Resenha: Mãe sem manual


Nunca me imaginei lendo um livro sobre gravidez e como é ser mãe. Recebi o livro da editora Belas Letras e resolvi embarcar na obra.

A gravidez é sinônimo de alegria e, conforme a autora escreve, de bem-aventurança. Este livro vai abordar as experiências vivenciadas pela autora desde o momento que soube da sua gravidez até o aniversário do pequeno. Além de nos contar um pouco da sua história, Rita vai nos ensinar as verdades e os mitos do período da gestação.


Muitos viram os olhos para o parto normal e é exatamente esse assunto tabu que a autora prima por abordar de forma clara, dizendo os benefícios dele à mulher. A autora conta como foi o seu parto e as diversas situações passadas em sua decisão.

O livro me fez imaginar como seria ter uma vida de mãe. Como seria acordar e descobrir que, de agora em diante, eu teria uma responsabilidade a mais. Ainda, fiquei me perguntando os processos difíceis passados pela minha mãe e todos os problemas enfrentados (iniciando pelo parto) para dar o melhor dela para mim.


A linguagem é bem fácil e acessível. A leitura é veloz e as ilustrações proporcionam maior comodidade. Senti falta apenas de algo mais técnico, mais profissional. Parecia um livro de alguma blogueira ou Youtuber, em que não existia nada cientificamente comprovado, apenas algumas informações “de boca” e acaba por aí.

Para os leigos, assim como eu, o livro é uma ótima ferramenta para conhecermos sobre esse mundo tão diferente e necessário para as mulheres que desejam engravidar.

Não é um livro que vou indicar, tampouco faria o contrário. Para quem tiver interesse, certamente vai agradar.

Outras fotos:




 

Título: Mãe sem manual (exemplar cedido pela editora)
Autora: Rita Lisauskas
Editora: Belas Letras
Páginas: 112
Ano: 2017

12 Revelaram sentimentos:

  1. Olá,
    Não conhecia o livro, mas parece ser bem interessante para quem gosta ou está procurando livros no tema.
    Bjs e uma ótima noite!
    Diário dos Livros
    Siga o Instagram

    ResponderExcluir
  2. Oi Natalia, tudo bom?
    Que livro fofo!!
    Nunca tinha ouvido falar dele.
    E acho que é um tipo de livro importante que todas as mulheres que desejam ser mães lerem!!

    Beijos :*

    Say My Book

    Siga o Instagram

    ResponderExcluir
  3. Não é um livro que leria fácil, mas parece bom pra quem está entrando nesse mundo ou quem quiser conhecer um pouco melhor as coisas que a mulher passa. Já tive meu gostinho indireto do que é ser mãe por ter uma irmã menor e seeeenhor! Não é fácil viu xD

    ResponderExcluir
  4. Esse livro fala da maternidade de forma muito romantizada? Pois não é só romance, mas a gente acaba romantizando quando começar a falar dos filhos. :)

    www.linguafeminina.com.br

    ResponderExcluir
  5. Oi, Natalia!
    Eu não sou muito chegada nesse assunto haha Já fiz um trabalho da faculdade que falava sobre parto natural e juro que isso só me fez querer mais ainda uma cesária haha
    Mas é legal para quem gosta do tema, né?
    Beijinhos,

    Galáxia dos Desejos

    ResponderExcluir
  6. Oi Natalia, tudo bem?
    Ainda não conhecia o livro, mas a proposta me pareceu interessante.

    *bye*
    Marla Almeida
    http://loucaporromances.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Natália!
    Deve ser um livro bem instrutivo para quem vai ser mãe ou está grávida, ainda mais com uma edição tão linda, ilustratada e colorida.
    Quem sabe quando as minhas filhotas engravidarem (e espero que seja logo, porque quero ser avó), compre para presenteá-las?!...
    Um final de semana de muita inspiração e paz no coração!
    “Eis um teste para saber se você terminou sua missão na Terra: se você está vivo, não terminou.” (Richard Bach)
    Cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
  8. Ta ai um livro que jamais leria, só de ler a palavra "gravidez" fico assustada, prefiro ignorar a existência desse assunto pelo menos por alguns anos hahaha quem sabe no futuro (distante).

    ResponderExcluir
  9. Oi! Apesar de não ser o tipo de leitura que estou precisando no momento (por longos anos na verdade), achei o livro super bonitinho e descontraído. Deve ser bem legal para quem está passando por isso. Que legal também que a autora fala sobre o tabu de parto normal (assunto que eu não entendo o pq de ser um tabu). Beijos

    ResponderExcluir
  10. Pra quem ainda não tem filhos deve ser interessante para se preparar para esse momento tão importante na vida da mulher, mas para mim que já tenho dois acho que não interessaria, torci para que meu parto fosse normal, que acho bem melhor, mas infelizmente não foram.

    ResponderExcluir
  11. Olá, Natália!

    Achei que conheço a Rita de algum programa no GNT, mas não me lembro qual (e olha que sou boa de me lembrar de programas de TV)! Mas o livro parece se um tipo de biografia e dicas voltadas para a gravidez a partir do que ela viveu. Não é ruim por esse ponto de vista, já que é mais fácil você se identificar assim por esse modo de escrita que os famosos livros técnicos. Mas se ela usou dados de estudos e outros livros, seria bom ter feito uma bibliografia no fim do livro para que,ao menos, as pessoas saibam que ela tirou essas informações de fontes sérias e sem precisar mudar o modo de escrever o livro.

    Um abraço!


    ResponderExcluir
  12. Oi, Natália!
    O livro sem dúvida deve agradar as mães de primeira viagem!! Amei as fotos!
    Bjoss

    ResponderExcluir

Gostou da postagem? Deixe um comentário. Se não gostou, comente também e deixe a sua opinião.
Se tiver um blog deixe o endereço e retribuiremos a visita.
Aproveite e se inscreva nas promoções e concorra a diversos prêmios.