Resenha: Acima dos deuses


Oi pessoal! Tudo bem com vocês?

Para quem não sabe eu tenho um perfil literário no instagram, o @aleitora, e o livro que trago resenha para vocês hoje é de um autor nacional muito talentoso que conheci por lá.

Acima dos deuses possui uma narrativa inspirada em jogos de RPG pelos quais o autor é apaixonado desde a adolescência e eu que não sei jogar nem paciência me surpreendi bastante com a complexidade dos jogos. Ambientado em Ohmtar, ele nos apresenta os mundos de luz que são habitados por humanos e diversos seres mágicos como magos, elfos, druidas, anões e até mesmo deuses.

Quando o mago Gënnlarionet é convocado pelo famoso bardo Ossian a sair em uma missão pelo Clube dos Ordinários, seus parceiros de aventura não poderiam ser mais improváveis: o elfo-negro Ryltar, o metamorfo Logan, o humano e ladrão Kaleo e o clérigo Mercúrio não poderiam ser mais diferentes. Juntos eles devem levar uma relíquia poderosa até um lugar entre os mundos onde seu poder maligno não possa ser alcançado e a partir daí farão descobertas inimagináveis e serão o centro de uma aventura ainda maior.


O elfo Iwak busca ascendência divina nos mundos de luz e, para alcançar seu objetivo, ele iniciou uma guerra contra todos que se colocarem em seu caminho e para conquistar tal poder e ascensão não poupará criaturas mágicas, deuses e nem os que estão acima deles que ousarem tentar impedi-lo.

Enquanto tudo isso se desenvolve, os amigos Glaehdre, Tebus, Orin, Baldur e Berathio estão vivendo sua própria aventura e o objetivo deles é justamente descobrir porque Ossian, o bardo, escolheu o time de aventureiros para uma missão tão importante e devo dizer que junto deles descobrimos algo bastante inesperado. Após a descoberta, o grupo de amigos decide encontrar os aventureiros e essa passa a ser sua nova missão, mas mal sabem eles que o Mestre tem outros planos para eles.


Enquanto seguem sua jornada vão descobrindo mais sobre si mesmo e sobre os deuses que habitam o mundo material e os demais mundos. Percebem aos poucos que são mais importantes para a manutenção dos universos do que imaginavam e que, individualmente, representam uma ameaça aos planos de Iwak.


Acima dos deuses me surpreendeu pra caramba e sua influência provavelmente me fará ler outros livros de fantasia. Olha só o que eu estava perdendo!

De todos os nacionais que já li esse foi o de melhor qualidade, ele apresenta uma escrita primorosa e teve a estória muito bem amarrada e eu explico porque achei isso: a narrativa é centrada no grupo de aventureiros e sua missão, que em boa parte é desconhecida até mesmo por eles, mas para entender todas as nuances da narrativa acompanhamos a jornada, conversas, lutas e intrigas que giram em torno de outros personagens que tem suas próprias vidas e buscas atreladas à missão dos aventureiros.

Cada capítulo termina com um gosto de quero mais e alguma revelação impressionante que nos deixa cientes de algo que irá causar uma reviravolta na narrativa, enquanto isso pessoas ligadas aquela descoberta nem tem ideia do que se aproxima. Podem imaginar isso? Esta leitura está mais do que recomendada e sugiro a vocês a não perderem tempo, o mundo de Ohmtar os espera!


Quotes:
“Às vezes alguns heróis inspiram as pessoas comuns sem nem mesmo terem seus nomes citados nas lendas. ” (p. 132) 

“— Eu sempre soube disso – diz Ryltar. – Coragem, esperança, amor.... Não importa. O que impera em qualquer lugar dos Sete Mundos é o medo. ” (p. 152)


Título: Acima dos deuses
Autor: Alexandre Sarmento
Editora: Drago Editorial
Páginas: 454
Ano: 2016
Onde comprar: Amazon e Drago Editorial

19 Revelaram sentimentos:

  1. Eu amo jogos, seja no PC ou no console, então sou bem animada para esse tipo de livro! Amo livros de fantasia, apesar de não ter lido nenhum como este, com elfos ou anões, gosto muito do gênero! Fora que autor nacional, adoro ler. Esse meio é beeem difícil e tem muitos autores nacionais muito bons mas que não são reconhecidos.
    Que bom que vc gostou do livro!!!

    (Aliás, as fotos ficaram lindas!)

    BJS

    ResponderExcluir
  2. Eu não jogo, mas adoro uma fantasia com esses seres mágicos rs, então já me interessei. O elfo Iwak é bem cruel para conseguir poder não poupará ninguém e pelo visto fará tudo que estiver ao seu alcance e o que não estiver para conseguir, essa batalha deve ser uma adrenalina e tanto, deve deixar o leitor num suspense só.

    ResponderExcluir
  3. OI.
    Eu não conheço o jogo, então estou meio que boiando sobre o que é kkkkk.
    Adorei a premissa, adoro livros que tem aventuras e jovens se descobrindo e descobrindo coisas novas, hoje é dia é difícil eu gostar ou em prender a livros nacionais, mas também quando eu gosto eu realmente gosto.
    Bjs.

    ResponderExcluir
  4. Amo livros de fantasia mas nunca encontrei um nacional que despertasse minha vontade de ler. Bom na verdade não tinha encontrado até agora, eu gostei muito dessa história e fiquei com vontade de ler.

