TARDIS de Quinta: 5 motivos para ver Modern Family

Por Naty Araújo •
23 julho 2020


Olá, pessoal. Hoje eu trouxe CINCO motivos para vocês assistirem uma das séries mais legais que estou vendo no momento, Modern Family. Eu teria muito mais motivos, mas trago os mais importantes. Postei no IG há alguns dias, mas hoje trago a postagem mais completa, porque essa série merece. 

1 - QUEBRA DE ESTEREÓTIPOS 
A série já começa com um casal gay que deseja adotar uma criança. O pai de um deles, Jay Pritchett, é um típico americano republicano que demorou a aceitar essa relação e que não concorda com o fato de terem um filho. Ele tem uma esposa bem mais jovem, seu segundo casamento, uma colombiana bonitona, o estereótipo perfeito da mulher “gold digger”, aquela que dá o golpe do baú. 

Porém, é aqui que a série nos cativa, pois ela mostra que essa colombiana, Gloria Pritchett, na verdade, ama muito o marido e é uma das personagens mais legais. Gloria tem um filho do primeiro casamento, o Manny Delgado. Ambos passaram por processos difíceis, pois não eram ricos e o Manny cresceu sem o pai. Quando Jay surge na vida de deles, é como voltar a ter uma base, aquele alicerce familiar que o garoto, mega inteligente, não tinha. 

Por sua vez, Gloria traz lições de vida ao Jay. Ela mostra que o preconceito que ele tem com o fato de ter um filho gay, com o fato de a filha dar um genro que ele não quer, são coisas que Jay deveria deixar de lado e amar as pessoas pelo que são. São três famílias incríveis e todas quebram algum tipo de estereótipo. 

2 - VIDA REAL 
As situações na série são bem verossímeis à realidade que vivemos. Nos identificamos com as falhas dos personagens! Eles passam por problemas que diariamente enfrentamos com nossos familiares e amigos. 

Há brigas entre cada família, assim como há entre todos eles juntos, o pai com os filhos, os cunhados, os irmãos, os primos... Torna a história mais verdadeira e próxima a nós, com nossos problemas, tendo que enfrentar filhos dos outros, nossos tios, pais, irmãos, sogros, genros, noras... É um novelo de lã, sem dúvidas (rs). 

3 - REFERÊNCIAS 
As referências e tiradas de humor são rápidas, mas quem já assistiu é capaz de reconhecer. Phil, genro do Jay, um dos personagens mais cômicos, faz referências a muitas séries e filmes da cultura pop, como O poderoso chefão, Harry Potter, Star Wars, 127 horas e tantos outros que nem lembro agora. São hilárias! 

Alguns é preciso estar bem ligado para pegar. São frases, trejeitos e cenas colocadas e sempre tem um propósito. Toda a série tem cenas interligadas e com objetivos, nada é jogado para encher linguiça – o telespectador consegue sentir isso. 

4 - EPISÓDIOS CURTOS 
Cada episódio dura cerca de 20 minutos, dá para assistir num intervalo, enquanto janta ou toma o café da manhã para começar o dia dando altas risadas. 

Eu particularmente, às vezes, gosto de assistir um episódio tomando café e/ou dois a três enquanto almoço/após o almoço e, religiosamente, no jantar, eu assisto até um pouco antes de dormir. Faço às vezes, não nego. Aqui a gente fala a verdade e sei que muitos ensinam que não é bom comer assistindo televisão – eu não fazia. Fui ensinada que faz mal e minha mãe nunca deixava e eu também não me importava. Preferia comer na mesa sem assistir nada desde pequena. Porém, o único momento que passei a adquirir esse hábito foi com essa série. Ela é tão boa que a gente quer aproveitar as horas vagas para assistir. 

5 - LIÇÕES
TODO episódio nos ensina algo! E isso cada um avaliará de uma forma diferente, porém, sempre com o mesmo intuito: refletir sobre a nossa existência, não de maneira enfadonha, mas descontraída. 

