Resenha: Quase Rivais

Por Fernanda Santana •
20 outubro 2020


Sinopse:
Suas famílias são inimigas… Mas será que é possível resistir a uma louca paixão?

James é louco por sua vizinha Julia… Julia brilha e se arrepia cada vez que esbarra com James… a combinação seria perfeita se suas famílias não fossem rivais há gerações. E, como se não bastasse, os dois são concorrentes no trabalho. Mas, mesmo com tudo jogando contra, quanto mais tentam resistir, mais forte fica o desejo. James e Julia entendem que precisam se manter afastados.

O problema é: como? J. Sterling, autora conhecida por seus romances incríveis, recria em Quase Rivais a maior história de amor de todos os tempos. Neste Romeu e Julieta dos tempos modernos, há alguns detalhes que se repetem, mas o que poderia ser diferente?

Resenha:
Em Quase Rivais, eu tive o meu primeiro contato com a escrita da autora e fui surpreendida de uma forma muito positiva. 

Aqui temos uma gostosa releitura de Romeu e Julieta, onde James e Julia pertencem a famílias rivais e não podem, de forma alguma, se relacionarem. Nem mesmo uma amizade, pois os Russo são inimigos mortais dos La Bella. 

Uma antiga aposta dos bisavôs de Julia La Bella e James Russo deu ruim e foi o que culminou a rixa eterna entre as famílias. E para piorar um pouco a situação, eles são vizinhos de terra e concorrentes nos negócios. Ambas as famílias atuam na produção de vinhos e sempre disputam premiações, aumentando ainda mais a concorrência entre eles. 

Embora os dois tenham crescido sabendo que jamais poderiam ser amigos, sempre houve um sentimento escondido ali. James teve oportunidade de se declarar à Julia no passado, mas não foi bem recebido por ela. E por mais que tenha tido o seu coração esmagado pelo seu amor, ele nunca perdeu as esperanças. E agora, quando ele se sente ameaçado a ver o cara que odeia se aproximar da garota dos seus sonhos, ele resolve arregaçar as mangas. E, meus amigos, ele faz por merecer. 

O livro é bem curtinho, de leitura bastante fluída e que você lê em, literalmente, uma sentada só. Eu comecei a ler o livro e só parei quando cheguei ao fim. 

Sabe aquela leitura leve e gostosa, para equilibrar com leituras mais densas? Ou aquele cura-ressaca que às vezes precisamos? Pois é, Quase Rivais é a pedida perfeita! 

E aí, já leram alguma obra da autora? Conhecem esse livro? 

Me contem tudo!

Título: Quase Rivais (exemplar cedido pela editora)
Autor: J. Sterling
Editora: Faro
Páginas: 158
Ano: 2020
Compre: aqui

Comentários via Facebook

15 Revelaram sentimentos:

  1. Pelo título do livro, imaginei que fosse uma história de amor e ódio entre um casal, o que eu gosto de acompanhar, para me distrair, mas confesso que não estava botando muita fé neste livro, mas gosto justamente para intercalar, como você indicou. Já vou anotar aqui na lista de leituras leves. Imagina a junção dos dois impérios do vinho, que sucesso que vai ser. Quando se juntarem, devem ser daqueles casais poderosos. Curiosa com o que o moço fez pra conquistar a Júlia (que aparentemente já estava conquistada né hahah).
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahhaha exatamente!
      Foi gostosa a conquista sim, e surpreendente.
      Na verdade os dois eram obrigados a se odiar, mesmo sem saber o real motivo! Rsrsr
      Uma delícia de leitura!

      Excluir
  2. Oi, Fernanda!

    Assim que vi o nome da autora, pensei "conheço de algum lugar", aí fui pesquisar e vi que é a mesma autora da trilogia The Game que, inclusive, tenho apenas o segundo livro, por isso não consegui conhecer a escrita da autora. Confesso que fiquei meio receosa com esse negócio de Romeu e Julieta da atualidade, mas teve alguns elementos que citou que achei interessante e acredito que uma leitura tão curtinha e despretensiosa, não me faria mal. Hahaha

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Ingrid!
      Realmente assusta, mas aqui temos um final feliz, não se preocupe! Hahaha
      Acho que vai adorar a leitura!

      Excluir
  3. Mais um clichê fofo com cara de Sessão da Tarde e filme da Netflix não é?
    Aquele livro que faz a gente suspirar e sonhar com um rival como James Russo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exatamente! Disse tudo!
      Você acaba a leitura suspirando!

      Excluir
  4. Fernanda!
    É sempre uma delícia ler uma releitura de Romeu e Julieta e adaptada para a modernidade, ainda melhor.
    Fiquei bem intrigada sobre essa rixa de família e em saber se udo vai dar certo.
    Acredito que sim.
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Rudy!
      É uma delícia de leitura. Acho que você vai gostar sim!
      Beijinhos!

      Excluir
  5. Eu amo contos de fadas e amo releituras! E ver assim, Romeu e Julieta tão moderninhos, numa releitura fácil, doce e curtinha, enche o coração de alegria!
    Sem contar que é edição da Faro, sou apaixonada pelo trabalho da Editora!
    Precisamos de mais leituras leves e esse se encaixa direitinho!
    Espero ler em breve!!!
    Beijo

    Angela Cunha Gabriel/Rubro Rosa/O Vazio na Flor

    ResponderExcluir
  6. Olá! Ahhh que uma resenha dessas em um mês cheio de enredos aterrorizantes é quase como um Oasis no deserto hein, já gostei de todo esse clichê que me espera nesse livrinho, que como você disse, será ótimo para intercalar com essas leituras mais pesadas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exatamente!
      Livro super recomendado para aliviar a tensão de leituras mais densas!

      Excluir
  7. Ai que otima indicaçao de romances .estou vendo muitas indicaçoes de livros de terror em todo lugar e ver uma indicaçao assim é tudo de bom
    Ja anotei a dica

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah que bom que gostou!
      Realmente alivia bem a tensão, né?

      Excluir
  8. Oi, Nanda
    Eu cresci assistindo os contos de fadas que passava na Cultura e ver que esse livro é uma releitura de Romeu e Julieta, bateu aquela saudade da infância.
    O livro é curtinho e tem um romance daqueles que adoramos acompanhar com rivalidade entre as famílias, no emprego e para James no amor também.
    Claro que preciso ler, beijos.

    ResponderExcluir
  9. Oi, Fernanda
    Adoro releituras e de Romeu e Julieta eu nunca li.
    James e Julia parecem um casal fofo. E uma versão mais leve e gostosa de acompanhar.
    Só fico receosa em pensar se o final também é trágico.
    Assim que der lerei.
    Bjs

    ResponderExcluir

Gostou da postagem? Deixe um comentário. Se não gostou, comente também e deixe a sua opinião.
Se tiver um blog deixe o endereço e retribuiremos a visita.
Aproveite e se inscreva nas promoções e concorra a diversos prêmios.

Instagram

© Revelando Sentimentos | Resenhas de livros – Tema desenvolvido com por Iunique - Temas.in