17 setembro 2019

Resenha: Respire fundo


Andréia tinha uma carreira promissora. Começou desde nova trabalhando com seu pai em uma padaria e à medida que foram crescendo, expandiram os negócios e logo ela se tornou dona de uma rede de bares, cheia de prestígio social. 

Mas o “sim” que ela deu no altar, sonhando com seu “felizes para sempre”, foi a sua ruína. Fabrício armou uma armadilha para ela, que, acreditando no amor, confiou cegamente em seu marido e na primeira oportunidade ele tomou tudo que ela tinha. Foi então que Andréia seguiu sua vida sozinha, com um filho na barriga e precisou respirar fundo para conseguir seguir em frente. 

Anos depois, com um currículo que passava por Uber, motorista particular, vendedora de bolos e todas as profissões existentes, ela se depara com Bento. Ele precisava de uma motorista particular e não conhecia Andréia. Mas sua mãe sabia quem ela era e queria conhecer mais aquela moça que um dia teve um império e então não teve mais nada. 

Bento é dono de uma empresa de arquitetura, mas é péssimo administrador. O seu lance é cuidar dos projetos. Quando sua empresa está prestes a ser arruinada, ele precisa de ajuda para colocar tudo em ordem, e então promove Andréia como sua gerente, já conhecendo um pouco da sua trajetória.


Ele é novo, lindo, inteligente e simplesmente irresistível. Andréia tem a sua garra de mulher que teve que correr atrás de tudo sozinha para cuidar de si e da filha, então ela é osso duro de roer. Ah... Mas ele enxerga que por trás de toda aquela casca grossa, existe uma mulher sensível e é isso que o fascina. 

Ela passou muitos anos sem se envolver com alguém e tem medo de se entregar novamente. Mas será que vai resistir aos encantos de Bento? Porque eles definitivamente deixam um ao outro sem ar... 

É uma leitura muito gostosa e a Andréia é muito engraçada. Porém... (Sempre tem um porém, né? Rsrsrs) O livro é todo escrito com linguagem informal, tanto em diálogos quanto em narrativas. E isso é algo que me incomodou um pouco e atrapalhou a minha experiência de leitura. Mas, claro, isso é algo particular, sei que muitos leitores gostam dessa linguagem e não atrapalhariam a leitura. Por isso eu recomendo! 


Sobre a edição:
Eu achei a capa muito linda, porém, as páginas são brancas, o que me desanima um pouco ao ler. Gosto das páginas amareladas, mas, fora isso, a diagramação é bastante confortável. 


Título: Respire fundo (exemplar cedido pela editora)
Autora: Camila Marciano
Editora: Rico
Páginas: 248
Ano: 2016

20 comentários

  1. Oiii ❤ Nossa, que barra essa pela qual Andréia teve que passar, não consigo nem imaginar como deve ser ser traído dessa forma por alguém que amava e agora ter que enfrentar a gravidez sozinha. Ela parece uma personagem muito forte que passou por muita coisa, mas que não se rendeu. Gostei muito disso.
    Estou curiosa para saber como Bento conseguirá fazê-la se apaixonar novamente e dar uma chance aos dois. Legal que ele enxergue Andréia por trás do que ela deixa transparecer.
    Não sou muito fã da linguagem ser bem informal, mas mesmo assim, vou querer fazer essa leitura.
    Beijos ❤

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Rayane!
      Acho que vale muito a pena dar uma chance. É bem gostoso o livro!
      Beijos!

      Excluir
  2. Olá! ♡ Ainda não li nada da autora, mas gostei bastante da premissa desse livro!
    Quero muito conhecer Andréia, ela parece uma personagem maravilhosa e muito forte, pois mesmo perdendo tudo, ela encontrou forças para seguir em frente.
    Estou curiosa para ver a relação entre a Andreia e o Bento se desenvolver.
    Parece mesmo uma leitura bem gostosa, vou querer ler com certeza!
    Também não sou muito fã de folhas brancas e nem de narrativas muito informais, mas vou dar uma chance a esse livro.
    Achei essa capa muito linda! ♡
    Obrigada pela indicação! Beijos! ♡

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Rayssa!
      A capa é linda mesmo!
      Fico feliz por ter gostado da indicação. É uma leitura que vale a pena ser feita.
      Um beijo!

      Excluir
  3. Gosto de linguagem informal, mas não quando atrapalha a narrativa. Tudo na dose certa haha.

