Resenha: O Silêncio que ficou entre NÓS


Se eu tivesse que escolher uma palavra para definir o que foi a leitura dessa obra, eu demoraria um ano para tomar a decisão porque, assim, como os de André, meus sentimentos foram postos dentro de um liquidificador e eu, sinceramente, não tô sabendo lidar com tantas peculiaridades em um livro só, haha.

Assim que eu vi a capa deste livro pela primeira vez, fui totalmente conquistada por ela e por esse título. Aliás, ele é intrigante, não? Quando eu li a sinopse e senti a intensidade das palavras do autor, já não tinha dúvidas: ele seria meu escolhido e logo estaria na minha estante. Mal sabia que as surpresas estavam só começando.

É uma poesia mais inteligente e mais singular que a outra, gente! Essa humilde leitora teve que parar um pouco com o correr das páginas pra dizer: "Poxa! Isso é incrível! Quero mais." e foi assim até o fim.

O legal é que você nunca sabe o que esperar na próxima página, o livro é realmente uma caixinha de belas surpresas. O que foi inusitado para mim já que, por mais que eu estivesse ansiosa pela leitura, era algo despretensioso e que tomou proporções gigantescas. Afinal, são pequenas ações, atitudes, momentos do dia a dia convertidos em poesia, transformados em amor. E com o virar das folhas, André não é só mais um autor. No final do livro, você acha que ele é uma pessoinha que você já conhece há anos, afinal, todas as palavras deste livro são desabafos, conselhos e até memórias do próprio, que tem como sobrenome artístico a própria Solidão.


Definitivamente, não é o livro que você lê uma vez e guarda na estante. O Silêncio que ficou entre NÓS é diferente. Eu, por exemplo, não passo um dia sem reler uma poesia e, pra mim, já é natural que ele faça parte do meu cotidiano. Sem dúvida, é um dos meus preferidos da estante, como vocês devem ter percebido.


O livro é lindo demais, tanto interno, afinal, não é só a diagramação que é bela, o seu conteúdo também é fantástico; quanto externamente, essa capa diz tudo, gente. Ainda sobre a diagramação: eu achei um amor, muito bem trabalhada. Cada poesia tem uma tipografia diferente. Além disso, algumas das poesias são complementadas por ilustrações e eu nem preciso citar que é uma preciosidade só.


 

Título: O Silêncio que ficou entre NÓS (exemplar cedido pela Editora PenDragon)
Autor: André Solidão
Editora: PenDragon
Páginas: 208
Ano: 2016

19 Revelaram sentimentos:

  1. O livro parece ser encantador, uma graça para lermos e degustar nos momentos mais tensos da vida, achei legal para presentear também. A capacidade do autor de transformar pequenos momentos em grandes com sua poesia é de se admirar, fiquei interessada em ler e conhecer mais.

    ResponderExcluir
  2. Oi Mari.
    A diagramação pelo pouco que mostrou, parece ser realmente muito bonita.
    Eu curtir bastante a premissa do livro, eu não sou muito fã de poesia não, mas também fiquei encantada com essa sinopse (pesquisei) o autor realmente saber se expressar muito bem, então o livro não poderia ficar de fora da minha lista.
    Bjs.

    ResponderExcluir
  3. Oi Mari! Não entendi muito bem do que se trata o livro, mas pela sua resenha parece ser bem interessante!

    aboutbooksandmore.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. É tão bom quando a gente acha um livro assim, que mexe com as nossas emoções e não conseguimos largar *-*
    E bonito. Parece que esse é um daqueles livros pra chamar de amigo, haha ^^
    Gostei desse jeitinho dele e pelas fotos parece ter todo um trabalho especial de edição.
    Boa dica.

    ResponderExcluir
  5. Oi Mari! Nossa percebe-se que esse livro te impactou bastante e que você realmente aprecia a leitura de poesias. Que bacana!

    ResponderExcluir
  6. Não sou fã de poesias mas esse parece tão maravilhoso e intenso que fiquei com vontade de ler.
    A diagramação e a capa também estão muito bonitas a editora fez um belo trabalho.

