10 anos de Breaking Bad

“Eu sou o perigo. Um cara abre a porta e leva um tiro, e você pensa que esse cara sou eu? Não. Eu sou aquele que bate na porta.” (Walt)
Hoje a série Breaking Bad completa 10 anos, nada mais justo aos fãs do que oferecer um tributo a uma das melhores séries que já existiu na TV.

Sinopse:
Walter White (Bryan Cranston) é um professor de química na casa dos 50 anos que trabalha em uma escola secundária no Novo México. Para atender às necessidades de Skyler (Anna Gunn), sua esposa grávida, e Walt Junior (RJ Mitte), seu filho deficiente físico, ele tem que trabalhar duplamente. Sua vida fica ainda mais complicada quando descobre que está sofrendo de um câncer de pulmão incurável. Para aumentar rapidamente a quantidade de dinheiro que deixaria para sua família após sua morte, Walter usa seu conhecimento de química para fazer e vender metanfetamina, uma droga sintética. Ele conta com a ajuda do ex-aluno e pequeno traficante Jesse (Aaron Paul) e enfrenta vários desafios, incluindo o fato de seu concunhado ser um importante nome dentro da Agência Anti-drogas da região.

Há vários aspectos em Breaking Bad que a fazem uma das mais marcantes e aclamadas entre Geeks e Nerds. Um dos principais que podemos começar dissertando é a incrível transformação do protagonista de um estágio primordial, como um professor pacato, de química do ensino médio, a um temido chefe “badass” do tráfico de metanfetamina.



A série é rica em detalhes, um deles é a presença das cores dos personagens – o que pode parecer algo simples para qualquer um que está assistindo, porém, lá é algo que tem significados distintos. Walter White inicia a sua trajetória usando cores mais brandas, como verde claro, amarelo e, à medida que vai se apossando do seu pseudônimo, o tom fica mais escuro, chegando até mesmo ao preto. Nesse ponto, é interessante citar que a série é baseada na teoria das cores do filósofo alemão, Goethe. Por isso que o nome do personagem é White, ele passa por todas as cores, pois, como sabemos, o branco é a junção de todas elas.
“Você é um homem rico agora. E um cara deve aprender a ser rico. Pobre todo mundo consegue ser.” (Gus)
Jesse Pinkman, seu parceiro inseparável, é uma espécie de antítese de Walter White. Enquanto o protagonista é por fora uma pessoa totalmente imaculada, “boazinha”; por dentro ele esconde um ser humano muito maléfico e destruidor. Em contrapartida, Pinkman parece ser um viciado, sem perspectiva de futuro, um verdadeiro marginal, mas, por dentro, é uma pessoa muito boa, que chega até a ser um rapaz ingênuo demais e sofre as consequências por isso. Esses detalhes são para mostrar que as aparências nem sempre são verdadeiras.


Até que ponto uma pessoa é capaz de deixar de lado as suas conquistas para adquirir dinheiro através das drogas? O que faz uma pessoa, aparentemente controlada e de família, se deixar levar pela ganância?
“Encarar a morte muda uma pessoa. Você não acha?” (Marie)
O interessante de ser observado (e dito) é que a série prima por prender o telespectador em lançar cenas de acontecimentos futuros de forma prévia. Ou seja, ficamos indagando o que surgiu antes para entendermos aquele fato futuro. Um exemplo claro disso é quando, no início de um episódio, aparecem corpos sendo cobertos e, obviamente, não sabemos quem são nem tampouco como surgiram ali, apenas será desvendado no decorrer da temporada – o que torna o suspense ainda maior.


A série possui, notoriamente, um apelo dramático muito forte, principalmente no momento em que o Walter White está com câncer e começa a produzir a droga. Ele passa a mentir muito para a família, isso nitidamente a desestrutura. E, para piorar, Skyler ainda está grávida!

Apesar do lado dramático, em diversos momentos é possível dar boas risadas com os diálogos entre Pinkman e White, como também quando surge o melhor advogado para te livrar de um flagrante que, aos olhos de qualquer um, não teria a menor chance de absolvição – estamos falando do hilário Saul Goodman.

