Resenha: Dragões do Crepúsculo do outono

Por Fabio Pedreira •
04 maio 2020

A busca pelo cajado de cristal
Quando alguns amigos se reúnem depois de anos sem se ver na Hospedaria do Lar Derradeiro, eles imaginavam um dia agradável e conversas para relembrar suas aventuras juntos. Mas ao chegar na cidade, tanto Tanis - um meio elfo - como Flint - um anão - veem a cidade ocupada por Hobgoblins como guardas, uma espécie repugnante. Além disso, adoradores dos novos deuses estão por toda parte.

Logo o sentimento de que algo está errado surge para os dois, piorando quando ao se encontrarem com os outros, Kitiara, uma das amigas que juraram aparecer, quebrou sua promessa e não irá para o encontro. O mais estranho é que ela nunca quebra uma promessa.

O rumor que se espalha é que uma busca por um cajado com um cristal verde na ponta está em andamento. De início não se sabe bem o motivo desse objeto ser tão importante para esses seres. A única coisa que se sabe é que ele é de extrema importância, e todo tipo de criatura maléfica estão dispostos a fazer de tudo para obtê-lo.

Os temores se intensificam quando Solomon, um dos amigos, aparece acompanhado de dois bárbaros, um casal com uma história oculta e que logo se descobre que a mulher é a portadora do cajado, um artefato que concede a cura, um indício de que os velhos deuses, que pensavam ter abandonado os humanos, retornaram. E assim começam as aventuras.


Juntos, um meio elfo, um guerreiro, um Kender, um mago, um bárbaro, um bardo, uma sacerdotisa e um anão irão se juntar para se envolver em uma incrível jornada em busca de objetos mágicos e para enfrentar perigos inimagináveis, variando de homens lagartos até dragões enormes.⁣

Dragões do Crepúsculo do outono é o primeiro livro da série Dragonlance, baseada no famoso jogo de RPG de tabuleiro Dungeons and Dragons, sucesso absoluto nos anos 80 e que continua fazendo sucesso até hoje. O livro é incrível, e traz toda a atmosfera de aventura encontrada em um jogo de RPG.

É uma fantasia clássica, daquelas que possuem todos os tipos de personagens e raças que você imaginar. Variando dos elfos, centauros e até mesmo unicórnios mágicos. ⁣D&D é um mundo muito rico, e toda essa grandiosidade foi passada para os romances. O mundo é muito bem construído, mapas no início do livro mostra como ele se estende, sendo que ali é apenas uma parte dele, pois como veremos em uma futura resenha, mais coisas estão por vir.

E como eu disse, ele é uma fantasia clássica, isso porque a história é muito bem feita, mas ao mesmo tempo simples, assim como boa parte das fantasias da época (década de 80) ela consiste em um grupo saindo do ponto A até o B em busca de algum objeto sagrado. Mas isso não significa que a história seja limitada, pelo contrário. Muitas aventuras se desenrolam nesse meio tempo - quem está acostumado com jogos do tipo pode entender como as sid quests no meio da quest principal - batalhas são travadas e personagens vão e vem.


Aliás, se você acha que pelo que falei anteriormente o livro continha muitos personagens, saiba que outros ainda aparecem no meio da trama e o mais impressionante é que, por incrível que pareça, nenhum personagem foi negligenciado.⁣ E se você já está pensando em desistir devido a quantidade de gente, pode esquecer dessa ideia. Como eu disse, a história é contada de uma forma muito boa e leve, sendo assim, você facilmente consegue saber quem é quem, não tem complicação.

Claro que com uma história cheia de aventuras como essa, muitas questões ficam em aberto, apesar de o livro em si ter uma história quase fechada, ganchos e outras perguntas te deixam doido por respostas e doido para ler a continuação. Aliás, essa história é uma trilogia, na qual a Jambô já lançou os dois primeiros volumes.

Por falar na editora, a edição deste livro é belíssima, a capa é maravilhosa, ao vivo ela torna-se ainda melhor. Por dentro ela contém mapas como já citado e o início de cada capítulo conta com ilustrações fantásticas. O único ponto fraco do livro, na minha opinião, foram os constantes erros de revisão da edição. Para uma edição tão caprichada, chega a ser uma pena ter esses erros, uma letra faltando aqui, uma palavra repetida ali, é lamentável. Felizmente não é algo que chegue a atrapalhar a leitura, mas certamente é impossível passar batido.

No mais é isso. Dragonlance é certamente o tipo de livro de fantasia que eu estava a muito tempo com saudade de ler. Recomendo para todo fã do gênero, ou para quem gosta de uma leitura divertida e ao mesmo tempo com uma boa dose de diversão. Recomendo


Título: Dragões do Crepúsculo do outono 
Autores: Margaret Weis e Tracy Hickman
Editora: Jambô
Páginas: 480
Ano: 2019 (ano original 1984)
Compre: aqui

Comentários via Facebook

20 Revelaram sentimentos:

  1. Hahahahaha ele vai dando N motivos que a gente aqui do outro lado já vai pensando em usar como desculpa!
    Fantástico isso, Fábio..rs
    Eu juro que ri na parte dos muitos personagens(aham, seria minha desculpa.rs)
    Mas eu amo fantasia, ainda mais com essa quantidade de cenários. Desde os elfos(tenho paixão neles) e todo tipo de seres fantásticos.
    E se todos os personagens tem sua importância, melhor ainda.
    Como não conhecia o livro, claro que já quero!!!
    Beijo

    Angela Cunha Gabriel/Rubro Rosa/O Vazio na Flor

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Angela

      Aaaahh, viu ai, nada de desistir pelos personagens kkkk. É muito bom, um livro muito interessante, bem rico, recomendo demais a leitura, se você gosta desse tipo de leitura com certeza vai adorar.

