Resenha: Ninfeias Negras


Tinha vontade de ler algo de Michel Bussi desde a obra O voo da libélula. Quando a editora Arqueiro lançou Ninfeias Negras não pensei duas vezes e o solicitei, sabia que não me decepcionaria – eu não podia estar mais convicta disso.

A obra vai contar a história de três mulheres completamente opostas. Elas vivem no mesmo vilarejo: Giverny. A primeira é má; a segunda, mentirosa; a terceira, egoísta. As três não têm a mesma idade. A primeira tem mais de 80 anos e é viúva, a segunda tem em torno de 36 e nunca traiu o marido, a terceira está prestes a completar 11 anos e todos os meninos de sua escola querem ser seu namorado.

Pouco sabemos sobre essas três mulheres. A primeira é dona de um belo quadro, a segunda se interessa por artistas, e a terceira pinta muito bem. A garotinha de 11 anos procura encontrar seu pai, a segunda busca um grande amor, e a terceira, a mais velha, sabe coisas sobre as duas.


O que mais impressiona é que muitas pessoas atravessam o mundo para passear por algumas horas em Giverny. O motivo é bem simples: por causa dos pintores impressionistas. Esse vilarejo é famoso por ter sido um local imortalizado por obras de Claude Monet entre 1883 e 1926, considerado um dos maiores nomes do Impressionismo com seus jardins, a ponte japonesa e as ninfeias no laguinho. Foi em Giverny que ele pintou a tão conhecida série Nenúfares.

Ainda que elas sejam bem diferentes, há uma coisa em comum: o desejo secreto de ir embora desse lugar. Por que elas desejam tanto ir embora de Giverny? É difícil manter-se num lugar que você se sente aprisionado, ainda que haja um belo jardim para admirar, existem grades que prendem essas três mulheres. E um segredo, um grande tormento que parece não ter fim.

É nesse mesmo cenário que um respeitado médico é encontrado morto. Ele foi assassinado com uma facada no coração, teve a sua cabeça esmagada e, ainda, o seu corpo foi encontrado submerso num lago. Ao seu lado havia um cartão-postal com a reprodução de uma das Ninfeias de Monet e uma mensagem de aniversário com a seguinte frase: “O crime de sonhar eu consinto que seja instaurado.” Os investigadores se veem presos a um crime que nada é o que de fato parece.


É preciso observar vários detalhes no decorrer da leitura. O nome da terceira senhora não é mencionado no livro, ainda que ela seja a narradora de grande parte da história. Já as outras mulheres têm seus nomes revelados, a segunda se chama Stéphani e a terceira é a pequena Fanette. Assim como existem outros elementos que é preciso ficar atento para captar, do contrário, o leitor ficaria perdido e sem entender os fatos.

Quando estava faltando mais ou menos umas 30 páginas para acabar o livro, comecei a me desesperar, pois o que estava sendo revelado era tão estranho que eu pensei: “Será que estou entendendo isso certo? Preciso ler novamente essa parte!” E li, mas não era esse o problema. A questão é que o autor foi tão, mas tão criativo que me deu uma vontade desesperadora de gritar. Como estive tão cega durante o tempo todo? Como? Por quê?

Tudo é muito estranho e misterioso. Enquanto lia eu tive diversas ideias e tentei planejar várias possibilidades. No entanto, absolutamente nada do que pensei foi o que de fato aconteceu. O desfecho foi algo tão arrebatador, surpreendente que, quando finalizei a leitura, fiquei embasbacada com a qualidade da escrita de Bussi. Ele sabe fazer um bom suspense, daqueles que não queremos largar por nada.


Eu acertei quem cometeu o assassinato, mas isso não tirou a grandiosidade da obra de forma alguma. Os detalhes foram tão bem feitos, tão ricos que em certos momentos parecia com as descrições de Dan Brown (embora minha experiência com o autor não tenha sido agradável). Porém, convenhamos, o cuidado, a inteligência e a perspicácia do autor são incontestáveis, assim como a de Bussi. É difícil falar desse livro sem elogiá-lo demasiadamente. Parece puxa-saquismo ou falsidade, mas não. A obra é deslumbrante mesmo.