    ResponderExcluir
  5. Jéssica!
    Tenho tanto orgulho de nossos autores nacionais, sabia?
    Quando vejo um livro com todas as pontas amarradas, personagens que vão se superando a cada capítulo para resolver os obstáculos e uma mistura de game com fantasia, fico totalmente encantada e com a maior vontade de apreciar aleitura, embora não conheça o autor.
    “Saber de cor não é saber: é conservar aquilo que se deu a guardar à memória.” (Michel de Montaigne)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    TOP Comentarista de MARÇO, livros + KIT DE PAPELARIA e 3 ganhadores, participem

    ResponderExcluir
  6. RPG acaba tendo tanta história legal. Mas não tenho muita paciência pra isso também...acho legal pela história.
    Gostei da ideia do livro, parece ser bem interessante.
    E o melhor é quando a história é bem feita e faz a gente querer saber o que acontece em seguida ao final de cada capítulo. Assim cria um vício, não é? A gente fica muito curioso e acaba lendo até bem mais.
    O livro parece ser muito legal por isso. Acho que adoraria ler ^^

    ResponderExcluir
  7. Olá, o autor desenvolveu uma trama peculiar e complexa, com elementos fantasiosos tão bem descritos que eleva a história mais ainda. Beijos.

    ResponderExcluir
  8. Olá!!
    Legal o post de hoje, bem diferente... Não gosto muito de jogos, mas alguns parecem ser bem legais, como esse.
    Abraço!

    ResponderExcluir
  9. Oi, Jéssica!
    Acima dos deuses me lembrou de Senhores dos Anéis, principalmente por causa dos diferentes tipos de seres que formam a equipe do mago Gënnlarione, e apesar de não ter o costume de ler o gênero fantasia - prefiro assistir sobre o gênero do que ler - achei interessante a trama e o mistério presente na história, e já estou anotando na minha lista de leitura. Valeu pela dica! Amei a resenha e as fotos!
    Abraços.

    ResponderExcluir
  10. Não gostei da premissa!
    Me lembrou Senhor dos Anéis e eu não suporto esse livro e filme!
    Mas sei que tem pessoas que gostam então é uma ótima indicação!

    ResponderExcluir
  11. Hummm não me surpreende que ele goste desses jogas, a qual eu também não tive a paciência pra aprender e a o enredo me relembra um pouco senhor dos anéis, sempre gostei dos filmes e pretendo um dia ler o livro. Bem posso dizer que apesar de não ser um livro que eu precise ler pra ontem devo dizer que me interessei e vou colocar na lista de desejados.

    ResponderExcluir
  12. Oii! Que bacana você ter conhecido o autor lá no Instagram. Sempre podemos encontrar ótimos autores nas redes.
    Sobre o livro, não é o tipo de leitura que costumo fazer. Antigamente eu amava jogos de RPG, mas hoje em dia nem isso. Enfim, que bom que foi uma leitura super prazerosa pra você ♥

    ResponderExcluir
  13. Oi, Jessica!!
    Adorei a indicação desse livro nacional!! Adoro livros de fantasia!! Fiquei bem interessada pela a história do livro!!
    Beijoss

    ResponderExcluir
  14. Oi Jéssica, esses livros que conseguem fazer com que ao final de cada capítulo já engatemos no outro, são os melhores né. Apesar de conhecer muitos jogos e ser um "pouco" viciada, não curto muito os jogos de rpg. Mas gostei muito da história e adoraria ler.
    Beijos
    [SORTEIO]Baile Literário
    Quanto Mais Livros Melhor

    ResponderExcluir
  15. Oi, Jéssica
    Ainda anão conhecia o livro. Gosto bastante de fantasias e ainda mais se é nacional, anima em saber que é tão bom. Saber do desenvolvimento tão bem, me ganhou, então, leria por conta dos elogios.

    ResponderExcluir
  16. Oi, tudo bom?
    Eu não conhecia o livro ainda, e nem tinha ouvido falar do autor, mas parece ser muito bom, gostei da resenha. Assumo que como você eu não sei jogar RPG hahhaha mas gostaria muito de ter a oportunidade de ler o livro e adentrar nesse mundo magico, de elfos, anões e muito mais.
    Beijos *-*

    ResponderExcluir
  17. Não curti muito o livro, talvez por falar de Deuses e tals, e também não faz o meu estilo de leitura, mas não jugo quem gosta.

    ResponderExcluir
  18. Oi Jéssica,
    Não conhecia o livro, mas como adoro fantasia já coloquei na lista de futuras leituras. Adoro uma boa história com seres mágicos, então é bem provável que vou me surpreender ao acompanhar essa jornada cheia de aventuras e revelações. Esse livro também é uma ótima dica para presentear meu cunhado, ele é viciado em jogos de RPG e gosta de livros com esse tipo de narrativa.
    Beijos

    ResponderExcluir
  19. Olá, Jéssica.
    Não conhecia esse livro ainda. Mas me interessei bastante por ele. O enredo é bem parecido com os que gosto. Nunca joguei RPG, o meu sobrinho jogava muito, mas como não sei ler em inglês sempre ficava perdida no jogo hehe. Mas geralmente gosto dos livros que tem esse estilo. Vou procurar para ler.

    Prefácio

    ResponderExcluir

Gostou da postagem? Deixe um comentário. Se não gostou, comente também e deixe a sua opinião.
Se tiver um blog deixe o endereço e retribuiremos a visita.
Aproveite e se inscreva nas promoções e concorra a diversos prêmios.