Resenha: Os Goonies


Never say die!

Eu estava pouco interessado nos livros que ainda tenho para ler, então resolvi reler Os Goonies porque sabia se tratar uma leitura de fácil fluir. Em toda minha vida leitora é apenas a segunda vez que eu releio um livro. Sério! Tenho muita dificuldade em fazer isso.

Os Goonies conta a história de alguns amigos cujos pais estão a ponto de perder a casa onde moram para um clube que pretende destruí-las para construir um campo de golfe.
Motivados por um estranho mapa e alguns enigmas, as crianças se jogam em uma aventura em busca de um tesouro há muito perdido nos interiores das terras que habitam.
Lugares estranhos, monstros gigantes, armadilhas, pessoas malvadas, um amigo incomum e muitos tesouros os esperam nas entranhas da Terra.
A história é divertida, misturando ação com pitadas de comédia. É simples, fácil, e de uma leitura bem gostosa.

O livro é claramente destinado para um público bem infanto-juvenil. Mais para infanto do que juvenil rsrs. A história é narrada por Mikey Walsh, um garoto de 13 anos, ou seja, a linguagem e o estilo narrativo desenvolvem-se a fim de atingir todas as faixas etárias leitoras, principalmente as menores. As gírias usadas são bastante conhecidas e quando surge alguma palavra um pouco mais elaborada, o próprio narrador faz questão de explicar seu significado.

O âmago da coisa, porém, está muito além de uma história de aventura e caça ao tesouro.
A princípio, a aventura começa com os quatro inseparáveis amigos. Posteriormente, incrementam o grupo mais três adolescentes, um pouco mais velhos. Aos poucos, contornando obstáculos e superando os desafios encontrados, os sete amigos (assim como o leitor) vão entendendo o que realmente significa a amizade; que um aperto de mão, um abraço e umas palavras carinhosas são mais do que simples gestos.

Há um pano de fundo bem interessante, que nos faz refletir sobre a importância de cada um, seja onde for. Para superar tudo o que passaram, todos deram sua contribuição. Não fosse pela persistência de Mikey, pelas invenções malucas de Dado, pela fome do Gordo, ou mesmo pelos seis meses de aulas chatas de piano da Andy, eles nunca teriam conseguido chegar onde chegaram!

Nas palavras do próprio Spielberg "Os Goonies, na verdade, é uma história sobre amizade, sobre manter-se unido. O sonho de toda criança é estar no controle do seu próprio destino, ainda que apenas por um sábado à tarde. Não seria incrível nunca perdermos esse sonho? A verdadeira magia dessa história está sobretudo naquilo que eles se tornam uns para os outros, de uma maneira muito especial".

É difícil dar menos de cinco estrelas, uma vez que é tudo impecável. O enredo, o conteúdo, as entrelinhas da história. Sem contar que o livro é lindo, vem um mapa (pôster) lindo igual e que esse é um dos poucos livros da DarkSide que não tem erros gramaticais.

Título: Os Goonies (The Goonies)
Autor: James Kahn
Editora: DarkSide
Páginas: 240
Ano: 2012

8 Revelaram sentimentos:

  1. Olá Marcos, tudo bem?
    Sempre vi este livro nos sites de livros, mas nunca tive interesse em saber do que se trata por causa da capa que não me atraía (sim, sou dessas). A capa não era esta, era uma outra que eu achava bem feinha, e por sinal esta capa é maravilhosa. Adoro estórias narradas por crianças, acho que fica mais verdadeiro os relatos dos personagens. Adorei esta premissa, e esta amizade realmente parece ser bem forte. Já quero ler.
    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Esse livro parece ser tão legal! Gostei da história dele e o que mais me chama atenção é essa importância que dão à amizade, como a trama reforça isso. É bonito. Tem aventura, tem esse tom mais juvenil e uma trama que parece encantar. Tudo nele me deixou bem animada, parece valer a pena.
    Acho que iria gostar muito se lesse.

    ResponderExcluir
  3. OI, Marcos
    A premissa desse livro realmente é interessante. Todos também sempre elogiam. EU confesso que nunca fui muito atraída a ler, mas não descarto essa possibilidade. Contente que fez uma releitura e mesmo continuou amando. É difícil mesmo, na maioria das vezes, nós relermos.

    Livros, vamos devorá-los

    ResponderExcluir
  4. Ai que fofura! E é da DarkSide!
    Deve ser uma leitura bem gostosa mesmo, narrado por uma pessoa de 13 anos, é lindo a mensagem que ele traz. Excelente resenha :De
    Beijos ❤
    Jardim de Palavras

    ResponderExcluir
  5. Que premissa mais linda s2
    Amo livros infanto-juvenil. Tanto que às vezes deixo de comprar um livro que estou querendo demais para comprar um livro do gênero.
    Eles consegue trazer esse significado de amizade, união com uma simplicidade que me deixa maravilhada.
    Gostei muito da história do grupo de amigos que vão se aventurando e descobrindo o valor das coisas e dos sentimentos.
    Com certeza vou dar uma conferida *-*
    Até mais, Marcos!

    ResponderExcluir
  6. Olá, Marcos!

    É também difícil para mim reler livros, apesar de que chego ao ponto de reler trechos que eu mais goste.
    Goonies é um clássico do cinema e tenho que ver um dia desses. E como muitos clássicos dos anos 80, a lição maior aqui é a força da amizade e como ela nos impulsiona para ir mais longe.

    Um abraço!

    ResponderExcluir
  7. Oi Marcos ;)
    Nunca li Os Goonies, mas sempre ouvia falar e tinha interesse de ler. Tão bom quando amamos tanto um livro que da sempre vontade de reler né?
    Adorei essa edição da Darkside e amo histórias de aventura e caça ao tesouro! Tem tudo para eu gostar do livro, já add a lista de leitura!
    Muito obrigada pela indicação ;)
    Abç

    ResponderExcluir
  8. Ainda não consegui reler nenhum livro, não da tempo kk. Assisti o filme e gostei e quero ler o livro deve ser bem divertido e a amizade dos personagens é muito bonita e gosto de juvenis nos passam lições para refletirmos e tem alguns que são muito bons.

    ResponderExcluir

Gostou da postagem? Deixe um comentário. Se não gostou, comente também e deixe a sua opinião.
Se tiver um blog deixe o endereço e retribuiremos a visita.
Aproveite e se inscreva nas promoções e concorra a diversos prêmios.