Resenha: A Prometida

Por Je Vasques •
12 junho 2020

A prometida é o novo lançamento da Kiera Cass, autora de A seleção. Eu amo A seleção, e por isso queria tanto ler esse lançamento. Estava ciente que o plot lembrava bastante a mesma história, então fui com as expectativas baixas. Graças a Deus. 

Hollis vive no reino de Coroa, e seu único foco é conquistar o Rei Jameson, que passa de mulher em mulher usufruindo do seu privilégio, sempre direcionando sua atenção para alguma em especial por pouco tempo. Quando conhece Hollis, ela acha que será assim com ela também, mas o Rei acaba se interessando de verdade e ela se vê mais próxima ainda do que sempre sonhou. Até que conhece Silas e se pergunta se estava certa do que queria. 

Eu entendi a intenção da autora. Hollis foi levada pela família a acreditar que era aquilo que queria. O que mais uma mulher pode querer? Não existe perspectiva de nada, a não ser fazer um bom casamento. E qual casamento é melhor do que um casamento com um Rei? Quando Silas chega, ele conversa com ela, a escuta, elogia, a faz se sentir uma pessoal real. Jameson sempre foi distante e genérico nesse assunto, e por isso ela se vê envolvida e apaixonada. Mas mesmo assim, acredito que a autora poderia ter desenvolvido isso de forma melhor. Nós passamos mais da metade do livro em uma sucessão de futilidade da protagonista. Sua preocupação é se o vestido é da cor que o Rei gosta, se destaca sua pele e seus olhos, a tiara que combina, a forma como vai falar, andar, sorrir, tudo para que agrade o Rei. 


Ela quer ser rainha, mas não conhece os reinos vizinhos, são sabe como funciona a política. Quando começa a ser favorecida pelo Rei, percebe que precisa aprender tudo correndo. E daí Silas chega, e ela começa a não querer mais a vida da qual ela nem tinha se preparado, de fato. Se o relacionamento com o Rei era chato e fútil, com Silas se torna profundo em apenas duas trocas de palavras. Amor instantâneo. Ela fica disposta a largar tudo, para viver de vento se necessário, se for para ficar com ele. 

Fora isso, temos a rivalidade feminina, que para mim não tem mais cabimento em nenhum livro. O tempo todo elas estão querendo passar a perna uma na outra, amizade é uma coisa rara, e até quem a gente acha que é amigo de verdade se mostra outra coisa. O final me surpreendeu, confesso, e por isso dei essa nota. Mas acredito que, ou a autora vai dar um jeito de nos mostrar que o final não foi necessariamente o que vimos, ou ela vai voltar à primeira opção. Nenhuma delas me faz querer ler a continuação.

Grandes chances de eu apenas não ter gostado tanto porque não sou o público alvo dessa história, mas para mim foi totalmente esquecível, onde não me importei com nenhum personagem. Vou guardar A seleção no coração, mas acho que não vou ler mais nada da Kiera Cass. 



Título: A Prometida (livro cedido pela editora)
Autor: Kiera Cass
Editora: Seguinte
Páginas: 344
Ano: 2020
Compre: aqui

Comentários via Facebook

23 Revelaram sentimentos:

  1. Quando vi que Kiera iria lançar um novo livro, fiquei super feliz, afinal, assim como você Je, amo A Seleção.
    Mas......
    Fui ler A sinopse e....foi impossível não comparar com a Seleção.
    Novamente um rei/Príncipe, novamente uma mocinha divida.
    Tenho visto muita gente que não curtiu, que se incomodou com o comportamento da Hollis.
    Tava super empolgada mas agora não sei se vou ler, ainda mais que é uma trilogia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie Chelle!

      Infelizmente é o mesmo plot, basicamente. Ela tentou sim fazer coisas diferentes, mas sei lá, não rolou hahahahaha. É uma duologia, pelo que vi! Mas também não vou ler,rs.

      bjs

      Excluir
  2. Oi Je
    Desde o lançamento desse livro eu não fiquei animada. Acho que a Kiera poderia investir em outro tipo de sinopse e etc, mas com as resenhas parece que o conceito da obra só cai. Até agora não vi uma resenha positiva, e isso me desanima completamente a conhecer mais da trama.
    Beijo
    http://www.capitulotreze.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie Miriã,

      Eu super concordo, ela precisa escrever umas coisas diferentes. Foi o que pensei que seria, mesmo a sinopse sendo muito parecida com a seleção. Ela tentou inovar um pouco com o final, mas não foi suficiente. uma pena!