      Bjs

      Excluir
  2. Gostei bastante do artigo de hoje, sempre estou aqui acompanhando seu blog. Tenho aprendido muitas coisas legais aqui.

    Beijos 😘.

    Meu Blog: Website Dicas de Loterias Online

    ResponderExcluir
  3. Fabio!
    Não conhecia o jogo de RPG dos anos 80, entretanto, adoro fantasia carregada de todos seres fantásticos e ainda com muita aventura e diversão.
    Deve ser um ótimo livro de fantasia para se acompanhar a série.
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Rudynalva

      Se gosta de leituras com esse tipo conteúdo, com certeza vai adorar esse livro =D
      Bjs

      Excluir
  4. ola Fabio para variar a sua resenha está muito bem feita Ainda não conhecia esse livro já tinha ouvido algo sobre esse jogo RPG mas não sei muito a respeito
    pela sua resenha parece ser um mundo fantastico com varios personagens mas que todos foram bem utilizados parabens para o autor
    ah enquanto lia sua resenha parecia que eu estava vendo um filme
    dica anotada

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Eliane

      Obrigado *-*. É uma serie muito famosa, claro, não precisa jogar para ler. Mas se puder dê uma lida sim, certeza que é um livro cheio de aventura =D.

      Excluir
  5. Oi, Fábio
    O nome do jogo não é estranho já li em algum lugar.
    A capa é linda! Pena uma edição caprichada ter erros de digitação.
    Pela sua resenha essa trilogia deve ser incrível, com muitos personagens e muita aventura.
    Claro que se tiver oportunidade lerei, beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Luana

      Sim, é um jogo bem famoso. Verdade, essa capa é linda, e ao vivo é mais ainda, alias, a edição toda. Sim, foi um tropeço grande esse da falta de revisão. Tomara que tenha oportunidade sim, porque é massa =D
      Bjs

      Excluir
  6. ingriD Figueiredo08/05/2020 10:59

    Têm muita ação, vários combates, pouca enrolação e personagens carismáticos. Eu particularmente gostei de todos, e como gosto de personagens que assumem a responsabilidade para si, posso dizer que o Raistlin é o meu favorito.
    Realmente, os erros de revisão que o livro traz... e as páginas serem brancas, folhas nessa cor e míopes são inimigos número um ;-; Mas só da editora relançar esse clássico do RPG anos 80 já é perdoada kkkk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Ingrid

      Eu também acho. Raistlin e Tass pra mim são os melhores. Verdade, uma revisãozinha não ia nada mal kkkk. Sei bem como é isso das paginas brancas kkkk. Com certeza, que continuem trazendo kkkk.

      Excluir
  7. Oi!
    Só consigo lembrar de Stranger Things por causa dos personagens que jogam Dungeons and Dragons.
    Acho que seria uma experiência bem legal jogar o clássico D&D e depois ler Dragões do Crepúsculo do Outono.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Giovanna

      Siim, verdade kkkk. Lembra bem Stranger Things, só não tem demogorgon kkkk.
      Seria muito legal mesmo. Ou ler para jogar, também serve kkkkk

      Excluir
  8. Olá! Não conheço a série que inspirou o livro, mas o enredo me lembrou, um pouco, o Senhor dos anéis, com esse tanto de personagens e esse artefato, nesse caso um cajado, tão cobiçado, e por isso, claro que vai para a minha lista de desejados.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Elizete

      Lembra um pouco sim, é muito boa essa série, recomendo demais.
      Você vai gostar =D

      Excluir
  9. Não gosto muito do gênero, então essa não seria uma possível leitura. Mas para quem gosta e para quem curte o jogo deve ser uma leitura e tanto.
    Gostei bastante da edição, principalmente dessas ilustrações.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Fabiolla

      É, nesse caso então pula pra próxima kkkk.
      Mas se um dia resolver encarar uma fantasia, esse é um bom livro para começar.
      Sim, a ilustração tá massa. =D

      Excluir
  10. Gostei desse livro e olha que fantasia nunca foi meu forte, mas curti a resenha. Esse primeiro volume me ganhou, espero que os próximos livros continue sendo legal, semxos autores infeitarem demais estragando todo encanto, digo por experiência propria com alguns volumes.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Ana

      Essa fantasia é uma boa para amantes de todos os gêneros, é bem leve e divertida, ao mesmo tempo cheia de aventuras, da para encarar. Vamos ver, em breve recebo o segundo volume e vou ler, estou bem ansioso. Mas pelo que escuto falar a qualidade continua =D

      Excluir

Gostou da postagem? Deixe um comentário. Se não gostou, comente também e deixe a sua opinião.
Se tiver um blog deixe o endereço e retribuiremos a visita.
Aproveite e se inscreva nas promoções e concorra a diversos prêmios.

Editoras parceiras

Instagram

© Revelando Sentimentos | Resenhas de livros – Tema desenvolvido com por Iunique - Temas.in