Não é necessário nem elogiar mais nada, mas ainda não acabou. Essa capa é indescritível e a diagramação segue o padrão excelente da editora. Ah! Sem falar no kit enviado pela Arqueiro, uma caixa linda, bem resistente e com detalhes em cima e nas laterais da tampa. Além da caixa veio um marcador e um botton. Eu não poderia ficar mais realizada, não foi apenas a estética que foi perfeita, a história seguiu o mesmo ritmo.

Quem não leu Assassinato no Expresso do Oriente, de Agatha Christie, pode pegar um spoiler neste livro, mas certamente não vai entender e nem vai saber que se trata de um. Para quem já leu, possivelmente vai sentir saudade da história – foi o que aconteceu comigo.


Para finalizar esta resenha, quando concluí a leitura de Ninfeias Negras já passava das 4 horas da manhã e eu fiquei a noite toda devorando o livro para descobrir o desfecho. Quando terminei minha única vontade era lê-lo novamente, não apenas pelo fato de já estar com saudade da história, mas para ler o início tendo ciência desse final esplêndido. Eu preciso fazer isso e será breve.

Quotes:
“Bonita ou não, a questão não é essa! Não é assim que funciona. É uma imbecilidade querer que sua mulher seja a mais linda do mundo. O que isso quer dizer? Não é uma competição! Sempre vai haver em algum lugar uma mulher mais bonita do que a que vive ao seu lado. E, mesmo que você consiga casar com a Miss Universo, um dia ela vai acabar envelhecendo. Seria preciso pôr a nova Miss Universo na sua cama todos os anos, é isso?” (p. 82-83)

Estou explodindo! Estou explodindo dentro da minha cabeça, só eu consigo ver, mais ninguém, mas estou explodindo! Juro que estou! Mãe, pode deixar que eu lavo a louça. Pode deixar que eu guardo os talheres. Pode deixar que eu passo a esponja na mesa. Pode deixar que eu passo pano em todo lugar. Pode deixar que eu pego a vassoura, varro e guardo depois. Pode deixar que eu faço tudo o que uma menina deve fazer, tudo mesmo, sem reclamar, sem chorar, qualquer coisa. Qualquer coisa. Contanto que me deixem pintar. Só quero que me deixem pintar.” (p. 124-125)

Outras fotos:



Título: Ninfeias Negras (exemplar cedido pela editora)
Autor: Michel Bussi
Editora: Arqueiro
Páginas: 352
Ano: 2017

33 Revelaram sentimentos:

  1. Nossa que historia misteriosa fiquei bem curiosa para ler, me deixou com os pensamentos martelando na cabeça, aliás muitas perguntas sobre essas três mulheres e como elas poderiam estar envolvida com o assassinato do médico, adoro quando o autor leva o leitor por um caminho e não é nada daquilo, isso surpreende e muito.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É bem misteriosa mesmo.
      Muuuuito envolvente.
      Acho que você vai gostar.

      Excluir
  2. Olá, Natalia.
    Eu adorei o livro. Não conseguia largar hehe. Acabei descobrindo a trama porque já li um livro do Sidney Sheldon que é parecido, mas isso não tirou a beleza da obra. Fãs do gênero tem que ler esse livro. E vou querer ler outros livros do autor com certeza.

    Prefácio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Uau, Sil. Sério? Qual livro do Sheldon? Eu gosto desse autor hahaha.
      Siiiim, fãs do gênero precisam conhecer essa obra.

      Excluir
  3. Parece que faz o mesmo que aquele outro livro dele: joga a resposta logo de cara e a gente fica quebrando a cabeça a leitura inteira pra entender, mas quando entende vê que aquilo já tinha sido falado no começo xD
    Ele solta umas pistas que quando você termina aquilo volta e você percebe que aquelas coisas estavam gritando a solução pra você desde o começo.
    O cara sabe fazer um livro que desespera, heim!
    Gostei do enredo, livros assim são bem legais e acho que ele deixa a gente curioso, então deve ser bem viciante ao ler. Ficar até 4 da manhã com o bendito prova isso né!
    E se quando termina dá vontade de ler de novo...ah, mas eu devo gostar muito dessa leitura também. O outro livro que li dele fez a mesma coisa comigo, me deu vontade de ler tudo de novo, então já viu...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sério que o outro livro é assim, Cris?
      Pois eu já vou logo solicitar com a editora, PARA ONTEM.
      Mulher, esse aqui me deixou agoniada demaaaaaaaaais. Eu devorei muito rápido, não queria largar de jeito nenhum.