      Bjs

      Excluir
  3. ingriD Figueiredo12/06/2020 20:32

    Acho que a Kiera Cass tem caído um pouco na qualidade dos livros, (não vou começar a falar da trilogia da filha da America). Queria que a autora trabalhasse mais o mundo distópico, mas obvio que ela foca quase que inteiramente o romance (quer dizer, não é de todo mal, mas é uma obra distópica, claro que queremos saber mais do mundo ali escrito)

    "Fora isso, temos a rivalidade feminina, que para mim não tem mais cabimento em nenhum livro." Olha preciso discordar de vc, atualmente ainda temos mulheres que tentam passar a perna na outra (principalmente quando se trata do mundo da moda, ou competições encabeçadas por... homens). Então ainda faz um pouco de sentido haver essa rivalidade toda, embora fosse perfeito se a autora soubesse trabalhar esse aspecto, mostrar (por exemplo) o quão maléfico isso é.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie Ingrid,

      Eu concordo que a rivalidade ainda existe, mas você não acha que incentiva-la é péssimo? Como vamos descontruir essa atitude se não pararmos de fazer dela uma coisa normal e presente? Esse livro tem como público alvo adolescentes, que vão ler mais uma vez sobre mulheres se odiando e como amizade feminina é raro, e levar adiante essa rivalidade, continuando o ciclo. estou cansada, rs.

      Acho que ela precisa sim de novos plots, e novas formas de escrever as histórias e princesa que ela tanto ama escrever.

      bjs

      Excluir
  4. Je!
    Uma pena voce não ter gostado tanto desse.
    A autora é muito conceituada e mesmo esse livro fazendo parte de uma outra duologia nada haver com a série A Seleção, deve ser bom do mesmo jeito.
    Realmente os nomes são bem esdrúxulos.
    Achei o enredo bem fiel à época e parece que uma vez mais ela escreve algo que sabe conquistar o leitor.
    Na expectativa para ler.
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie Rudy!

      Que bom que ficou interessada mesmo assim, espero que curta mais que eu!

      Bjs

      Excluir
  5. Eu ainda não li A Seleção.rs Por isso, não posso opinar muito. Mas sei que a expectativa estava alta demais com esse lançamento da Kiera e por tudo que andei lendo até o momento, ela não conseguiu agradar não.
    Penso que foi essa expectativa mesmo que talvez tenha atrapalhado bastante, já que pelo que li durante estes anos todos, A Seleção marcou e marca demais os leitores.
    Eu ainda pretendo ler, não somente a série completa,mas esse super lançamento também.
    Beijo

    Angela Cunha Gabriel/Rubro Rosa/O Vazio na Flor

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie Angela,

      Comece por A Seleção, sem dúvida. É um amor. e tem mais que romance, com um mundo interessante. espero que quando ler esse, você goste mais que eu!
      bjs

      Excluir
  6. Oi, Je!
    Acredite, não foi só você que não gostou desse livro. Aliás, todas as resenhas que li dele até agora foram super negativas e até perdi a vontade de lê-lo. Acho que a Kiera errou e muito nessa narrativa, e nada que ela fizer vai se comparar com A Seleção :(
    Adorei a sua resenha e as fotos! Ficaram lindas

    Estante Bibliográfica

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie Laura,

      Obrigada! Eu sei que as resenhas estão bem negativas, mas talvez você goste, leia se tiver a oportunidade. A comparação com a seleção é inevitável,rs. Quem sabe ela melhora no segundo livro, né?
      Bjs

      Excluir
  7. Queria muito ler esse livro! É o que falta na minha coleção da Kiera (fora o da sereia). Gosto bastante da escrita da autora, estou curiosa com a história, mas honestamente, é só pelo carinho que tenho com os outros livros mesmo. Concordo com você antes mesmo de ter lido o livro, é a primeira resenha que li sobre (sincerona, adorei) e eu provavelmente no fim eu gostaria bastante, mas já não é tanto o tipo de livro que me prende mais, por isso irei intercalar com outros. Achei engraçado o "fui com as expectativas baixas. Graças a Deus" hahah! Não sei se teria paciência com as preocupações bestas da personagem, ainda mais que, pelo o que você falou, essa enrolação toma conta de diversas páginas, fora a parte da rivalidade feminina. Me pareceu um livro clichê e raso, o estranho é que nunca tive essa percepção de A Seleção hahah mas faz anos que li.