    ResponderExcluir
  7. Oi Mariana ;)
    Estou me habituando a ler mais poesias, então obrigada pela indicação!
    Acho muito legal quando paramos um pouco e pensamos com o livro que estamos lendo é incrível *-*
    Realmente alguns livros de poesia são como caixinhas de surpresa, como você disse.
    Adorei os desenhos dentro do livro, e amei saber que você favoritou... me motivei mais ainda a ler ;)
    Bjos

    ResponderExcluir
  8. Oi Mari
    Que bom que você amou o livro! Livro de poesia é o gênero que me surpreende muito pela jogada de palavras. Uma letra a frase se torna cheia de sentido e significado. Amo mesmo.
    Essa ultima foto, me lembrou um livro de poesia que minha amiga lançou a uns 3 anos. Seja O Que Flor, é o nome do livro e é uma história poética sobre fadas e seres fantásticos. Achei a personificação dela e vou até indicar pra ela o livro.
    Adorei o pouco que vi do livro!
    bjuss

    ResponderExcluir
  9. Olá, Mariana!

    Esse livro é bem diferente. Trabalha a poesia não só no texto, mas também na forma como ele é apresentado. Fontes diferentes, jogos de sentido. Esse Andre Solidão não vai deixar a gente solitário com seus poemas! Não mesmo!

    Um abraço!

    ResponderExcluir
  10. Oi Mariana, tudo bem?
    Queria muito ser uma apreciadora de poesias, mas infelizmente ainda não rola para mim. Acho que não tenho a sensibilidade necessária para ler e me emocionar com aqueles versos. Achei a capa bem bonita, e um dia quando eu estiver mais habituada a este gênero vou querer conferir.
    Beijos

    ResponderExcluir
  11. Mariana!
    Sou uma eterna apaixonada pelos poemas e ver um livro tão bem estruturado e com versos que tocam nosso coração e modificam nossa forma de enxergar o mundo que vivemos, deve ser uma delícia de ler.
    Bom feriado!
    “Saber envelhecer é a grande sabedoria da vida.” (Henri Amiel)
    Cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA DE JUNHO 3 livros, 3 ganhadores, participem.
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Oi, Mariana
    Não tem como não ficar curiosa depois dessas palavras sobre o livro. Ainda mais hoje que estou meio dramática depois de terminar um livro deprê rs.
    Adoro poesias e ainda mais sendo tao lindas e vívidas. Gostaria de ler.

    ResponderExcluir
  13. Oi, Mari!!
    Não gosto muito de livros de poesia mas adorei a indicação!! Quem sabe não consigo ler.
    Bjoss

    ResponderExcluir
  14. Oi Mariana,
    Não sou de ler poesias mas tá aí um livro que pegaria para ler com muito prazer! Que livro mais lindo ♡ fiquei encantada com a sua resenha, você conseguiu despertar completamente o meu interesse por esse gênero, que aliás, foge da minha zona de conforto.
    Anotei o título, vai ser uma das minhas leituras obrigatórias, também espero me surpreender com esses poemas.
    Me apaixonei pela diagramação *-*
    Beijos

    ResponderExcluir
  15. Oi, Mariana!
    O Silêncio que ficou entre NÓS te encanto mesmo, né? E a capa é mesmo linda, assim como a difamação parece ser também, aliás, as fotos ficaram lindas... mas confesso que não me interessei por O Silêncio que ficou entre NÓS e por isso não é um livro que eu pretendo ler... Mas eu amei sua resenha, parabéns!
    Abraços.

    ResponderExcluir
  16. Hà muito tempo que não leio poesia, na realidade so lia os que eram cobrados no vestibular. Kkkk
    Gostei do que foi falado sobre o livro, desperta uma curiosidade, mesmo não entendendo muito bem do que se trata o livro, mesmo assim leria com facilidade.

    ResponderExcluir
  17. Oi Mariana. Que bom que tu se encantou pelo livro! Eu queria muito gostar de poesias também hahah Achei o livro lindo! Principalmente as imagens! Com certeza deve ser um livro maravilhoso para se ter na estante. Beijoss

    ResponderExcluir
  18. Caroline Andrade10/07/2017 09:12

    Oi Mari, estava ''andando'' pela internet quando vi sua página. Também já li o livro e tive a mesma reação que a sua: ''É uma poesia mais inteligente e mais singular que a outra, gente! Essa humilde leitora teve que parar um pouco com o correr das páginas pra dizer: "Poxa! Isso é incrível! Quero mais." e foi assim até o fim.'' foi exatamente o que senti. Eu parava para digerir palavra por palavra e entender qual era o sentimento da vez. Livro com poesias muito lindas e que passam um sentimento verdadeiro. Parabéns pela resenha. Bjs.

    ResponderExcluir

Gostou da postagem? Deixe um comentário. Se não gostou, comente também e deixe a sua opinião.
Se tiver um blog deixe o endereço e retribuiremos a visita.
Aproveite e se inscreva nas promoções e concorra a diversos prêmios.