      Excluir
    2. Pois é. Achei bem similar umas coisas que vi desse, como ele deixa a gente se sentindo. O outro também deixa a gente meio doido pra saber das coisas e quando acaba se você reler o começo percebe que deixou umas coisas passarem e tudo faz sentido. É bem legal. Leia sim e espero que goste ^^

      Excluir
    3. Vou ler sim.
      Muito obrigada pela dica. Já ameeeeeeeeei e já quero.

      Excluir
  4. Naty!!!
    Que KIT maravilhoso!!! Sou louca para ler esse livro. Não li Assassinato no Expresso do Oriente, acha que devo ler antes de partir para Ninfeias Negras?

    Bom, fiquei ainda mais curiosa e animada para ler o livro, adorooooo um suspense cheio de mistério e um livro que no final tem uma reviravolta que vc para e fica "Que???? Eu entendi certo? O que ta acontecendo aqui????". Michel Bussi é um gênio, tudo que toca vira ouro.

    Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Tish.
      Ah, não precisa ler, só não se prenda exatamente ao que dizem lá. É apenas um trechinho, se ler sem ficar focado, sem tentar juntar as peças acho que você não percebe.
      Eu só percebi porque voltei e "ooooooops... aqui tem coisa". Porque se eu não tivesse lido eu nem teria me tocado nisso.
      É uma coisa bem insignificante.
      Fique tranquila rs.

      Leia sim, leia logo. Ele é um gênio sim, descreve perfeitamente bem.

      Abraços

      Excluir
  5. Oi Natalia, tudo bem?
    Quando vi este livro fiquei intrigada por causa do nome. Quando descobri que era um mistério fiquei super curiosa para ler o livro e descobrir qual a relação dessas três mulheres tão diferentes, e ainda ver o que aconteceu por trás do assassinato deste homem. O kit está realmente lindo demais, adorei!
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O kit está perfeito.
      A Arqueiro arrasou de verdade.
      Espero que leia e goste :D

      Beijos

      Excluir
  6. Olá, Naty!!
    Que livro ótimo, pra quem gosta de um suspense né ?
    Fiquei fascinada quando vi, achei incrível, pois fala das mulheres negras, sobre o preconceito em geral ...
    Ótima resenha, e indicação (pois não conhecia esse livro, e é muito bom, pelo que li).
    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É um excelente livro, Maria. Vale a pena ler.
      Abraços

      Excluir
  7. Olá, com um autor tão talentoso como esse é impossível não querer ler esse livro, com uma história sombria e repleta de segredos ficamos grudados na obra, sempre querendo mais. Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. De fato, é impossível não querer ler. Então leia logo pq sei que você vai amaaaaaaar.

      Beijos

      Excluir
  8. Nathália!
    Dá para sentir sua empolgação pela leitura do livro em cada palavra de sua resenha.
    Gosto de tramas que envolvem vários protagonistas que aparentemente nada tem haver e depois descobrimos que suas vidas estão ligadas de alguma forma.
    Sem contar com todo mistério pela morte do médico e o suspense para descobrir quem foi o assassino.
    E ainda tem a arte, né? Adoro livros que envolvem artistas.
    “Não basta saber, é preferível saber aplicar. Não é o bastante querer, é preciso saber querer.” (Johann Goethe)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, Rudy.
      Estou igual uma doida de tão eufórica por essa leitura. Imagine só rs

      Excluir
  9. Oi, Nath!!
    Amei o kit!! Que gracinha!! Adorei a resenha, mas como já estava bem curiosa a respeito desse livro é obvio que quero muito ler!! E agora quero muito mais depois de ler esse resenha sobre o livro!!
    Beijoss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz que tenha gostado.
      Espero que leia o quanto antes e se surpreenda.

