Resenha: A última Era



Fala galera boa de sempre, como estão vocês, tudo tranquilo? Ótimo, pois estou aqui para trazer mais uma resenha para vocês. É do livro A Última Era, do autor Carlos Fleury, o mesmo que escreveu 1 dia sozinho na Mundo, que temos a resenha aqui (ótimo livro, recomendo a leitura). Este livro foi de parceria também entre o autor e o nosso blog =D.

Bom, tenho que ser sincero, não sei como começar a descrever esse livro. Mas não se enganem, não estou dizendo isso de uma forma ruim, pelo contrário, o livro é muito bom. É difícil descrever a história para vocês, ele contém vários elementos interessantes, como suspense, fantasia, um pouco de terror, medieval, criaturas sobrenaturais e por aí vai.

É uma obra mais introdutória, já que é o primeiro dessa saga. Porémm, ela não é parada, o livro contém muita ação também, principalmente por parte do seu protagonista, o Victorius, ou Victor para os mais chegados. Tanto ele como seus amigos de guerra proporcionam cenas de ação muito bem feitas, lutando contra ondas de selvagens e criaturas como zumbis.


Apenas o começo do livro segue em um ritmo mais lendo, o que é comum já que é para introduzir os personagens e te fazer se situar na trama. Mas, como sempre digo nesses casos, ter um ritmo lento não é sinônimo de livro chato. O que felizmente acontece aqui, pois apesar de mais parado, o início dele é bem interessante.

Ele começa com uma jovem arqueóloga chamada Diana desenterrando um livro há muito procurado, livro esse que vocês ao lerem irão perceber rapidamente de qual se trata. Esse livro pode ser a chave para o restante da história. Ou pelo menos parte dela, pois além de Victor e seus guerreiros, e Diana e suas descobertas, temos um terceiro plot aí nesse livro, que é um plot sobre espionagem. Nele temos os pais de Diana e o de Victor envolvidos e ninguém sabe a quem eles reportam e seus objetivos maiores.

Mas, mesmo que você leitor ache que tem muita coisa para um livro só, não se preocupe. A escrita do Carlos é muito boa, de certa forma me lembra um pouco um roteiro de filme e, além de fácil de entender, é uma leitura que te prende. Talvez a única coisa que te atrapalhe no início é a quantidade de nomes dos personagens, mas logo acostuma. Assim como a trama, que se no começo você pode começar meio sem saber o caminho que ela vai tomar, mas logo ela vai juntando suas peças e você vai vendo o quadro maior.


Se fosse para fazer alguma crítica eu diria apenas que alguns capítulos eu colocaria em uma ordem diferente, acho que isso facilitaria o entendimento mais fácil da leitura, mas não é nada que atrapalhe. O ritmo como já disse é muito bom, e os personagens também, com destaque na minha opinião para quatro deles, Victor, Diana, Rulf e Arthur.

O primeiro como eu disse é o personagem principal, que carrega consigo um poder que desconhece, ou melhor, uma entidade que desconhece. Já Diana é uma mulher inteligente, com capacidades elevadas e uma forte personagem. Rulf faz parte dos dois amigos principais de Victor e é o mais novo, que apesar de ser grande e forte para seu tamanho, é um sujeito de bom coração. E, por fim, temos Arthur, que conhecemos ao longo da trama e é um sujeito no mínimo peculiar, me lembrou um pouco de Dorian Gray, mas tem umas coisas a mais aí que deixa você curioso em relação ao personagem e que dá um novo rumo à história no fim do livro.  

Para resumir, mais uma vez o autor consegue escrever uma obra muito boa e bem amarrada, que te prende, te deixa curioso e que tem todo tipo de elemento nele. Com uma escrita muito boa, essa história tem muito a ser contada ainda e espero que em breve. Recomendo, sim, o livro a qualquer um, principalmente quem gosta de fantasia e ficção. Dou 4 estrelas para ele e espero que venha mais.

Obs: É o primeiro livro com Ester Egg que leio na vida kkkk.


Título: A Última Era (exemplar cedido pelo autor)
Autor: Carlos Fleury
Editora: Selo Jovem
Páginas: 256
Ano: 2015

22 Revelaram sentimentos:

  1. Fábio, fiquei morrendo de curiosidade com esse livro. Quero!

    Beijo!
    Cores do Vício

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Pathy

      Realmente o livro na minha opinião vale a pena
      Recomendo com certeza

      Bjs

      Excluir
  2. Ainda não conhecia o livro, gostei muito da sua resenha :D

    http://submersa-em-palavras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Monyque

      Pois, recomendo a compra para que possa conhecer mais ainda kkkk

      =D

      Excluir
  3. Eu adoro fantasia e ficção Fábio e costumo gostar de vários elementos em um mesmo enredo .
    Fiquei super curiosa, quero esse livro !
    Beijos

    Www.unhasclassicasemodernas.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Juliana.