Os personagens falam frases que são tão impactantes que choramos e nem percebemos. Sempre alguém faz algo errado, sempre as famílias mostram que têm falhas, mas os outros estão lá para ajudar, para ensinar e para nós aprendermos que, quando alguém falha, nossa reação é julgar, jogar pedras e ficar dias sem conversar. Na série, claro, eles mostram isso também, mas o mais importante... Que julgar não leva nada a lugar algum e que ignorar a pessoa só torna as coisas piores. 

Falando assim parece até “blargh”, mas assista e tire as suas conclusões. Ainda não terminei, estou na nona temporada. 

Você vai rir, ficar triste, possivelmente chorar, mas vai aprender muito. 

Gostaram? Já assistiram? Pretendem ver? Contem pra gente. 

Criadores: Christopher Lloyd e Steve Levitan 
País de origem: EUA 
Distribuição: Netflix 
Temporadas: 11 
TARDIS de Quinta. O título faz referência à “TARDIS”, cabine telefônica e nave do Doutor na série Doctor Who. Nada mais justo do que uma junção de uma série clássica e aclamadíssima para nossas tardes aqui indicando séries que gostamos, não é mesmo?! 

Comentários via Facebook

27 Revelaram sentimentos:

  1. Naty, você não poderia ter descrito Modern Family melhor!!!
    Ela é tudo isso! Só não superou meu amor por Friends

    ResponderExcluir
  2. Me convenceu :D já quero assistir!!

    https://www.submersaempalavras.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eeeeeeeba.
      Espero que assista mesmo. É muito boa

      Excluir
  3. NATY!
    Sempre que posso assisto alguns capítulos.
    É uma série em que as famílias se identificam, tanto pela diversidade, como pelos problemas, porque são comuns a todos.
    Quanto as piadas, tem algumas bem boas, mas tem umas que é bem votada para a população americana e não consigo rir muito, mas, ainda assim, vale a pena.
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Adoro fazer isso, Rudy hahaha.
      É porque precisa entender um pouquinho como funciona. Algumas é mais fácil pegar no ar, outras precisa entender a história.

      Excluir
  4. Você já me ensinou tanto nesse tempo que venho ao blog, Insta, Skoob. Por sua culpa, eu usei meus 50 conto que era pra ter virado açaí e o transformei em Medo Imortal, por sua resenha lá no Skoob.
    Daí, você gentilmente fala de Modern lá no Insta e? A doida aqui já devorou 4 temporadas inteirinhas. E oh, mesmo sendo episódios super curtinhos, pow, são 24 episódios rs
    Eu amo, amo. E só dei uma paradinha agora, pois sei que sou chata e se começar a ver uma temporada atrás da outra, logo desisto.
    Mas a série é uma gracinha, tem dilemas familiares, tem bagunça, tem risada, tem emoção e tem sim, a nossa família ali, escancarada!!!!
    Posso agradecer de novo por ter me mostrado ela???? rs
    Beijo, sua linda!!!

    Angela Cunha Gabriel/Rubro Rosa/O Vazio na Flor

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ooooooooown, sua linda.
      Não me faça chorar, né? Que coisa mais maravilhosa.
      Às vezes eu gosto tanto de uma série que faço exatamente isso hahahahahaha.
      Mas essa eu não consigo largar. Já cheguei na décima, acredita?
      Beijão

      Excluir
  5. Aaaahhhhh!
    Eu amo essa série, deu até vontade de ver tudo de novo agora

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também amo, Rudi.
      Quero saber muito o que acontecerá no final rs.

      Excluir
  6. Pretendo ver essa série algum dia. Você falou de uma forma tão encantadora dela.

    Bom fim de semana!

    OBS.: O JOVEM JORNALISTA está em quarentena de 22 de julho à 31 de agosto, mas comentarei nos blogs amigos nesse período.