    Beijo
    Imersão Literária

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!
      Eu acho que não atrapalha, apenas me incomodou.
      Para você deve funcionar então.
      Beijo!

      Excluir
  4. Eu sou fã de histórias que tragam recomeços, ainda mais quando os personagens trazem esse peso de um passado mais complicado e pesado!
    Sei lá, realidade?? Acho que soa bem assim e Andreia traz isso, apesar de parecer forte não somente por ela, mas pela filha, é uma mulher que teve que aprender a sobreviver e só isso já me faria querer ler a obra.
    Já Bento....crush??rs
    Com certeza vai para a lista dos mais desejados.
    Romance?? Sempre estou dentro!
    E oh, literatura nacional, melhor ainda.
    Beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Angela!
      Só vai crescendo a lista, né? Rrsrsrs
      Fico feliz que tenha gostado da indicação. Espero que goste da leitura!
      Beijos.

      Excluir
  5. Oie,
    Gostei bastante da resenha, me interessei pelo livro, não conhecia.
    Gosto da ideia de mulher forte que corre atrás e supera tudo. Mas queria que na realidade as coisas não fossem assim tão dificeis para tantas mulheres que são enganadas.
    Beeijoo!!!

    Grazy Carneiro
    Meus Antídotos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Grazy.
      Pois é... Bem triste isso, ne?
      Mas elas dão a volta por cima, isso que importa!
      Beijos!

      Excluir
  6. Fernanda!
    Gosto demais de romances e quando tem um protagonista que não se importa em recomeçar para superar todos os infortúnios do passado, fico extasiada.
    Não me importo muito quando a linguagem é mais informal, desde que não tenha palavrões em excesso.
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Rudy!
      Ah.. Pode ler despreocupada então, não tem muitos palavrões.
      Só uns "procê" sabe? Rsrsrsrs
      Acho que vai gostar.
      Beijos!

      Excluir
  7. Olá!
    Não curto muito romances, mas acredita que fiquei interessada nesse?!
    Confesso que prefiro obras com linguagem formal, mas nada que não me faça dar uma oportunidade para esse.
    Ah!
    Estou vendo que por aqui rola bastante resenhas de livros nacionais, que maravilha!

    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Samanta!
      A literatura nacional precisa ser valorizada, não é mesmo?
      Que bom que gostou deste!
      Beijos!

      Excluir
  8. Não conheço a escrita da autora, então não sei se isso é normal nos livros dela. Mas esse negócio de uma linguagem informal o tempo todo me irrita um pouco.
    Achei interessante o enredo, me lembrou a novela das 9 kkkkk, só que no lugar da filha é o marido. E eu espero sinceramente que ele tenha se dado muito mal depois. Vou ter que ler para saber o que aconteceu. kkkkkk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Nil!
      Verdade... Lembra um pouco novela mesmo, mas é bem gostoso!
      Espero que possa ler e me conte se gostou!
      Beijos!

      Excluir
  9. Olá!
    Gostei bastante do livro, tem uma premissa ótima. Gosto de ver historia bem clichê né.
    Não conhecia a autora mas gostei bastante da trama, sobre a linguagem informal, no momento não peguei um livro que tivesse mas talvez eu tenha uma experiência em relação ao livro dela.

    Meu blog:
    Tempos Literários

    ResponderExcluir
  10. Oi!
    Eu gosto de linguagem informal. Dependendo de como for construído, há de ter uma aproximação maior entre leitor e história.
    Parece ser meio mamão com açúcar kkkk não sei se leria.

    Beijos

    ResponderExcluir
  11. Oi, Fernanda
    Ainda não conhecia o livro, gostei da capa. Uma pena que as páginas sejam brancas, atrapalha um pouco a leitura.
    Gostei da trama de uma mulher que tinha um império e foi enganada pelo marido, batalha muito para sustentar sua filha e se reerguer. Será que ela se deixou levar pelo Bento.
    Estou muito curiosa para ler, beijos.

    ResponderExcluir
  12. A história do livro parece ser cativante e a personagem bem marcantene batalhadora. Não ligo por ter uma linguagem informal, claro que poderia ser melhor, mas a curiosidade e a capa lindíssima me ganharam. Com certeza vou ler.

    ResponderExcluir

Gostou da postagem? Deixe um comentário. Se não gostou, comente também e deixe a sua opinião.
Se tiver um blog deixe o endereço e retribuiremos a visita.
Aproveite e se inscreva nas promoções e concorra a diversos prêmios.