07 junho 2018

5 Motivos para ler A Incendiária


Fala galera, recentemente a Suma lançou mais um volume da BSK, ou seja, da Biblioteca Stephen King, e o Revelando Sentimentos recebeu um exemplar que será resenhado pelo Marcos. Porém, com a greve recente, os prazos de entrega atrasaram e, com isso, a resenha pode levar um tempinho para sair. Como já li, vim trazer para vocês 5 motivos do porque ler A Incendiária. Vamos lá?

1 – Biblioteca Stephen King

Bom, não posso começar de outra forma que não seja ressaltando o trabalho que a Suma vem fazendo com essa coleção. Todos os livros têm um trabalho primoroso, feitos em capa dura, com conteúdos extras, como prólogos e epílogos nunca publicados, entrevistas com Stephen King, trabalhos de capa em alto relevo e detalhes muito bem pensados e com cuidado. Isso sem contar a revisão e outros detalhes.

Em A Incendiária o trabalho não é diferente, uma capa com detalhes em alto relevo, e detalhes queimados em cada início de capítulo - o que chama muito a atenção de qualquer leitor.

2 – Enredo de filme dos anos 80

Tudo bem, esse pode parecer um motivo meio estranho já que filmes dos anos 80 podem ser considerados, hoje em dia, ultrapassados (em relação a efeitos especiais, por exemplo) para alguns. Mas sabemos que assim como uma boa música, um bom filme nunca morre. Não nasci nos anos 80, porém, sou muito fã das produções dessa época, inclusive nela os filmes de ação existiam aos montes.

O enredo de A Incendiária me lembra muito esses filmes, uma fuga incessante de um pai e uma filha que se tornam perseguidos por uma organização do governo mais secreta que a CIA, tudo isso devido ao fato de os dois possuírem dons que podem ser usados para aumentar o poder do exército e da nação dos Estados Unidos. Andy (o pai), que tem a capacidade de dar “impulsos” com a mente que o permite controlar outra pessoa, e Charlie (a filha), que, como o próprio nome do livro diz, tem a habilidade da pirocinese.

É uma história que te deixa apreensivo do começo ao fim, como estamos mais do que acostumados em livros do King.

3 – Personagens

Chega até a ser clichê elogiar os personagens escritos por King, mas é impossível não citar como um motivo a mais para a leitura. A facilidade com que nos apegamos aos personagens é incrível e muito disso se deve ao fato de que são personagens considerados comuns, uma pessoa qualquer, que poderia ser seu vizinho, sua tia ou até mesmo você, ao invés de se tratar de personagens predestinados a viver alguma profecia ou que já tenha tido anos de habilidades escondidas e etc. 

Aqui temos Charlie como uma das personagens mais amáveis escritas por King. É possível também perceber a apreensão de Andy em conseguir salvar a sua filha e ensiná-la a tentar não usar o seu poder para não causar acidentes. O leitor fica imerso nessas questões de uma forma que fica ávido em saber como eles irão se safar daquela enrascada ou o que podem fazer para sair dela ou se vão conseguir. Isso sem contar os outros personagens...

4 – O vilão

E por outros temos que falar do vilão John Rainbird. Um nativo americano alto e herói de guerra no Vietnã. Lá ele perdeu um dos olhos o que o deixa mais aterrorizante, sem contar que, além de tudo, Rainbird é um assassino de aluguel que trabalha para a Oficina (Agência secreta que quer capturar Charlie e Andy).

Olhando assim parece um vilão de filme de ação, todavia, o que o torna mais aterrorizante é que John é um psicopata, que além de matar suas vítimas ele faz olhando diretamente em seus olhos com a intenção de tentar perceber se existe algum tipo de vida após a morte. Quando fica sabendo que Charlie tem poderes, ele fica obcecado pela garotinha, querendo fazer de tudo para ganhar a amizade dela com a intenção de, no fim, matá-la e finalmente conseguir ver o que existe além da morte. 

Rainbird é um sujeito bem sinistro e macabro. Um dos vilões mais memoráveis do King.

5 – King

Por fim, como último motivo eu acabo voltando para um clichê... O autor. Como fã de carteirinha do cara sou meio suspeito para falar dele, mas venho para destacar dois fatores em relação a esse livro.

