28 setembro 2018

Resenha: O Inimigo Secreto


Fala galera, aqui estamos novamente nesse desafio que é resenhar todos os livros (que já li) de Agatha Christie na ordem de lançamento, e dessa vez vamos com o segundo livro publicado pela autora: O inimigo secreto.

Bom, para começar, nesse romance não temos apenas um, mas sim dois detetives como principais personagens da trama. Um casal de jovens chamados Thomas Beresford e a Prudence Cowley, também conhecidos como Tommy e Tuppence.

Poirot, apesar de ser o personagem mais famoso de Agatha, não é o único marcante. Existem vários, sendo Poirot e a simpática velhinha Miss Marple os principais. Mas a dupla Tommy e Tuppence também tem sua parcela de fama, sendo talvez os terceiros personagens mais conhecidos da autora, protagonizando mais de um romance (incluindo contos).

E o interessante dos romances da dupla é que em cada um deles damos um salto no tempo, podendo protagonizar várias fases do casal. Como juventude, fase adulta e assim por diante. Nesse primeiro romance, por exemplo, podemos ver um Tommy e Tuppence ainda jovens, que por acaso se reencontram e decidem colocar as novidades em dia.

A trama do livro começa justamente aí, nesse reencontro. E, durante o bate papo, eles têm uma ideia inusitada (com propósitos de ganhar dinheiro para a vida dura que levam) de colocar um anúncio no jornal como se fossem detetives particulares. Claro que eles não esperavam que fosse dar em nada, mas aí é que se enganam, eles são chamados para investigar um caso.


Caso esse que é de uma jovem desaparecida chamada Jane Finn, que aparentemente portava papéis muito importantes para serem entregues às autoridades certas. A Scotland Yard andava intrigada com o caso e nada melhor do que uma visão diferente para investigar o desaparecimento como uma dupla de detetives. Porém, nem tudo é tão simples, e não só a dupla que está atrás da moça, mas também o misterioso Sr. Brown, um mestre do disfarce que sempre consegue enganar as autoridades e nunca se mostra verdadeiramente, preferindo atuar das sombras, através de terceiros.

Pois é meus amigos, a coisa não é fácil. Devo começar dizendo que esse foi o primeiro contato com um livro de Agatha Christie que não fosse com Poirot ou com Miss Marple, e, na época, acreditem se quiser, eu nem sabia que existiam outros que não fossem eles dois. Mas a T&T não decepcionam e formam uma dupla bem cativante.

Tommy é o cara mais voltado para a ação, impulsivo, não consegue ficar parado por muito tempo, enquanto Tuppence apesar de fazer sua parte de ação de vez em quando é a cabeça pensante da dupla. Os dois juntos formam a dupla imbatível, com sua cota de trapalhadas também.

A trama é muito interessante, bem construída, e aqui temos um diferencial, pois não é um caso clássico de um detetive investigando a morte de alguém, mas sim uma trama política, cheia de espionagem, suspense, ação, humor e romance. Ou seja, nos é entregue de tudo nesse livro. Tudo passado de uma forma leve e bem humorada, tornando uma leitura não só fácil como muito interessante, sem contar que os personagens ajudam muito, pois são carismáticos.

Em resumo, é isso, é um romance que vale a pena ser lido. Ele pode ser aquele seu amigo para as horas de tédio, ou para passar o tempo naquela viagem longa. Vai ser um livro que vai te prender por ter muita ação investigativa, bem no estilo da Rainha do Crime.

Investigando nas telinhas: Esse romance conta com uma adaptação para a TV através da série Tommy e Tuppence. Onde os três primeiros episódios trata da trama deste livro.

Título: O Inimigo Secreto (The Secret Adversary)
Autora: Agatha Christie
Editora: BestBolso
Páginas: 322
Ano: 2011

8 comentários

  1. Não é muito comum eu ler romance, talvez por isso nunca li nada da Agatha.. mas tenho curiosidade pois muitas pessoas falam bem.. quero ler uma hora dessas..

    www.vivendosentimentos.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Monique

      Você diz romance no sentido de gênero ou de estilo de livro? Porque se for o primeiro os livros dela são policiais, não tendo romance ou quase nada. Arrisque lendo alguns.

      Excluir
  2. Oi Fábio!
    Tbm sou fã da Agatha! Esse livro eu ainda não li, mas gostei da sua resenha. Acho q n cheguei a ler nenhum livro dessa dupla. Queria conseguir ler tds os livros dela até o fim da vida kkk
    Bjs
    http://acolecionadoradehistorias.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Carol.

      Eu tenho o mesmo objetivo kkkkk. Obrigado =D. Esse é o primeiro livro da dupla. Só li dois deles por enquanto e até agora acho esse o melhor.

      Bjs

      Excluir
  3. Não cheguei a ler nenhum livro dessa dupla ainda mas sou um grande fã dos livros da Agatha Christie todo o trabalho dela nos livros policiais São simplesmente fascinante vibrantes e impossíveis de serem deixados de lado pretendo ler esse livro já que essa sua resenha Foi simplesmente maravilhosa

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Carolina

      Primeiramente muito obrigado pelo elogio, segundo que leia mesmo. É um casal divertido, são historias mais descontraídas e divertidas.

      Excluir
  4. Oi Fabio,
    Adoro quando o autor mistura humor na trama, deixa tudo mais leve e fluído. Gosto de dar boas risadas! E imaginar detetives atrapalhados me deixou bem curiosa.
    Preciso parar de enrolar e ler essa autora logo! Rsrs

    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Fernanda.

      kkkkkk Pois é. Para de enrolar e vá ler. Os Crimes do ABC é muito bom.

      Abraço.

      Excluir

Gostou da postagem? Deixe um comentário. Se não gostou, comente também e deixe a sua opinião.
Se tiver um blog deixe o endereço e retribuiremos a visita.
Aproveite e se inscreva nas promoções e concorra a diversos prêmios.