura, principalmente pelo livro não ser tão cheio de clichês. Já quero saber o que acontece entre a Grace e o Logan, e como tudo é resolvido.

    Abraços :)

    ResponderExcluir
  11. Oi!! Eu não tenho nada contra livros hot, muito pelo contrário, mas 50 tons eu tbm achei bem ruim miga hahahahaha Eu não conhecia esse livro ainda, mas acredito que se surgir a oportunidade eu lerei...Duvido que eu o compre, porém.

    ResponderExcluir
  12. Na última foto ele ficou muito feliz em aparecer u.u
    Não conhecia a série.
    Esse é hot?Como sou ruim de primeira impressão,pra mim não parecia XD

    ResponderExcluir
  13. Nem me fale, depois que li 50 tons também fiquei bem desanimada com esse gênero literário, simplesmente não funcionou pra mim. Não que eu não goste, claro. De qualquer maneira, essa série não parece trazer nada de novo e sinto como se já conhecesse toda a história de tantas resenhas que li. Todos dizem que é bom, que tem personagens reais e não apenas cenas de sexo, mas... Vou passar a dica por enquanto.
    Um abraço!

    http://paragrafosetravessoes.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. KKKKKKKKKKKKKKK Antes de ler sua resenha a primeira coisa que pensei foi "Será que ela vai falar desse fio terra?",por que li no Skoob uma resenha que minha amiga fez p/ esse livro e ela mencionou esse detalhe,e nossa fiquei bem passada por que eu já li 5oo e pouco livros (547 p/ ser mais exata),sendo 99,9% de romance,e mesmo incluindo váriossss eróticos na lista,nunca tinha visto isto em livro romance acredita?! kkk e confesso que achei meio...humm,como posso dizer,desanimei com o mocinho kkk ,nada contra mais não acho que gostaria de ler isso kkk

    Eu já li e acabei abandonando o 1° dessa série,simplesmente por não achar a escrita/trama consistente...a proposta do enredo me atrai,mas não achei que a autora desenvolveu de uma forma legal no 1°,então já fiquei receosa com todos os seus livros...Bom,mas ainda pretendo tentar ler outro da série para ver se tira essa má primeira impressão (com exceção desse 2° que já risquei da lista kk),por que realmente gosto dessa premissa mocinhos esportistas+colegial...

    Em relação á esse livro,tirando a preferência sexual do mocinho,outra coisa que me deixou pensativa foi esse Erro que lascou com o relacionamento dos protagonistas..fiquei bem curiosa,mas já estou pensando na pior das hipóteses rs

    E toca aqui,também não suportooo 50 tons de Cinza,e quem me conhece bem acha isso até irônico,por que minha autora preferida de contemporâneos é de romances altamenteee eróticos,mas realmente esse livro não recomendo p/ quem quer iniciar nesse gênero..achei fraco e história maçante :/
    Abraçoss

    ResponderExcluir
  15. Oi, Silvana!!
    Não li nenhum livro da série Amores improváveis!! Mas quero muito!! Adorei as fotos!!
    Beijoss

    ResponderExcluir
  16. Eu amo essa série! O primeiro para mim é o melhor!
    Leia o primeiro! É incrivel!
    Mas eu tbm amo esse! O Logan é meio sem noção, mas eu amei!
    Doida para ler o resto da série!

    ResponderExcluir

Gostou da postagem? Deixe um comentário. Se não gostou, comente também e deixe a sua opinião.
Se tiver um blog deixe o endereço e retribuiremos a visita.
Aproveite e se inscreva nas promoções e concorra a diversos prêmios.