Primeiro que King é conhecido no mundo todo como autor de livros de terror, mas com A Incendiária ele mostra que terror é apenas umas das vertentes que ele domina, pois na verdade King não é autor de terror, King é autor...

Aqui ele mostra como domina vários gêneros, sendo o deste livro: a ficção. Como já disse antes, o livro tem uma aparência de filme dos anos 80, mas também lembra um pouco de X-men, com pessoas com poderes, perseguidas por serem diferentes e sendo vistas como uma ameaça. 

O segundo motivo é o fato de que algumas pessoas consideram que King escreve muito bem, mas estraga os finais dos livros. Bom, até hoje, de todos os que eu li, apenas It tem uma cena muito questionável, mas que na minha opinião não estraga o fim. E, definitivamente, A Incendiária não é um livro com um final ruim.

O livro contém um dos melhores desfechos que já vi, cheio de ação, digno de um grande filme. E para completar de uma forma que se encerra ali, mas que nada impediria King de escrever uma continuação. 

Então, galera, esses são apenas 5 dos vários motivos que eu poderia trazer para vocês do porque ler A Incendiária. Espero que tenham gostado e que tenha despertado a curiosidade de vocês em relação ao livro. 

Até a próxima em alguma resenha e desconfiem de quem tem fascínio por sapatos. 

Beijos e Abraços.

29 comentários

  1. Oi, Fábio.

    Esse, é um livro que eu já tinha em mente para lê-lo, por possuir um enredo bastante fluído. Agora, mais ainda.

    ResponderExcluir
  2. Olá Daiane

    Ótimo. Leia mesmo, não vai se arrepender =D

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  4. Sempre li que ela estraga o final de todos os livros mesmo, isso me desanimava, apesar das abordagens incríveis. Fiquei bem animada para ler esse depois do seu post!

    www.kailagarcia.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Kaila.

      Olha, apague isso de finais ruins da sua mente kkkk. Isso é coisa de gente doida kkkk. Finais ruins você pode encontrar em Sob a Redoma (que não li, mas que fontes de confiança me disseram que pode ser um pouco decepcionante) e uma cena em It que é questionável, porem não tira o final excelente. O resto, todos tem finais ótimos.

      Excluir
  5. Oi Fábio,
    Nunca li nenhum livro do Stephen, nem tive vontade. Já vi muita gente falando super bem dele, mas nunca senti essa vontade. :/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que pena Theressa, mas te digo para dar uma chance que você não largara mais. Leia Carrie.

      Excluir
  6. Morro de vontade de ler os livros do King, depois que li esses 5 motivos, fiquei mais curiosa ainda para conhecer essa história!! Já fico imaginando o desfecho do livro bem estilo King!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Karina, recomendo começar sempre por Carrie. E depois ir seguindo =D

      Excluir
  7. Oiii Fabio

    Do King só li Misery e até que gostei da história, faz tempo que quero ler outras obras do autor. A Incendiária parece ser muito bom e essa pinta de filme dos anos 80 é bem legal, eu gosto.

    Beijos

    www.derepentenoultimolivro.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Alice.

      Misery ainda não tive a felicidade de ler mas está na lista kkkk. Leia outros sim, até porque King é um caminho sem volta kkkk.

      Bjs

      Excluir
  8. Olá Fábio,
    Bem, um único motivo para mim seria suficiente: King!
    Li poucos livros do autor, por falta de oportunidade, mas sou encantada com suas histórias, quando li a primeira resenha de A incendiária, antes mesmo do fim sabia que precisava ler o livro.
    Mais um vilão dele que foi bem montado não é?
    Espero ler em breve, e como você, essa pegada de enredo dos anos 80 me conquista.
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Vitória.

      Você disse tudo, só o fato de ser King elimina qualquer outro motivo kkkk. Tambem não li tantos quanto gostaria de ter lido, mas aos poucos vou conseguindo. E sim, mais um vilão memorável. Não tanto quanto Pennywise, Randall Flag ou o Hotel Overlook, mas ainda assim um ótimo vilão.

      Excluir
  9. Oi Fabio,
    Ainda não li nenhum livro do King, mas tenho muita curiosidade para ler mesmo sendo medrosa, kkk.
    O Livro A Incendiária esta na minha lista de desejos.
    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Luana.