      Beijos

      Excluir
  10. Nat, se eu já estava curiosa por esta história agora estou mais ainda. Suas resenhas sempre me fascinam mas essa foi de longe uma das melhores. Fiquei imaginando se essas três mulheres conseguiram o que queriam, mas também fiquei imaginando se era três personalidades pertencentes a uma mulher só, nossa... Fiquei pensando tanta coisa.
    Realmente, a diagramação da Arqueiro está incrível, e essa caixinha só veio à acrescentar na parte gráfica.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu pensei isso também, Nicoli, sobre as personalidades e tal.
      Mas o fato é que o livro surpreendeu de todas as formas.
      Mesmo quando eu acertava algo, ele ainda surpreendia.

      Excluir
  11. Eu gosto muito do gênero então é claro que gostei da obra. Fiquei super curiosa para descobrir quem foi o assassino, mas ainda mais por esse final que te surpreendeu tanto, e a ligação dessas três mulheres? Esse kit é realmente lindo. Ótima dica e resenha.
    Abraço!
    A Arte de Escrever

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Mayla.
      Eu também gosto bastante do gênero.
      Espero que você leia. Depois me conte o que achou.

      Abraços

      Excluir
  12. Oi Naty...
    Que kit lindo que você recebeu... Desde que vi os primeiros comentários sobre o lançamento desse livro já fiquei com vontade de lê-lo... Três mulheres tão diferentes, mas com um objetivo em comum... Espero poder ler em breve e desvendar os enigmas de Ninfeias Negras...
    Beijinhos...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Cris.
      Tem muito mistério sim e acho que você vai adorar tantos enigmas.
      Eu fui devorando e devorando de um jeito, não queria largar rs.

      Beijos. Leia logo, tá? rsrsrsrs

      Excluir
  13. Oi, Naty
    Parece que o autor escreve o suspense com maestria para te fazer ficar assim tão desesperada. Eu morri de curiosidade agora para conhecer essa criatividade dele. Não tinha prestado tanta atenção nesse livro como até então. Adorei sua resenha. Se a Naty favoritou é porque é muito bom.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ha-ha-ha-ha-ha.
      Nem me achei agora, né? rsrsrs.
      Sim, eu favoritei e não tiro da estante. Fiquei anestesiada com a escrita desse autor e quero ler seus livros para sempre.
      Fico feliz que tenha gostado e obrigada por acreditar nisso hahaha. Sua boba linda rsrs

      Excluir
  14. Oi.
    Eu adorei a sinopse do livro, fiquei mais que curiosa para conferir, amo esse senário de mortes e investigação, achei a capa bem interessante, gosto bastante de personagens marcantes. fiquei super impressionada com a premissa e a história parece ter um desfecho bem interessante, vou ler com toda certeza.
    Boa Tarde.
    P.S espero acertar tambem em quem cometeu o assassinato kk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que você consegue acertar, sim. Só ficar bem atenta aos detalhes.
      Espero que leia logo e me conte o que achou. Eu também fiquei assim, bem curiosa, por isso li rapidinho rs

      Excluir
  15. Minha vontade depois de ver essa resenha e ir correndo e comprar o livro. Amo um bom suspense/policial e amo histórias interligadas (o que parece ser o caso nesse livro). Fiquei com muita curiosidade saber a relação entre as três mulheres tão diferentes e o assassinato.

    ResponderExcluir
  16. Ainda não li nada desse autor!
    Estou com vontade agora!
    Vi no Insta várias pessoas falarem bem dele!
    Vou ver!

    ResponderExcluir
  17. Adoro livros de suspense, eu achei está história muito interessante!! Para uma trama diferente, três mulheres, com idades distintas, mas com o mesmo objetivo, ir embora da cidadezinha de Giverny !! Fiquei super curiosa para conhecer essas três mulheres!! Gosto de livros personagens bem construídos e desenvolvidos!! O livro parece ser cheio de pistas, mas o final nem sempre é aquilo que imaginamos. Fico admirada quando o autor consegue surpreender os leitores!!

    ResponderExcluir

Gostou da postagem? Deixe um comentário. Se não gostou, comente também e deixe a sua opinião.
Se tiver um blog deixe o endereço e retribuiremos a visita.
Aproveite e se inscreva nas promoções e concorra a diversos prêmios.