Resenha: Isolados – O enigma


Oi, pessoal! Tudo bem com vocês?

Esses dias li meu primeiro livro de youtuber e vim contar pra vocês o que achei.

A gamer Bibi Tatto é dona de um canal com mais de três milhões de inscritos no Youtube, a jovem de dezesseis anos alcançou essa marca principalmente graças a sua criatividade, pois, inspirada em uma série criada pelo maior ídolo dela, o também youtuber e gamer ResendeEvil, Bibbi criou uma música "narrando" a série criada por ele no mundo de Minecraft. O vídeo bombou tanto que viralizou até que ela foi vista pelo próprio Resende, que divulgou a canção e o canal dela para os seus dez milhões de inscritos. A partir daí foi só sucesso para Bibi.
Em Isolados - O enigma, ela narra uma aventura épica em que seu avatar é confrontado por um hacker que ameaça destruir o Mundo Novo, caso ela não consiga encontrar o avatar do irmão que foi capturado e preso em algum lugar do mundo criado por ela no jogo Minecraft.

De um jeito muito simples (o que é bom, pois o livro é voltado para o público infanto-juvenil), Bibbi vai narrando os desafios da busca pelo avatar do irmão enquanto relembra momentos felizes e também complicados pelas quais passou antes, durante e após alcançar sucesso no YouTube.


De cara ela divide conosco uma experiência ruim que teve com uma fã que a presenteou com uma abertura para o canal para logo depois denunciá-la por apropriação de conteúdo, o que fez com que o YouTube excluísse esse canal; sabe aquela expressão "há males que vem para o bem"? Pois então... O novo canal que Bibbi foi forçada a criar foi justamente o que a colocou na lista das quinze gamers mais influentes do mundo no YouTube. E dividir com os leitores essa experiência serviu também como uma forma de alertar para a quantidade de pessoas mal-intencionadas que habitam a web e que é preciso cuidar e restringir o tipo de informação que irá compartilhar, principalmente se tratando de crianças e adolescentes.

Voltando à missão e deixando as lembranças de lado, Bibbi enfrenta um hacker que adora charadas e desafios matemáticos, algo que ela não é lá muito boa não, mas a gamer segue o jogo disposta a tudo para salvar o avatar do irmão e o seu mundo e nem faz ideia de quem possa estar por trás desse invasor que a conhece tão bem. Enquanto segue as pistas deixadas por ele, a garota vai sendo surpreendida por mudanças feitas em seu mundo, o que a faz se perguntar quem poderia ser esse hacker misterioso.

Um fã? Ou talvez algum amigo gamer... 


Através das pistas deixadas pelo invasor, Bibi traz algumas curiosidades para os leitores explicando coisas simples como o funcionamento de um moinho de vento e até mesmo explicando a origem da expressão “presente de grego”. Considerando o público-alvo de Isolados, o livro traz uma leitura leve e de fácil compreensão, a aventura não possui nenhuma trama muito complicada e a narrativa não se perde nos momentos em que a gamer pausa a estória para dividir alguma lembrança com os leitores. Quando mergulha em histórias do passado, Bibi aproveita para ensinar algo de valor àqueles que estão lendo, como aceitar as diferenças, ajudar ao próximo e se dedicar à escola.

Realmente me agradou bastante, não por mim de fato, mas por pensar em todo o aprendizado que os pequenos leitores terão com essa leitura e pela diversão também, afinal, é difícil encontrar uma criança que não seja encantada pelos mundos de Minecraft.


 

Título: Isolados – O enigma (exemplar cedido pela editora)
Autora: Bibi Tatto
Editora: Novas Páginas
Páginas: 144
Ano: 2017

24 Revelaram sentimentos:

  1. Essa leitura não me desperta interesse pelo fato de aborda um mundo realmente muito desconhecido para mim, porém minha irmã e muito fan dessa garota, e sempre á acompanha no youtube pela suas aventuras no Minecraft. Por esse fator tenho certeza que ela iria adorar essa leitura, e em conhecer um pouco mais sobre esse tema.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah sei como é, uma priminha de onze anos bateu o olho na estante com mais de 300 livros e o que ela viu? Isolados!! rss eu não conhecia essa youtuber por não me interessar por games mas percebi que ela é bem famosinha entre as crianças e fas de minecraft.