      Olha, vou te dizer, tem muito livro do King que não é terror. A Incendiaria é um deles. Carrie, A Zona Morta, A espera de um milagre e vários outros. Recomendo ^^

      Bjs

      Excluir
  10. Fábio!
    Todos os motivos mostrados por você, me fazem querer ler A Incendiária.
    Acredito que King é um daqueles autores que ou amamos ou odiamos, de minha parte, amei todos os livros que li até agora e quero incluir esse na minha biblioteca.
    Um final de semana cheio de luz e paz!
    “Sou uma pessoa insegura, indecisa, sem rumo na vida, sem leme para me guiar: na verdade não sei o que fazer comigo.” (Clarice Lispector)
    cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA JUNHO - 5 GANHADORES
    BLOG ALEGRIA DE VIVER E AMAR O QUE É BOM!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Rudynalva

      Fico feliz que tenha feito você querer ler o livro =D. Realmente achei muito bom e recomendo para você =D

      Bjs.

      Excluir
  11. A coleção está simplesmente perfeita pra mim. Sonho com ela na minha estante assim que possível. São 5 ótimos motivos para ler A Incendiária, pois king acaba nos envolvendo de um jeito ou de outro. Acho que mesmo com toda a tecnologia e efeitos dos filmes atuais, muitos filmes antigos acabam se superando talvez pelo esforço que tinham para compensar tudo o que os novos recursos são capazes de fazer hoje.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá.

      Eu tenho que ver esse filme antigo, ainda não tive oportunidade. Mas concordo com você, para que exemplo melhor do que O Poderoso Chefão? Antigo mas atemporal.

      Excluir
  12. Olá, Fábio!

    Já devem ter comentado por aqui, mas incluido dentro da razão que você listou sobre lembrar os filmes de ação dos anos 80, A Incendiária também virou um filme nessa época, com Drew Barrymore como a Charlie. Descobri isso ao ver os posts da Suma sobre o livro e fiquei impressionada, já que nem na TV por assinatura esse filme ia ao ar. Se tiver na Netflix, seria um milagre! E é um filme pouco conhecido dela, quase na fase que ela sumiu dos filmes durante a adolescência.
    A mistura de X-men com experimentos e conspiração cientifica e um pai lutando pela vida da filha, torna A Incendiária muito instigante.

    Um abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Leti

      Sim, conheço o filme, mas ainda não assisti, inclusive tem até uma continuação. E já está sendo programado uma refilmagem.

      Abraço =*

      Excluir
  13. Até hoje nunca consegui ler os livros do King, não por falta de tentativa mas toda vez que começo a ler um dos livros deles leio apenas algumas linhas e depois desisto, mas qualquer dia conseguirei ler um inteiro pois sempre vejo maravilhosos elogios ao autor, inclusive amigas minhas são muito fãs dos livros dele.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Brenda

      Eu recomendo tentar começar por Carrie, é o primeiro livro e é curtinho. Depois dele você não vai cansar mais. kkkk

      Excluir
  14. Eu já li esse livro do Stephen King que apesar de ter gostado da história não foi o meu livro favorito do autor mas eu adoro essa coleção da biblioteca do Stephen King da editora summa é simplesmente bem Atrativa e eu pretendo concluir a minha logo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Carolina.

      Tambem gostei bastante desse, apesar de não ter sido um dos meus favoritos. Essa BSK realmente está muito boa. Vale a pena colecionar.

      Excluir
  15. Adorei os motivos, não tem como não ler. Gosto demais do autor, ja li vários livros dele. A incendiária é um livro que quero muito ler, parece legal, não muda o estilo de King escrever. Para mim é perfeito.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Ana

      Sim, impossivel não ler King, ainda mais com essas edições maravilhosas. Recomendo demais.

      Excluir
  16. Ainda não li esse, mas por ser do King certeza que vou curtir, espero ter oportunidade de ler logo. As novas edições da Suma estão a coisa mais linda, principalmente esse livro com esses efeitos de queimado, amei.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Helena.

      Realmente, leia o quanto antes. Esses efeitos são um atrativo a mais. Muito bem feitas essas edições. Acredito que vá gostar do livro.

      Excluir

Gostou da postagem? Deixe um comentário. Se não gostou, comente também e deixe a sua opinião.
Se tiver um blog deixe o endereço e retribuiremos a visita.
Aproveite e se inscreva nas promoções e concorra a diversos prêmios.