Resenha: Ruínas de Gorlan


Olá pessoal,
Um pouco cansada de livros tristes e pesados, resolvi voltar para minha antiga paixão: os livros de aventura e fantasia. E posso afirmar que, com certeza, foi uma excelente volta.

Will é órfão e devido a isso foi criado no castelo como um dos protegidos do barão, que resolveu acolher a criar aquelas crianças cujos pais morreram na grande batalha onde o mal foi vencido.

Ao atingir certa idade, essas crianças precisam escolher um ofício, elas têm esse privilégio, pois as demais crianças do povoado só podem fazer isso caso tenham destaque na escola, ou por influência de familiares, caso contrário vão todas trabalhar nas plantações.


Will sempre quis ir para a Escola de Guerra, pois acredita que seu pai foi um grande guerreiro morto na batalha. Porém, quando chega o grande dia, Will é recusado por ser um garoto muito pequeno. É então, misteriosamente, aceito na Ordem dos Arqueiros e o seu treinamento se inicia. Seu professor é Halt, um arqueiro muito misterioso e que quase não sorri.

Durante a estadia do castelo, Will teve um rival: o grande Horace. Um rapaz robusto e alto, que sempre fazia de Will seu saco de pancadas. Horace foi aceito na Escola de Guerra conforme sua vontade, e lá ele está provando do seu próprio veneno: virou o alvo de três valentões que pegam pesado em suas punições.

Devido a um acontecimento, Will e Horace ficam cara a cara e, com isso, a chance de paz surge. Horace percebe que durante toda a sua vida Will era aliado e não um inimigo.


Com o tempo e o treinamento adequado, Will se torna um excelente aprendiz de arqueiro, mas o treinamento é interrompido por uma ameaça de guerra. O mal está novamente reunindo forças para um ataque, e uma antiga ameaça mortal ressurge: os Kalkaras. Bestas difíceis de matar, que te paralisam com o olhar, mas que tem um ponto fraco: o fogo.

Fui sem grandes expectativas e confesso que me diverti muito com a leitura desse livro. Pretendo pegar o segundo volume em breve. Uma aventura jovem, muito bem escrita e sem enrolações.
Abraços.

Quotes:
“Que estranho, as pessoas raramente olham para cima”.

“Quando você superar um homem, nunca se vanglorie. Seja generoso e encontre alguma coisa nas ações dele para elogiar. Ele não vai gostar de ser vencido, mas vai enfrentar o fato com coragem. Mostre que você gostou do que ele fez. Elogios podem lhe conseguir um amigo. Divertir-se com a desgraça dos outros só cria inimigos”.

Título: Ruínas de Gorlan
Autor: John Flanagan
Editora: Fundamento
Páginas: 239
Ano: 2009

14 Revelaram sentimentos:

  1. Tenho este livro, porém após ler algumas resenhas confesso que a estória em si não havia me chamado a atenção, no entanto, agora me deparando com sua descrição sobre a estória, até que fiquei interessada na leitura. Pois me pareceu ser uma leitura divertida e cativando, onde vai haver batalhas sobre o mal, e uma criança que vai ser aprendiz de arqueiro, e aprendera se defender dos rivais.

    ResponderExcluir
  2. Quero ler esse livro parece ser uma leitura bem agradável e gostei por não ter enrolações que acaba deixando a leitura cansativa. Fiquei feliz por Horace sentir na pele o que ele fazia com o personagem, acho que só assim aprendeu a lição.

    ResponderExcluir
  3. É uma saga que quero ler. Ficava na duvida se valia a pena, mas agora confirmei que quero ler um dia kkkk

    ResponderExcluir
  4. Silvana!
    Também passei um tempo sem ler livros tristes e deprimentes, ando preferindo leituras como essa, que trazem uma fantasia bem construida e muita aventura, onde podemos nos divertir com os personagens e acompanhar seu desenvolvimento durante toda trama.
    Uma semana de alegrias.
    “A sabedoria é um adorno na prosperidade e um refúgio na adversidade.” (Aristóteles)
    Cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA DE SETEMBRO 3 livros, 3 ganhadores, participem.

