16 janeiro 2018

Resenha: O mundo não vai acabar


Olá,
Antes do ano acabar, ainda consegui concluir a leitura do livro O mundo não vai acabar, da brasileira Tatiana Salem Levy. A autora é colunista no jornal Valor Econômico, e o livro é um compilado de alguns dos seus artigos postados lá.

Que o mundo está um caos todos nós concordamos; que as coisas estão cada vez piores, também. Tatiana afirma, porém, que o mundo não vai acabar. Que apesar das barbaridades que vemos por aí, o mundo vai permanecer. A humanidade está passando por uma fase de transição, que ela não necessariamente é positiva, mas que definitivamente ventos de mudança estão varrendo o nosso planeta Terra.



Em alguns dos seus textos, a autora menciona que tecnologicamente a humanidade está caminhando em frente, porém, que estamos regredindo como pessoas. Fechando as portas para os Sírios, elegendo Donald Trump, pregando o preconceito e a violência e assistindo ao espetáculo jihadista de decapitação pela internet. Quanto a esse último, temos um capítulo dedicado à reflexão da nossa responsabilidade como espectadores. A autora afirma que se não houvesse ibope, provavelmente não haveria decapitação pública. Que talvez aquele assassinato não fosse ocorrer naquela hora, daquela forma, por isso aponta o dedo na nossa cara e faz pensar sobre o quanto podemos ter culpa assistindo aquilo.

Temos várias outras abordagens, como o estupro, o feminismo, o preconceito racial, preconceito sexual, o fanatismo religioso e a ditadura militar no Brasil. Sobre este último, a autora menciona o autor Bernardo Kucinski, que teve sua irmã morta pela ditadura no Brasil. Este Brasil que nunca assumiu a morte dela, que nunca lhe devolveu o corpo para um funeral devido. Cita o livro K., do mesmo autor, onde a mesma história é contada, porém, por personagens fictícios. Esse livro aliás já entrou pra minha wish list, pois deve ser uma história muito sensível.

Quando o assunto é fanatismo religioso, ela também nos dá uma dica interessante, o livro Como curar um fanático, onde o autor Amós Oz reflete com clareza e senso de humor sobre a essência e a cura para o fanatismo. Este também acabou indo pra minha lista de desejados. A autora, leitora desde a infância, cita vários outros livros que servem de exemplo para seus textos. Confesso que anotei algumas dicas muito interessantes. Mas confesso também que não concordo com todas as coisas que a autora expôs politicamente, mas não vou entrar nesse assunto, pois pode causar certo rebuliço, o que de fato quero evitar nesse texto.

No geral, é um livro atual, muito reflexivo e interessante, trazendo questões muito importantes à baila. Infelizmente não recebeu 5 estrelas, pois certos capítulos não fizeram sentido algum para mim, não entendi a necessidade deles no livro.

É um livro curto, por isso teremos essa resenha curta. Infelizmente não posso falar de todos os artigos sem dar spoiler do conteúdo deles. Mas garanto a você leitor que é um livro que vale a pena ser conferido.
Abraços.





Título: O mundo não vai acabar (exemplar cedido pela editora).
Autor: Tatiana Salem Levy
Editora: José Olympio
Páginas: 180
Ano: 2017

11 comentários

  1. Olá, Silvana.
    Acho que esse é um livro que eu não leria. Por tratar de assuntos que estamos vivendo e como leio para fugir disso tudo, prefiro ler livros que me fazem sonhar e suspirar hehe.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  2. Não conhecia o livro e acho que não faz bem o meu género, sou mais de romances, policias, fantasia, thriller, etc... :) Beijinhos
    --
    O diário da Inês | Facebook | Instagram

    ResponderExcluir
  3. Adorei sua resenha, as fotos ficaram lindas demais! Fiquei bem curiosa pra conhecer o livro.
    Bjs!
    Meu Blog | Meu Canal

    ResponderExcluir
  4. Oi, Silvana.

    Acho que a autora tem os seus ideais para acreditar nessas teses, e eu concordo, o mundo não vai acabar. Vamos ver até quando! Talvez tudo piore, mas de fato, não significa que é o fim do mundo.

    Os temas abordados são de importância e realmente servem para nossa reflexão e até mesmo conhecimento.

    ResponderExcluir
  5. Gostei bastante do assunto abordado no livro, ainda não conhecia, mas já anotei a dica! ❤

    www.kailagarcia.com

    ResponderExcluir
  6. Nunca li nenhum livro de cunho político e social
    mas achei interessante as coisas que vc falou, queria encontrar pra ler
    concordo com a parte em que é dito que estamos regredindo, eu sempre falo que o nosso futuro nãoé alcançar um nivel mais iluminado de consciencia, o que tinhamos de conquistar com relação a direitos e liberdade nós ja conquistamos... pode parecer pessimista mas se vc observar o comportamento da massa social pode ver que a tendencia da massa tem sido uma regressão constante e é isso que teremos para os próximos anos... infelizmente!

    ResponderExcluir
  7. Olá, tudo bem?
    Não conhecia esse livro, mas a resenha é interessante, o título da obra chama a atenção.

    Te espero em meu blog!
    Beijinhos
    Blog | Facebook | Instagram

    ResponderExcluir
  8. Interessante esse livro por todos os temas atuais e como fala de muita coisa errada na nossa sociedade e no mundo. O preconceito, os políticos, as guerras e todas essas coisas assim chama atenção. E por ser curto dá uma vontade de ler também, se fosse maior não sei se teria muita coragem de pegar. Achei legal. Diferente do que tô acostumada a ler.

    ResponderExcluir
  9. Silvana!
    Acredito que seja um daqueles livros indispensáveis para leitura, para mantermos a mente aberta e ter mais uma visão sobre o caos mundial que está instalado.
    Se vai acabar o mundo? Não sei, mas creio que temos de ter esperanças e filosofar sobre os questionamentos e pontos relevantes levantados pela autora.
    Novo Ano repleto de realizações!!
    “Meta para o Ano Novo? Ser feliz!” (Desconhecido)
    cheirinhos
    Rudy
    1º TOP COMENTARISTA do ano 3 livros + Kit de papelaria, 3 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir
  10. O livro parece ser interessante, pena ter umas partes que você não ficou de acordo, dependendo acho que também não ficaria rs. Mas tem as partes boa assuntos que estão acontecendo na realidade e estão cada vez piores, quem dera se fosse uma transição e passasse logo.

    ResponderExcluir
  11. Oi, Silvana!!
    Esse não é o tipo de livro que desperta tanto a minha atenção, mas amei as fotos!! Infelizmente passo a indicação.
    Bjoss

    ResponderExcluir

Gostou da postagem? Deixe um comentário. Se não gostou, comente também e deixe a sua opinião.
Se tiver um blog deixe o endereço e retribuiremos a visita.
Aproveite e se inscreva nas promoções e concorra a diversos prêmios.