    Beijos,
    Amanda Almeida

    ResponderExcluir
  8. OLA
    Nao li a Seleçao e nem foi por falta de oportunidade porque na biblioteca de minha cidade tem ,mas nunca me chamou a atençao
    e vi varios blogueiros e leitores com altas espectativas sobre esse livro
    que parece que ficou prometendo muita coisa
    É raro ver um livro que tenha decepcionado tanta gente como esse .
    e em todas as resenhas que li o que mais incomoda é a construçao da personagem Hollis sendo considerada mimada

    ResponderExcluir
  9. SOu apaixonada na Seleção, a trilogia inicial foi perfeita para mim. Li um livro atrás do outro. A prometida ainda nao li, mas estou vendo só comentários de decepção.

    ResponderExcluir
  10. Olá, Je ♡ Eu realmente ameiii A Seleção, tenho um carinho muitooo especial por esses livros ♡ Mas, sinceramente, não estou muito empolgada para conhecer esse novo livro.
    A Kiera tem uma escrita ótima, fluída, mas está precisando urgente começar a investir em novos enredos, em algo mais original. Chega de rivalidade feminina e triângulos amorosos, já estou saturada desse tipo de coisa.
    Criei altas expetativas quando soube que lançariam algo novo dela por aqui, mas depois de saber mais sobre o livro e como ele se assemelha A Seleção em certos aspectos, perdi o interesse. Eu realmente estava esperando por algo novo, uma pena que isso não aconteceu.
    Beijos! ♡

    ResponderExcluir
  11. Olá! Toda essa semelhança com a trilogia A seleção já tinha me deixado bem desanimada em conferir o livro (apesar dessa capa linda), e olha que eu até curto esse universo de Reis, princesas e tal, mas acho que a Kiera precisa (urgentemente) mudar um pouco sua escrita, sei lá, investi em novos ares, porque não se arriscar em outro gênero, a única coisa que me deixa curiosa é esse final que todo mundo fala, mas preciso do próximo livro para decidir se leio ou não o livro.

    ResponderExcluir
  12. Oi, Je
    Conheci a escrita da autora no mês passado onde li todos os livros de A Seleção um atrás do outro. Gostei muito e confesso que prefiro os 3 primeiros livros e o livro de contos.
    Apesar de adorar esse universo de monarquia, me parece que essa trama é um pouco fraca em relação ao que a autora escreveu em A Seleção.
    Mesmo assim quero poder ler esse livro, depois que a Seguinte lançar o segundo livro.
    Beijos

    ResponderExcluir
  13. Oiii ❤ Confesso que tenho vontade de ler esse livro, já que gosto bastante da escrita fluída da Kiera Cass e sou uma fã de carteirinha de A Seleção, mas minhas expectativas para a A Prometida são bem baixas.
    Deve ser bem incômodo mesmo ler páginas e mais páginas sobre futilidades, tenho certeza que eu ficaria irritada com isso durante a leitura.
    Eu odeio rivalidade feminina, é um completo desserviço e totalmente desnecessário.
    Outra coisa que me incomoda é o amor instantâneo como o que surge entre Hollis e Silas, gosto de histórias de amor que vão se construindo aos poucos até chegar ao amor de fato.
    Beijos

    ResponderExcluir
  14. A Seleção foi um livro que gostei bastante e torcia para novos livros da autora. Pena que que não gostou desse livro, eu quero muito ler para tirar minhas conclusões. Talvez eu tenha a mesma opinião que você.

    ResponderExcluir
  15. Tinha até ficado interessada pelo livro quando vi o lançamento, pois tinha gostado dos primeiros livros de A Seleção. Mas confesso que depois que fui lendo as resenhas sobre ele foi desânimo total, principalmente sobre as atitudes da protagonista.
    enfim, não seria uma leitura que faria, mas vou esperar o lançamento da continuação e ver se a história melhora.

    ResponderExcluir
  16. Oi, Je
    A seleção é uma das minhas séries prefes, e eu tava bastante ansiosa para ler A prometida.
    Já tenho ele, mas tô lendo os encalhados na frente e confesso que tô bem receosa, pois pelo jeito a Hollis é bem chata e fútil e a história toda mal bolada. Sem graça.
    Que triste isso. Kkk
    Bjs

    ResponderExcluir
  17. Olá!
    Então, vi tantas pessoas falarem desse livro que fiquei com medo de ler. Eu não sei, mas eu meio que vi muitos falando exatamente o que você diz na resenha, amor instantâneo, rivalidade e etc. eu não sei se leria!

    Meu blog:
    Tempos Literários

    ResponderExcluir

Gostou da postagem? Deixe um comentário. Se não gostou, comente também e deixe a sua opinião.
Se tiver um blog deixe o endereço e retribuiremos a visita.
Aproveite e se inscreva nas promoções e concorra a diversos prêmios.

Editoras parceiras

Instagram

© Revelando Sentimentos | Resenhas de livros – Tema desenvolvido com por Iunique - Temas.in