Há muitas coisas para falarmos sobre BrBa, porém, vamos finalizar falando sobre o seu lado intelectual, que é algo impecável. Desde o início ela nos faz refletir sobre o lado humano: caráter, personalidade, ambição, compaixão, humildade, orgulho, entre outros. Além do mais, para quem não entende nada da matéria de química, a série se torna uma verdadeira “aula que o seu professor não ousaria lhe ensinar”. Entretanto, não se enganem, não é nada enfadonho.


“Tecnicamente, química é o estudo da matéria. Mas eu prefiro vê-la como o estudo da mudança. É o crescimento, a decadência e, então, a transformação.” (Walt)
Em BrBa temos um grande aprendizado de como funciona o comércio das drogas, desde a sua fabricação, distribuição, comercialização e seu uso. Aprendemos também como funciona o mundo dos cartéis, lavagem de dinheiro e as estratégias policiais para combatê-las.

Se você nunca assistiu, essa é a sua oportunidade para conhecer uma das melhores séries de todos os tempos. E, se você já assistiu, faça como nós, assista novamente em comemoração aos 10 anos de série, relembrando e apreciando cada detalhe.


Para quem não sabe, a DarkSide publicou o livro com depoimentos do elenco e da equipe; segredos por trás das câmeras; sinopses dos 62 episódios; citações matadoras; perfis dos inesquecíveis personagens; plantas-baixas de cenários e locações; a coleção dos veículos usados em cena; reprodução de materiais promocionais e colecionáveis, além de mais de trezentas fotos oficiais, muitas delas inéditas. Com exceção da fórmula secreta dos cristais azuis de Heisenberg, não falta mesmo nada. E nem poderia ser diferente. Acesse aqui e adquira o seu.
“Se você me matar, não terá nada. Se você matar o Jesse, não terá a mim.” (Walt)
Outras fotos:





 

Título: Breaking Bad
Diretor: Vince Gilligan
Temporadas: 05
Data de estreia: 20 de janeiro de 2008

12 Revelaram sentimentos:

  1. Olá, Natalia.
    Não sei porque nunca me interessei em assistir essa série. Mas gostei bastante da sua postagem, foi uma homenagem mesmo. E não sabia sobre esse livro da DarkSide, para os fãs da série deve ser um ótimo livro.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  2. Oi
    eu cheguei a ver uns episódios na record, mas confesso que nunca me interessei muito pela essa série, mas legal que está comemorando essa data para o fans, curti o poste.

    momentocrivelli.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Natália!
    Acompanhei a série por muito tempo e realmente é bem construída, as personagens bem elaboradas e o plot inteligente.
    Não sabia que tinha o livro da DarkSide, fiquei interessada.
    Parabéns pelos 10 anos da série.
    Desejo um ótimo final de semana!
    “Bem aventurados os que mudam suas atitudes sem esperar um ano novo.” (Desconhecido)
    cheirinhos
    Rudy
    1º TOP COMENTARISTA do ano 3 livros + Kit de papelaria, 3 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir
  4. 10 anos, já o.O
    Acredita que nunca assisti?! Não é por falta de vontade, é de tempo mesmo hehehe. Vou ver se assisto logo enquanto ainda estou de férias =D

    ResponderExcluir
  5. ainda não acabei de ver a série
    http://retromaggie.blogspot.pt

    ResponderExcluir
  6. Que vergonha! Mas eu nunca terminei de ver a série, é um enredo que não me prende, nunca consigo me apegar, sabe?
    Acho que não é para mim :(
    Beijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. A segunda melhor série da história. Linda homenagem

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahaha.
      E me tire essa dúvida... Qual a primeira? Para mim continua sendo BrBa rs.

      Muito obrigada <3

      Excluir
  8. Assisti a série faz pouco tempo, achei legal, mas confesso que esperava mais devido a muitos elogios acho que criei muita expectativa, mas gostei, me diverti muito com o Walt e Jesse eles eram hilários juntos, gostei também do advogado que figura, é muito interessante as aulas do Walt sobre as drogas e a química.

    ResponderExcluir
  9. Oi, Naty!!
    Amei as fotos ficaram lindas demais, mas infelizmente não assistir nada da série Breaking Bad, então fiquei meio que me sentindo um peixe fora d'água.
    Bjoss

    ResponderExcluir

Gostou da postagem? Deixe um comentário. Se não gostou, comente também e deixe a sua opinião.
Se tiver um blog deixe o endereço e retribuiremos a visita.
Aproveite e se inscreva nas promoções e concorra a diversos prêmios.