      Excluir
  2. Ainda não li nenhum livro de youtuber e nem jogo Minecraft, quem gosta do jogo é meu filho e minha sobrinha. Mas o livro parece ser legal, tem mistério, enigmas e ainda passa lições, mas acho que não leria, não despertou meu interesse.

    ResponderExcluir
  3. Tenho um grande preconceito com livros de youtubers, mas acho que parte desse preconceito é pq não faço parte do público alvo.
    Eu jamais leria o livro mas acredito que é um bom incentivo para que as pessoas mais novas comecem a ler.

    ResponderExcluir
  4. Oi!!!
    Não é um gênero que estou acostumada a ler mas estou aberta a conhecer sempre mais e mais gêneros que ainda não conheço, não conhecia ela mas acho que é bem conhecida para o públicos crianças e adolescentes e o bom é que todos se divertem.
    Até mais!!!

    ResponderExcluir
  5. Confesso que não é um tipo de livro que leria, não tem nada nele que me chamou atenção. Mas aí pode ser porque não sou do público alvo. Acho que para crianças ou pra quem gosta do jogo ele tem um apelo mais interessante. Mas não sei se funcionaria comigo =/
    Deve ser legal como dica pra crianças porque a trama parece ser bem simples e ainda pode deixar algumas mensagens legais de aprendizagem...

    ResponderExcluir
  6. Jéssica!
    sinceramente? Não é um livro que me interessa fazer a leitura, porque é um mundo que não entendo nada esse dos games.
    Até gosto dos livros infanto juvenis, mas não com essa temárica, gosto mais de livros de fantasia e ficção.
    “A sabedoria dos homens é proporcional não à sua experiência mas à sua capacidade de adquirir experiência.” (George Bernard Shaw)
    Cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA DE MAIO 3 livros, 3 ganhadores, participem.
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Oi, Jéssica
    Ainda não tinha parado para ver do se tratava o livro, agora que fiquei sabendo que é de m youtuber. Fiquei passada com o que essa "fã" dela fez. Tem gente pra tudo, pelo amor!
    Gostei da dica do livro, acho que leria sim, apesar de não acompanhar ela na web. Achei interessante como ela ficou "famosa".

    Blog Livros, vamos devorá-los

    ResponderExcluir
  8. Oi Jéssica, tudo bem?
    Apesar de não ser um livro que eu leria, pois não curto muito esse mundo de Minecraft, eu achei bem bacana toda a ideia do livro e acho que ele pode influenciar muitas crianças a gostarem da leitura. É uma boa indicação de leitura para essa galera que só quer saber de internet.
    Beijos

    ResponderExcluir
  9. Nunca ouvi falar dela kkkkkkkkkkk. Mas o livro não me despertou interesse. =\

    Beijo!

    ResponderExcluir
  10. Olá, Jéssica.
    Eu já li alguns livros de youtuber e para dar risada é bom, mas não tem muito conteúdo não hehe. Mas acho que isso é porque nao sou o publico alvo deles hehe. Esse eu até que gostei bastante, mas quando li não tinha nem ideia do que era minecraft e nem conhecia a autora hehe.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  11. Oi Jéssica,
    Ainda não tive a oportunidade de ler um livro de youtuber, mas espero poder matar essa curiosidade logo. Mas confesso que esse livro não me atrai muito, a história em si não chama a minha atenção. Sempre gostei de games, passei a minha infância jogando com meus irmãos, ainda temos o Nintendo guardado, mas nunca vi esse jogo Minecraft, não é da minha época haha
    Porém, é uma ótima indicação de livro para o meu sobrinho, estou tentando despertar o gosto pela leitura nele, e já que ele gosta de games vai que dá certo?
    Beijos

    ResponderExcluir
  12. Oi! Nunca me interessei por livros de youtubers ou por games. Então esse seria um dos últimos livros que eu pegaria para ler. Mas achei bem legal ver o sucesso que a gamer conquistou (3 milhões, mds) hahah Beijoss

    ResponderExcluir
  13. Oi.
    Já li bons comentários sobre esse livro, mas não me desperta interesse. Mesmo porque não entendo muito do assunto de games. Mas para quem gosta e é fã da youtuber, com certeza uma ótima dica.
    Ótima resenha.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  14. Oi Jessica.
    Eu adorei a premissa desse livro, mas confesso que ainda tenho um certo preconceito sobre livros de youtubers e acho que nao leria Justamente por nao fazer muito meu gênero.
    Bjs.