    Jovem Jornalista
    Instagram

    Até mais, Emerson Garcia

    ResponderExcluir
  7. Eu amei??? Vejo recomendações dessa série sempre, mas nunca li nada mais a fundo sobre pra realmente me interessar. Me conquistou desde suas considerações sobre o primeiro episódio. Gostei basante da premissa e de todos os pontos positivos abordados sobre a série, principalmente essa abordagem com desconstrução e lições de vida em um cenário mais vida real.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com certeza, Ycaro.
      É bem isso mesmo.
      Espero que assista.

      Excluir
  8. Olá,
    Como vai?
    Eu já vi alguns episódios desta série e realmente é boa.
    Boa dica aqui no blog :)

    Beijos e se cuida
    www.rimasdopreto.com

    ResponderExcluir
  9. ola
    não sou muito de assistir serie .assisto uma ou duas por mes e está otimo .mas já anotei a dica .estou gostando dessa coluna .

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que ótimo, Eliane.
      Espero que assista e continue acompanhando. Também adorei essa ideia das meninas.

      Excluir
  10. Eu amooo Modern Family!! Assisti há anos e voltei a assistir agora de novo, pois me distrai muito. Concordo com tudo, mas para mim as maiores vantagens são os episódios curtos (as vezes coloco enquanto almoço ou antes de dormir, horários que a gente só quer algo rápido pra entreter) e a diversão, acho uma série simples e muito engraçada, apesar de abordar temas complexos.
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É exatamente isso, Amanda.
      Eu também adoro o fato de os episódios serem curtinhos e nos distrair, nos ensinar.
      Amei seu comentário.

      Excluir
  11. Olá! Olha que para quem anda assistindo séries turcas (#culpada) com mais de duas horas de duração (cada capítulo), uma dica como essa com episódios com vinte minutinhos (praticamente o tempo de duração de um comercial na Turquia!) é ótimo hein, ainda mais porque a série parece ter muito a nos ensinar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahahahahahaha. Adorei.
      Comerciais longos kkkkkkkkkkkkkk.

      Excluir
  12. Oi, Naty
    Já andei pesquisando séries para assistir e nunca quis ver essa, agora depois de ler essa super indicação. Tenho que ver hoje mesmo.
    Onze temporadas seria muito, mas como os episódios são curtos você assiste e nem percebe já acabou a série.
    Os temas abordados são legais e aí da com humor, me fez sentir saudades de Friends.
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E ela é bem gostosa, Lu.
      Nos ensina muito mais que Friends, embora Friends seja bem gostoso de assistir.
      Recomendo mesmo!
      Beijos

      Excluir
  13. Adorei!! Tenho vários amigos que assistem Modern Family, mas acredita que nunca parei pra ler o que exatamente a série retrata?! Amei saber que a série traz pontos tão importantes como, por exemplo, um personagem gay que deseja adotar uma criança. Darei uma chance pra série em breve!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Luis.
      Na verdade, é um casal gay. E eles são excelentes. Adoro ambos os personagens.
      Inclusive, um deles ganhou prêmio e tudo.
      Recomendo que assista mesmo.

      Excluir
  14. Oi, Naty
    Nossa, não conhecia essa série, mas já quero!
    Adorei sua crítica e amanhã mesmo começarei.
    Adoro séries bem família, com problemas e ensinamentos reais.
    Uma que foi assim e amei foi Virgin river, não sei se você já viu, mas indico muito.
    Bjs

    ResponderExcluir

Gostou da postagem? Deixe um comentário. Se não gostou, comente também e deixe a sua opinião.
Se tiver um blog deixe o endereço e retribuiremos a visita.
Aproveite e se inscreva nas promoções e concorra a diversos prêmios.

Instagram

© Revelando Sentimentos | Resenhas de livros – Tema desenvolvido com por Iunique - Temas.in