12 outubro 2019

Leituras rápidas para o Halloween

Nós que estamos acostumados a escrever ou acompanhar blogs ficamos acostumados a ter várias indicações de leitura, só que a maioria delas são todas de livros e tem uma certa categoria que acaba ficando de fora, meio excluída, que são os contos.

Pelo menos para os blogs essa é a sensação que me passa, afinal, não seria muito atrativo talvez resenhar um conto de 17 páginas - muitas vezes até menos - para um blog, e é compreensível. Com isso, muitos autores que escrevem contos muito bons acabam passando despercebido. Felizmente no Instagram a realidade é outra. Com um limite de caracteres reduzido, os contos acabam ganhando a fama que merecem, principalmente nos donos de Kindles.

Quem tem o aparelho da Amazon, ou o aplicativo no celular ou computador, sabe que a quantidade de contos lançados é enorme. Muitos ficam de graça por alguns dias, outros estão sempre grátis pelo Kindle Unlimited ou até mesmo os que custam algo acabam não passando de 5 reais na maioria das vezes. E quando você começa a ler um não quer parar mais. Digo por experiência própria.

É por isso que vim recomendar através desta coluna alguns autores que eu li um ou mais contos recentemente, e também um ou outro que não li ainda, mas que irei ler em breve. Porém, estamos no mês do terror, então nada mais justo do que unir o útil ao agradável e recomendar autores que escrevem sobre a temática.

Primeiro vamos com os autores…

Lidos:


Soraya Abuchaim

A Soraya é considerada uma das melhores escritoras de terror nacional. Como muitos, ela é fã do Stephen King. Acredito que o livro mais famoso dela seja A vila dos pecados. Mas, tive o prazer de ler 2 contos da autora, um deles foi Cotidiano e o outro chamava Excursão Noturna. Então, irei trazer uma mini resenha de um desses contos para vocês.

Título: Excursão noturna
Páginas: 28

Na minha época de colégio, um dos maiores desejos dos jovens (pelo menos da maioria das garotas) era que quando completassem 15 anos elas gostariam de ter um baile de aniversário e também uma viagem para a Disney.

Afinal, minha geração cresceu com fitas cassete do Rei Leão e filmes da Disney. Logo não era de se espantar que toda criança quisesse conhecer o lugar. Mas esse não era o único parque a fazer sucesso. Beto Carrero e Wet'n Wild também eram muito requisitados.

Mas o ponto é... Todos eram parques voltados para coisas "alegres". Mas sabemos que existem pessoas que preferem levar um bom susto vendo filme do que vendo músicas de desenho animado. Pessoas que preferem ler coisas que tenham monstros, fantasmas e sangue do que ler um romance. Será que essas pessoas também não merecem um parque só para elas?

Bem, isso é o que a Soraya Abuchaim vem mostrar para nós no conto Excursão Noturna. É a história de um grupo que decide inaugurar uma casa do terror no Brasil, com atrações voltadas para os amantes do gênero. A promessa é de uma experiência nunca vista antes.

E, para mim que li esse conto, posso dizer que foi uma experiência boa. Gostei do que li e fiquei com um gostinho de quero mais. Infelizmente contos tem essa, te prendem, mas logo acabam e te deixam com vontade. O conto também me pareceu com um certo filme, mas não posso dizer qual, para não estragar qualquer surpresa.

Lembrando que essa é uma resenha diferente, mas espero que possa te deixar curioso o suficiente para procurar a obra e ler, pois a diversão é garantia de morte.



Márcio Pacheco

O Márcio é o autor do livro O Senhor do Tempo, uma distopia nacional da saga As Crônicas do Apocalipse. O segundo livro já está em campanha no catarse e recomendo bastante. Mas o Márcio também tem uma excelente escrita para contos, não só de terror como também para vários outros gêneros, como coisas do cotidiano ou até mesmo literatura medieval. Ele já participou de várias antologias também, e é um autor que recomendo bastante. Aí vai mais uma resenha de um de seus contos.

Título: Quando o sono chegar
Páginas: 16

Para mim, uma das melhores coisas da vida é dormir. Poder deitar na nossa cama, ler um livro, assistir TV ou escutar uma música e depois dormir, esperando ter ótimos sonhos. Mas como infelizmente nem tudo são flores, até na hora de dormir nós nos deparamos com coisas horríveis, os temíveis pesadelos, dos quais muitas vezes acordamos suando frio com uma sensação ruim de que algo terrível ia nos acontecer.

Isso é o que acontece com Ellen, uma jovem que recentemente começou a sofrer com pesadelos constantes sobre uma criatura de olhos vermelhos e dentes afiados. O que começou como um vulto visto de longe foi se tornando algo cada vez mais insuportável, fazendo com que Ellen lutasse para ficar acordada utilizando de todos os métodos possíveis, como café, banho, caminhadas e etc. O problema é que a cada tentativa um terror diferente aparecia para atormentá-la. E tudo que ela tinha para se basear era uma simples mensagem... "Quando o sono chegar".