    ResponderExcluir
  15. Oi Jéssica!
    Que fã sem graça essa hem. Pra que fazer isso? Se a intenção era acabar com o sucesso do canal, algo deu muito errado pra essa fã hahaha
    Eu não conheço muito o trabalho dela, e me parece ser uma leitura bem rápida né
    Beijokas
    Quanto Mais Livros Melhor

    ResponderExcluir
  16. Oi, Jessica!
    Livros de youtuber não faz meu estilo de leitura - já ganhei alguns mas não li - sem falar que não curto os mundos de Minecraft, por isso dificilmente eu leria Isolados, mas tenho uma prima que gosta do gênero então vou indica esse livro para ela, acho que ela vai gostar.
    Abraços!

    ResponderExcluir
  17. Olá olá
    Esse tipo de leitura não é a que estou acostumada, mas meu irmão curte demais. Vou passar essa indicação pra ele pq sei que ele vai curtir. Obgg

    ResponderExcluir
  18. Olá!!!
    Esse é um livro que não tenho nenhum interesse em ler, não entendo nada de games e youtuber. Acho que esta mais para a minha filha ler!

    ResponderExcluir
  19. Olá, Jéssica!

    Nunca li livros de yourtuber, até mesmo porque não vejo tanto o You Tube, mas entendo esse fenômeno, que lida com o básico do lado do fã, que ama e coleciona tudo ligado ao seu ídolo. Já era assim com atores e músicos há muito tempo, mas que agora é estendida para pessoas que por meios próprios (pois é ela que cria e produz os vídeos) se tornam populares.
    Até torço um pouco o nariz para esses livros, principalmente após o caso da Zoella, youtuber inglesa que escreveu um livro, mas que depois foi revelada que teve ajuda de uma ghost writer, o que significa que não foi só ela que escreveu o livro. Mas, não chego ao ponto de condenar como os haters, exatamente por entender o porquê dessa popularidade. E para ser sincera, já tenho livro escrito por uma blogueira, e dois livros de artistas que expõem seus trabalhos na internet, e eles são muito bons.
    Mas apesar disso, gostei muito de ver que esse livro contém uma boa história, que conversa com o mundo do Minecraft, mas ao mesmo tempo, fala sobre a vida da Bibbi sem ser exclusivamente autobiográfico e também dando lições de vida ao jovens leitores, permitido ainda mais a identificação que a Bibbi tem com seus seguidores no You Tube.

    Um abraço!

    ResponderExcluir
  20. Infelizmente esse tipo não chama a minha atenção, mas se acontecesse de eu ter uma chance de ler eu leria por ele ser curtinho deve ser uma leitura bem rapida.

    ResponderExcluir
  21. Oi Jéssica, não me ganhou de maneira nenhuma esse livro, primeiro porque não curto muito livros escritos por youtubers, não pelos youtubers, mas pelo conteúdo dos mesmos. Segundo porque não gosto mesmo de Minecraft, acho muito chato, porém fico feliz em saber que esse livro te agradou!

    ResponderExcluir
  22. Eu não acompanho muito canais de youtubers, então isto contribuiu para eu não me interessar em ler este livro, o conteúdo da história não faz meu estilo de leituras e não despertou minha curiosidade em ler.

    ResponderExcluir
  23. Oi, Jessica!!
    Infelizmente esse não é o tipo de leitura usual que faço então vou passar a indicação!!
    Beijoss

    ResponderExcluir

Gostou da postagem? Deixe um comentário. Se não gostou, comente também e deixe a sua opinião.
Se tiver um blog deixe o endereço e retribuiremos a visita.
Aproveite e se inscreva nas promoções e concorra a diversos prêmios.