Resenha: HQ - A Garota do Cemitéro

Por Giovanna Prates •
22 outubro 2020

A Garota do Cemitéro é uma HQ escrita por dois autores famosos por suas obras de romances vampirescos. Charlaine Harris é escritora das obras da Sookie Stackhouse (com a série True Blood, da HBO baseada nessas obras) e Christopher Golden escreveu a história em quadrinhos da Buffy, a Caça-Vampiros. Don Kramer é o artista famoso por ter seus traços na Marvel e DC Comics, tendo trabalhado anteriormente em JSA, Batman e Detective Comics.

A trama da HQ segue a vida da "Garota do Cemitério", uma menina que é arrancada do porta-malas de um carro desconhecido e deixada para morrer por um homem vestido de preto em uma noite chuvosa. E esse lugar onde ele a deixou é o cemitério Dunhill. Quando ela percebe que não está morta, sente fome e sede, mas não sente nenhuma lembrança dos tempos ou eventos antigos, ou mesmo de quem ela é. Com medo de ir a qualquer lugar que não seja o cemitério que ela logo adota como seu futuro lar, todas as noites, ela observa o zelador cuidar de seus negócios, e começa a conviver nesta vida de medo e escondida nas sombras. Acaba sendo autodenominada como "Garota do Cemitério", rouba comida do zelador para viver e se esconde de todos. Dentre ladrões a adoradores do diabo que passam pelo cemitério, ela sente a situação dos mortos e as ações dos vivos, e em uma noite, acaba testemunhando o assassinato de uma garota por uma gangue de jovens do mal. Ela não pode se esconder para sempre e, com certeza, tem que se mostrar para que pelo menos uma pessoa possa entender o que ela está passando. Ainda sem ideia de quem é, de onde está sua família, ou mesmo saber seu próprio nome, apenas sabe ter a sensação de que adquiriu um poder que nem mesmo pensava que possuía.


Essa HQ tem um poder próprio. Não há super-heróis, apenas um horror e um mistério sobre uma garota tentando descobrir quem ela é e por que ela desenvolveu um novo poder peculiar. Harris e Golden parecem ter criado sua própria versão de O Corvo, de James O'Barr, e este é também, um conto de terror com uma boa dose de mistério. O enredo em si é simples, mas ainda sim, A Garota do Cemitério tem que descobrir todas as respostas antes que o homem que pensava que ela estava morta descubra que ela ainda está viva. Ela sabe que só tem uma questão de tempo para descobrir a verdade antes que todo o seu mundo desmorone ao seu redor. 

A arte realista e as cores dramáticas são absolutamente perfeitas para a história. Na verdade, a arte de Kramer realmente conta a história por meio da linguagem corporal e das expressões faciais, porque o texto é mínimo. A arte por si só é particularmente bem-sucedida no desenvolvimento dos personagens.

Devo mencionar que a historia tem um toque de zumbi devido ao fato de que a vida da Garota do Cemitério gira em torno de um cemitério à noite e tem muito mais a ver com os mortos do que com os vivos, ou seja... imagens sombrias e representações de fantasmas e espíritos estão presentes. Este com certeza é uma ótima pedida entre os fãs de quadrinhos do gênero. 


Título: A Garota do Cemitéro (exemplar cedido pela editora)
Autores: Charlaine Harris e Christopher Golden
Editora: Valentina
Tradutora: Heloísa Leal
Páginas: 128
Ano: 2017
Compre: aqui

Comentários via Facebook

13 Revelaram sentimentos:

  1. Oi, Giovanna!

    Eu sou muito apaixonada por Buffy, é uma das minhas séries favoritas! Não conhecia essa HQ, mas achei o trabalho feito nela lindo. Particularmente, não sou muito fã de HQ, mas é um formato que preciso explorar mais e eu curti a história desse.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Alou, Ingrid.

      Então você é das minhas. Sou muito fã da Buffy também e espero que dê uma chance para as HQs. Sinto um vicio nascer. Você vai ver. ❤️

      Excluir
  2. GIOVANNA!
    Gostei desse lance da HQ ter um poder próprio.
    Muito feliz em ver que a editora está investindo nos Hqs e parece um ótimo enredo.
    Desde o ano passado inclui as HQs nas minhas leituras e estou sempre em busca de novas histórias boas e já anotei essa, obrigada.
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
  3. Um título que já aguça a imaginação! E como não conhecia a Hq, estou fascinada com o enredo. Que traz uma pontinha de drama, mas o mistério ali, impresso em cada sentir!
    Adorei isso de ter um toque zumbi rs nesse mês de Outubro tenho conhecido muitas obras novas e amado muito tudo isso!!!
    Já vai pra listinha de desejados!!!
    Beijo

    Angela Cunha Gabriel/Rubro Rosa/O Vazio na Flor

    ResponderExcluir
  4. Olá! O enredo me pareceu ser bem intenso e interessante embora eu não curta muito essas coisas de fantasmas e zumbis, acredito que daria sim, uma chance a HQ, afinal ela foi desenvolvida por autores que possuem outros ótimos trabalhos.

    ResponderExcluir
  5. Estou adorando visitar e ler seus conteúdos, são sempre os melhores!


    Meu Blog: Agnaldo Silva

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Alou, Fernanda!

      Fico muito feliz que esteja gostando. Espero que volte mais vezes. ❤️

      Excluir
  6. Que demais!
    Já namorei essa HQ!!!! Ainda não consegui ler Mas quero muito me aventurar por esse lugar sinistro com essa garota

    ResponderExcluir
  7. Ola
    Acredita que náo tenho nenhuma hq ?alias hq seria estorias em quadrinhos ?eu fico lendo resenhas de hq e fico imaginando se tem o livro .
    Que intrigante a vida dessa garota vivendo no cemiterio ,se escondendo dos outros ,vendo coisas sinistras ,assassinatos ...
    Para os fás do genero deve ser um deleite ler coisas assim

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Alou, Eliane.
      Sim, de certa forma, HQ são histórias em quadrinhos. Muitas HQs tem livros. É uma maneira bem diferente de leitura, mas muito divertida e tão boa quanto. Espero que um dia dê uma chance.

      Excluir
  8. Oi, Giovanna
    Atualmente estou assistindo a série True Blood e faz um tempo que vi Buffy, a Caça-Vampiros.
    Tenho certeza que pelas séries essa HQ deve ser maravilhosa, se passa num cemitério ( que dá um certo medo), a garota não sabe quem ela é, o que está salvando a mesma é seu instinto de sobrevivência.
    Quero muito poder ler, beijos.

    ResponderExcluir
  9. Eu já não sou de ler HQs, sobre cemitério então.. hahah A gente tem uns medos tão bobos, né? Mas esse formato faz o livro parecer ser uma graça. A ilustração é bem bonita e viva, ao contrário da ambientação (péssimo hahah não resisti!). Curiosa para saber o que a personagem irá descobrir.
    Beijos

    ResponderExcluir
  10. Oi, Giovanna
    Coitada dessa garota, imagine escondida num cemitério.
    Mas desse ter muitos mistérios envolvidos e tô curiosa para saber o que acontece com ela no final.
    Vou querer ler sim.
    Bjs

    ResponderExcluir

Gostou da postagem? Deixe um comentário. Se não gostou, comente também e deixe a sua opinião.
Se tiver um blog deixe o endereço e retribuiremos a visita.
Aproveite e se inscreva nas promoções e concorra a diversos prêmios.

Instagram

© Revelando Sentimentos | Resenhas de livros – Tema desenvolvido com por Iunique - Temas.in