Esse foi o melhor conto do Márcio que li até agora. Envolvido em tensão, horror e mistério, Quando o sono chegar prende o leitor em 16 angustiantes páginas. Em uma mistura de Incerption com A hora do pesadelo, é difícil você descobrir o que é pesadelo e o que é realidade.

O Márcio escreve muito bem e isso ajuda ainda mais. Recomendo muito a leitura desse conto e que vocês preparem uma garrafa de café caso comecem a ter sonos meio conturbados.



Jhefferson Passos

O Jhefferson é o autor de A capela, seu único livro publicado até agora foi o 100 Gotas de sangue que está esgotado, mas tem no Kindle Unlimited. A capela é um conto muito angustiante, que lembra muito alguns contos do King, como As crianças do milharal e também Into the tall grass. Mas é com 100 Gotas de sangue que entra uma outra categoria de contos… os microcontos.

Título: 100 gotas de sangue
Páginas: 78

"Ele pensava, suava, penava, mas não conseguia escrever, logo passou a dar o próprio sangue como tinta."

A "frase" acima é um exemplo de um microconto. São como o próprio nome diz, contos com um tamanho bem reduzido. Essa é a base do livro 100 gotas de sangue do autor Jhefferson Passos.

Se você pensa que poucas palavras não são suficientes para passar medo, apreensão ou preocupação, você não poderia estar mais enganado. Muitas vezes uma simples frase pode mudar toda a sua vida, ou a forma de ver uma situação.

Aqui nesse livro o autor traz exatamente 100 microcontos, a maioria voltados para o terror. Porém, ao ler, você vai notar que o horror não vai ser a única sensação que você irá passar. Alguns deles podem criar um sentimento de repulsa ou até mesmo lhe tirar algumas risadas. Outros até me fizeram lembrar da infância e notar que quando eu era pequeno escutei da minha mãe o primeiro microconto sem nem saber o que era..."Passe já pra dentro, e se correr vai ser pior."

Os contos do autor são muito bons, o que impediu de ganhar uma nota máxima foi que com 100 deles é meio difícil alguns não ficarem um pouco repetitivos. Mas não é nada que estrague a leitura, que por sinal é muito rápida. E para acompanhar ela ainda vem recheada com algumas ilustrações muito bem feitas.

100 gotas de sangue é uma ótima leitura para passar o tempo, diversão garantida.

Menções honrosas

As menções honrosas vão para autores que já li, porém, ainda não fiz resenha de seus contos. Um grande exemplo dele é a Fernanda Vieira, autora de A Travessia dos Condenados. Ela conseguiu a proeza de ficar mais de um mês como primeira das mais vendidas na Amazon, na sessão de terror, desbancando até mesmo Stephen King com It - isso na sessão de livros online obviamente - na época que o Hype para o filme do palhaço tinha começado. E vou te dizer, não é para menos, pois o conto é simplesmente muito bom.

Outro autor que manja do assunto é o Charlitto Ogami. Não deixe o monstro despertar e A porta azul-turquesa são seus dois contos até o momento. Já tive o prazer de ler o primeiro e é muito bom, mas o segundo conto citado é o que realmente tira o sono de muita gente.

Não lidos:
Como ler contos é algo viciante, nós assim que terminamos de ler um já procuramos outro para a lista. A facilidade de achar na Amazon, e o fato de serem bem rápidos de ler, acaba proporcionando uma diversão rápida. E foi assim que conheci outros autores. Posso apenas dizer que eles estão na minha lista para leitura ainda, mas recomendo pois vejo o trabalho deles e também confio na opinião das pessoas que me recomendaram.

Uma delas é a Larissa Brasil com seus contos Onde o vento faz a curva e O conto do Coronel Fantasma. Outra integrante do terror é a Babi Lacerda, que traz seus contos interligados de certa forma, com Marcas do passado, Entre porcos e sangue e o mais novo chamado O caçador de almas. Por fim, temos a Susan Cruz que escreveu Pequeno Monstro, A criança invisível e outros.

É bom notar duas coisas: que a maioria desses contos são escritos por mulheres e que a maioria deles estão grátis no Kindle Unlimited. É claro que muitos autores acabaram ficando de fora. Larissa Prado, Sérgio Mattos, Tiago Toy, Glau Kemp, Rafael Santos e etc.

