Resenha: Um acordo pecaminoso

by - junho 14, 2019



Oi pessoal, hoje eu vim compartilhar uma leitura super aguardada por mim e que se provou digna de tanta ansiedade e espera.

No terceiro livro da série Os Ravenels, acompanhamos a diabinha da família Ravenel enquanto ela se converte em mulher, mas sem perder o ar de inocência juvenil que nos fez adorar a personagem desde o início. Dona de um senso de independência muito forte, tudo que ela mais quer é fugir das obrigações sociais que se espera de uma dama: casar, cuidar da casa e do esposo, produzir herdeiros? Nem pensar. Ela sonha em criar e comercializar os próprios jogos e, para isso, conta com o incentivo do clã Ravenel e com o apoio do cunhado, um dos comerciantes mais ricos e influentes de Londres.

Gabriel herdou a lábia, o carisma e a fama de libertino do pai, o infame Sebastian St. Vincent, considerado por toda a Inglaterra como o maior libertino de todos. Então, quando ele e Pandora são flagrados numa situação pra lá de comprometedora, não resta dúvidas de que um casamento é a única forma de salvar a reputação da mocinha.


Qualquer desmiolada teria se ajoelhado e agradecido aos céus por abocanhar o herdeiro de um ducado, que, não bastasse a grande fortuna, é também lindo de morrer. Mas não, Pandora nunca foi igual as outras e não é agora que ela vai ser. A mocinha deseja certa independência que não é concedida às senhoras casadas e, um marido, por mais bem intencionado que fosse, não entenderia sua ânsia por liberdade.

A caçula dos Ravenels continua sendo a mocinha desenfreada e sem filtro de sempre, e aqui descobrimos acontecimentos do passado que explicam porque ela é sempre tão distraída e parece viver no próprio mundinho. Confesso, queria que um Ravenel já falecido tivesse uma morte mais sofrida pra pagar o que fez com a nossa maluquete favorita.


Me encantei demais com Pandora e Gabriel, eles não formam aquele casal pré-fabricado que tem tudo para dar certo, ele nasceu pra ser um lorde, ela parece ter nascido dois séculos adiantada! Eles formam o casal mais improvável, mas funcionam. E é lindo! Chega a ser divertido ver a forma como Gabriel cai de amores por uma moça tão inadequada para ser duquesa e mesmo assim faz de tudo pra convencê-la de que o casamento é uma boa escolha quando tudo que Pandora mais quer é fugir para as colinas (parece que o jogo virou, não é mesmo?).

Mocinhas tão conscientes quanto a Pandora, são um presente para nós leitoras. Seus posicionamentos são tão icônicos que ela poderia muito bem ter fundado o movimento sufragista e ninguém viu.

Apreciem, pois eu adorei e recomendo de coração.



Título: Um acordo pecaminoso
Série: Os Ravenels (vol. 3)
Autora: Lisa Kleypas
Editora: Arqueiro
Páginas: 245
Ano: 2019

You May Also Like

14 comments

  1. Olá Jéssica,
    Nunca li nada dessa autora, apesar de gostar muito de romances de época.
    Se eu ler dois livros seguidos de romance de época, é bem provável que eu não irei gostar do segundo, isso é só comigo?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que sim haha eu posso ler dez que continuo amando e inclusive peço mais.

      Abraços querida!

      Excluir
  2. Olá! Preciso ler esse livro urgente kkkk! Nunca que eu me recusaria a ler um livro protagonizado por um filho de Sebastian St. Vicent! Já de cara gostei da Pandora, adorei o fato dela não ansiar por um casamento e sim por sua independência e liberdade. Como eu adoro casais improváveis! Gabriel e Pandora prometem! Adoro a Lisa Kleypas, ela é de longe uma das minhas escritoras favoritas. Espero me apaixonar por esse romance, como me apaixonei pelo de Evie e Sebastian! Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu tenho meu pé atras com o Sebastian rss por motivos óbvios e conhecidos por quem le romance de época mas a lábia dele não dá pra criticar e o Gabriel herdou todinha, vai se apaixonar sim.

      Excluir
    2. Eu tenho meu pé atras com o Sebastian rss por motivos óbvios e conhecidos por quem le romance de época mas a lábia dele não dá pra criticar e o Gabriel herdou todinha, vai se apaixonar sim.

      Excluir
  3. Eu adoro a Pandora. Ela é tão divertida e tão maluquinha e independente. Eu também queria que essa pessoa da família morresse de uma maneira bem sofrida e dolorosa.
    Só mesmo o Gabriel para conseguir lidar com a Pandora. Um casal perfeito. Esse foi meu livro preferido da série até agora. Ainda tenho o próximo livro para ler.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade né, foram feitos um pro outro. E fico feliz de saber que não sou a única leitora sanguinária kkk Abraços.

      Excluir
  4. Mesmo sem conhecer a fundo o trabalho da autora, aprecio demais as letras dela e não vejo a hora de poder conferir essa saga, que além de trazer o romance de época bem elaborado,traz também esse lado gostoso do bom humor, de ser mulher de uma forma bem diferente.
    Gosto muito disso de dosar mulherão/doidinha! rs
    Espero ler a série toda!!!
    Beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ela inova bastante, isso é fato. Leia sim, a serie não começa muito empolgante mas super vale a pena por esse e pelos outros livros.

      Excluir
  5. Olá!
    Eu já tenho algum exemplar dessa autora na estante, ainda não li mas pretendo muito, já ouvi muitos comentários positivos dela. Esse é um livro muito fofo e a personagem bem diferenciada em relação ao tempo dela. Espero muito ler!

    Meu blog:
    Tempos Literários

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fofissimos! Leia sim, são todos muito bons. Ela escorrega em alguns mas a maioria compensa uns estressezinhos haha

      Excluir
  6. Oiii ❤ Estou sentindo tanta falta de ler um livro da Lisa Kleypas, já faz um tempinho que não leio nada da autora. Acho que essa série poderia muito bem me ajudar a matar a saudade da escrita da Lisa ❤
    Pandora é o tipo de personagem que adoro. Cheia de personalidade, em busca de seus anseios e que sabe que, apesar do que a sociedade pensa, casar não é tudo na vida. Acho que vou gostar dela logo de cara.
    Estou curiosa pra ler esse livro e acompanhar o romance de Pandora e Gabriel (se esse mocinho tiver metade da fama do pai... Rsrsrs)
    Obrigada pela dica de leitura ❤

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ray, então esse livro é perfeito pra matar a saudade da autora! Leia mesmo <3

      Excluir
  7. Pandora um exemplo de emponderamento!
    Ama profundamente Gabriel mas não quer deixar sua paixão. Quer criar trabalhar e não a sombra do marido

    ResponderExcluir

Gostou da postagem? Deixe um comentário. Se não gostou, comente também e deixe a sua opinião.
Se tiver um blog deixe o endereço e retribuiremos a visita.
Aproveite e se inscreva nas promoções e concorra a diversos prêmios.