    ResponderExcluir
  5. Oi Silvana, tudo bem?
    Já ouvi a Tamirez do Resenhando Sonhos falando muito bem desta serie, e eu fiquei até curiosa para conhecer, mas o que me desanimou um pouco é a quantidade de livros que tem. Se não me engano são mais de 8 livros e isso me deu uma preguicinha só de pensar que vou ter que ler tantos livros para descobrir o que acontece.
    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Gostei muito da premissa do livro já que é gênero que gosto muito. Gostei mais ainda de ser um livro sem enrolação as vezes lviros de fantasia acabam se perdendo um pouco.
    É uma pena que ele seja uma serie as vezes fico com preguiça disso e já estou lendo uma no momento, mas quem sabe no futuro eu não leia.

    ResponderExcluir
  7. Olá, Silvana!

    Já conhecia essa série Rangers devido aos comerciais que passavam no Disney Channel e Disney XD com a voz do Márcio Seixas (quem já tem mais de 20 anos já ouviu esse dublador várias vezes na vida).
    É uma serie longa e tinha visto algumas resenhas dos últimos livros da série. Fiquei curiosa com como essa batalha que ocorre antes do início da história afetou a todos e como Will, mesmo desejando estar na escola de guerreiros, acabou por se tornar um aprendiz de arqueiro, porque, a principio, ele tinha o direito de escolher a profissão que quer. É como se o destino ou uma força maior nessa trama controladas o destino dele, sabendo que seria mais útil como arqueiro do que como guerreiro. E também tem o tratamento dado ao Bullying na trama, com o Horace vivendo os dois lados e sentindo na pele o quão ruim o bullying é para quem o sofre.

    Um abraço!

    ResponderExcluir
  8. Estou querendo ler essa saga há muito tempo, mas ainda não tive a oportunidade de lê-la. Gosto muito deste gênero de leitura, é algo que estou sempre à procura. Por ser uma série bem extensa não sei se eu vou conseguir ler todos os livros, infelizmente. Mas quero muito ler!
    Adorei a resenha, beijos.

    ResponderExcluir
  9. Que livro agradàvel de ler. Não conhecia, parece ser adolescente, mas curto muitos livros nesse estilo. Com certeza vou procurar para comprar.

    ResponderExcluir
  10. Legal! Adorei a renda e vou atrás desse livro!

    ResponderExcluir
  11. Morro de vontade de ler essa série, até hoje não sabia absolutamente nada sobre a história, sabe quando você só olha para um livro e pensa: "tenho que ler isso ou minha vida nunca estará completa"? Foi mais ou menos isso, ainda não li somente por causa do tanto de livros que ela tem, mas depois da resenha, me empolguei mais ainda e espero ler logo.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  12. Não dei muita atenção pra esse livro por achar ele muito jovem pra mim e por ser uma série. Mas é legal uma boa aventura e fantasia que não enrole e tenha todo aquele clima gostoso desse tipo de história. Achei legal essa relação do Will e Horace. Parece que os dois não tiveram um bom começo né, mas a coisa pode mudar e gosto muito desse tipo de "reviravolta". Acaba sendo bem interessante. Boa leitura com os próximos ^^

    ResponderExcluir
  13. Oi, Silvana!!
    Sempre é bom variar as leituras, gosto muito de livros de aventuras e esse sem dúvida foi uma boa escolha!!! Sei que essa série é enorme mais vale super a pena ler!!
    Bjoss

    ResponderExcluir
  14. Oi! Adoro uma boa fantasia, e achei o livro super interessante. Saber que uma nova guerra está se aproximando, ainda mais com essas bestas bem loucas, deve dar um friozinho na barriga durante a leitura. Adorei a dica. Uma pena ser tantos livros. Beijoss

    ResponderExcluir

Gostou da postagem? Deixe um comentário. Se não gostou, comente também e deixe a sua opinião.
Se tiver um blog deixe o endereço e retribuiremos a visita.
Aproveite e se inscreva nas promoções e concorra a diversos prêmios.