Mas essa é uma recomendação que deixo para vocês por aqui. Peço desculpas pelo tamanho da coluna, mas espero que fiquem curiosos com as dicas e possam ler algum desses contos no mês do terror. Até a próxima =D

15 comentários

  1. Fabio!
    Ano passado pude ler muito pelo Kindle, esse no, com tanta coisa acontecendo em minha vida, não tneho tido tempo nem de ler muitos livros físicos, dirá os ebooks, mas é uma ótima opção.
    Anotei suas dicas porque ainda não conheço os autores.
    Obrigada.
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Rudy

      Eu sei como é isso de falta de tempo. Mas ai que ta o bom desses contos. A maioria as vezes não chega nem a 20 páginas, então é bem rapidinho de ler e salvar a gente de ficar sem ter nada pra ler kkkk

      Bjs

      Excluir
  2. O diferencial aqui do blog é este, apresentar sempre autores e livros que a maioria dos leitores não conhece. E oh, este mês de Outubro sempre é assim, com dicas valiosas e deste gênero que sim, eu morro de medo,mas que adoro..rs(tá, letras em terror me encantam, só sou medrosa para o terror visto.rs, mas mesmo assim, vejo e? De dia..rs)
    Mas voltando aos livrinhos acima, gosto disso. Livros em formato de contos. Sempre com poucas páginas e de fácil acesso. Os livros digitais tem tomado seu espaço e embora eu ainda torça o nariz, vai chegar o momento que terei que me render!
    Com certeza, quero muito conhecer os autores e suas obras!!!
    Obrigada pelas dicas =)
    Beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá =D

      Eu te entendo, eu sou assim em parte. Gosto de leitura de terror, mas filmes a maioria acho sem graça kkkkk. Olha, se você pegar um Kindle, eu te garanto, você vicia kkkkk.

      Bjs

      Excluir
  3. Olá!
    Eu adoro contos. Minha primeira experiência com eles foi lendo os contos de Machado de Assis, que acho que super se encaixaria no Halloween por suas histórias pessimistas. (adoroooo)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Giovanna

      Eu recentemente comprei aquele Medo Imortal da Darkside e tem uns contos dele. Acho que vou ler quando chegar =D.

      Excluir
  4. Olá, Fábio.
    Infelizmente eu sou essas pessoas que não lêem contos com frequência. Na realidade nem me lembro quando foi a última vez. Mas o seu comentário a respeito do Instagram me fez refletir sobre como é uma boa passar a ler alguns para postar por lá. As vezes quando tô sem ideia de post, etc.

    Enfim, como gosto de contos mais voltados para o terror e suspense já peguei as suas dicas e aproveito para perguntar: Você já leu os contos da Karen Alvarez e da Camila B. Monteiro? Elas são ótimas, da uma conferida.

    Silviane, blog Memento MoriParticipe do Top Comentarista de Outubro

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Silvane

      Olha, eu comecei a ler mais contos depois que adquiri o Kindle. Acabei viciando e tem isso ai também, é bom para preencher lacuna quando não tem postagem no insta kkkk.

      Eu ainda não li essas que você falou, vou procurar agora =D. Obrigado

      Excluir
  5. Jade Passos16/10/2019 07:54

    Não tive a oportunidade de ler nenhum desse contos, não sou fã de livros de terror, então é bem complicado achar um que eu queira ler.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Jade.

      Olha, o Marcio Pacheco tem bons contos sem ser de terror viu. Tem uns que falam sobre ansiedade, outros sobre depressão e por ai vai. Vale conferir =D

      Excluir
  6. Oi, Fábio
    Gostei desse post, concordo com você no instagram vemos todos os gêneros sendo indicados, resenhados.
    Evito um pouco de ler terror, agora um suspense eu gosto. Mas vou anotar suas dicas para poder ler aos poucos é claro.
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Luana

      Obrigado =D. Verdade, contos são bem mais fácil de ver no instagram. Anota sim, ai tem de todos os gêneros, garanto que você vai gostar de pelo menos um kkkkk
      Bjs

      Excluir
  7. Às vezes dou uma passada nos ebooks grátis do kindle mas nunca peguei nada para ler, nunca sei se vai ser bom. Gostei dessas indicações, bem a ver com a data de halloween. E por serem contos são bem rápidos para ler. Vou procurar pra baixar.

    ResponderExcluir
  8. Fábio, muito, muito obrigada por essa publicação. A fã de terror e suspense aqui agradece.
    Sim, sinto falta de mais indicações do gênero nos blogs que acompanho.
    Vou dar uma olhada neles na Amazon.
    Obrigada!

    ResponderExcluir
  9. Olá!
    Estou providenciando meu kindle, já que ler pelo celular e bastante complicado para mim. Gostei bastante das dicas, não sou muito fã de ler contos, mas adorei conhecer e que com certeza irei procurar para ler.

    Meu blog:
    Tempos Literários

    ResponderExcluir

Gostou da postagem? Deixe um comentário. Se não gostou, comente também e deixe a sua opinião.
Se tiver um blog deixe o endereço e retribuiremos a visita.
Aproveite e se inscreva nas promoções e concorra a diversos prêmios.