      Você vai gostar então desse livro, recomendo a compra mesmo. =D
      Se não gostar pode me cobrar depois kkkk
      Beijos

      Excluir
  4. Oi Fábio, não conheço o autor, mas acho que obras introdutórias às vezes possui mesmo um ritmo mais lento. Gostei da mescla de gênero que o livro traz, parece bem interessante.

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá

      E o bom é que essa mescla é muito bem feita, sem deixar nada confuso ou perder o sentido, é tudo muito bem construido.

      Bjs

      Excluir
  5. Parece que a escrita é boa pelo que você falou. Não é meu estilo de leitura mas adorei conhecer um pouco do livro :)

    www.vivendosentimentos.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Monique

      Que bom, sempre legal a gente conhecer livros novos =D

      Excluir
  6. Olá, tudo bem?

    Não conhecia o autor e nem o livro, mas parece ser um livro bom, embora não faça meu gênero de leitura, gostei da resenha mesmo assim.
    Te espero em meu blog! 💕
    Desvendando Segredos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Talyta

      Obrigado ^^. Quem sabe não começa a dar uma chance a livros do genero por ele? Kkkk

      Pode deixar que aparecerem por lá.

      Excluir
  7. Parece interessante e o tom de fantasia da história é algo que chama minha atenção. Isso de já começar com um livro muito procurado e como isso influencia a trama deixa a gente curioso. Não ligo muito pra um ritmo mais lendo e introdutório, acho que não seria chato mesmo porque é bom uns livros assim pra gente já ir se familiarizando com o mundo, os personagens, as situações do resto da saga e etc. E tem uma boa promessa de ação e muito pra acontecer, então já deixa a gente esperando por mais.
    Pode ser um livro muito bom de ler.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Cristiane.

      Verdade, a primeira parte do livro é mais introdutória enquanto a segunda já é mais ação pura. Eu gostei do livro e recomendo. Ainda é um livro relativamente pequeno também o que facilita.

      Excluir
  8. Parece ser uma historia interessante tem muitos elementos que gosto principalmente criaturas sobrenaturais, adoro ação também, mesmo que o começo seja lento acho depois deve ser mais ágil devido a ação aos zumbis. Parece que foi uma trama bem elaborada daquelas que envolve o leitor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Maria

      Sim, é o tipo de leitura que você gosta. Te recomendo esse livro com certeza.

      Excluir
  9. Não gosto de ficção mas amo fantasia e fico muito feliz em ver autor nacional escrevendo livros do gênero pq geralmente isso não acontece.
    Eu gostei muito da resenha e fiquei com vontade de ler mas acho que vou deixar mais pra frente pq agora está complicado para mim.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Maíra.

      Na verdade existe uma grande quantidade de autores nacionais que escrevem fantasia. O problema é que poucas editoras davam oportunidade a eles, geralmente apenas editoras pequenas, então fica difícil a gente conhecer o trabalho deles. Mas agora parece que o mercado está começando a mudar e editoras grandes estão começando a dar valor a escritores nacionais. Tem muitos ai com obras muito boas, essa mesmo vale muito a pena a leitura.

      Excluir
  10. Fábio!
    Para mim, nem precisava falar mais nada, só em ver que o livro traz suspense, fantasia, um pouco de terror, medieval, criaturas sobrenaturais e é um livro cheio de ação, já me bastaria...mas, ver sua análise, fez com que me interessasse ainda mais em poder fazer a leitura.
    Uma semaninha abençoada na paz do Senhor e FELIZ NATAL!
    “Celebrar o Natal é crer na força do amor, é isto que transforma o homem e o mundo. Feliz Natal!” (Desconhecido)
    cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA dezembro 3 livros + 2 Kits papelaria, 4 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Rudynalva

      Obrigado =D. Pois então digo para fazer a leitura dessa obra, não perca a chance. =D

      Excluir
  11. Bom, não conhecia o autor e sua obra. Quando a história começa lenta (não gosto), me cansa e geralmente, eu paro de ler e deixo pra ler depois... É um livro com um toque de mistério, né?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Daiane.

      Eu entendo, um começo lento as vezes não te prende, mas esse é um que na verdade continua te deixando curioso, vale a pena. Sim a obra tem um toque de mistério bem legal.

      Excluir

Gostou da postagem? Deixe um comentário. Se não gostou, comente também e deixe a sua opinião.
Se tiver um blog deixe o endereço e retribuiremos a visita.
Aproveite e se inscreva nas promoções e concorra a diversos prêmios.